História Love is The Way - Imagine com Park Jimin - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vkook, Yoonseok
Visualizações 65
Palavras 1.081
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, voltay. Boa leitura❤

Capítulo 17 - Melhor dia da minha vida...


Fanfic / Fanfiction Love is The Way - Imagine com Park Jimin - Capítulo 17 - Melhor dia da minha vida...

Caí de joelhos no chão e comecei a chorar, lembrando de tudo que ele havia feito comigo e com minha mãe. Eu me perguntava como ele saiu da cadeia, quem o tirou de lá e porque. Olhei pra cima e ele já não estava mais lá. Yoongi veio em minha direção e se abaixou pra me abraçar.

-Fica calmo, amor. Eu vou te proteger desse monstro. Venha. - disse me ajudando a levantar e depois limpando minhas lágrimas. - Agora, vai lavar esse rosto, esquece isso por um tempo e vamos fazer algo legal pra nos distrair.

Fui no banheiro, lavei meu rosto e voltei para a sala. 

-Você tá bem, Hoseok?

-Não. Meu pai estava na porta... eu tô com medo do que ele pode fazer, ele é um monstro. -disse começando a chorar novamente. 

-Calma Hope, vai ficar tudo bem, nós vamos te proteger, somos um time, nós temos que ajudar uns aos outros principalmente nesses momentos difíceis. - disse Namjoon e todos concordaram.

Enxuguei minhas lágrimas e limpei meu rosto. Agradeci a eles pelo apoio que me deram e ficamos na sala até que eu tive uma ideia.

-Gente vamos brincar de verdade ou desafio?

-Bora. - disse Tae.

-Tá, eu giro a garrafa. - disse Kook.

Kook girou a garrafa e caiu em mim e Namjoon.

-Querido Namjoon, verdade ou desafio?

-Desafio.

-Te desafio a contar algo constrangedor que a gente não saiba, o que eu acho meio difícil né.

-Hum... Bom, de madrugada, quando todos estão dormindo, eu fico stalkeando alguns meninos e me mastur... - não precisou nem continuar, todos sabiam o que era. No mesmo momento, Jin olhou pra ele com uma cara que, eu tava com medo.

-É o que Namjoon?! Toma cuidado com o que você faz hein! Se não terei que fazer mais uma greve.

-Não, isso não, por favor.

Girei a garrafa e caiu em Tae e Kook.

-Verdade ou desafio? - perguntou Tae.

-Verdade.

-É verdade que você ainda é virgem?

-Sim - disse Kook meio envergonhado.

-Eu posso mudar isso se quiser. - Tae disse, mordendo o lábio inferior e olhando de forma maliciosa para Kook, o que fez Kook corar.

-Ai, meu shipp, ninguém sai. - disse Jimin.

Tae girou a garrafa e caiu em Namjoon e Jin.

-Verdade ou desafio?

-Desafio, se eu escolher tu vai ficar um século aí pensando, você sabe quase minha vida inteira.

-Te desafio a passar um trote pra S/N

-Ah Nammie, tu sabe que eu sou péssimo nessas coisas.

-Ue, se vira.

-Nossa, que ótimo namorado você hein! Puta merda.

Jin pegou o celular e foi ligar pra S/N. 

-Alô, S/N

-Fala Jin

-Então, é que eu transei com uma mina e a alguns dias descobri que ela está grávida, ou seja, você vai ter um irmãozinho. - a cara do Namjoon era a melhor, que bom que era trote, não queria nem saber o que aconteceria depois.

-Sério?! AI MEU DEUS

-Sim, temos que comprar as coisas já.

-Deixa que eu vou comprar as coisas, eu sei que tá ansiosa mas eu sou o pai.

-Aff. Tá, tô indo então bjs.

-Ah, S/N, tenho que te contar outra coisa.

-Fala logo

-Isso é um trote tá?! -disse começando a rir.

-O que?! Você vai ver só quando eu chegar aí, puta merda, eu vou te bater mano. Eu tava toda feliz porra. Tô puta agora. Tchau.

Começamos a rir muito, ela acreditou mano. Tadinha da S/N.

-Ela falou que vai me bater, tô com medo, Namjoon me proteje quando ela chegar, por favor. A não ser que você queira ficar solteiro.

-Tá bom.

-Ces vão querer continuar o jogo?

-Melhor não, antes que dê mais merda.

    ~Alguns minutos depois~

S/N chegou e foi pro quarto guardar algumas coisas, voltou pra sala e deu um olhar não muito bom pro Jin. E depois ficou rodando a sala, correndo atrás dele.

-NAMJOON ME AJUDA PELO AMOR DE DEUS. ESSA MENINA QUER ME MATAR. AAAAAA

Jimin conseguiu segurar a S/N e acalmá-la. Depois disso, resolvemos ir à uma sorveteria, Tae e Kook ficaram por lá mesmo.

Hoseok off

Kook on

O pessoal foi a uma sorveteria, só que eu e Tae decidimos ficar lá mesmo. Vejo Tae se aproximar de mim, e começar a acariciar minha coxa, subindo as carícias e chegando em meu pescoço. Dando nele chupões, beijos e mordidas leves.

Começamos um beijo calmo e apaixonado, que se transformou em um beijo quente e excitante. Paramos pela falta de ar. Ficamos nos encarando e logo vejo Tae me pegar no colo, e depois subir a escada.

-Você é demais Tae.

-Quero que aproveite a noite de hoje.

Chegamos no quarto e Tae me jogou na cama. Indo pra cima de mim e tirando minha camisa e começando um outro beijo, depois descendo pelo meu abdômen, chegando até a barra da minha calça. 

Kook off

Tae on

Tirei sua calça e vi seu membro duro e úmido e comecei a massageá-lo, encarando Jungkook, que estava com a cabeça para trás. Ele percebeu que eu estava o encarando e olhou pra mim corado. Tirei sua box e coloquei seu membro por completo em minha boca fazendo movimento de de vai e vem. 

Sinto seu líquido e engoli. Kook mudou nossas posições ficando por cima de mim. Tirou minha blusa e foi direto pra minha calça. Tirando ela junto da box e jogando em qualquer canto do quarto. 

Tae off

Kook on

Abocanhei seu membro fazendo movimentos de vai e vem e logo ele gozou em minha boca e eu engoli. Engatinhei até ele e o beijei, dando mordidas e explorando cada canto de sua boca com a língua. Coloquei seu membro na minha entrada, rebolando devagar sobre ele para me acostumar com a dor. Depois aumentei a velocidade.

-A-aah, Jungkook eu vou... -antes dele terminar de falar, já senti seu líquido preencher minha entrada. 

-Fica de quatro pro seu Daddy. - pediu, dando um tapa no meu bumbum. Obedeci e ele me penetrou.

-Aaah Daddy, mais rápido...

Ele aumentou a velocidade das estocadas, até que chegamos ao ápice juntos e nos jogamos cansados e suados na cama.

-Gostou?

-Não, eu adorei. Melhor dia da minha vida. Você sabia que eu te amo?

-Sabia, impossível não me amar. -disse Tae rindo. - Também te amo, meu amor.

-Convencido. Vamos tomar banho?

-Vamos. - disse levantando e me ajudando a levantar. Até porque meu quadril estava doendo pra um caralho.

Fomos tomar banho, mas não rolou nada além de alguns beijos, carinhos e mãos bobas. Fomos deitar, nos abraçamos e assim dormimos.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado, deixem suas opiniões nos comentários, até o próximo capítulo, bjs da Tia Lud❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...