História Love of Angels - (Hiatus) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 39
Palavras 2.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, bem vindos à mais um capítulo!
Então, sei que estou postando antes da data prevista para o fim do "pequeno" hiatus. Pois esse capítulo já estava pronto a algum dias atrás.

Sobre o capítulo:
1. JHope você está fazendo muito mistério menino!
2. Pobre Tae! :(
3. Coitado do braço da May, ele sempre sofre! :(
4. Kai... ♡
5. Aí meu Deus, o que será que a May vai fazer com o Yoongi?

Obs: Tenho dois avisos muito importantes nas notas finais. Se você vai ler, muito obrigada! ♡

Capítulo 16 - Porque eu te amo


Fanfic / Fanfiction Love of Angels - (Hiatus) - Capítulo 16 - Porque eu te amo

"Pense duas vezes antes de você falar qualquer coisa para alguém quando você estiver com raiva, pode ser as últimas palavras que você vai dizer para essa pessoa." 


~Taehyung Pov On 

 [Terça feira, 15h20 P.M] 

 Sigo May até a biblioteca mas hesito em entrar, fico parado ao lado da porta, perdido em meus pensamentos. Ouço a voz dela conversar com outra pessoa, a voz da outra pessoa era familiar, mas não conseguia lembrar da quem era. Recebo uma mensagem no meu celular e o retiro do bolso da calça para ler a mensagem. Ao ver de quem era a mensagem, me xingo mentalmente por ter retirado o celular do bolso para ler. 

 "Lembre-se, para a May ser somente sua, você precisa fazer tudo que eu lhe disse, tudo mesmo. Não se preocupe, ela não vai descobrir que você é um dos culpados por mais uma decepção dela! Haha

 - Park Jimin"

 "Idiota!" -Resmungo guardando o celular no bolso e ouço a porta da biblioteca ser aberta. Mas não era à May, era outro coreano. Ele desviou a atenção para mim e esboçou um sorriso e logo foi se aproximando. 

"Olá Taehyung!" -Ele diz sorrindo. 

"Desculpe, mas eu conheço você?" -Pergunto.

"Sim e não." -Ele responde me fazendo ficar confuso. 

"Como assim?" 

"Ah, esqueça isso! Eu só queria dizer obrigado." -Ele diz levando uma das mãos até meu ombro direito. 

"Pelo quê?" -Pergunto mais confuso. 

"Por estar facilitando meu trabalho! Sério, eu realmente sou grato por isso..." -Ele diz sorrindo. 

"Trabalho?" -Pergunto mais uma vez. 

"Você está confuso, vou tentar esclarecer as coisas..." -Ele diz se aproximando ainda mais, e fica próximo ao meu ouvido.

"Obrigado por esta matando a May por mim, eu realmente não queria sujar minhas mãos com o sangue dela!" -Ele diz me deixando imóvel e sem reação. 

"Omo!" -Sussurro assustado. 

"Até logo Taehyung!" -Ele diz acenando e se afasta. 

Sinto uma forte dor no peito e coloco uma das mãos na parede para me apoiar e levo a outra mão até o local que estava doendo. Começo a respirar com dificuldade e logo começo a suar, fecho meus olhos tentando controlar a respiração e esperando a dor passar, mas nada muda. 

"Assassino!" -Ouço alguém dizer num sussurro. Abro meus olhos para ver se havia alguém ao meu lado, mas para minha surpresa, não havia ninguém... 

"Você foi o culpado pela morte dela!" -Ouço outra pessoa falar num sussurro. Levo ambas as mãos até meus ouvidos, tentando fazer com que eu não ouvisse aquelas vozes. 

"Você matou Jiyun, e agora... Esta fazendo o mesmo com a May!" -Ouço a primeira voz falar, mas num tom alto. 

"Eu não sou um assassino!" -Exclamo num tom alto. Tiro as mãos dos meus ouvidos e apoio meu corpo na parede, fecho meus olhos e fico apenas tentando controlar minha respiração.

