História Love Of Psychopath - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~PaumdoNamjoon17

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom!jungkook, Jikook, Namjin, Paumdonamjoon17, Pudimdikookie
Exibições 1.444
Palavras 1.827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mayu here (sim, mudei de nick, me julguem)
Não tem o que falar... Já vou fazer textão no final então...
Boa leitura <3

Capítulo 7 - Conte-me a verdade.


"Olhe para mim com desdém, verá um idiota. Olhe para mim com admiração, você vai ver o seu mestre. Olhe-me com cuidado, você vai ver-se.”

-E então, como foi com o Kim? – Jimin pergunta enquanto come um pedaço da pizza que havia pedido e de vez em quando olhava para o irmão que arrumava seus papéis bufando de raiva.

-Foi uma seção muito idiota... A pior de todas... Acredita que ele me fez uma pergunta estranha?

-Quando ele não faz uma pergunta estranha? – Jimin pergunta arqueando uma sobrancelha e morde a pizza mais uma vez desviando o olhar da TV para o mais velho – Diga logo o que ele falou dessa vez.

-A seção inteira eu pensei que ele iria finalmente me falar o que aconteceu com o Yoongi, mas não... Primeiro ele me perguntou se eu tiraria a minha própria vida por alguém, eu respondi que dependendo da pessoa sim...

-E depois...? – Jimin pergunta terminando de comer e não desvia o olhar do acastanhado demonstrando interesse no assunto.

-Ele respondeu que faria o mesmo... Somente por Jungkook...

O sangue de Jimin ferveu e o mesmo não disse nada, apenas bufou e revirou os olhos discretamente. Não era novidade que o mesmo odiava quando Namjoon falava algo relacionado à Jungkook ou vice-versa.

 Jin sabia que o irmão estava irritado pelo o que dissera, mas teria que falar, assim como o mais novo teria que parar de amar Jungkook de um jeito ou de outro. O amor que o mais novo sentia por Jeon podia ser considerado de fato “doentio” dependendo de quem visse.

Aquele maldito sentimento – como SeokJin descrevia – acabava com Jimin pouco a pouco, foram anos para o mesmo “esquecer” Jeon Jungkook, e quando finalmente Jimin está o esquecendo – outro engano – o mesmo reaparece.

-Nem adianta ficar com ciúmes, Jimin, você sabe que-

-Ta que seja, continua a falar logo.

-Olha como você fala comigo... Não é por que você é meu irmão que pode falar nesse tom comigo. – Jin fala sério e ajeita seus óculos olhando para o ruivo pela primeira vez que bufa em resposta – Depois disso ele ficou enrolando... Falou de coisas nada a ver com o assunto... Fugiu do assunto do Yoongi de novo...

-Você sabe que se não mostrar que é você que manda lá, ele não vai falar tudo que você querer saber, certo? – Jimin se levanta e se espreguiça antes de bocejar

-Eu sei... Vou seduzi-lo. – Jin fala normalmente e Jimin se engasga com a própria saliva.

-Como?!

-Isso mesmo que você ouviu. Vou seduzi-lo até que ele me fale toda a verdade.

-Infantil... Porém pode funcionar, profissional? Não sou capaz de dizer... – Jimin fala confuso e coça sua nuca quando o olhar do mais velho cai sobre si – Mas é um bom truque para arrancar respostas, se o Jungkook fizesse isso comigo... Eu ficaria louco e o atacava na hora...

-Eu sei muito bem disso, acha que eu não lembro como você ficava ao ver o Jungkook usando shorts por causa das aulas de educação física? Você vivia falando que não via a hora de entrar dentro dele e-

-JIN! PELO AMOR E DEUS! EU TINHA DEZESSEIS ANOS!

-Mesmo assim, o Jungkook tinha quatorze quando cometeu o primeiro homicídio e quando começou a causa pensamentos impuros em você... Você tinha cara de bebê, mas não engana ninguém...

-Pelo amor de Deus, Jin... Eu mudei!

-Ah, claro... Verdade isso, agora eu vejo a relação dos dois com revezamento, você mudou assim como ele, mas continua com cara de ativo.

-Se você não calar essa boca eu-

-Vai subir para aquele quarto e bater uma pensando no Jungkook?

