História Love is Not Over (Kim Taehyung) - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~karpatos

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 29
Palavras 1.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Ecchi, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


bom, eu nunca sei oque colocar aqui então...
boa leitura
desculpem por qualquer erro
kissus~

Capítulo 7 - Por favor...


Fanfic / Fanfiction Love is Not Over (Kim Taehyung) - Capítulo 7 - Por favor...

DEAN(pov)on

Eu realmente me arrependi de tudo que havia dito a lin, ela ficou realmente mal com oque eu havia dito, mas eu sabia que ela estava de cabeça quente, e ela poderia fazer algo para se arrepender mais tarde, então eu resolvi da um tempo pra ela se acalmar, eu realmente a amo e me doe ver o estado que ela ficou por minha causa, eu não estava mais aguentando ficar mais um segundo sem poder toca-la, beija-la, eu queria ter ela perto a mim, sentir o seu sabor, mas como eu l havia dito, tenho medo de ser feito de trouxa novamente, pense varas vezes em ir em sua casa para me desculpar pelo que eu disse, mas decidi ir pra casa para e esperar até amanhã, quando eu cheguei em casa eu fui direto para o meu quarto, logo quando eu entrei me joguei na cama e comecei a chorar quando lembrei da merda que eu tinha feito. Eu fiquei deitado imóvel ali por um tempo, quando eu adormeci

                                                                       [...]

Quando eu acordei me dei conta que já estava de manhã, eu fui para o banheiro tomar um banho mas que depressa, queria poder ir ver a lin, quando e terminei o banho, corri pra me secar e me vestir, sai de casa correndo em direção a escadas, eu desci como um raio, quando cheguei no andar onde ela estava hospedada, corri em direção a porta do seu apartamento entrando no mesmo, quando entrei me deparei com a emma desabando em lágrimas nos braços de um garoto pálido

-OQUE VOCÊ QUER AQUI? – emma disse me olhando com raiva

-o-oque aconteceu emma? Onde está a lin? – disse sem entender nada

-foi embora... e você também vai,vai embora da minha casa! – disse a emma chorando

Eu realmente não acreditei, eu corri pra o térreo e me encontrei com o Taehyung e a sam no caminho, contei toda a historia para eles, a sam me deu um tapa na cara e o Taehyung deu risada, quando eu estava indo em direção a porta para pegar um taxi Taehyung segurou meu pulso

-toma – disse estendendo a mão e me dando uma chave de carro – você vai precisar

-onde? – perguntei

-vaga 14 C

-ok – disse me despedindo – agora preciso ir!

Eu corri para o estacionamento e peguei o carro do Taehyung e dirigi o mais rápido possível m direção ao aeroporto, quando cheguei lá fui direto para o balcão para perguntar se havia alguma Linnora Smith naquele aeroporto, mas o infeliz do balconista não quis me responder, eu peguei o meu celular no bolso e liguei pra emma

LIGAÇÃO(on)

-emma, pra onde a lin vai viajar?

-não interessa! – gritou emma

-ela vai pra Nova York!

Eu ouvi uma voz no telefone, mas não fazia ideia de quem havia dito, eu desliguei a ligação e fui em direção ao embarque de Nova York, mas quando cheguei lá fui barrado por dois seguranças, eu só tive uma opção, fui em direção ao balcão e comprei a ultima passagem para Nova York, eu corri ate o embarque, passei e fui em direção ao avião, mas antes mesmo de chegar lá eu vi a lin, corri até ela e puxei o seu pulso

-Lin... – disse com os olhos cheios de lágrimas – não vai, eu não vou aguentar ficar sem você

-m-mas dean... como pode dizer uma coisa dessas, eu destruí sua vida, fiz você se apaixonar por mim, eu te machuquei...Dean eu...

