História Love Letter ❁ tae+kook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Vkook, Yaoi
Exibições 5
Palavras 1.205
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello, hello.

P.o.V. = Point of view/ponto de vista.

Capítulo 3 - Dois - Lar Doce Lar


Fanfic / Fanfiction Love Letter ❁ tae+kook - Capítulo 3 - Dois - Lar Doce Lar

Jeon Jungkook

 Estava em seu quarto, tendo um profundo sono. Até que seu pequeno cão resolveu chamá-lo. Sentiu o corpo agitado pular em cima do seu e várias lambidass em seu macio rosto. 

— Ok ok... Chega, acordei – ele disse enquanto dava risadas, sentou-se e abraçou Gureum*, enquanto fazia carícias. Pôs o cão no chão e viu o mesmo correu pra fora do quarto. Levantou e foi até o banheiro, tomara um banho longo. O jovem era pensativo, principalmente na hora de se banhar.

Depois de ter terminado de se arrumar, dirigiu-se pra cozinha, onde se encontrava vazia. Sua mãe sempre acordava cedo por conta do trabalho, obviamente, então não tinha tempo pra se despedir de seu filho. 

Ele ainda havia tempo de sobra pra chegar na escola, então, preparou um bom café da manhã. Pão com manteiga. Despediu-se de Gureum e saiu de casa, indo à caminho do colégio. 

Jeon Jungkook's p.o.v.

Sempre era o primeiro a chegar na sala de aula, além dos professores. Mesmo um dos alunos sendo meu 'vizinho', chegava tarde. Bem, não sei nem mesmo seu nome, não posso saber sobre sua vida.

Os portões abriram assim que pus meus pés perto da calçada. Gostava do ambiente vazio, o amontoado de alunos... me incomoda, de certa forma. Entrei no prédio e fui até a sala, por incrível que pareça, ela sempre ficava aberta. Então, entrei.

O perfume que as rosas do lado de fora traziam, era incrível. Pena que durante a aula as janelas tendem a ficarem fechadas. 

— Excuse me! – escutei uma voz familiar vindo da porta, e claro, era o Jimin. 

— Oh my god. – arregalei meus olhos, fingindo espanto ao vê-lo. Deixei minha bolsa perto da banca e andei até ele. — Você fez as questões de matemática? 

— Que questões? PERA, ONTEM TEVE AULA DE MATEMÁTICA? – ele exclamou enquanto segurava meus ombros, com força. Só conseguia rir. 

— Tava brincando – ri. — Sabia que se tivesse algo, você não teria prestado atenção. Jimin-ah, você é tão bobo.

— Me respeita, sou seu hyung! – ele disse estufando o peito, enquanto se aproximava, tentando me intimidar. Fiz o mesmo. 

Um barulho. Nós dois olhamos na direção do ranger e a porta estava aberta, com a imagem de um garoto alto e loiro (falsificado), nos encarando seriamente. É o pão de mel. Ele tossiu, enquanto entrava, nos encarava de lado. Sentou na sua banca e começou a ler um livro. De cabeça pra

— Taehyung-ah! Como você tá? – Jimin foi até ele e se sentou na sua mesa. 

— Tô ótimo – ele esboçou um sorriso fofo, de forma quadrada. Yah, que bonito. — E você ChimChim? 

— Hum, também. Mas esse garotinho me deixa louco! – apontou pra mim. Fiz uma cara 'inocente', olhando pros lados. Taehyung fez uma careta e eu corei. — Ele me insuta, como se fosse mais velho que eu. É um demônio mesmo. 

Taehyung suspirou, quase como se estivesse aliviado. Ué. Fui pra minha banca, que era ao lado dele. Ficamos em um pequeno silêncio, até o professor e o resto dos alunos chegarem. Jimin não ficava muito nas aulas, ele gostava de dança, então ficava com o Hoseok pelo ginásio, quando não eram pegos pelos professores. Vivia avisando sobre as notas deles, mas a resposta sempre era "Eu me cuido". Até que eles iam bem pra quem quase nunca assistiu todas as aulas do ano. 

— Meu nome é Kim Taehyung – escutei o loiro dizer timidamente. Kim Taehyung? Já ouvi esse nome em algum lugar, quero dizer, além de hoje. 

— O-o meu é Jungkook. Jeon Jungkook – gaguejei, sim, gaguejei. Poxa, Jeon. 

