História Love is the cure - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys
Visualizações 40
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me perdoem pela demora. Eu sei que demorei bastante. Mas sem enrolações vamos pra História.

Capítulo 10 - Capítulo 10


Quatro dias depois 


Eu não tive coragem de perguntar a ela sobre o segredo dos meus pais, acho que estou sendo ingénuo caindo nas conversas de Yoongi. Melhor esquecer isso. 

6:30h 

- Jimin ! Acorda ! - ousso alguém me chamar ,levanto assustado e (s/n)passa as mãos levemente no meu rosto 

- o que aconteceu Jimin ? Você ta estranho nesses últimos dias - ela pergunta curiosa. Eu não posso dizer a ela que não estou indo as aulas porque estou me tratando as escondidas com Jin. Ouvir da boca do Jin que estou piorando me destrói

- eu to tendo uns pesadelos repetitivos ultimamente-  digo a fitando séria

- que pesadelos são esses Jimin ?- ela pergunta segurando minha mão. 

- no meu sonho eu sou abandonado por você...você me deixa por outro cara - falo algo qualquer, o pior de tudo é que esse sonho invetado pode se tornar real.

- saiba que eu nunca irei te trocar Jimin - ela beija minha bochecha  se levanta e fica na minha frente - mas agora se levanta estamos atrasados- ela fala tirando minhas cobertas 

- só mais 5 minutinhos- falo me encolhendo na cama 

-NÃO !VAMOS LOGO bela adormecida rsrs- ela fala se retirando do quarto ao risos e eu também me junto a gargalhada dela.

Ela não me deixa entrar no quarto dela acho isso ridículo eu sei que ela me deseja. Mas eu acho que isso é culpa do Taehyung, a três dias atrás ela chegou do trabalho com um assunto nada legal pelo menos pra mim. Ainda me lembro da frase. 

"Jimin nada de sexo , eu não quero me sentir culpada por ficar com alguém menor de idade ,vamos esperar"

Sei que foi a três dias atrás que ela impôs isso , mas faz anos que eu quero faze-la ser minha e morar junto com ela piorou a situação.    Me levanto pego meu uniforme e vou para o banheiro fasso minhas higienes ,e tive o deslize de me masturbar pensando nela. Que azar eu tenho ,ela é minha mas não posso te-la fazer amor com ela na minha cama ,na mesa ,no sofá...no chão da sala... Meus pensamentos são interrompidos pelos gritos de (s/n) que me chamava para tomar o café da manhã. Termino de me arrumar pego minha mochila e desço. Me sento a mesa e observo a minha princesa ou melhor dizendo minha Rainha trazendo panquecas quentinhas pra mim. 

- odeio que fique me observando assim Jimin - ela diz ficando vermelha , eu nem tinha percebido que a encarava com certa malícia mas se tratando dela é inevitável 

- quem mandou você ser tão linda ?- falo a deixando mais corada. Adoro deixa-la desse jeito. Começo a comer as panquecas e ela também ficamos em silêncio e apenas trocando olhares . Como eu a amo ,mas ao lembrar que não vou poder compartilhar desse amor por muito tempo me parte o coração.


Jimin (off)

(S/n) on


Deixo Jimin no colégio e rumo em direção a empresa eu estou tão feliz nesses últimos dias. Esse garoto meche tanto comigo que fico aqui dando sorrisos sozinha. Estaciono meu carro na garagem e adentro a empresa no horário de sempre. 

- bom dia chefe está linda hoje -Jungkook fala sorrindo mostrando seus dentinhos super fofos 

- você sempre fala isso kook - digo sorrindo 

-mas eu estou dizendo a verdade rsrs... Chefe eu tenho algo pra dizer a senhora - ele fala ficando sério derrepente

- então vamos para meu escritório-  ele assente com a cabeça e fomos para o meu escritório que por curiosidade é do Tae Também. Nossa relação não esta muito boa nesses últimos dias, ele as vezes joga umas piadinhas pra mim em questão ao meu relacionamento incesto...mas fazer o que. Entro com o Kook na sala e Tae nos observa atentamente 

- Tae poderia nos deixar a sós ?- pergunto me sentando em minha mesa 

- aaaa (s/n) eu to cansado - Tae fala ficando emburrado. Eu me levanto e vou ate ele 

- sem problemas  - digo arrastando sua cadeira ao qual ele tava sentado pro lado de fora. 

