História Love is a sin? - Jikook! - Incesto. - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Tragedia, Vhope, Yoozi
Exibições 229
Palavras 1.172
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Primeiramente eu queria agradecer pelos 170 favoritos! Hahahah! Pelos comentários e pela interação que a gente fez! Eu me diverti muito escrevendo! Hahahah! AVISO: Os próximos capítulos vão ser Yoozi e o bônus que eu falei no capítulo anterior! Porque como eu disse: a história Jikook já está praticamente acabada, o próximo capítulo de Jikook que sair, é porque vai ser o último da fic toda! Bom... Eu espero que gostem! Obrigada por tudo! Amo vocês! 🍃🙌🏻😜😊🙈💕

Capítulo 36 - Mother?! - Yoozi pt. 2! ( Trágica ).


Fanfic / Fanfiction Love is a sin? - Jikook! - Incesto. - Capítulo 36 - Mother?! - Yoozi pt. 2! ( Trágica ).

~ Yoongi on ~         

- Suga... - Yoozi me chama.

- O que amor? 

- Vamos sair? Eu não aguento mais ficar dentro desse apartamento! - ele me abraça pelo pescoço; eu estava assistindo TV. 

- Claro... Vamos! - sorrio e o pego no colo, o levando até o banheiro.

~ Tomamos banho com várias carícias e confissões; nos trocamos e fomos andando até o shopping. ~

- Aonde você quer ir primeiro, Woozi? - pergunto apertando sua mão, que estava entrelaçada a minha.

- Vamos naquela loja de pelúcias? - me pergunta com um sorriso infantil. Assenti sorrindo e fomos até a loja.

* Entramos na mesma, e uma moça ficou me encarando com o cenho franzido. *

- Qual você quer, Woozi? - pergunto sorrindo ao vê-lo encarando os ursinhos.

- Eu... - ele é interrompido pela mesma moça que me encarava estranho. Eu já vi essa mulher de algum lugar.

- Você é Min Yoongi, não é? - pergunta.

- Sim, por que quer saber? - exclamo segurando na cintura de Woozi.

- Você esqueceu um documento aqui, quando veio com... - ela olha para o teto tentando lembrar algo. - Jimin! - arregala os olhos e vai até o balcão. Pega um envelope e me dá.

- ... - confuso, abro o envelope e vejo minha carteirinha RG. Olho fixadamente para o nada e me lembro: aqui é a mesma lojinha que eu vim com Jimin, quando comprei uma pelúcia para ele! - O-Obrigado... - respondo extático.

- Quem é Jimin, Suga? - pergunta Woozi.

- U-Um amigo! - respondo rápido.

- Amigo? - a mulher se interfere. - Aquele beijo que você deu nele não era amizade! - ela diz rindo; maldita! 

- B-Beijo? - Woozi se afasta de mim. - C-Como assim? - diz com a voz embargada. Quando eu ia abrir minha boca para falar algo, a maldita se interfere de novo.

- "Não diga nada... Só me deixe aproveitar esse momento... " - ela diz tentando imitar minhas falas daquele dia. 

- CALA A BOCA! - grito com raiva. - Por que você não para de cuidar da vida dos outros e cuida da sua, sua idiotia! - digo com raiva enquanto corro atrás de Woozi que havia saído correndo da loja. - WOOZI! PARA! - grito tentando alcançá-lo. Quando consegui alcançá-lo, segurei em seu pulso e o prensei contra a parede. 

- M-Me solta! - ele diz chorando. Aquela imagem fez meu coração apertar.

- N-Não! Woozi... Me ouve por favor! - suplico limpando suas lágrimas, dando espaço a outras. - Pare de chorar... E-Eu te amo... - digo o vendo fungar.

- N-Não... V-Você ama o tal d-de J-J-Jimin! - ele diz abaixando a cabeça.

- Shh, Shh... - sussurro pegando em seu queixo, o erguendo, fazendo o mesmo me fitar com um olhar tristonho. - Eu amo você! Se eu não te amasse eu iria atrás de você? Me ouve Woozi... - abaixo a cabeça. - Quando a gente teve que se separar, eu conheci o Jimin, ele é uma pessoa boa, e eu senti que precisava ajudá-lo.

- Por que você precisava ajudá-lo? - pergunta ainda fungando.

