História Love Of Jeonju - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mamamoo
Personagens Hwasa, Moonbyul, Solar, Wheein
Tags Hyejin, Wheein, Wheesa
Visualizações 39
Palavras 2.308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu disse que ia vir bomba q

EU VOLTEI /Estora rojão q

Dessa vez com WheeSa~
espero que gostem porque essa, tem muito haver com outra fic minha.

Boa leitura <3

Capítulo 1 - "Pirralha" Irritante.


Fanfic / Fanfiction Love Of Jeonju - Capítulo 1 - "Pirralha" Irritante.

Cuidado, garotinha. Não sabe que dentro de mim á uma armadilha pronta, para quem for se aventurar nunca mais sair?
Não te entendo, me provoca e saí correndo, me mostra a língua no escuro, tenta me cativar mas quando me prende, me solta na mesma hora. Não reconhece que não sou como as outras? Tenho orgulho do meu sobrenome e nunca irei contra dize-lo, então não se faça de boba.

Ser alguém lindo (mesmo sem concordar) não é fácil. Ahn Hye Jin não gostava disso, mas reconhecia que era bonita, mas não tudo aquilo ao qual diziam, como 'Ela é perfeita'. Todos tinham defeitos, é claro, como alguns costumes e até no modo de pensar.
Mas, Whee In não se importava com isso, ela sempre iria ver a morena como uma deusa, um poço de perfeição interminável.



...

"Hwasa! Você está me ouvindo?" Perguntou uma de suas amigas, a chamando. Ela parecia imersa a pensamentos. Era intervalo, e uma grande roda de amigos estava numa mesa, conversando e etc. O nome da garota que chamara Hye Jin era Yongsun, mas era conhecia como Solar, e assim preferia ser chamada.

"Hã? Eu estava viajando. Mas o que falava mesmo?" Respondeu, ainda olhando para o céu. Ele estava lindo naquele dia.

"O por quê você sempre dispensa aquela menina loira. Você nunca me disse o motivo." Falou, despertando a curiosidade da morena. Ela de certo modo não sabia bem, apenas dispensava a baixinha, mesmo que talvez, TALVEZ quisesse a conhecer.

"Para falar a verdade, não sei exatamente. Mas algo nela não me agrada." Fora simples. Fechava seus olhos, se deitando na grama. O frescor e o cheiro amadeirado das árvores á acalmavam.

" O que? Sério? Tem várias coisas em mim que não te agrada, e mesmo assim é a minha melhor amiga." Riu, deitando-se ao lado da morena, que abrira um sorrisinho de lado.

"O que eu não gosto em você, esquila?" Abriu seus olhos, levando suas mãos as bochechas cheias da jovem ao seu lado, apertando-as.

"Aí, para! Isso doe!" Resmungou infantilmente, fazendo a outra rir de sua careta, assim soltava, voltando a colocar suas mãos junto de seus ante braços em baixo de sua cabeça, fechando os olhos novamente. "Muitas coisas." Ouviu outro resmungo, rindo novamente. A partir dali não ouvia mais nada, pois caíra no sono com o soar do vento e a grama verde de baixo de si, junto com a quentura dos raios solares em sua pele de tom moreno, lindo por sinal.

O sinal tocou e ela continuou ali, estava num local meio escondido então era difícil de algum inspetor encontra-la. Seus amigos não ousariam a acordar, pois sabiam a fera que era quando o faziam, ainda mais pela expressão tranquila e relaxada que possuía durante seu cochilo.
O problema era: Alguém a encontrou, assim movendo-a gentilmente, colocando sua cabeça sobre as coxas de tal pessoa, enquanto fazia um carinho em suas mexas negras. Seu sorriso era enorme ao observar a bela moça adormecida, era incrível como a face dela ficava tranquila, calma e linda. Sua costumeira expressão poderia causar arrepios, pelos seus olhos finos e felinos, seu olhar sério e irritado, sua cara fechada na maior parte do tempo, mas que na verdade, era apenas uma mascara para o grande e precioso sorriso de gatinho que tinha. Tais olhos apertavam-se, abrindo lentamente e cuidadosamente, a luz os fazia queimar levemente, e ao conseguir abri-los totalmente, arregalava-os, tentando levantar, mas era impedida por quem a olhava á um tempo.

"O que faz aqui? Nem dormir eu posso?" Resmungou, sua voz saíra bem rouca, o que causava arrepios na outra.

"Eu estava te fazendo carinho e é assim que me agradece?" Um sorrisinho debochado pinta os lábios bem desenhados da baixinha, que encarava fixamente os olhos da morena.

"Você o que?" Perguntou devolvendo o olhar. Voltou a deixar sua cabeça sobre as macias coxas que a maior possuía, e ao perceber estar em tais, se levantava rapidamente, batendo nas suas vestimentas e caminhando para a saída do local. Seu ato fora repentino devido a vergonha, sim, ela era tímida, porém não deixava amostra tal coisa.

