História Love me harder - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Tragedia
Exibições 4
Palavras 327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Espero que gostem **
Erros de digitação é pq escrevo pelo celular.

Capítulo 1 - Feels


Fanfic / Fanfiction Love me harder - Capítulo 1 - Feels

Eu já não sentia mais.

Não sentia mais dor,

Não sentia mais culpa,

Não sentia mais saudade,

Não sentia mais ódio,

Não sentia mais amor.

A única coisa que eu sentia era o sangue escorrendo pelo meu pescoço,o mesmo aparentava estar deslocado, talvez quebrado, oque significaria que eu estava condenada a morte.

A única coisa que eu sentia era uma poça de sangue se formar abaixo da minha cabeça, com o sangue pingando de um corte que eu tinha feito na testa.

A única coisa que eu sentia era alívio, eu estava morrendo, isso era tudo oque eu queria a dez minutos atrás.

Fechei meus olhos pra processar a situação, aproveitar o momento, dizer minhas últimas palavras, nem que fosse mentalmente, nem que fosse ao estirada no asfalto frio no meio de uma rodovia sem movimento afinal era dia de ação de graças. Nem que fosse só por uma necessidade humanitária. Eu precisava o fazer. Ainda com os olhos fechados eu sentia a neve tocando a ponta dos meus dedos, ouvia pequenos flocos se chocarem com o chão molhado.

Com um esforço inspirei o máximo que consegui, era a última que fazia aquilo, e antes que pudesse expirar escuto uma freada brusca, seguida de rápidos passos, tinha alguém ali, não, não, VÁ EMBORA! DEIXA EU ACABAR COM ISSO, DEUS POR QUE NÃO ME DEIXA IR, OQUE QUER DE MIM, como eu desejava ter voz para gritar aquelas palavras, mais eu pensava com toda a minha força, precisava uma resposta, uma razão, por que eu não podia simplesmente morrer naquela maldita estrada? Por que não podia ser esquecida até que alguém encontrasse meu corpo já em decomposição?

Abro meus olhos, minha visão está embaçada, eu só conseguia ver um borrão que sugeria grandes pinheiros a minha volta e neve caindo. Escuto alguém postar bem ao lado do meu pescoço contorcido que estava fincado em uma pedra, a pessoa se agaixa, olá nos meus olhos, eu posso ver os seus, pequenas esmeraldas verdes.

-Moça, está tudo bem?

Expiro,e não pela última vez.


Notas Finais


^-^ até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...