História Love is not a game - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags One Direction
Visualizações 19
Palavras 1.619
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que vocês gostem desse capítulo. Boa leitura❤

Capítulo 7 - Mal entendido...


Fanfic / Fanfiction Love is not a game - Capítulo 7 - Mal entendido...

~Niall on~
   Já se passaram mais de duas horas e nada da Fanne chegar, ela nunca veio pra cá, aonde que aquela menina foi se enfiar? Eu vou ter que adotar medidas drásticas já que ela deixou o celular no meu carro, e ninguém melhor pra me ajudar do que a melhor amiga dela, não queria mais ouvir a voz da Brena mas aquilo era realmente uma emergência. Peguei o meu celular e respirei fundo, até que eu escuto a voz dela, aquela voz doce e suave, sinto tanta falta de ouvi-la pessoalmente.
-Alô, quem é?
-Oi Brena é o Niall -Tentei falar sem demonstrar emoção, mas o nervosismo toma conta de mim quando falo com essa garota.
-O que você quer? -Ela disse seca.
-Eu sei que eu sou a última pessoa com quem você quer falar, mas por favor me escuta.
-Eu já estou escutando, fala logo -Essa forma fria dela me tratar me fere como uma faca, parece que eles queriam realmente se afastar da gente.
-Sei que você e a Fanne não estão nos seus melhores momentos, acho que nenhum de nós está, mas ela sumiu e eu realmente preciso de vocês pra me ajudarem a procurar por ela.
-Como assim ela sumiu? Ela não estava com você o tempo todo?! -Ela disse e eu consegui sentir a preocupação dela com a amiga.
-É uma longa história...tem como vocês virem aqui?
-Eu só espero que isso não seja mentira Niall, já temos mágoas de mais entre nós, só espero que essa não seja mais uma -Ela disse e eu senti um choque por todo o meu corpo. Eu podia tentar, mas nem mesmo o relacionamento dela com o Harry ia me fazer parar de sentir algo por ela, ou até mesmo diminuir o sentimento que já existe.
   Após uns 20 minutos eu ouvi um barulho na porta e eram Harry e Brena, ambos com uma expressão de preocupação no rosto.
-O que aconteceu -Os dois falaram ao mesmo tempo, e eu dei passagem para que eles entrassem.
-Eu deixei a Fanne aqui enquanto ia ao nosso hotel ler a carta que você tinha me escrito Harry, e ela disse que ia dar uma volta, mas já fazem mais de 2 horas que ela saiu, e está sem celular ou qualquer meio de comunição.
-Porque você não levou ela cara? Você sabe que elas não conhecem praticamente nada daqui! Ótimo namorado você é -Ele falou a última frase em um tom quase inaudível.
-Ótimo o que?! Do que você tá falando Harry? -Eu já não entendo mais nada, namorado?!
-Parem os dois, minha amiga está sumida e eu não quero discussão até nós acharmos ela.
-A gente tem que sair pra procurar ela! O que vocês estão esperando? -Harry falou.

-Harry calma! Nós não podemos sair daqui e simplesmente rodar LV buscando por uma garota. Niall, onde você viu ela pela última vez?