"Tae?" -Ouço uma voz familiar me chamar e abro meus olhos. 

Era ela, a menina que me acalmava, que me fazia esquecer minhas dores apenas com sua voz, que deixava o meu dia colorido apenas com o seu sorriso, que me trazia paz, que me trazia esperança, que me fazia esquecer o meu passado manchado de sangue. A menina pelo qual eu tinha me apaixonado...

Mas também, era a menina que eu sempre tentei matar por causa de uma vingança, a menina que eu tirei a pessoa que ela mais amava, a mãe, a menina que por minha culpa, tem uma péssima convivência com o pai. A menina que eu sempre machuquei, tanto fisicamente, como psicologicamente e emocionalmente... 

Ao lembrar dessas coisas, não aguentei, lágrimas começaram a escorrer pelo meu rosto. Como eu posso dizer que a amo se eu só a machuquei? E eu sei que ainda a machuco e vou machucá-la. 

"May..." -A chamo sem conseguir segurar o choro. 

Ela fica surpresa por me ver chorar e se aproxima apressada, mas antes dela se aproximar completamente, deslizo pela parede lisa, me sentando no chão gelado da escola. Ela se abaixa ficando apoiada nos joelhos e me observa preocupada, ela leva ambas as mãos até meu rosto e começar a acariciar minhas bochechas, e ao mesmo tempo secava minhas lágrimas delicadamente. 

"Por que você esta chorando?" -Ela pergunta preocupada. 

"Você precisa ficar longe de mim!" -Falo ignorando sua pergunta. 

"Eu não vou ficar longe de você... Porque eu preciso de você!" -Ela diz tirando suas mãos do meu rosto e segurando minhas mãos em seguida. 

"Anyo..." -Sussurro ainda chorando. 

"Eu não posso ficar longe de você porque você me faz bem, você me faz feliz, você me ajuda a esquecer os meus problemas, você me faz querer continuar a viver nesse mundo, e também... Porque eu te amo!" -Ela diz sorrindo gentilmente. 

"May..." 

"Você me ajuda assim como o Kook, a Aly, o meu... pai, e o Yoongi!" - Ela diz e ao ouvir o último nome me levanto do chão apressado e a olho com raiva. 

"Por que ele sempre precisa ser lembrado?" -Questiono com raiva. 

"Ele quem?" -Ela pergunta. 

"Yoongi, por que ele sempre precisa está envolvido em tudo! Por que ele é garoto bom da história? Por que você precisa ama-lo? Você tem a mim! Não precisa dele..." -Falo completamente alterado. 

"Tae você esta me assustando..." -Ela diz dando um passo para trás. 

"Por que eu sempre sou o vilão? Se você ouvisse o meu lado da história você me amaria! E não a ele..." -Falo num tom alto. Me aproximo dela e a seguro pelo pulso, a olhando nos olhos antes de fazer uma pergunta. Ela me olha assustada com o meu comportamento. 

"Tae..." -Ela sussurra e eu começo a apertar seu braço. 

"Me reponde May, você ama o Yoongi ne?" -Pergunto alterado. 

"Tae, o meu braço..." -Ela diz com expressão de dor. 

"Me responde!" -Exclamo alto e aperto ainda mais, fazendo com que ela começasse a chorar. 

"Você está me machucando!" -Ela diz chorando. Consigo me controlar e a observo assustado, ela puxa sua mão com força, se soltando de mim e observando seu braço. Dou dois passos para trás e acabo batendo na parede. 

"Ah anyo..." -Ela resmunga num tom baixo. 

"M-me desculpe... eu não sei o que aconteceu comigo!" -Falo preocupado e ela desvia sua atenção para mim e suspira. 

"Ah Tae!" -Ela diz fechando os olhos e balança a cabeça em desaprovação. 

"Por favor, me perdoe..." -Falo e ela se aproxima de mim e me abraça. 

