História Love is crazy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer
Personagens Jeff, Personagens Originais
Tags Ben Drowned, Creepypasta, Eyeless Jack, Jack Risonho, Jane The Killer, Jeff, Jeff The Killer, Laughing Jack, Sally, Slender, Slender Man, Smile Dog, Ticci-toby
Exibições 202
Palavras 822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha o cap fresquinho!

Boa leitura ;3

Capítulo 2 - Isso não é nada engraçado. Ou é?


Depois de uma longa madrugada dando depoimento na polícia, eu finalmente pude ir para casa

Me jogo na cama cansada

Minha mãe me olha cruzando os braços

Alice -o que foi?

-não acredito no que você disse.

Alice -eu não me importo.

-você foi sequestrada e te deixaram lá, conta outra. Não nasci ontem Alice.

Alice -foi o que aconteceu ta bom? E não vi o rosto deles! Agora não enche porque minha cabeça ta explodindo

Ela me joga o chinelo e sai batendo a porta

-mal-criada!

Suspiro fechando os olhos

O despertador toca, merda. Aula de novo não...

Me levanto me arrumando, saio sem ao menos tomar café

Eu caminhava para a escola, vejo o parque. Entro no mesmo o chamando

-Jack!

Uma nuvem preta aparece o revelando

Jack -Alice! Que engraçado ve-la novamente!

Alice -isso aí, eaí palhaço, o que faremos hoje? Que tal assustar crianças?

Jack -não, vou te mostrar uma coisa muito mais engraçada!

Ele me estende a mão, dou a minha mão para ele e corremos

Ele me puxava com força, eu corria com todas as minhas forças para não cair e ser arrastada

Por fim, chegamos. Eu me apoio nos joelhos ofegante

Jack -você fica engraçada assim

Alice -por que me trouxe aqui?

Jack -você vai ver.

Entramos na casa, ou melhor, arrombamos a casa.

Jack botou o dedo sobre a boca e fez sinal de silêncio para mim

Jack -shhhh!

Botei dedo sobre minha boca e concordei com a cabeça fazendo sinal que entendi

Ele pegou sua faca, o que esse louco faria?

Entramos em um quarto, havia uma criança. Ele sorriu

Alice -ei...o que vai fazer Jack?

Ele botou o dedo sobre minha boca

Jack -shhhh!

O olhei séria, seja lá o que ele faria. Não estava me parecendo engraçado

A criança acordou

-papai, mamãe? Me deixaram sozinho de novo...

Jack -os pais dele saem sempre e o deixam sozinho, haha

Em instantes, Jack pulou para cima do guri o esfaqueando loucamente

Arregalei os olhos gritando

Jack me olhou assustado, mas ao mesmo tempo parecia não acreditar na minha reação, parecia decepcionado...

Corro procurando a saída, vejo-o ir atrás de mim

Ele me alcança no momento que eu pulava de uma janela

Caímos no chão, eu não havia me machucado tanto pois ele me envolvia em seus braços

Jack se levanta me pegando pelo pescoço

Jack -TEM IDÉIA DO QUE FEZ? AGORA ESTAMOS FERRADOS!

O olhei sem intender

Alice -VOCÊ QUE FEZ MERDA! VOCÊ O MATOU JACK!

Jack -NÃO GRITA MEU NOME ASSIM PORRA!

Ele me da um tapa na cara forte, ao ponto de fazer um barulho muito alto

Cirenes são ouvidas, ele me puxa e escalamos o telhado

Por azar nos viram, corremos pulando os telhados enquanto tiros eram disparados

Por fim, nos jogamos caindo no meio da floresta

Me levanto do chão rindo

Jack me olhava bravo

Alice -isso sim foi engraçado!

Ele cai na risada e corremos de mão dadas despistando os policiais

                           (...)

Chegamos no parque, me sentei na roda gigante enquanto Jack a ligava

Ele corre a escalando e sentando ao meu lado

Jack -eu disse que seria engraçado

Sorrio apenas, sem saber o motivo.

Eu devia estar nervosa e tal condição me fazia rir descontroladamente. Porque para achar graça do que havia acontecido, só o palhaço mesmo

Jack -só achei que seria mais divertida...

Alice -eu levei um susto, não sou acostumada a matar gente que nem você, seu psicopata

Jack -mas não precisava botar nós dois em risco. A casa tinha câmeras, por isso precisava de mais silêncio ainda.

Alice -eu...

Jack -não diga mais meu nome enquanto estivermos matando.

Alice -o-ok.

Suspiro, ele pretendia matar mais gente comigo?

Jack -você já matou alguém?

Alice -nunca.

Jack -já sentiu vontade?

Alice -sempre.

Ele se encosta sorrindo, seu sorriso era sempre debochado. Como se estivesse prestes e a rir

Alice -qual a graça?

Jack -amanhã te levo pra matar, o que acha?

Estremeço, matar alguém...era algo sério. E doentio

Alice -beleza.

Mas seria ótimo matar uma certa pessoa...

Alice -vou poder escolher a vítima?

Jack -claro.

Alice -ótimo...

Ele se vira para mim me observando

Alice -o que foi?

Jack -seu rosto é engraçado

O mesmo passa a mão suavemente sobre meu rosto

Alice -vai se fuder, não é engraçado. É bonito.

Jack -tudo que é engraçado é bonito.

Sorrio, de certa forma isso me deixou feliz

Jack -mas me da vontade de cravar uma faca nele agora mesmo

Me viro brava

Alice -você não presta.

Jack -nunca disse que prestava...

Alice -exatamente, eu também não!

Sorrio pulando da roda gigante

Caio em um chão cheio de pelúcias, Jack ria

Ele pula também pousando no chão com leveza

Jack -você é louca!

Alice -olha quem fala.

Rimos enquanto corríamos para fora do parque

Jack -esteja aqui amanhã, iremos matar quem você desejar.

Assinto correndo para casa

                           (...)

Chego em casa tremendo, MATAMOS UMA POBRE CRIANÇA!


Notas Finais


Sorry qualquer erro x.x n revisei o cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...