História Love me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Wendy Corduroy
Tags Billdip
Visualizações 118
Palavras 1.217
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Harem, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu demorei, Sorry </3

Capítulo 7 - Third Day (part.3)


Fanfic / Fanfiction Love me - Capítulo 7 - Third Day (part.3)

Bill havia levado Dipper para praia, mas era perto das rochas e as ondas eram calmas, podia-se ouvir o som das gaivotas. Os cabelos de Dipper balançavam a dança do vento, Bill estava arrastando Dipper pelo pulso -Oque você está fazendo? Bill?! Bill, por favor! Oque você vai fazer?- o moreno implorava pela resposta, mas Bill não o respondia, apenas o arrastava ao mar.

Bill levou Dipper até uma parte da água que batia a baixo de seus peitos -E-eu não precisava tirar minhas roupas?- Dipper perguntou levemente assustado -Não se preocupe com isso...- falou o loiro -E aliás, você está com medo de mim?- ele sorriu maliciosamente. Bill pegou abaixo dos ombros de Dipper e o colocou de baixo da água, quando Dipper quase perderá o ar, Bill o levantará novamente e logo em seguida o afundará novamente, até um momento em que Dipper se agarrou em Bill e o abraçou -B-Bill! Bill! Bill! Por favor! Eu não quero isso!- Bill abraçou Dipper, a respiração do loiro começará a ficar ofegante, sua bochechas estavam ruborizadas -Você precisa de mim? Você me quer ao seu lado? Você quer que eu te ame?- Bill adorava aquilo, adorava mexer com a cabeça das pessoas, adorava ver Dipper daquele jeito -S-sim!- Dipper disse. Bill sorriu, ele acariciou as bochechas de Dipper com o polegar e o beijou, Bill estava quente, ele queria sentir os lábios de Dipper, Bill forçou passagem a Dipper, suas línguas se enroscavam e só se separaram do beijo quando o ar se fez falta.

Dipper e Bill caminhavam pela floresta, bem basicamente, Bill estava arrastando Dipper para todo canto que ele queria ir -Para onde vamos agora?- Dipper perguntou -Vou te levar para sua casa- o loiro respondeu -Mas, Mabel pediu para eu encontrar ela na prai…- Dipper foi cortado -Você não vai!- o loiro falou frio e seco -M-Mas…- Dipper não pode argumentar -Você não vai! Não se preocupe, é só você me ouvir e nada de ruim vai acontecer com você!- Aquilo foi um aviso, uma ordem.

Os garotos andaram até chegar na cabana, suas roupas ainda estavam encharcadas e, do nada, começará a chover, então eles correram para a cabana para se protegerem da forte chuva. Eles estavam mais que encharcados, Dipper abriu a porta e o mesmo levou um susto, o telefone estava tocando. Dipper atendeu o telefone, era seu tio-avô Stanford, o telefone fazia vários chiados -D-Dipper e-eu -não tenho muito tempo para te falar, mas nós nos envolvemos em um paradoxo e não vamos voltar para casa por um tempo, mas não se preocupe e cuide de sua irmã. N-Não saia de Gravity Falls de maneira alguma…- A ligação caiu, Dipper ficou meio confuso, mas ele sempre se deu bem em se adaptar as coisas. -Quem era?- Bill perguntou com uma cara de bravo -Ford…- Dipper respondeu, Bill apenas mudou sua expressão e falou um “humm”.

-Você quer tomar um banho? Eu vou preparar a banheira…- Dipper falou e como não ouve resposta ele subiu até o seu quarto e começou a preparar a banheira. Bill ficou parado, pois não queria molhar tudo. Alguém começou a bater desesperadamente na porta. -Abre logo caralho! Ta chovendo pedra! Era Mabel gritando. Bill abriu a janela da porta e perguntou -Qual a senha?- Mabel fez uma cara de muita raiva e começou a chutar a porta, de repente Bill abre a porta e Mabel cai de cara no chão -Ensopado e pudim seus viados!- Mabel grita -Oque você está fazendo aqui oxigenado?- Mabel perguntou se levantando, Bill ia responder, mas é interrompido por Pacífica, Gideon e Will que entraram molhados na casa.

