História Love Me Again - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Time Rush
Personagens Camille Roberts, Carlos Pena Jr, James Maslow, Jo Taylor, Katie Knight, Kendall Schmidt, Logan Henderson, Lucy Stone, Personagens Originais
Tags Henderson, Maslow, Passado, Pena, Primeiro Amor, Schmidt, West Rocque
Exibições 20
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa mesmo por não ter postado antes como prometi, mas tive que dar um restaurar meu celular porque ele tava bugando aí demorou um pouquinho para mim conseguir me achar. E não, eu não perdi nada 😊😆
Boa leitura💋
E só pra dizer, o menino da foto é o nosso "querido" Aaron

Capítulo 8 - Aaron


Fanfic / Fanfiction Love Me Again - Capítulo 8 - Aaron

- Você é a melhor - sorriu para mim ainda com os olhos fechados e fiquei fazendo cafuné em seus cabelos castanhos macios e prestando atenção em cada afeição perfeita de seu rosto. Depois de um tempo, ele falou novamente:
- Poderia parar de me encarar - abriu os olhos que estavam em uma tonalidade esverdeada como mel
- Não estou encarando, estou admirando
- Eu sei que sou lindo, mas já tá assustando
- É romântico - falei com um sorriso, ele começou a me encarar com uma expressão seria e eu ele, era como se stivéssemos conversando apenas com olhares
- Oii! - chamou Kendall
Filho da mãe!
- Tem mais gente aqui - anúnciou ele
- Eu sei - falei de volta e tirei a cabeça da criaturinha que estava no meu colo e levantei
- Quer algumas coisas? - perguntei com um sorriso sinico e ele fez um gestor para que eu me aproximasse
- Eu te adoro muito, mas não queremos ficar aqui de vela - falou e olhei para os outros meninos que fizeram sim com a cabeça
- Okay, não tava acontecendo nada, seus exagerados - falei tentando disfarçar e sentei novamente em meu lugar, James que estava deitado agora estava sentado- posso ligar a TV? - perguntei
- Sim - disseram em uníssom
Peguei o controle e liguei em qualquer canal que tinha uma banda tocando uma música bem legal e deixei ali para escutarmos, logo a apresentadora do programa começou a entrevistar os membros da banda, mas espera, eu conheço o baixista, Aaron.
- Como está essa etapa da sua vida depois da vinda para Los Angeles?
- Bem, acho que posso dizer assim, foi uma jornada até aqui - olhou para câmera com um olhar sedutor
- Vamos ao que todas, inclusive eu - a mulher deu um sorrisinho convencido - queremos saber - fez uma pausa para o suspense - você está solteiro? - ele deu outro sorrisinho, mas dessa vez envergonhado com a pergunta. Aquela mulher devia ter uns vinte e cinco anos pra mais e ele só tinha dezoito (pedofilia kkkk)(tô brincando😅)
- Estou solteiro - falou - mas há uma menina e ela mexe muito comigo
- Okay - falou tentando disfarçar a decepção que começou a se formar em seus olhos verdes - poderia nos dar pistas de quem ela seria? - perguntou sabendo que não gostaria de dar detalhes íntimos da sua vida particular - ela é fomosa ou algo do tipo?
- Não, é apenas uma garota normal, uma amiga
- É... - tentou parecer interessada, agora que tinha que ir até o final - e aonde vocês se conheceram?
- Ela é minha vizinha e nos conhecemos no saguão do meu prédio - falou
- Então... é isso. Obrigado por nos dar a alegria da sua companhia. - ela deu fim na entrevista com um abraço nele.
Mas espera!
- Eu e ele nos conhecemos no saguão - estava tão chocada que pensei em voz alta e todos me olharam com caras que parecia um ponto de interrogação e um zangão ao mesmo tempo e James me abraçou de lado me puxando para si daquele jeito criança com ciúmes de dividir o briquedo, mas no nosso caso era bem mais que isso.
E logo veio a chuva de perguntas, Kendall foi o primeiro a se levantar
- E vocês são vizinhos não é mesmo?
- Sim - falei receosa enquanto ele se aproximava
- Aihara, como assim?- peguntou Carlos levantando
- Como assim? - perguntou James
- Gente, calma, eu nunca tive nada com ele, até vocês perceberam que ele disse amiga - tentei me defender
- Por ele poderia ser mais que isso - disse Kendall
- Mas não depende só dele - falei
- Da licença - pediu James - levantando e segurando minha mão para que eu levantasse também, foi o que fiz e fomos para o outro lado da sala - poderia me explicar isso antes que eu vá tirar satisfações com ele
- Desculpa, não fazia a menor ideia, eu só conversei com ele até agora
- O que foi essas conversas?- perguntou bravo
- Coisas idiotas que não tem a menor importância - falei tentando amenizar a situação
- Essas são as piores - falou com a mão na testa, ele começava a suar frio, coloquei a mão em sua testa, ele estava queimado em febre.


Notas Finais


Vai dar treta... 🎶Vai dar treta...🎶 Vai dar treta 🎶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...