História Love Me Harder - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Marano, R5
Personagens Ellington Ratliff, Laura Marano, Riker Lynch, Rocky Lynch, Ross Lynch, Rydel Lynch
Tags Raura, Romance
Exibições 73
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura

Capítulo 22 - Capítulo 22



Ross: perf

Pov Laura

Passei a tarde toda na cama, eu queria tanto que o Ross tivesse aqui, e tão chato sem ele. Tava fazendo calor então eu tomei um banho e vesti uma roupa leve, desci e fiz um lanche

....

Assim que cheguei na sala dou de cara com a Cassidy, já falei que não gosto dela? Não? Então eu não gosto dela melhor eu odeio ela. Bufei e a olhei com tédio.

Laura: O que você tá fazendo aqui garota ?

Cassidy: Ah vim saber se o Ross vai querer repetir o que fizemos mais cedo, parece que alguém não está dando conta... - ela sorri sínica.

Laura: Do que você está falando sua vaca?

Cassidy: além de corna é burra...pergunta pro seu namoradinho, ele vai te conta tudo. - ela se levanta e vai em direção a porta e sai.

Ela só pode está mentindo, o Ross nunca faria isso comigo, ele jurou ser fiel, ele...ele não pode ter feito isso comigo.

Pov Ross

Terminei tudo na empresa e fui pra casa, abri a porta e a Laura tava na sala, me aproximei dela e lhe dei um selinho.

Ross: Boa noite princesa.

Laura: Boa noite - disse simples.

Ross: Como voce está?

Laura: bem...como foi no trabalho? - a encaro.

Ross: N-Normal...n-não teve nada demais, por que?

Laura: nada.

Pov Laura

Ele estava mentindo dava pra ver nos seus olhos, ele não consegui menti pra mim, eu o conheço mais que tudo, será que a Cassidy falou a verdade? Ele...ele me traiu? Eu não consigo nem imagina ele fazendo isso comigo, ele disse que me ama quem ama não trai....

Laura: por que você mente pra mim?

Ross: Amor... - o interrompo

Laura: NÃO ME CHAMA DE AMOR, VOCÊ PERDEU ESSE DIREITO QUANDO SE DEITOU COM AQUELA VADIA. - me levantei e ia sair mas ele segura meu braço.

Ross: não faz isso por favor - puxo meu braço e subo.

Peguei algumas coisas no "nosso quarto" e fui pra o meu antigo, sinto o olhar dele atrás de mim, ignoro e saiu do quarto, não vou fazer papel de boba, ele me traiu isso pra mim é uma das piores coisas que uma pessoa pode fazer.

Pov Ross

Eu estou acabado, não acredito que a Cassidy foi capaz de conta pra Laura, foi só uma queda...sinto meu sangue ferver e desço, como ela foi capaz, eu devia ter escutado a Rydel. Pego qualquer carro e vou em direção ao apartamento dela.

........

Toco a campainha e ela atende, ela sorri e eu entro com tudo, a olho nos olhos com raiva/ódio, ela me encara assustada.

Cassidy: o que aconteceu?

Ross: O que aconteceu? EU QUE TE PERGUNTO, VOCÊ ACABOU COM MINHA VIDA, A LAURA NÃO QUER OLHA NA MINHA CARA POR SUA CAUSA, você é mesmo uma vadia.

Cassidy: E-eu não sei o que você está falando - ela gagueja.

Ross: Não acredito que você foi capaz de fazer isso.

Me aproximo dela e soco a parede, ela me olha assustada.

Ross: nunca mais quero ver você na minha frente, pode pegar suas tralhas da minha empresa e sumi, está avisado

Digo e saiu, ela armou tudo, ela sempre quis me separar da Laura, como eu não pude ver isso. Agora tenho que arruma um jeito de fazer a Laura pelo menos volta a falar comigo.....RIKER

Pov Laura

Acordei cedo, me arrumei e desci, fui pra cozinha e a Maria estava lá, o Ross tava sentado comendo panquecas.

