História Love Is real - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park
Tags Hot, Jay Park, Maor, Silvio
Visualizações 20
Palavras 299
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, essa é uma historia emocionante. espero que gostem

Capítulo 1 - Sentando na boquinha da garrafa


Fanfic / Fanfiction Love Is real - Capítulo 1 - Sentando na boquinha da garrafa

Então, cheguei em casa e botei a minha mochila no sofá e sentei no mesmo.

Logo me sentando alguém bate a porta.

-Quem é o filho da puta!- Abri a porta, e era o meu crush. Silvio santos.

-Ah meu filho, acabei de chegar da estrada. Toma alguns aviãozinhos.- Ele me deu quatro bola de dinheiro e aceitei, vou gastar em algumas coisas.

-Obrigado, meu amor.- falei e ele me puxou pro seu colo.

-Que rosto lindo, suas coxas belas e bem feitas.- Eu fiquei corado quando ele disse aquilo.- Vamos no seu quarto, quero descansar um pouco.- Subimos juntos e deitamos na cama.-Que delicia seu quarto é, bem geladinho.- Ele falou desabotoando a roupa, que corpo lindo era daquele velho, aquele corpo, aquele maldito corpo.

-Silvio, o que quer fazer? - Pulei em cima dele e perguntei manhoso.

-Ter um prazer, nesse belo dia.

-Como quiser.- Me retirei de cima dele e desabotoei a calça dele o chupando com vontade.- Que delicia.- fiz movimentos rápidos e o mesmo tombou a cabeça pro lado e acabei chegando ao clímax. Tirei toda minha roupa e subi em cima dele, colocando aquele negocio grosso dentro de mim.- AAAh!- Gemi.

-Ui! Vai! Quero que você chegue até o meu avião!- Gemeu e me puxou pra perto me beijando. Fui fazendo movimentos rápidos e nossos corpos se chocavam e ecoavam o som de nossos corpos pelo meu quarto. Até que cheguei ao clímax e o velho fechou o olhos.

-Que delicia, o que achou?- Deitei ao lado dele e sacodi ele, mas o velho tinha morrido de ataque cardíaco e ele não disse mais nada e fui preso, por te matado o velho Silvio. Meu lindo e perfeito amor. Ele gostava do Dolinho Kum, Mas ele morreu e o Dolinho Kum se suicidou.


Notas Finais


Gente, eu chorei escrevendo isso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...