— Eu sei – ele disse balançando as mãos. — Quer dizer, o Jimin já falou sobre você. 

— A-ah, claro. O hyung já me falou de você também. – menti. Não, Jimin nunca havia me falado dele, e isso era péssimo. Gostaria de ter o conhecido antes, apesar de morar próximo de mim.

— Hm.. E-eu – foi cortado pelo professor — Ya, vocês dois, o que fazem conversando durante minha aula? Querem sair? 

— Desculpe-nos, professor. – falamos juntamente. — Pois bem... – ele continuou a aula e prestamos atenção. Até porque, não tínhamos assunto pra falar. Pelo menos o que eu pensava de Taehyung. 

[Intervalo]

Jimin havia chamado o grupo inteiro pra comer no refeitório. Não era muito acostumado à sair da sala, mas pelos meninos, eu iria. Além de que chamaram o Taehyung também, queria saber mais sobre ele. 

— Hey, maknae –  Moni hyung me abraçou pelos ombros e bagunçou meu cabelo. Fiz uma careta e sentei na mesa.

Todos estavam lá, menos Hoseok, talvez ainda estivesse praticando. Sim, ele amava dançar, assim como eu e Jimin, mas ainda preferia desenhar. 

— Esse é o...? –Yoongi apontou pra Taehyung, que estava concentrado em um origami, mas deixou cair por conta do susto que tomou por Yoongi, que apontou seu dedo em sua bochecha. — T-taehyung – se levantou e fez uma breve reverência. 

— Que formalidade, nem o maknae Kookie é assim! – Hoseok apareceu, do nada. Se sentou na mesa (literalmente) e encarou Taehyung. — Jung Hoseok, mas me chame de Hobi, sinto que seremos bons amigos – ele estendeu a mão enquanto sorria de um jeito que só ele sabia. Depois foi a vez de Jin se apresentar,  Rap Monie, e assim sucessivamente. 

Logo estávamos conversando sobre tudo, escola, notas, garotas que cada um 'pegou' na semana, lanches, o kimchi ruim da cantina, e etc. É, os assuntos não paravam, até a aula iniciar. 

— Eu não terminei de falar! Vocês têm que provar meu kimbap, é melhor que todas as comidas da cantina juntas! – já estavamos a caminho, enquanto Seokjin ainda falava sobre suas receitas. Ele tinha o dom da cozinha, mas segundo ele, não sabe cozinhar. Os hyungs foram pra turma deles e eu, Tae e Jimin voltamos pra nossa. 

— Sentem-se. – a professora exclamou para todos, e assim fizemos. — Hoje irei passar um trabalho pra vocês, mas como poucos aqui tem responsabilidade, eu diria, vou escolher os trios. Hm.. Tae... Taehyun? 

— Taehyung, professora. – ele levantou sua mão enquanto revirava seus olhos de leve.

— Tanto faz. Bem, serão: Taemin, Jungkook e Jaemin. 

— Taehyung. 

— Jimin. – eles falaram ao mesmo tempo, enquanto eu ria disfarçadamente da cara de taxo de Jimin. Mas logo que sentaram, começaram a comemorar por nós ficarmos juntos como trio.

— Ei, porque a gente não vai pra casa do Kookie? Podemos fazer o trabalho dessa professora chata lá. Não vai ser ruim já que moramos quase perto um dos outros – Jimin sugeriu e concordei com a cabeça. Taehyung pensou um pouco, mas logo concordou.

— Silêncio! – a professora gritou para nós, enquanto ela colocava o CD de vídeo aula para nós assistirmos. Ela se sentou e começou a cochilar. Nós não perdemos tempo e conversamos o resto das aulas sobre o trabalho. 

A aula logo acabou e nós pegamos nossas coisas, para partimos pra minha casa. 

Jungkook p.o.v OFF

Taehyung sempre passara por àquela casa, mas nunca imaginara como era por dentro. Não era simples, nem cheia de detalhes, porém era arrumada. Muito arrumada. Taehyung sabia que Jungkook tinha cara-de-rico, mas não sabia que suas dúvidas sobre ele, eram verdadeiras. 

— Sejam bem-vindos a minha humilde casa! – Jungkook disse enquanto jogava sua mochila pelo chão da sala. 



Notas Finais


*Gureum é o cachorrinho do Jeon na vida real.

Qualquer erro encontrado, minhas sinceras desculpas. Espero que tenham gostado! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...