Laura: Bom dia Maria.

Maria: Bom dia.

Pego algumas coisas pra mim comer e vou pra sala, ligo a TV e boto em um canal qualquer.

Ross: Posso assisti com você?

Local: a casa é sua. - digo sem o olhar.

Ele se senta do meu lado e fica me olhando, reviro os olhos e suspiro, termino de comer e quando eu ia subi sinto alguém segurar meu braço.

Ross: nós vamos fica nesse clima?

Laura: pensava nisso antes de fazer o que fez. - puxo meu braço e ele me segura pela cintura.

Ross: Me desculpa por favor

Laura: R... Ross sai

Ross: por favor - ele cola nossas testas - Eu te amo.

Ele toca nossos lábios iniciando um beijo lento, começo a bater no peito dele e ele segura meus pulsos em cima da minha cabeça, ele termina o beijo com vários selinhos.

Ross: me perdoa por favor - diz com a testa colada na minha, ele me da outro selinho - por favor amor.

Laura: A..Austin não faz isso...

Ele me olha com os olhos manejando.

Ross: Me perdoa, me dá só uma chance por favor

Pov Ross

A olho nos olhos e ela fica me encarando, pisco e deixo algumas lágrimas caírem, ela leva as mãos até meu rosto e seca as mesmas.

Ross: Me perdoa...por favor.

Laura: Como eu vou saber se posso confiar em você de novo?

Ross: Eu te amo, e nunca mais vou te magoar.

Laura: Eu...eu não sei.

Ross: só uma chance, apenas uma.

Ela me encara fecha os olhos e respira fundo.

Laura: só uma, uma única chance.

Abro um sorriso enorme e a encaro, puxo ela e colo nossos corpos, abraço a cintura dela e ela meu pescoço, beijo o pescoço dela e a abraço mais forte.

Ross: Obrigado.

Laura: não jogue fora.

Ross: nem pensar.

Ficamos um bom tempo abraçados. Ela tem o melhor abraço do mundo, depois de tanto tempo com ela não consigo imagina minha vida sem ela, ela me fez ser um Ross que eu nunca imaginei, ela me mostrou muitas coisas que eu não consigo explica. Eu voltei a compor e isso é ótimo, parei ao um tempo e a única pessoa que sabe que eu faço isso é a Rydel, ela já pediu muitas vezes pra mim mostra a todos, mas....eu não quero isso, eu estou bem não preciso que ninguém mais saiba disso. Ando pensando esses dias em canta umas das minhas músicas pra a Laura acho que ela vai gosta.

–--

Nos afastamos e ficamos nos encarando por um tempo, ela segura meu rosto e me puxa pra um beijo, cheio de amor, ela pede passagem com a língua e eu cedi, ela me puxa pela camisa e cola nossos corpos, seguro na cintura dela e a seguro firme, ela sorrir entre o beijo e parte o mesmo com 3 selinho.

Laura: Eu te amo.

Ross: Te amo mais. - ela sorri.

escutamos palmas atrás da gente e nos viramos.

Ross: Sério?

Riker: EU SABIAAAAA.

Ross: Que gay cara.

Riker: A Vitoria sabe melhor que qualquer um que de "Gay" aqui não tem nada. - A Vitoria esconde o rosto com a mão e a Laura começa a rir. - Desculpa baixinha - ele beija a testa dela.

Vitoria: idiota - ela bate no ombro dele.

Riker: Ai

Voltamos pro sofá, como esse cara entrou aqui af, ainda bato nele qualquer dia desses.

Nos sentamos e a porta abre revelando uma loira.

Rydel: CHEGUEI POVO. MARIAAAAA.

Ross: Nossa! oie Rydel, tudo bem? Eu também existo sabia. - ela manda língua pra mim e sai correndo de encontro com a Maria.


Leiam as Notas finais


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Galera eu vou gravar um vídeo respondendo perguntas de vocês, então me enviem perguntas até o dia 10/12, por favor.

Beijinhos e até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...