"Ei! O que está fazendo?" A maior levantou-se da grama, não ligando para sua roupa levemente suja. Puxou a outra pelo abraço, a parando. Não fazia força no aperto, ao contrário, era um toque gentil e delicado. Hye Jin se surpreendeu com isso, a maior nunca fora assim.

"Estou indo para casa, não estou afim de enfrentar mais três aulas." Deu de ombros, se soltando da maior e continuando a caminhar. Suas mãos delicadas descansadas no bolso do casaco, seus pés confortáveis nos tênis Vans que usava quase sempre e seus lábios em forma de biquinho, assobiando levemente algum ritmo. Era tão bela a visão que a loira havia ficado parada no lugar, com um sorriso maior que a boca estampado em sua face, logo balançou a cabeça, correndo atrás da moça. "Para de me seguir, pirralha." Resmungou nervosa, sentindo um olhar queimar em suas costas.

"Mas eu sou mais velha que você, babo." Respondeu rindo, finalmente alcançando a morena, que estava com uma expressão incrédula. Virava-se e analisava a loira, que tinha um sorrisinho nos lábios.

"Ah, claro que é. Olha o seu tamanho, garota." Deu uma última olhada na loira, assim erguendo seu queixo e voltando a caminhar, saindo o mais rápido dali. Mas quem disse que a baixinha não iria segui-la?

Hye Jin não sabia, mas tudo que fazia era observado com atenção, cada minimo detalhe seu era perfeito, inclusive aquela pintinha em sua bochecha, ela, aos olhos da baixinha, era um detalhe precioso, algo só da morena. Um sorriso sapeca veio em seus lábios junto com uma ideia em sua cabeça, então pôs em pratica tal, primeiro, chamando a moça a sua frente.

"Ei." Cutucou o ombro da morena, que ao sentir, virou-se de costas, olhando na face da loira, percebendo o sorrisinho, estreitava os olhos, desconfiada.

"O que foi?" Perguntou, com uma expressão de desinteresse. A baixinha se aproximou, agachando e segurando as pernas da moça, a colocando em seu ombro, enquanto ouvia os gritinhos que a morena dava, rindo. "ME SOLTE SUA ANÃ!” Gritou nervosa a morena, que começou a dar soquinhos nas costas da baixinha, que sem ligar para a leve dor, assobiava, caminhando com certa lentidão até a saída dos fundos da escola, com a morena sobre seu ombro. Tal que ainda tinha uma expressão incrédula em sua face, junto com a pequena vermelhidão que se formava ao ver pessoas do outro lado da calçada olha-las, com um olhar estranho, na opinião da morena. Depois de tanto se debater, desistiu, até porque poderia cair dali se ficasse se mexendo muito, mesmo que não fosse se machucar muito, odiava passar ou tomar remédios. A baixinha estava com um sorriso enorme no rosto, seu plano não iria falhar, não hoje!

[...]

“Por que me trouxe aqui?” A morena perguntara ao encarar a grade de proteção, com um olhar tedioso. Whee In havia a levado a um club, de piscina. Hye Jin nem tinha um biquíni consigo, e não iria entrar na água as seis da tarde, não ferrando. Sendo assim, girou seu calcanhares, e iria começar a correr se não fosse por pequenos braços a segurando pela cintura, levantando-a e caminhando novamente consigo, só que agora para dentro do local. Whee In deixou Hye Jin perto do vestiário, correndo para a entrada e a trancando com o cadeado, ninguém entraria nem sairia. Hye Jin já estava irritada ao extremo, odiava que a pegassem no colo, odiava piscina, odiava aquele ser no qual fez as duas coisas. Whee In estava na sua lista negra, definitivamente. Seu pé batia rapidamente no concreto, tão forte que se igualava a barulho de socos, ou algo que fosse jogado com muita força sobre o chão, mas que não se partisse, como o vidro. Whee In voltou até onde havia deixado a outra, sorrindo ao ver suas bochechas vermelhas e seu rosto aparentemente irritado, gostava de irrita-la e, sem duvida alguma, era fofo sua expressão de raiva.

“Te trouxe aqui porque está calor, não? Você veio de Jeonju, deveria saber distinguir o calor.” Explicava calma e divertida. A morena franziu as sobrancelhas ao ouvir o que saiu da boca da outra, incrédula perguntara:

“Como sabe que sou de Jeonju?” A jovem cruzara os braços, enquanto pensava em alguma possibilidade de sair do local.

