História Healing Tour Heart - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Haven, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 22
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente tive problemas com o site e não to conseguindo colocar nenhuma estória no sprit MDSSS, então resolvi apagar a fic que estava aqui antes e mudar o conteúdo para uma das idéias que eu tenho todo a bastante tempo então me perdoem por qualquer coisa!!
Emfim boa leitura!!
Espero que gostem❤

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Healing Tour Heart - Capítulo 1 - Prólogo


 -Konoha/Tóquio - 02:34AM-


 Sentada na em sua poltrona macia e enrolada a sua coberta, estava a jovem Haruno que tomava um chocolate quente enquanto observava as estrelas perdida em pensamentos. Seus pensamentos estavam focados no rapaz que havia conquistado seu coração a anos mas ele não a amava nem mesmo fazia ideia do que ela sentia por ele. Sasuke, esse era seu nome. Dono de cabelos negros lisos e olhos negros tão profundos capazes de enxergar sua alma, pele pálida com os lábios levemente rosados o fazia ter uma beleza única. 


 Ambos haviam se conhecido no colegial e desde aquela época a relação dos dois era somente sexo mas por um puro deslize Sakura acabou por se apaixonar por ele mesmo sabendo do quantonse decepcionaria em ter que ver Sasuke sair com outras garotas. Sakura era a típica nerd e Sasuke o grande canalha da escola. Todavia, Sasuke pensava que Sakura seria como as outras mas se enganou ao levar um belo tapa no rosto da rosada e chegou a uma conclusão: Sakura era completamente diferente do que pensava!


 Começaram a se relacionar aos dezessete anos, era somente sexo mas mesmo assim poderiam se apaixonar por um pequeno "deslize" e foi exatamente isso que aconteceu em relação a Sakura. Agora com 24 anos Sakura já havia se formado em medicina e Sasuke em administração e sim, ainda continuam com a relação conturbada.


 Sentia falta de Sasuke e nos últimos meses estavam sendo uma tortura.


 Suspirou levantando-se da poltrona ainda enrolada a coberta carregando a caneca vazia para a cozinha. Deixou a caneca na pia e virou-se rumando para o quarto, mas quando virou o corredor batidas se fizeram presentes ecoando por todos os cômodos da pequena residência onde morava. Contou até dez antes de se virar para voltar para o quarto mas novamemte fora impedida pelas batidas da porta seguida de uma voz bastante conhecida chamando por seu nome.


 E sem pensar duas vezes largou a coberta no sofá em seguida se apressando para abrir a porta. 


 — Sasuke! - disse surpresa ao vê-lo de costas como se estivesse indo embora mas quando ouviu a garota o chamando,travou no lugar.


 Ele virou lentamente a encontrando encostada no batente da porta abraçando-se tentando inutilmente se esquentar.


 — oi - falou ao se aproximar de Sakura.


 — oi - ela respondeu eu um sussurro - ahmmm, quer entrar?


 — Sim


 Ela apenas deu espaço e ele entrou a prensando na parede arrancando dela um arfar surpreso. Com seu pé fechou a porta abraçando a rosada que se encontrava ainda mais surpresa com o ato.


 — oque você… - murmurou com os olhos arregalados mais se calou ao sentir o dedo gélido do Uchiha contra seus lábios.


 — Cala boca e me beija! - rosnou arrancando dela um suspiro.


 E assim Sakura o fez.


 Sakura inclinou-se em direção ao Uchiha e selou seus lábios com fúria. O modo como seus lábios se movimentavam em sincronia parecia expressar a saudade que sentiam de estar perto um do outro. Infelizmente o ar lhes faltou obrigando-os a se afastarem mas Sasuke colou sua testa na dela enquanto respiravam com dificuldade.


 — Senti sua falta - declarou vendo-o vacilar.


 Ela o olhou nos olhos e pode ver angústia entre as pérolas negras que parecia perdidas em pensamentos.


