História Love is not over - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Taekook, Texting, Vkook, Yoonmin
Exibições 113
Palavras 1.792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Hello
Boa leitura :)

Capítulo 3 - Nam Hyung


– Wow, vocês realmente me deixam orgulhoso. Que lugar legal. - Nam hyung fala impressionado com o apartamento. Sinceramente, não vejo nada demais. É simples e pequeno, a sala e a cozinha são praticamente um cômodo só, apenas divididas por um batente de mármore (com banquinhos) que a vezes usamos como mesa. Na sala temos um sofá com forma de ‘L’ de frente para uma mesinha de centro e a TV, que fica em cima de um hacker com alguns porta retratos. E tem os dois quartos e o banheiro. É confortável o suficiente para nós e fica perto de tudo.

– Decoração do Kookie - Jimin explica – Se dependesse de mim você estaria sentado em um papelão.

– Não é para tanto - falo revirando os olhos – vou fazer pipoca, escolham o filme - vou saindo e eles se entreolham e percebo a merda que fiz, agora vou ter que aguentar algum pornô louco. Quando termino, levo a pipoca para eles e me sento no sofá ao lado do Namjoon, que estava no meio.

– Qual filme? - pergunto

– Eurotrip - eles responderam em uníssono

– Ah, pelo menos não é um pornô maluco daqueles - falo e eles riem.

– Relaxa e assiste, nós colocamos porque sabemos que você gosta desse filme - o hyung mais novo fala. Ele está certo, mas eu não gosto por causa da cena de sexo na igreja, como ele pensa

– Eu gosto do filme porque eles são amigos e saem viajando juntos, coisa que eu tenho vontade de fazer. Não gosto pelo motivo que você está pensando, hyung pervertido.

O mais velho de nós, que só assistia a discussão, se pronuncia.

– Uma viajem com os amigos seria bem legal, JK. Mesmo que com vocês pareça uma ideia suicída. - rimos e Jimin joga uma pipoca nele. Então começamos a ver o filme e o resto da noite se passou divertidamente com nós três rindo e catando ‘Scotty doesn't knows’. Quando o filme acabou, juntamente com a pipoca, ficamos jogando conversa fora e Namjoon nos contou sobre uma escola de rappers que ele começou a frequentar e deixou escapar que está gostando de alguém, ele tentou fugir do assunto mas eu e Jimin não deixamos.

– Fala quem é hyung, por favor - Jimin continuava implorando para Namjoon falar quem era. Acho que pode funcionar, porque ele já começou a massagem nas têmporas o que indica que ele não vai aguentar as chateação por mais tempo. Então resolvo dar uma ajudinha para meu amigo de cabelos alaranjados.

– Nam hyung... - falo com a voz mais doce possível e ele me olha – conta para gente, por favor. - finalizo com um bico nos lábios e olhinhos do gato de botas de Sherek.

– Tá, tá, eu falo - deu certo, uhuul. Eu e Jimin batemos palminhas e abrimos um sorriso de orelha a orelha – Mas eu o conheci pela internet, vocês não devem conhecem.

– Fala logo o nome da criatura - Jimin fala bufando e Namjoon o olha feio.

– Jin, Kim SeokJin - ele relaxa os ombros como se tivesse tirado um peso das costas. O sorriso que estava no nosso rosto foi substituído por olhos arregalados e a boca aberta em formato de 'O’.

– Que foi, gente? Sim, é um garoto, mas eu na-... - o corto antes que ele termine.

– Não, não! Não é isso, hyung. Nós realmente não nos importamos se é um garoto ou não. É que nos-…

– Hyung, ele está na Inglaterra? - Jimin perguntou cortando minha fala.

– Como você sabe? - nos olha confuso e parece entender nossa reação – não me diga que…

– É que nós conhecemos ele, hyung. - termino de falar e logo abro sorriso ao ver a reação de Namjoon, uma mistura de surpresa, nervosismo e, arisco eu, alegria. Ele abre um sorriso mínimo e joga o corpo pra trás relaxando no sofá.

– Owwwn, Kookie. Nossos hyung's estão apaixonados! - Jimin fala seguido de pulinhos e palminhas me fazendo rir e Namjoon leva uma almofada em direção ao seu rosto, solto uma gargalha mais alta com sua feição.

– Não estamos não.

– Você acabou de dizer que estava gostando dele - digo depois das risadas cessarem

– Eu posso está gostando dele, mas ele não - responde cabisbaixo e meio corado. Era a primeira vez que o hyung falava dos seus sentimentos, sei que ele ja teve relacionamentos, mas nunca era algo que ele falava e ficava corado só de falar o nome da pessoa, que no caso é o Jin hyung que eu conheço e é uma pessoa maravilhosa

– Ele deve gostar de você também - digo enquanto passo a mão pelo seus cabelos rosados para confortá-lo.

– Vocês conversam a quanto tempo? - Jimin pergunta

– Acho que desde o início do ano…

– E nunhum dos dois nos contou nada!? - digo retirando a mão dos seus cabelos e cruzando os braços, Jimin ri da minha reação e dou língua para ele.

– Eu não achei que ia acabar gostando dele e ultimamente ele está tão estranho, acho que ele percebeu.

Jimin para de ri e me olha apreensivo, ele conhece o hyung tão bem quanto eu e sabe que se ele está desse jeito deve está realmente gostando do Jin.

