História Love me Now - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Milah, Neal Cassidy (Baelfire), Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Vovó (Granny), Xerife Graham Humbert (Caçador), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Drama, Romance, Swanmills, Swanmillsfamily, Swanqueen, Swen
Visualizações 290
Palavras 1.270
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


aaaaa voltei, babys!

Desculpem a demora, essa semana foi NOOOOSSA kkkkkj

Eu não consegui por a imagem de capa com os looks delas :(

Vamos lá?

Boa leitura!

Capítulo 8 - Só hoje


Os convidados começaram a chegar por volta das 20:30hrs, o grande clube estava muito bem decorado nas cores preto e dourado, na entrada do grande salão, duas mesas de bufê estavam postas, uma de cada lado, mais ao fundo, outra mesa com o grande bolo de 5 andares e um stand com coquetéis elaborados e bebidas tradicionais. Do lado direito havia uma grande entrada que dava para a pista de dança, uma mesa de DJ já estava pronta para agitar os convidados, do lado de fora, onde ficava a piscina, a iluminação ficou por conta de pequenos olofotes que se movimentavam para divertir os convidados. A piscina foi liberada para quem quisesse se arriscar, a julgar pela quantidade de bebida disponível, não demoraria muito para alguém pular ali dentro. 

Regina, portando um decote generoso em um elegante conjunto de calça e blusa na cor vermelha, adentrou o salão passando seus olhos ao redor, tentando encontrar a aniversariante. Não demorou muito para que Zelena aparecesse e viesse cumprimentar a amiga.

- AH! Não acredito que realmente veio. - A ruiva gritou animada e abraçou a amiga.

- Eu disse que viria e eu vim. - Afirmou. - Feliz aniversário, Zel, desejo tudo de bom pra sua vida. Eu te amo! - Parabenizou antes de sair do abraço. - E esse lugar está maravilhoso, e claro, você também. - Pegou na mão da ruiva e a fez dar uma voltinha. - Que vestido maravilhoso é esse?

- Eu também te amo e obrigada, eu posso dizer o mesmo de você, querida. - Zelena repetiu o gesto feito anteriormente pela amiga. - Eu invejo essa sua bunda. 

Gargalharam.

- Ah, Zelena! Você é ruiva dos olhos azuis! Do que mais você precisa? - Perguntou com falsa indignação.

- De bunda, querida! Meu sonho de princesa é ter esse rabetão. - Suspirou.

- Silicone está aí pra isso. - Regina disse arqueando uma sobrancelha.

- Você acha que eu vou mexer nessa maravilha natural aqui? - Perguntou apontando para si mesma. - Nunca! - Riram.

- Tem muita gente aqui, não acha? - A morena perguntou franzindo o cenho.

- Ainda não chegou nem metade dos meus convidados, Regs.

- Para com esse apelido ridículo ou eu vou embora agora. - Fez uma falsa ameaça.

- Tudo bem, mas só porque quero que fique. - Afirmou empinando o nariz.

Zelena verificou o celular demonstrando ansiedade e Regina não quis deixar a oportunidade de provocar a ruiva passar.

- Esperando sua namorada residente?

- Você a conhece? - Zelena perguntou estranhando, não havia as apresentado formalmente.

- Não exatamente, eu a vi no hospital e a Emma me falou dela.

- Sei...a Emma... - Sorriu maliciosamente. - Sim, eu a estou esperando, aliás, já deveriam ter chegado.

- Deveriam? - Regina perguntou confusa. Deveriam? No plural?

- Ali estão elas! - A ruiva disse sorrindo, mirando a entrada do salão.

No mesmo momento Regina se virou para encarar o local que a ruiva estava olhando e, para sua surpresa, a namorada da amiga não viera sozinha. Emma Swan estava ao seu lado, num vestido azul marinho de couro que ia até o meio de suas coxas, "Tão linda quanto no uniforme do hospital", pensou Regina.    


(...) 


- Uau! Minha ruiva se superou, não é Em? - Ruby disse, mas não foi respondida. - Emma? - Chamou. 

Antes de entrar no grande clube, Emma já não estava se sentindo confortável, era tudo muito chique e exuberante, muito diferente do que estava habituada, mas esse desconforto foi embora assim que seus olhos se cruzaram com os castanhos mais brilhantes que já vira na vida. De longe pôde ver Regina Mills a encarando, a olhou de cima a baixo e constatou que o apelido de magnata era perfeito para ela, além de lhe cair muito bem, o conjunto vermelho era de muito bom gosto. Perdeu até a noção de onde estava, foi despertada por um grito um pouco mais alto de sua amiga.