“Eu sou de Jeonju, e sei que é também porque saí da cidade no mesmo ônibus que você, foi lá que soube.” Whee In dizia tão calmamente que isso irritava mais ainda Hye Jin, como ela poderia estar tão calma assim? Que inferno!
Hye Jin sentou-se no banco em frente a grande piscina, com seus braços cruzados debaixo dos seios, suas pernas também cruzadas e uma expressão extremamente séria na face. A baixinha deu de ombros, indo ao vestiário. Caminhava entre os armários, até achar seu número, colocando a senha e o abrindo, tirando uma mala de lá, colocando-a sobre o banco que havia entre os pequenos armários de metal. Abriu a mala e lá tinha alguns objetos, como protetor solar, óculos e touca, sem se importar muito com o sol lá fora (que era pouco), pegou apenas um prendedor de cabelos, amarrando os fios loiros bagunçados por natureza, num rabo de cavalo baixo e frouxo, apenas para deixa-los juntos. Guardou novamente a mala e trancou seu armário, saindo do vestiário e ao ver a moça no mesmo lugar de antes, bufou. Caminhou até a borda e agachou-se, checando a temperatura da água, estava perfeita!
Molhou seus braços e sua nuca, se levantou novamente, caminhando até a grade, ficado de costas para a mesma e de frente para a piscina, se posicionou, curvando um pouquinho, flexionou os joelhos e começou a correr, dando um pulo perfeito na água, fazendo a mesma espirrar, e sem querer, chegar a Hye Jin. A morena fechou seus olhos ao sentir a água entrar em contato com a sua pele, incrédula e irritada, levantou-se, caminhou a passos pesados até um armário pequeno porém ao lado da porta do vestiário, abrindo-o e pegando uma bola branca de lá, apenas empurrou a porta, fazendo o armário tremer.
Whee In saiu debaixo d’água, passando sua mão por seu rosto, não esperava que uma bola fosse lançada com força total contra sua cabeça, a fazendo afundar novamente. Sua raiva era tanta que quando a bola quicou na cabeça da menor, acabou voando para perto, então ela caminhou até a bola, pegando-a novamente e lançando tal contra Whee In, que mais uma vez voltava para superfície sem saber o que aconteceu, sendo acertada pela bola. Dessa vez, continuou debaixo d’água, boiando de costas.
Hye Jin que antes de encontrava rindo, agora tinha uma expressão preocupada no rosto, receosa, chegou perto da borda, agachando-se para encostar levemente a ponta dos dedos no corpo lá flutuando. Cutucou o ombro da loira, não obtendo resposta ou até qualquer resmungo, a empurrou com mais força. Mordeu seu lábio inferior com o pensamento de que a bola talvez fosse feita de concreto. Whee In sorriu, se levantando rapidamente e agarrando Hye Jin, a puxando para água. A morena ficara incrédula com o que a menor havia feito, e assim que emerge, sua expressão era de poucos amigos, ou melhor, nenhum.

“VOCÊ ESTÁ FERRADA GAROTA!” Berrou ao encarar a baixinha, começando a nadar em direção a mesma, que apenas arregalou os olhos, nadou até a borda e subiu a mesma, começando a correr loucamente. Hye Jin nunca havia feito natação, mas por ter vivido em uma praia, sabia nadar, porém, não era rápida. Ela subiu pela escada, cerrando os pulsos, sentindo seu sangue ferver, correu o mais rápido que pôde. Whee In estava rindo tanto que, sem perceber, escorregou e voltou a cair na piscina, só que dessa vez, seu braço havia batido na borda, causando uma enorme dor. Ela caiu e nem conseguiu voltar, ficando debaixo da água. Quem estava rindo dessa vez era Hye Jin, porém, passou-se uns segundos e ela não subia, Whee In poderia estar brincando novamente?

“Garota, vamos. Pare de brincar.” Hye Jin gritou, cruzando seus braços seriamente. Ao não receber nenhuma resposta, sua preocupação veio atona, podia odiar a loira do fundo do coração, mas era um ser humano ainda. Pulou na água, afundando e podendo ver minimamente a silhueta da menor, aumentando sua preocupação. Nadou o mais rápido que pôde até o corpo, segurando-o e as levando para cima, Whee In era leve. Segurou a menina e a trouxe para a borda, levantando e colocando a menor deitada no chão da piscina. Saiu pela borda quase caindo novamente dentro d’água, correndo para o lado de Whee In, dando leves tapinhas no rosto da moça.

“Acorda, por favor!” Gritou, começando a entrar em desespero.Então, não recebendo nenhum sinal de que a moça iria acordar, levantou-se e correu para o banco no qual antes estava sentada, pegando seu celular, discava tremendo, logo clicava no ícone de ligação, colocando o aparelho sobre sua orelha, aflita.

“Aqui é a central de atendimento, o que houve?” Perguntou uma voz feminina.

“Minha amiga caiu na piscina e se afogou!” Respondeu com sua voz falha, sentindo o tremor espalhar-se por seu corpo.

“Qual é o endereço?” Rapidamente, a voz feminina disse em seguida, já preparando a equipe de socorro.

“Um club perto da escola Chung, no final da rua.” Alegou, assim a moça disse que estaria lá daqui a pouco, desligando o telefone. Sem antes dizer para Hye Jin tentar fazer os procedimentos devidos pela situação, mas ela não fazia ideia do que fazer. Por tal, apenas ficou ao lado da menor, segurando sua mão. A ambulância não demorou muito a chegar, foram apenas três minutos para Whee In estar dentro de tal, junto com Hye Jin, em direção ao hospital local...
 


Notas Finais


Annyeon ~

Como cês estão? Q
Bom, foi isso! Espero que tenham realmente gostado, pois eu gostei! <3

Obrigada por tudo monas, bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...