-para, lin, eu te amo, e você mudou, mesmo se perceber, você esta indo embora porque não quer mais me machucar, isso mostra que você se importa lin... e eu também me importo

Puxei-a para um beijo intenso e necessitado, nossas línguas travavam uma batalha, batalha essa que foi sessada por falta de ar

-lin – alisei o seu rosto – eu te amo, não quero que va embora

Nós dois fomos em direção ao estacionamento e pegamos o carro, admito que não pude conter os olhares, eu realmente estava maravilhado com a sua beleza, chegamos no hotel então encontrei Taehyung entrando no elevador, pedi pra lin esperar e fui correndo em direção a ele, ele estava guardando algo um tanto parecido com um vibrador no bolso, eu ignorei, dei a chave do carro pra ele e fui de encontro com a lin que estava conversando com a emma e com o mesmo garoto que estava na casa dela

 

 DEAN(pov)off

TAEHYUNG(pov)on

Eu subi até o apartamento da sam, quando cheguei lá ela estava tomando banho, nós iriamos assistir um filme em meu apartamento, eu fui ate o banheiro onde ela estava e deixei a chave do meu apartamento, não pude conter o olhar, sam era perfeita, eu adorava ver o seu corpo, quando eu ia me aproximar dela percebi que a minha ereção já estava completamente visível então mais que rapidamente me despedi dela e fui para o meu apartamento para terminar de arrumar as coisa para o filme, quando cheguei lá fui até meu quarto, arrumei a cama, fiz um balde de pipoca e fui tomar um banho, e não sei porque, por mais que já tivesse visto o corpo de sam nu em minha frente inúmeras vezes eu  não conseguia evitar ficar duro, quando terminei o banho eu me sequei e me vesti, sentei por alguns minutos para ver se minha ereção acabava, praguejei ao perceber que a única saída seria satisfazer a minha vontade então fui até a minha escrivaninha e peguei um lubrificante...

 

TAEHYUNG(pov)off

SAM(pov)on

Eu terminei de banhar, me sequei e fui me vestir, nada demais, vesti uma lingerie vermelha, um short curtíssimo pois queria provocar tae, e uma camisa do mesmo, eu fui ate o banheiro pegar a chave que tae havia deixado, coisa que nem precisava já que a porta dele so estava encostada, eu entrei na casa e vi o yoongi e a emma saindo da casa e dando risadinhas, eu os cumprimentei e me sentei no sofá, eu ia ficar esperando tae ali, mas ele estava demorando mesmo então fui em direção ao quarto de tae, eu não ia entrar, só chama-lo mas antes que pudesse fazer isso ouvi tae gemer – AHH, SAM! – eu fiquei curiosa então entrei no quarto para ver oque estava acontecendo, quando entrei me arrepiei por enteira, tae estava se masturbando, ele tinha acabado de chegar ao seu orgasmo e estava prolongando o mesmo, fazendo com que seu sêmen escorresse pela sua mão e melasse toda a cama

-t-tae me desculpa! – disse sentindo minhas bochechas arderem

-não fale como se não gostasse da ideia de me ver assim – tae disse fazendo uma cara manhosa – venha aqui!

eu fui até tae, ele pegou no seu membro e apontou a sua glande para mim

-quer provar? – ele disse sorrindo pervertido

-taeee! – disse dando um leve tapa em seu rosto

-vamos, eu sei que você quer, e também quero essa sua boquinha deliciosa trabalhando em mim – tae disse me puxando mais pra próximo de si, estendendo o seu polegar encharcado com o seu gozo – ao menos prove – eu pus a minha boca em seu edo chupando o mesmo

-e então? – tae disse me encarando

-delicioso – disse parando de chupar seu dedo

-tem mais de onde veio esse – tae disse fazendo uma cara pervertida e pegando em seu membro

-ah sam... Nós vamos ter a melhor noite da nossa vida disse – tae passando a sua mão melada em meus lábios

 

 

Continua...


Notas Finais


espero que tenham gostado
ate próxima quinta
kissus~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...