História Love Letters - Park Jimin. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Visualizações 36
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi meus cheiros, alguns já me conhecem outros não, por tanto. OI EU SOU A REBECCA E EU AMO PARK JIMIN.
mentira, podem me chamar de becca e eu ainda amo Park jimin rs
Bem, antes de começar quero esclarecer umas coisas:

Essa fanfic são basicamente textos, feitos por mim, ou seja, nem pensem em copiar pois eu vou saber.
Outra coisa, as vezes eu vou indicar música pra que vocês escutem enquanto vocês estiverem lendo, pra que a experiência seja melhor.

A fanfic é hetero, então se você não gosta, pense duas vezes antes de jogar hate nela, principalmente na minha bichinha Lily Collins. Falando nela, ela está aqui pra representar a personagem feminina, não estou impondo nenhum shipp aqui. Apenas.

Boa leitura, falou!!!

Capítulo 1 - Luz do sol.


Fanfic / Fanfiction Love Letters - Park Jimin. - Capítulo 1 - Luz do sol.

-13 de Abril de 2014-

 

Não sei exatamente o real motivo pelo qual escrevo isto aqui, talvez seja porque a chuva que cai lá fora me deixe inspirada e relaxada enquanto uma xícara de café me acompanha, ou talvez seja pra que no futuro Park Jimin leia isto e veja o quanto eu o amei, como nunca fui capaz de amar outro alguém. 

 

Já que desejo escrever isto, devo começar desde o início correto?

Lembro-me perfeitamente. 

Era finalmente primavera, e os primeiros raios de sol do mês desciam com certo receio, apesar do clima manter-se frio, o céu estava à radiar em um tom azul vivo. 

Seus cabelos ruivos pareciam absorver a luminosidade e liberá-la em pequenos feixes de luz por meio de seus olhos, você era intimidador, e era este o motivo de eu não conseguir tirar os olhos de você.

Tudo em você era extremamente delicado e desejável, sua boca bem desenhada era meu deleite, e suas mãos incrivelmente menores que as minhas o tornava delicado. Sua silhueta tornavasse suave ao meu ver, e seus anéis e roupas sofisticados o davam um ar esnobe e superior, assim como o de um chaebol. Você me olhou com indiferença, eu claramente não me encaixava em seus padrões, porém, por algum motivo, você sorriu para mim. E eu pude sentir os pelos da minha nuca se arrepiarem e meu coração acelerar como se eu estivesse caindo em queda livre ou talvez dirigindo em alta velocidade por um rua deserta qualquer. 

Quando você começou a se aproximar, eu respirei fundo e repeti como um mantra em minha mente

 

 "fique calma Mia, fique calma."

 

Observei cada passo lentamente, um por um. Quando você final parou em minha frente, lembro que precisei levantar um pouco mais o queixo pra te olhar. Seus olhos. Vi neles a mais bela constelação. Mas também eram indecifráveis, juro que nunca desejei tanto possuir uma câmera fotográfica como naquele momento para poder capturar o quanto seu rosto ficou lindo quando a luz do sol bateu nele. 

 

Depois de me perder em longos segundos em seus traços, questionei a mim mesma sobre o que você fazia ali aquela hora da manhã. Era um parque meio afastado do centro de Seul, um parque mais puxado para bosque. Havia ali um enorme campo com flores de diversos tipos, cores, cheiros e tamanhos. Então, depois de criar coragem eu disse de forma suave, quase sussurrando. 

 

"É interessante encontrar outro alguém por aqui, eu quase nunca vejo alguém além de mim mesma" 

 

Lembro-me que disse isto enquanto segurava com firmeza meu livro de romance, ele já estava na metade e enquanto ele pedia silenciosamente para que eu o terminasse, eu pedia silenciosamente para viver um amor tão lindo quanto aquele retratado no livro. 

Foi então que sua voz adentrou meus ouvidos e mais uma vez, meus pelinhos se arrepiaram. 

 

"Descobri este lugar tem pouco tempo, é segunda vez que venho" 

 

Você disse tão suave quanto às folhas que caíam das árvores. Eu sorri involuntariamente, encarando logo depois o campo repleto de flores. 

 

 

Depois disso, de alguma forma misteriosa, criei confiança em ti e assim conversamos por quase duas horas seguidas. Falávamos dos assuntos mais úteis e inúteis possíveis. Me senti privilegiada por poder ver você falar sobre tudo o que gosta com tanta paixão e mais uma vez, enquanto a luz do sol tocava sua pele. 

 

E foi bem ali, enquanto o sol iluminava nos dois, bem ali, que eu me apaixonei a primeira vista, tanto que ainda me lembro de todas as vezes em que eu sorria só de ver você sorrir quando falava algo que você julgava ser engraçado ou então quando você ficou surpreso ao perguntar da onde eu era e meio segundo depois você me encheu de perguntas e eu amei responder todas só pra ter a chance de ver suas expressões curiosas a cada resposta minha.

 

E olhe bem Park Jimin, quando você estiver lendo isto, quero que saiba que depois desse dia, eu nunca mais encontrei alguém que fosse tão belo quanto você quando a luz do sol batia em seu rosto, ou quando sorria, ou até mesmo nunca mais fui capaz de achar alguém que tivesse em seus olhos a mais bela constelação como nos seus.


Notas Finais


BOMBOMBOM!!!!
Foi isso, não sei exatamente como o tamanho dos capítulos vão ser, vai variar, principalmente quando eu for seguir um certo roteiro daqui pra frente. Enfim, espero que gostem, qualquer coisa podem me xingar no insta pra quem me conhece lá, ou então aqui mesmo. Até mais ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...