"Tae... Saranghae!" -Ela diz num tom baixo, ainda me abraçando. Ela encerra o abraço e me olha em silêncio. 

"Você viu o Yoongi?" -Ela pergunta sem expressão. 

"Sim..." -Respondo num tom baixo. 

Eu sinto muito May! Sinto muito por te machucar mais uma vez, sinto muito por mais uma vez ser o culpado por suas lágrimas... Sim, eu sei que você irá chorar por ver ele com ela. Eu não tenho escolha, eu vou fazer isso porque eu te amo e porque só dessa forma terei você somente para mim, isso é muito egoísmo da minha parte, mas eu preciso ter o seu amor, eu preciso de você ao meu lado... Eu sinto muito!

"Eu sei onde ele está, e também sei que ele não está sozinho." -Falo olhando para o chão. 

"Como assim?" -Ela pergunta. 

"Com licença, eu queria pedir a ajuda de vocês!" -Ouço alguém falar e nós olhamos para o coreano que já estava ao nosso lado. 

"Ne!?" -May diz.  

"Eu sou aluno novo na escola e ainda não sei aonde fica algumas salas. A minha namorada disse que iria pegar um livro em uma sala, mas até agora ainda não voltou." -Ele diz nervoso.

 "Como é o nome da sua namorada?" -May pergunta. 

"Eunji." -Ele responde e ela respira fundo. 

"Eu sei onde ela está!" -Falo e os dois desviam suas atenções para mim. 

"Você pode me levar até ela?" -Ele pergunta. 

"Ne..." 

"Tae, como assim você sabe onde ela está?" -May pergunta se aproximando de mim. 

"Eu vi ela em uma sala..." -Respiro fundo e fecho os olhos - "Com o Yoongi." 

Ela me olha pensativa mas logo muda de expressão. 

"Vamos, você vai nos levar até essa sala." -Ela diz séria e começamos a andar. 

Eu não queria que fosse dessa forma, eu queria poder conquistar o seu amor de uma forma honesta, mas eu sei que assim eu nunca vou conseguir, pois eu sei que você o ama, sei que se eu não tivesse surgido na sua vida, você estaria com ele. Eu preciso fazer isso, porque seria doloroso ver você, a pessoa que eu amo, a pessoa que me tirou de um mundo escuro, nos braços dele... Eu sinto muito!

Chegamos no corredor da sala onde Yoongi e Eunji estavam, paro de andar e os dois que estavam ao meu lado fazem o mesmo. 

"Eles estão na última sala desse corredor." -Falo e respiro fundo, estava tão nervoso que não conseguia controlar a respiração - "Vou esperar você aqui May, okay?" 

Ela confirma com a cabeça e vai se afastando com o coreano. 

"May!" -A chamo fazendo ela olhar para trás. 

"Ne?" 

"Eu... te amo!" -Falo e a vejo esboçar um sorriso e voltar a andar. 

"Eu sinto muito... Me perdoe por isso, por favor!

~Taehyung Pov Of 


~Yoongi Pov On 

"Onde está esse maldito livro?" -Pergunto para mim mesmo. 

"Procurando por isso?" -Ouço uma voz feminina falar. Desvio minha atenção para a porta e a vejo parada com o meu livro na mão. 

"Esse livro é meu!" -Exclamo e ela esboça um sorriso. 

"Eu sei que é seu, doce." -Ela diz sorrindo maliciosa e fecha a porta. 

"Era só o que me faltava..." -Resmungo num tom baixo. Ela se aproxima de mim e põe uma das mãos no meu ombro direito e sorrir. 

"Você me conhece?" -Ela pergunta. 

"Sim, e eu também sei o que você fez com o irmão da May!" -Falo e ela retira sua mão do meu ombro e suspira fundo. 

"Isso é passado!" -Ela exclama emburrada. 

"Mas o passado ainda machuca o JungKook." -Falo e ela me olha séria. 