- EMMA! - Ruby chamou pela 3° vez.

- An...sim...o que? - Saiu do transe.

- Você está bem? Estou falando com você, mas você não me responde. - A amiga perguntou preocupada.

- Desculpa, me perdi aqui admirando esse lugar. - Mentiu. Por sorte Ruby não percebeu para onde realmente olhava.

- Certo, vamos ao encontro da Zelena. - Puxou a loira pela mão e foi na direção das outras mulheres. 

Desde o momento em que Emma entrou no salão, Regina não desgrudou os olhos dela. Só saiu de seus pensamentos quando foi cutucada por Zelena.

- Quer um lencinho, Regina? Ta escorrendo um pouco de baba aí. - A ruiva provocou apontando para a boca da morena.

- Não enche, Zelena! - Resmungou. - Não me disse que a Emma viria.

- Faria diferença se eu dissesse? - Zelena perguntou arqueando a sobrancelha. - E eu não sabia que ela viria, é claro que eu a convidei, mas Ruby me disse que Emma não queria vir. - Explicou. - Tem algum problema em ela estar aqui?

- Não! Claro que não! - Disse convicta. - Só não imaginei que estaria... - Deveria imaginar, afinal Zelena convidou quase o hospital inteiro, por que não convidaria Emma?

Encerraram o assunto quando Ruby e Emma chegaram até elas.

- Oi, desculpa a demora. - Ruby disse assim que se aproximou.

- Pensei que não viriam mais. - A ruiva reclamou dando um selinho em Ruby.

- A Emma não queria sair da frente do espelho. - A amiga brincou fazendo a loira corar e as outras rirem.

- Emma, que bom que veio. - A ruiva disse a abraçando.

- Eu meio que fui arrastada, mas é bom estar aqui. - Sorriu sem graça. - E meus parabéns, sua festa está incrível!

- Obrigada, querida! Se lembra da Regina? - Zelena perguntou trazendo a amiga para mais perto. 

Emma encarou a morena e sorriu.

- É claro que sim. Como vai, Regina?

- Muito bem, Emma, e você? E o Henry? - Retribuiu o sorriso.

- Estamos bem, obrigada.

- Vocês ainda não foram apresentadas formalmente então...Ruby, essa é Regina Mills, minha melhor amiga desde sempre. - Zelena fez as apresentações. - E Regina, essa é Ruby Lucas, minha namorada.

- É um prazer, Srta. Lucas. - Regina disse estendendo a mão para Ruby, que prontamente aceitou.

- Me chame de Ruby, Srta. Mills e o prazer é meu.

- Só Regina então. - Riram.

- Vamos beber, porque a noite vai ser longa. - Zelena propôs já arrastando Ruby pelo braço, fazendo Emma e Regina andarem lado a lado.

Elas não trocaram uma palavra durante o trajeto até o stand de bebidas, mas de vez em quando se olhavam e sorriam sem graça uma para a outra.

- O que vão querer? - Zelena perguntou para as amigas e a namorada.

- Tequila. - Emma e Ruby responderam em uníssono, rindo em seguida.

Tequila era a marca registrada das amigas desde a época da faculdade, quando chegaram bêbadas na aula e Ruby enfiou uma agulha com anestesia na boca de Emma sem querer.

- E você, Regina?

- Uma margarita.

- Certo, duas tequilas, uma margarita e pra mim um Bloody Mary bem forte. - A ruiva pediu ao barman.

Depois de pegarem suas bebidas foram para a pista de dança, a música alta ecoava por todo o clube e alguns convidados já dançavam animadamente. Zelena e Ruby foram para o meio, deixando Emma e Regina novamente para trás.

- Não vai dançar? - A morena tentou puxar assunto.

Emma sorriu e balançou a cabeça negativamente.

- Eu não danço, não mais. - Riu.

- Não mais? O que aconteceu? 

- Depois que eu tive o Henry, isso meio que saiu das minhas coisas favoritas. - Explicou.

- Olha, eu também não danço, mas acho que hoje podemos abrir uma exceção, não acha? - Regina perguntou sorrindo.

- Tudo bem, só hoje.


Notas Finais


Obrigada pelos favs e comentários 💜

Perdoem qualquer erro, eu sempre reviso, mas pode passar algo despercebido.

Volto logo!

Bjão 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...