 — Eu… - ele respirou fundo antes de circular o braço pela cintura fina de Sakura. - preciso de você.


 Mesmo ignorando oque ela dissera Sakura compreendeu que ele não era muito de expressar então resolveu deixar quieto voltando a beija-lo.


 




 Quando deram por si já estavam sem roupas enquanto gemiam de prazer sentindo seus corpos se chocarem com fúria. Não demorou muito para chegarem ao limite. Sasuke deitou-se de barriga para cima permitindo que Sakura repousasse seu corpo suado no peito do de Sasuke.


 Ficaram em silêncio por alguns segundos até Sakura falar.


 — Porque você sumiu? - perguntou fazendo uma leve carícia no abdômen definido do moreno.


 — Eu precisava pensar um pouco - disse.


 — Em quê? - perguntou curiosa.


 — Em nós - falou sentindo todos os pelos do corpo da Haruno ficarem arrepiados e seu corpomficar tenso.


 Sakura se afastou de Sasuke deitando-se de costas para o mesmo.


 — Chegou a alguma conclusão? - perguntou sentindo um aperto no coração.


 — Sim - murmurou sem a olha-la.


 — E qual foi? - perguntou


 — Devemos parar essa relação - falou a deixando supresa.


 — E porque? 


 — Estou noivo.


 Aquelas duas palavras foram o suficiente para fazê-lá virar para ele de imediato procurando palavras para dizer. Queria muito dizer que ele não poderia mas, desde o começo ela sabia que isso poderia acontecer mas as chances eram pequenas.


 — Oque? 


 Sasuke a olhou por alguns segundos antes de voltar a fitar o teto e começar a falar.


 

— Eu conheci uma garota, Karin, ela é incrível sabe, desde a primeira vez que a vi me apaoxpnei por seu sorriso e seu jeito meigo de ser e mesmo que eu me recuse a aceitar mas… Eu estou completamente apaixonado por ela - disse o moreno fitando o teto com um sorriso bobo nos lábios. - nesses sete meses em que me afastei eu estive com ela, eu praticamente sei tudo sobre ela. 


 — Sasuke… - Sakura sussurrou sentindo os olhos marejados.


 — Começamos a namorar depois de dois meses nos conhecendo e isso só me fez ficar cada vez mais apaixonado por ela e… - ele soltou um suspiro virando o rosto para olhar a garota ao seu lado - eu a pedi em casamento.


 E essa foi como um espelho se quebrando para Sakura. Elo amava e se odiava por não ter coragem o suficiente para se declarar para o seu amado.


 — Vá em bora, por favor - pediu com a voz embriagada virando-se de costas para ele.


 — Sakura eu… - disse tentando tocá-lá mas a mesma levantou se da cama em um pulo e catando as roupas do moreno jogando-as em cima de Sasuke.


 — VÁ EM BORA! - gritou em meio as lágrimas deixando-o surpreso e assustado ao mesmo tempo.


 Ele nada disse apenas começou a se vestir perguntando-se o porque da reação dela. Não existia amor entre eles. Pelo menos era oque Sasuke achava.


 Após estar completamente vestido caminhou até a porta passando pela rosada mas antes que pudesse ir embora tentou toca-la novamente, mas Sakura desviou dizendo um "não me toque apenas vá embora ,por favor" e Sasuke apenas fechou os olhos e seguiu seu caminho para longe da jovem Haruno com um aperto estranho no peito.



 Sakura só desabou por completo quando ouviu os pneus do carro de Sasuke cantaram para fora do seu bairro. 


         

  — Droga Sasuke Porque Você Não Percebe O Quanto Eu Te Amo - a rosada gritou puxando os cabelos com força.




Notas Finais


Oque acharam?
Bom,críticas serão bem vindas!




Gente vou falar novamente, eu realmente tive problemas com o site então me desculpem pelos leitores que estavam acompanhando a fic anterior mas eu realmente não pretendia continua-la!!

Bom é isso!!
Até o próximo❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...