- Porque... A vida do Jimin é difícil... E eu fui um monstro com ele! O tratei mal... Ele me lembrou você por alguns segundos... O sorriso dele é igual ao seu! Ele é baixinho igual a você... Eu achei que por ele ser igual a você... - sou interrompido.

- ...Você achou que podia me substituir? - pergunta.

- S-Sim... - digo abaixando a cabeça novamente. Começo a chorar. 

- ... - sinto mãos envolvendo minhas bochechas e levantando minha cabeça lentamente. Olho surpreso para Woozi que sorria fraco. - Eu te perdoo... Só promete não tentar me esquecer de novo?

- ... - sem palavras, sorrio e o pego pela cintura o rodando no ar. - Eu nunca te esqueci, nunca! - digo e iniciamos um beijo calmo e apaixonado. 

^ Aproveitamos, assistimos filmes e jantamos em um restaurante. ^ 

[...]

~ Estavamos adentrando o apartamento do Woozi quando ouvimos um barulho. ~

- ...Q-Quem está aí? - Woozi diz elevando a voz. 

- Woozi... Eu não sabia que você era... - era ela, a mãe dele, estava segurando peças de roupas nas mãos, mas parou de falar quando me viu. - O que você está fazendo aqui? Achei que tinha sido bem clara quando disse que não queria que você namorasse homens, e muito menos Min Yoongi! - ela diz vindo até nós.

- M-Mãe?.. O-O q-que a s-senhora está fazendo aqui? - pergunta Woozi tremendo e apertando minha mão.

- Eu vim pra te ajudar a arrumar as malas! Mas não muda de assunto! O que ele está fazendo aqui? - pergunta calma.

- E-Ele... E-Eu... - ele estava sem palavras e suando frio. Mas o que essa mulher está fazendo aqui? Ela vai estragar tudo! Eu não posso deixar isso acontecer! 

- Eu amo o seu filho! - digo firme me colocando a frente de Woozi.

- EU PERGUNTEI PRO MEU FILHO! - ela grita irritada jogando as roupas no chão.

- Por que você não quer deixar seu filho ser feliz? - pergunto calmo.

- QUEM É VOCÊ PARA DIZER ISSO?! - ela grita novamente, fazendo o menor atrás de mim se encolher apertando minha blusa.

- Sou simplesmente... A pessoa que faz ele feliz... - digo.

- MIN YOONGI! - ela grita vindo até mim. - SAI DAQUI AGORA! 

- Você não manda em mim! - digo confiante. 

- Assim como seu pai... - ela abaixa o tom de voz me olhando incrédula. - ... VOCÊ É UM GRANDE IDIOTA SEM EDUCAÇÃO! - grita novamente, cuspindo em meu rosto.

- Quem é você para falar do meu pai?! 

- SUA MÃE! - grita me fazendo arregalar os olhos.

- O-O que?! - pergunto incrédulo.

- Por que você acha que o Woozi é igual a você? Por que você acha que você tem uma madrasta e não uma mãe biológica?! - diz ela rindo. 

- V-Você... M-Me abandonou!

- Sim... Eu te abandonei! - diz calma andando de um lado pro outro. - Sabe o porquê?! Porque eu iria te vender! E seu pai não deixou! Ao contrário de você, o Woozi era amado! Eu amei o Woozi pois ele era tão fofo e frágil! E você... Sempre um idiota que não me obedecia! 

- C-Como assim?! Você nunca esteve comigo! Me abandonou desde criança! - digo incrédulo.

- ... - ela ri. - Você é mesmo um idiota! Eu sempre estive te observando! Eu queria ver quando você crescesse! Eu queria te matar, Yoongi! Te matar por tudo que seu pai fez por mim! Me vingar, tirando aquilo que ele mais ama! É por isso que nunca deixei você e Woozi namorarem! Porque ele iria sofrer e com certeza me denunciar! 

Posso concluir que a vida é uma armadilha?! A cada passo você pisa em uma e se machuca cada vez mais! 

+ CONTINUA?.. +


Notas Finais


Eae? O que acharam?! 🤗
Eu espero que tenham gostado! ❤️
E sim, Yoozi é trágica também! 😱
Até o próximo gente! 👋🏻😚
サヨナラ!! 💙🇰🇷🇯🇵


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...