-Porque raios tem um cara loiro falso na minha casa, você é meu inimigo! - Mabel falou infantilmente -Não seja assim Shooting Star!

-Bill falou colocando o braço em volta dos ombros de Mabel, que automaticamente, empurra ele para longe

-Não encoste em mim seu oxigenado de terceira! -Mabel falou se afastando como se fosse um gato irritado -E não me de apelidos estranhos!

-Ok, ok, mudando de assunto, você poderia me dar uma toalha?! -Pacífica pergunta impedindo a briga de continuar

Mabel deu de ombros e foi até o armário, pegando algumas toalhas e entregando aos animais molhados.

-Onde está o meu irmão? -Mabel perguntou para Bill, que já estava tirando suas roupas na entrada, Bill apena s apontou para cima -E não tire sua roupa aqui, NÃO ESTÁ VENDO QUE A PACÍFICA ESTÁ AQUI?!

Bill olhou para Pacífica que estava ficando vermelha -Se não que ver feche os olhos loirinha! -Bill disse tirando sua blusa e jogando em uma cadeira. Mabel pegou a mão de Pacífica e subiu as escadas com ela, mas antes mostrou onde ficavam os banheiros que eles poderiam usar.

Bill subiu as escadas, ele abria porta em porta procurando Dipper, ele abriu uma das portas e lá estava Dipper mexendo a água da banheira e jogando um pouco de água de banho. Dipper olhou para trás e notou a presença de Bill.

-Ah, já pode usar se quiser Bill! -ele disse saindo do banheiro

Bill sussurra um obrigado, mas que não é escutado por Dipper.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Quando todos já haviam tomado uma ducha e trocado de roupa, era hora da grande questão. Todos estavam sentados na mesa da cozinha, exceto Dipper. -Oque está acontecendo aqui? -pergunta Dipper adentrando o local. -Oque nós vamos comer? -pergunta Mabel, esperançosamente esperando uma resposta -Eu vou saber?- fala Dipper tirando as esperanças da irmã -Não podia ficar pior!- Gideon disse deitando a cabeça na mesa -Pelo menos, ainda tem energia…-Will fala, e logo após a luz apaga -Você fez de propósito?!-Mabel falou surpreendida -Ele fez de propósito!-Disse Bill rindo -Não ria!- Will ficou bravo.

-Oque você quer comer?- perguntou Dipper a Mabel

-Ensopado!!! -a garota gritou -E pudim!- acrescentou

Dipper suspirou e ligou o fogão e o forno.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Todos estavam jogando cartas a luz de velas, exceto Dipper e Pacífica, pois não sabia jogar cartas. Mabel estava convencida, estava ganhando o jogo, mas Bill com a sua última mão ele ganha. Mabel se joga no chão e começou a espernear, por não ter ganhado. Pacífica se aproximou de Mabel, que estava no chão, Mabel olhou para cima -Rosa…- A garota cochichou, ficando vermelha, Pacífica fez o mesmo. Dipper tirou a comida do forno e todos jantaram, satisfeitos.

Por causa da chuva de granizo, os animaizinhos decidiram ficar por lá. Mabel estava com Pacífica no seu quarto, Gideon em um dos quartos de hospedes e Will e Bill no outro.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Três da manhã*

Bill levanta, sem acordar ninguém, e vai em direção ao quarto de Dipper. Dipper estava dormindo, Bill subiu na cama do garoto e ficou por cima dele, cara a cara, ele aproximou o seu rosto no do de Dipper e sussurrou seu nome, Bill ia beijar Dipper, mas é interrompido por Dipper que colocará a mão em frente a boca de Bill. -Não beije as pessoas enquanto elas estão dormindo, ou fingindo dormir…- Dipper diz, Bill rouba um selinho de Dipper, que não demonstrará reação. -Pare com isso Bill.-Dipper falou com sua voz desanimada de sempre. Bill se jogou ao lado de Dipper e se cobriu, logo abraçou Dipper pelas costas e por lá permaneceu -Não se preocupe, eu não vou fazer nada, ainda!

Continua...


Notas Finais


</3 ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...