Jimin ficou perplexo pelo jeito que o mais velho estava agindo e passa os dedos pelo cabelo de forma nervosa. O mesmo bufa e pega uma almofada no sofá não pensando duas vezes antes de jogar contra o outro.

-Para. De. Falar. No. Jungkook – Jimin fala pausadamente sentindo sua face esquentar e observa Jin rir de sua reação – Nem parece ser aquele irmão protetor que queria fazer com que o caçula não ficasse sofrendo por um psicopata.

-Pois é... Cheguei à conclusão de que você não pode deixar de amar o Jungkook, mesmo se fazer macumba – Jin responde normalmente e deixa seus papéis de lado caminhando a pequena mesa de centro que possuía a caixa com alguns pedaços de pizza restante – Por mais que você negue ou até mesmo eu tente te ajudar... Tenha consciência de que não irá conseguir esquecer o garoto.

~(...)~

-Jiminnie hyung... Eu senti tanto a sua falta...

Jungkook dizia de forma manhosa na intenção de fazer o mais velho se distrair – o que de fato estava dando certo –, o ruivo suspirou disfarçadamente ao olhar para frente e se deparar com o moreno sentado sobre a mesa e movimentando seu pé de um lado para o outro.

-Faz um dia que não nos vemos Jeon Jungkook. Agora me faça o favor de sentar nessa cadeira e responder minhas perguntas. – Jimin fala tentando manter a pose profissional e cruza os braços sobre a mesa esperando pelo outro.

-Mas eu não quero que me faça perguntas... Quero ficar com você, Jiminnie...

Ter o mais novo o chamando daquele jeito e com certa malicia fez com que o baixo ventre do ruivo fisgasse. O psicólogo limpou a garganta e ajeitou a gravata tentando ao máximo vencer a vontade de jogar aquela cadeira no chão e ir ao lado do mais novo, o prensar na parede e começar a beijá-lo ali mesmo.

Mas não iria fazer isso nem fodendo.

-Eu não me importo com o que você quer, apenas sente nessa cadeira, pare de me provocar e aja como uma pessoa normal.

-Eu estou te provocando, hyung? Bom saber... Mas quem disse que eu sou normal? Eu sou um psicopata e-

-Não pense que só pelo fato de ser um psicopata você não seja normal... Eu tenho certeza absoluta de que você já foi uma pessoa muito amável e adorável quando mais novo... Agora me diga, Jungkook... O que fez com que você mudasse?

Jungkook ri nasalado e desce da mesa começando a andar pela sala. Seus pensamentos estavam a mil, depois de anos aquela era a primeira vez na qual conversava com alguém – sem ser Namjoon – que Jungkook não sentia vontade de matar.

Sentia-se de fato confortável e confiante ao lado do ruivo, algo o dizia que já o conhecia e não teria o porquê de não acreditar no mesmo, porém... Seu subconsciente o dizia para não confiar em outro que não fosse Namjoon e por isso não deveria falar de si mesmo para outro.

Porém, pela primeira vez escolheu seguir algo que fosse contra si mesmo.

-De fato, já fui uma criança muito adorável e agradável, porém, eu mudei...

-Por que fez isso? – Jimin pergunta se afundando no assunto e arruma seus óculos ao perceber que depois e tanto tempo, conseguia render uma conversa com o outro.

-Por quê? – Jungkook riu irônico e revirou os olhos. – Porque as pessoas que são assim só sofrem... O mundo as vê como fracas, incapazes de se cuidar e serem pessoas alguma vez na vida... – Jungkook fala sentindo seu sangue ferver ao perceber o nome que vem em sua mente e se não tivesse ninguém consigo, possivelmente já havia surtado.

-Fala como se já houvesse passado por isso... – Jimin comenta curioso e ao perceber a face do mais novo, sua curiosidade aumenta ainda mais. – Quem fez isso com você?

-Eric. – O tom de voz do mais novo era carregada de ódio, o que não passou despercebido por Jimin, que arregalou seus olhos.

-E-eric? O capitão do time de basquete? O que sempre praticava bullying com você e... Você sempre aparecia chorando pelos cantos depois? Ele fez algo com... Você...?