"Ah Yoongi, você não sabe de nada. Você não sabe os meus motivos para ter feito o que eu fiz." -Ela fala calmamente. 

"E qual seria seus motivos?" -Pergunto e ela me olha pensativa mas logo muda de expressão. 

"Aos quatorze anos, eu morava com meus pais e meu avô. Quando meus pais saiam de casa, eu ficava com meu avô e..." -Ela começa mas se interrompe. 

"E...?" 

"Eu ficava sozinha com ele, e... ele aproveitava para praticar atos sexuais comigo, contra a minha vontade. Eu não sabia o que fazer, e tinha medo de contar para meus pais. Eu nunca imaginei que o meu avô poderia ter feito àquilo comigo..." -Ela diz me fazendo ficar assustado. 

"E o que você fez?" -Pergunto e ela esboça um sorriso de canto. 

"Eu não poderia deixar ele continuar me tocar, então eu precisei sujar minhas mãos." -Ela diz séria. 

"Você o...matou?" -Pergunto. 

"Eu me defendi, foi legítima defesa. Mas, eu não me arrependo de ter feito aquilo." -Ela diz friamente. 

"Então não foi legítima defesa, você quis matá-lo!" -Retruco a fazendo me olhar pensativa. 

"É, talvez..." -Ela diz pensativa. 

"Mas, eu não entendi o fato de você ter me contado isso se eu estava falando do que você fez com o JungKook." -Falo confuso. 

"Raiva, decepção, mágoa, ódio, tristeza... Eu fiz aquilo com o JungKook porque eu precisava descontar esses sentimentos em alguém, eu precisava ver alguém sofrendo, sofrendo na mesma intensidade que eu sofri." -Ela diz com raiva. 

"Você tem noção do quanto ele sofreu por você, com certeza ele a amava muito. Você poderia ter sido feliz com ele, mas não, você preferiu mágoa-lo." -Falo num tom alto.

"Chega de conversa, eu preciso fazer algo e... Pode acreditar, eu não queria! Me desculpe." -Ela diz e vai se aproximando. 

"O que você vai fazer?" -Pergunto nervoso. 

"Isso!" -Ela diz e encerra o espaço entre nós pressionando os lábios contra o meu. 

Ela tenta aprofundar o ato e... Por um segundo de loucura, acabei cedendo e logo o beijo estava sendo aprofundado. Ouço a porta abrir mas ela não encerra o beijo, ouço passos de uma pessoa entrar e em seguida, ouço mas uma vez passos entrando na sala. 

Ela encerra o beijo e ao ver o coreano parado na frente da porta ela se assusta. Olho para o lado do coreano e vejo May, ela estava imóvel e estava completamente perplexa, mas permanecia em silêncio. 

"Kai, eu posso explicar!" -Eunji diz preocupada para o coreano e logo ele sai correndo da sala e ela vai atrás dele. May ainda continuava parada e sua expressão já era de decepção. 

"May..." 

"Você também vai dizer que pode explicar o que aconteceu?" -Ela pergunta decepcionada. 

~Yoongi Pov Of 


"Pense duas vezes antes de você falar qualquer coisa para alguém quando você estiver com raiva, pode ser as últimas palavras que você vai dizer para essa pessoa."


Notas Finais


Aviso: Infelizmente eu tive que apagar a minha outra fanfic (My HOPE!). Estou muito triste, pois gostava muito de escreve-la. :(
Sinto muito por quem estava lendo ela...

Maaaaas, em breve, estarei lançando uma outra fanfic, com o príncipe Park Jimin. E o melhor, é que essa nova fanfic, terá uma LIGAÇÃO MUITO FORTE com Love of Angels. Vai ser tenso heuheueh

Só pra tirar algumas dúvidas:
"Jiyun" era a antiga protegida do Tae, antes dele se tornar um anjo da morte.

Espero que tenha gostado! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...