- você é muito má comigo... Droga de cadeira-  escuto ela murmurando atrás da porta. Volto a me sentar e Jungkook permanecia queto a minha frente, o que é bem estranho vindo desse jovem tão alegre.

- primeiro sente-se - ele logo obedece minhas palavras - então o que queria falar comigo? - falo o fitando 

- bem...é algo sobre o Jimin - ele fala ficando nervoso. De onde ele conhece o Jimin ,será que são amigos 

- pode falar - falo mordendo os lábios ja impaciente 

- eu soube que vocês têm um caso - o mais novo termina de dizer tais palavras e meus olhos se arregalam no mesmo instante, mas volto a tentar a fazer uma expressão indiferente 

- quem disse isso a você? - pergunto, mas o que ele quer com tudo isso 

- a minha irmã Sana me disse - aquilo ja me fez soar frio será que ele usaria isso Contra a mim - se acalma ,eu não vou fazer nada contra vocês, a Sana é uma imprestável com coração de pedra mas eu sou diferente - ele fala segurando minhas mãos que estavam na mesa. 

- ok vou confiar em você mas pode contar o que quer tanto dizer? - pergunto ao ver ele acariciar minhas mãos. 

- ela esta planejando um sequestro e Jimin é o alvo - coloco uma de minhas mãos no telefone naquela mesa mas Jungkook impede que eu disque os números - por favor não mandem prender minha irmã, ela não sabe o que faz - ele implora ja ficando com a voz embargada 

- tudo bem não se preocupe- me levanto e o abraço-  obrigada por me contar o que ela planeja kook - falo dando um beijo em seu rosto o que o deixou corado 

- agora eu entendo por que até seu primo se apaixonou por você - ele fala ficando mais corado ainda. 

- kkkk "Romeu" acho melhor você voltar ao trabalho - falo o fazendo rir ,ele assente e se retira e Tae entra na sala de joelhos na cadeirada a usando como um carrinho 

- TAE QUE ISSO ?!- pergunto dando uma risada 

- meu novo veículo-  ele diz vindo até a minha mesa e me encarando 

- o que é? - digo colocando uma das mãos em meu queixo 

- é sério que você e o Jimin ainda não tranzaram ? - ele pergunta sorrindo malicioso 

-não !e o que você tem com isso ?- o respondo sendo grossa 

- não seja má assim - ele faz um biquinho - você lembra que ja tivemos nossos momentos de prazer-  ele diz mordendo os lábios 

- vai se ferrar Tae nos beijamos uma vez na vida , e ainda por cima foi sem querer - falo com a voz irritada,  o que ele pretende com isso 

- eu pensei que você lembrasse, mas derrepente não se lembre por causa da bebida - ele fala se dirigindo a sua mesa

- COMO ASSIM! - eu grito saindo daquela sala indo tomar um ar lá no terraço ,será ,será eu não me lembro de nada daquela noite. Será possível que tenhamos tido esses momentos carnais.


(s/n) off


Taehyung (on)


Eu ainda a quero pra mim ,porque logo aquele moleque sem graça do "primo" dela , eu sou mil vezes melhor. Ela nunca percebeu isso. 


FLASHBACK ON


- tem certeza que vai ir nessa viagem comigo?  - ela pergunta meio chateada 

-sim eu irei - respondo sorrindo 

- Tae eu só vou para o Japão porque eu preciso desse curso - ela fala arrumando as malas 

- eu sei (s/n)você quer ter sempre um dinheiro a mais pra cuidar de seus tios e do primo - falo me lembrando do estado do Jimin naquele hospital. 


Eu fui com ela para o Japão anos atrás no mesmo ano que Jimin estava muito doente, ele não sabe mas ao terminar aquele curso eu pude devidamente subir o cargo da (s/n)na minha empresa e ela pagou de um certo modo todo o tratamento dele. Eu paguei o tratamento, mas (s/n) me devolveu todo o dinheiro depois.


FLASHBACK OFF


Quando ela foi visitar o Jimin depois daquela viagem ele a desprezou. (S/n) se sentiu a pior pessoa do mundo ,mas quem a consolou adivinha,  o bobão aqui. 

- Tae é verdade que nós  ja ficamos juntos? - (s/n) fala cortando meus pensamentos, nem a vi voltar 

- sim ,mas você me deixou Triste você poderia lembrar-  eu falo fazendo uma expressão triste. Eu lembro daquela noite, foi a melhor noite da minha vida...






Notas Finais


Sorry pelos erros ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...