– Você devia dizer a ele - Jimin sugere

– Não, não. Vai que ele para de falar comigo. É melhor deixar quieto.

– Por que você acha que ele está estranho? - pergunto

– Ele está diferente, ele sempre diz que está ocupado demais para falar e da respostas muito curtas. Eu sei que não é para ele ficar 24 horas comigo, mas antes ele se esforçava e agora parece que ele não se importa mais. - Namjoon fala e apoia a cabeça nas mãos que estavam sobre o joelho.

– Hyung… - volto a acariciar seus cabelos – ele deve está mesmo ocupado.

Ele solta uma risada pelo nariz e olha para Jimin e depois para mim.

– Nem parece que eu sou o mais velho daqui. Olha para vocês, me ajudando com meus sentimentos. - ele ri, parece que está mais calmo.

– Obrigado, meninos.

– Por nada, hyung. - Jimin fala e abre um sorriso deixando seus olhinhos como fendas

– Hyung, você contou sobre seu aniversário para ele? - pergunto

– Contei, sim. Por que?

– Chamou ele, né?

– Precisa? Bom, ele nem está na Coréia e não é como se ele fosse mesmo vir, ele não está nem respondendo, imagine sair de Londres...

– HYUNG! - dou um grito – Óbvio que tem que chamá-lo.

– Calma, Jungkook - Jimin fala

– Eu estou calmo. Mas, desculpa pelo grito, foi o momento. - Explico-me

– Enfim… eu vou falar com ele, mesmo que o aniversário seja no fim de semana - Nam fala e olha o pulso – Bem é melhor eu ir.

– Tudo bem. E não se preocupe, hyung. Ainda é terça feira, ele tem bastante tempo para sair de Londres e chegar até seus braços - Jimin fala enquanto nos dirigimos para a porta.

– Ah claro, besta - Namjoon fala e revira os olhos

– Tchau, hyung. Boa Noite. - me despesso dele e Jimin faz o mesmo.

– Você que vai lavar os pratos - Jimin diz assim que eu fecho a porta.

– Não, eu fiz a pipoca. Você que tem que lavar. - falo e bato o pé.

– Justamente, VOCÊ fez a pipoca, VOCÊ lava. - ele da ênfase na palavra.

– Já sei, vamos resolver isso que homens que somos - sugiro e olho sugestivo para ele.

– Você quer dizer 'homens que não somos’, né? Enfim... - ele diz rindo e maneia negativamente a cabeça.

– Quer decidir logo ou não? - ergo minha sombrancelha direita e posiciono minha mão atrás da cabeça.

– Tá, Tá. Você conta. - ele coloca a mão como a minha e nos olhamos.

– Ok. 1, 2, 3… - começo sentindo minhas palmas suarem – pedra, papel, tesoura.

Não! Por que eu sempre coloco tesoura? Que merda.

– HÁ! Chora baby, Chora baby - ele começa a dançar Cheer up comemorando sua vitória me causando uma crise de risos.

– Ok, não dá para ficar irritado, eu aceito a derrota. - digo rindo um pouco menos.

– E aceita também que Park Jimin é o máximo. - ele para sua dança e me encara.

– Eu não disse isso…

– Está subentendido. - mas que abusado.

– Não está, não. - falo e passo por ele em direção a cozinha, não me viro para trás mas solto uma risadinha ao escutar ele resmungar. Começo a lavar os pratos e sinto um formigamento de leve no meu abdômen. NÃO! Arregalho os olhos e solto uma gargalhada alta seguida de um palavrão.

– Admite! - Jimin fala se segurando para não rir.

– Hyun-g, para - digo me contorcendo – eu admito - ele para e me olha.

– Admite o que? - ele fala ameaçando começar de novo com as cócegas.

– Park Jimin é o máximo. - falo quando tomo fôlego revirando os olhos.

– Eu sei - ele joga seu cabelo imaginário para trás e sai rindo.

Termino de lavar, deixo a cozinha organizada e vou para a sala onde encontro um Jimin dormindo no sofá. Desligo a TV e me abaixo, ficando de frente para ele, seria uma pena que um balde de gelo virasse em sua cabeça, mas eu não quero molhar nosso sofá.

– Jiminie? - falo cutucando sua bochecha.

– Hm? - ele resmunga e ergue um pouco a cabeça

– Vai para o quarto, hyung.

– 5 minutos, Omma - ele vira para o outro lado.

– Hyung, é sério, vamos. Você vai ficar com dor nas costas e não vai poder dançar - insisto e chacoalho seu ombro.

– Me leva? - mas que abusado – eu estou cansado de verdade - ele vira com um bico nos lábios. Certeza que eu sou o mais novo? Como uma boa pessoa, pego ele estilo noiva e levo o mesmo para o quarto, que graças a Deus estava aberto, o deito em sua cama e lhe dou um beijo na testa.

– Boa noite, Hyung.

– Boa, Kookie, e obrigado.

Saiu do quarto e vou em direção ao meu, troco de roupa me deitando em seguida, mas quando ia dormir meu celular apita, me levanto da minha cama quentinha bufando irritado e pronto para xingar o ser que me fez sair da cama por causa de uma mensagem.

Número desconhecido:

Oi, Jeon
É o Taehyung :)


Notas Finais


Obrigada quem leu até aqui :)
Já tenho capítulos prontos, vou tentar atualizar logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...