História Love me like You do - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokio Hotel
Personagens Bill Kaulitz, Georg Listing, Gustav Schäfer, Personagens Originais, Tom Kaulitz
Tags Alien, Bill Kaulitz, Kaulitz, Romance, Tokio Hotel, Tom Kaulitz
Exibições 26
Palavras 964
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Visual Novel

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeey, posso desculpas pelo capitulo pequeno :c Estou entrando em provas finais na faculdade, preciso terminar os trabalhos assim consigo terminar a fic logo D:

Ps: a pessoa da capa é o Taehyung, paras vocês verem o inimigo do Bill :v shaushauhs

Capítulo 23 - Sun Light


Fanfic / Fanfiction Love me like You do - Capítulo 23 - Sun Light

Horas se passavam enquanto Mell estava deitada naquele leito de hospital e eu estupidamente não podia fazer nada por ela; se eu tivesse chegado um pouco antes ela não teria limpado os chão e nem caído no chão, colocando o bebe em risco; o medico dizia que o bebe estava por um fio, Mell não podia receber emoções fortes porque perderia o bebe assim, por isso em momento alguma permiti o tal Bill saber onde ela estava; ainda mais por que não podia perde-la, esse cara só fazia mal para Mell e eu lutava incansavelmente para que ela se apaixonasse por mim, queria que  percebe-se que agora eu era o melhor para ela.  

Tinha sido dias que  dormia naquela cadeira dura, olhando para sua afeição levemente mais pálida que o normal, seus cachos estavam bagunçados, mas nunca deixando de estarem definidos, tateei meus dedos sobre sua pequena mão, estava gelada por conta do ar condicionado que deixava o ambiente rígido ate para mim. Quando deslizei meus longos dedos sobre seu rosto, a porta rangeu  e um homem moreno de cabelos longos e barbudo adentrou o quarto, seguido por um loiro que era semelhante ao moreno, só que ele era mais magro e estiloso, o mesmo me fuzilou com os olhos seguindo o olhar ate onde minha mão estava; sobre o rosto de Mell, senti um arrepio correr minha espinha, minha mente acusava seu nome, mas implorava que não fosse.  

 

-Presumo que você seja Taehyung? - Ele cuspiu meu nome como se deixa-se algo amargo em seus lábios. 

 

-Sim, sou!  - Não podia ficar atrás, só de saber que ele estava na minha frente, minha raiva corria em minhas veias, saltitando pelo meu corpo, fazendo meu rosto esquentar.   

 

-Bom, Taehyung! - Ele novamente cuspiu meu nome, enquanto largava sua bolsa em uma das cadeiras, dando a volta para o outro lado da cama, ao oposto de mim - Você não é mais preciso aqui, pode ir embora, eu mesmo cuidarei dela.  

 

-Me desculpe, mas como vou deixa-la sozinha com alguém que nem conheço! - entrelacei meus dedos nas mão dela, percebendo ódio nos olhos do loiro a minha frente.  

 

-Nos conversamos dias atrás, sou o Bill, namorado dela, pai do filho dela. - Bill se sentou na cama me encarando, me examinando.  

 

 

Bills povs 

 

Quando entrei no quarto que Mell estava, havia um garoto, que aparentava ter a mesma idade de Mell, seus cabelos loiros levemente compridos, seus olhos não eram tão puxados quando os demais do país, seu pescoço era longo e lábios carnudos, tipo ideal de Mell, o que fez meu sangue ferver, ainda mais vendo-o a tocar tão carinhosamente com medo de que ela quebrasse, eu que fazia isso, este é meu direito, quem ele acha que é para toca-la, para dar carinho a minha mulher! E ainda mais quando mando-o ir embora, ele se nega? Quem esse pivete acha que é.  Quando abri meus lábios para expulsa-lo, as pálpebras de Mell tremularam e logo se abriram, abri um sorriso esperando que ela me olhasse que ficasse feliz, mas não, ela olhou para Taehyung sorrindo lindamente, como fazia para mim todas as vezes que chegava de viagem e depois sorriu para Tom e então, seu sorriso se desmanchou e seus olhos se tornaram dor pura quando encontraram os meus.  

 

-O que esta fazendo aqui?  

 

-Vim te buscar, mas os médicos falaram que você não pode sair daqui sem estar bem e nosso filho também.  

 

-Meu filho, Bill.  

 

-Nosso! Você não o fez sozinho ou se esqueceu das nossas noites juntos.  

 

Mell desviou o olhar dos meus pairando os mesmo sobre Taehyung, como se pedisse desculpas pelo que estava ouvindo, por que estava fazendo isso? Ele tinha que ouvir que eu era o único homem dela, ninguém mais seria, eu não permitiria ou então, eles realmente estavam juntos? Minha cabeça rodou na possibilidade.  

 

-Bill acho melhor deixarmos ela descansar e também chegamos agora de viajem.  

 

-Tom, meu irmão, estava com tanta saudades de você! - Mell estendeu as mão para alcançar as de Tom, fazendo com que ele desse um sorriso a ela, Tom se abaixou um pouco abraçando-a levemente o quanto pode, se levantando. - A gente conversa depois Bill, agora não é a hora.  

 

-Só saio se esse infeliz sair também.  

 

-Bill! Tae não é nenhum infeliz, ele cuidou de mim todo esse tempo.  

 

-Com segundas intenções ate eu cuidava de você!  

 

-Bill por favor. 

 

-Por favor o que Mell? Você some e não diz para onde vai, leva meu filho com você, se apega ao primeiro moleque que parece estar te ajudando, quão ingênua você consegue ser Mell?! - Respirei fundo tentando não transparecer meu ódio.  

 

-SIM EU FUI EMBORA, POR QUE TUDO O QUE VOCÊ SABIA FAZER ERA RESMUNGAR SOBRE COMO EU TE INCOMODAVA NAS HORAS ERRADAS, COMO ERA DIFÍCIL FICAR NAQUELE ESTÚDIO E AINDA TER QUE ME AGUENTAR PEDINDO ATENÇÃO, QUE EU SÓ ERA MELHOR QUANDO ERA SUA AMIGA, POR QUE DEPOIS VIREI UM ESTORVO! OU QUANTAS VEZES TE LEVEI PARA DENTRO TODO BÊBADO, TENTANDO TE DAR BANHO E CAFÉ, E O QUE VOCÊ FAZIA? TRANSAVA COMIGO! MEU FILHO NÃO MERECE UM PAI IRRESPONSÁVEL COMO VOCÊ BILL! - Mell gritou tudo que estava preso na sua garganta e meus olhos não era menos do que arregalados e surpresos.  

  

E então foi quando começou a girar, Mell começou a gritar de dor pedindo para que nosso filho não a deixasse, Taehyung correu ate a porta atrás de medico, Mell estava perdendo sangue enquanto chorava descontroladamente ate que desmaiou por conta do sangue que estava perdendo, médicos e enfermeiras entraram e fui retirado do quarto juntamente com Tom e Taehyung, eu não sabia o que fazer e como fazer, estava em choque, Mell podia perder o bebe por minha culpa.  


Notas Finais


Então sera que ela vai perder o bebe? D: to sendo tão ma com o Bill, to com dó dele ja D:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...