-Na porta do nosso prédio, ela foi dar uma volta e não voltou, estava com uma roupa branca.
-Ótimo, então você vai ter que nos levar pelo caminho em que ela deve ter passado e nós temos que perguntar pras pessoas por onde ela foi -Ela disse como se desse ordens, e eu não sou louco de desobedece-las.
-Ótima ideia.
-Anos de CSI -Ela disse e eu sorri discretamente, não queria parecer que estava desesperado pela atenção dela, apesar de estar sedento por isso.
   Nós entramos no carro e perguntamos por todas as ruas que passávamos para saber se alguem tinha visto uma pessoa com as características que nós dávamos, o Harry estava mais desnorteado que nunca, eu tenho certeza que ouvi ele chorar um pouco no banco traseiro, não consigo entender a repentina importância que ele está dando para o desaparecimento da Fanne já que ele mesmo quis nunca mais me ver e ver ela.
   Continuamos no mesmo ritmo até que chegamos em uma rua sem muita iluminação e perguntamos á uma senhora que estava na varanda de um prédio se havia visto uma garota jovem de roupa branca e para nossa surpresa ela disse que tinha sim passado uma menina com essas cracterísticas há mais ou menos uma hora atrás, e disse também que ela entrou em um carro preto.
-Ela foi sequestrada? -Harry perguntou.
-Provavelmente não, se tivesse tido algo por aqui aquela senhora teria dito, parece que ela presta bastante atenção aos acontecimentos dessa rua...-Eu disse tentando acalmá-lo.
   Quando nós voltamos para o carro o Harry me abraçou e abraçou muito forte, como eu sentia falta do meu irmão de coração, apesar de todas as nossas diferenças eu sei que o Harry está passando por um momento dificil e ele precisa da minha companhia pra ao menos se sentir melhor. Ele parece amar muito a Fanne, mas se amasse não á  teria abandonado pela melhor amiga dela.
-Desculpa Niall, é que eu estou um pouco desconcertado com isso tudo, você não sabe como eu estou abalado com essa história da Fanne. Por favor não me entenda mal...-Ele disse quando entrou no carro.
-Entender mal o que Harry? Você ama ela, eu respeito isso buddy.
-Olhem! É a Fanne! -Brena gritou e saiu correndo do carro em direção á ela.
-Brena! -Fanne disse correndo ao encontro da amiga e abraçando ela.
-Oque aconteceu? -Harry perguntou indo em direção ás duas.
-Harry! -Ela disse e abraçou ele -Bom... -Ela começou a falar mas parou por alguns segundos como se estivesse tentando conter o choro.
-Ei calma, a gente tá aqui, o que houve? -Brena disse tentando acalmar ela.
-O Stephan está aqui...
-O que aquele desgraçado fez? -Harry disse claramente puto com o que ela tinha acabado de falar.
-Calma, ele não fez nada de mais, mas ele está muito chateado por eu não querer voltar com ele, e me levou pro hotel em que ele está hospedado, nós quase... -Brena interrompeu a Fanne.
-Por favor não me diz que ele fez? -Brena falou.
-Não, eu saí de lá antes, não pensei que ele fosse ficar tão mexido com o nosso término. O problema maior foi que eu não conheço nada aqui, eu só fiquei andando esperando o tempo passar e pensando em um jeito de sair daqui então resolvi voltar pro lugar que eu vim, esse foi o mais próximo que eu consegui chegar.
-Ainda bem que o Niall ligou pra gente, não sei o que faria se algo tivesse acontecido com você -Harry falou e nós olhamos pra ele -É... sem ofensas Niall, mas é que eu estava bem preocupado...
-E que história é essa? De você dizer que nós estamos namorando? -Eu disse falando sério pro Harry, não consegui entender isso de verdade.
-Nós podemos conversar no caminho do hotel? Não acho que essa rua seja perfeita para uma discussão -Brena disse e o Harry e a Fanne foram na frente e nós ficamos por último.
-Ei, podemos conversar? -Eu perguntei tocando levemente no braço dela.
-Só não aqui e não agora Niall, não estou nem um pouco afim de esquentar minha cabeça, já tivemos preocupações de mais hoje.
-Por favor...nós precisamos.
-Ok Niall, mas no hotel.
-Tudo bem... -Devo admitir que essa forma dela me tratar está me deixando louco, eu nunca fiz nada além de mostrar o quanto eu gosto dela, mesmo depois do que eu vi eu ainda amo a Brena.
   Nós fomos para o carro e o Harry estava com a Fanne atrás parecia que nós tinhamos interrompido uma conversa...
      ~Brena on~
   Eu não consigo aguentar a cara de pau do Niall de pedir pra conversar comigo depois de ter me dado provas de ser um cachorro. Mas eu preciso dar uma chance pra ele falar, querendo ou não eu tenho essa obrigação ele sempre foi muito legal comigo, e eu devo admitir que nunca gostei de alguém como eu gosto do Niall, na verdade eu nunca gostei de ninguem.
   Nós ficamos em silêncio por alguns minutos desde que entramos no carro até que o Niall falou.
-Então Harry, por que você disse que eu e a Fanne estávamos namorando?
-Talvez por que vocês estejam?!
-Hãn? Eu e ele? -Fanne disse confusa.
-Por favor não mintam pra gente, isso machuca mais que a verdade, se é que é possível -Eu disse com tristeza.
-Mas nós não estamos...vocês que estão, eu vi vocês dois se beijando -Fanne disse começando a se alterar, como sempre ela não consegue manter a calma.
-Se beijando? Quando?! Vocês estavam dormindo abraçados, é disso que eu sei, e só estavam andando juntos, se não for um namoro eu realmente não sei o que é...-Harry disse.
-Nós estávamos dormindo no mesmo quarto por que talvez eu tenha visto vocês se beijando naquela festa...lembra Harry? Da festa em que nós íamos pedir elas em namoro? No mesmo dia que eu ti disse, que nunca amei ninguém, mas comecei a amar a Brena.
-Nós não nos beijamos Niall nós nos abraçamos por que eu ia sendo estrupada, e o Harry me defendeu, ele me apoiou quando você não estava lá, e quando nós fomos procurar vocês, vocês estavam deitados juntos -Eu disse e comecei a chorar. Lembrar disso tudo me machuca muito.
-Me desculpa, de verdade por não estar com você nesse momento, eu fui muito idiota, e egoísta eu sinto muito, eu realmente sinto -Niall disse chorando comigo.
-Me desculpa por não ter te perguntado nada, e só ter te julgado -Eu esperei um pouco e finalmente criei coragem, eu quero poder amar o Niall -A gente pode ter aquela conversa lá em cima agora? -Nós já tinhamos chegado ao hotel, e saber que eles não estão namorando me dá um alívio enorme, mas por que eu ainda sinto um aperto no peito?


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse capítulo e nos dois próximos eu vou mostrar o que os dois casais vão resolver além de acontecer algumas coisas mais que vão mudar o rumo da história. Beijoks😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...