Os olhos de Jungkook vagaram pelo pequeno cômodo até pararem em Jimin. Continha curiosidade e surpresa em seus olhos, sua mente estava conturbado e o que o mais velho falara não havia ajudado em nada.

-Como sabe que Eric era o capitão do time de basquete e praticava bullying comigo?

~(...)~

-Vai continuar me enrolando ou vai falar de uma vez por todas o que você fez para Min Yoongi? – Jin pergunta suspirando e tentando manter sua paciência com o mais velho que insistia em fugir do assunto.

-Tudo bem, eu falo, isso de te enrolar realmente ficou chato... – Namjoon responde finalmente em um tom sério e se ajeita em sua cadeira. – Min Yoongi me chamou para ir a sua casa e termos um “encontro” – fez aspas com os dedos e continuou – O problema é que... Eu não sabia que era uma cilada. Quando Jungkook me dizia que Yoongi o odiava e desconfiava de que ele fosse um psicopata, eu não acreditei...  Quando eu estava quase... Indo para a cama com o Min, digamos assim, ele recebeu uma ligação do pai. O mesmo disse que já estava tudo bem e já havia pegado Jungkook. Infelizmente eu só entendi o que ele disse quando Yoongi me explicou... Eu fiquei muito bravo, e não pensei duas vezes antes de matá-lo e-

-O resto da história eu já sei – Jin fala ao terminar de escrever tudo em seu caderninho – Algo está faltando... Mas fico satisfeito em saber que confiou em mim para falar a verdade e-

-Pare de dizer como se estivesse fazendo isso sem nenhuma intenção de me foder mais ainda com as pessoas lá de fora, vai lá, suma daqui e corra para publicar isso na mídia. Eu não me importo.  – Namjoon fala de um jeito seco e frio e, por algum motivo, o coração de Jin se aperta ao ouvir aquilo.

-Não é porque sou um dos melhores psicólogos do país que vou fazer isso... – Jin  fala tentando se defender mas é interrompido por Namjoon que ri irônico.

-Desde o primeiro dia em que pisou aqui, deixou claro que não queria nada mais que a verdade para falar as pessoas.

-Mas eu-

-Senhor SeokJin? O tempo acabou – O segurança entra sem bater na porta fazendo com que Jin se assustasse.

-Por favor... Deixe-me ficar mais um tempo, eu tenho que falar com ele...

-Sinto muito... Mas a próxima seção é apenas semana que vem. – O homem fala e Jin suspira começando a arrumar suas coisas – Sinto muito, mas preciso fazer isso e-

-Não precisa repetir, eu já entendi. – Jin fala em um tom seco e se levanta arrumando com suas coisas em mãos. – Até mais, Kim Namjoon.

-Não precisa de formalidades, você é apenas mais um psicólogo. Me chame de Namjoon ou Nammie, Jin.

-Enfim... – SeokJin ignora o comentário do mais novo e antes de sair, se vira para o mesmo – Obrigado por contar-me a verdade.

 

 

 


Notas Finais


COMEÇANDO
O POR QUE DA DEMORA
Olha quem ta com a saúde uma merda, eu mesma!
Miopia, anemia (Talvez eu esteja com LER) e eu meio q sumi por um tempo (avá) , me desculpem :(
Mês que vem começa minhas provas e eu não quero ter que postar tudo desorganizado então...
Queria avisar que, meu dia de postagem é segunda, but... To postando em uma quarta ;-;
Não sei em que dia a Carol irá postar, mas...
Meu dia de postagem: Segunda
Eu comecei com isso em todas as fics, quem me acompanha percebeu, quem não acompanha saiba que se eu não att segunda é porque eu provavelmente estarei escrevendo outra fic atrasada.
E PARA NÃO FICAREM EM DÚVIDA, A FIC É REVEZAMENTO! (EM JIKOOK)
Jungkook aparecerá mais como bottom do que o Jimin.
"Mas o Jungkook é um psicopata, não tem nada a ver ele ser o passivo."
Existe uma pessoa chamada Mariana Mayuri e essa serumaninha não consegue interagir com Jungkook ativo, sem contar que a fic dessa serumaninha ainda não acabou e muitas coisas irão acontecer, ok? Ok! Então não comecem.
~Parece que estou brava, mas só estou com sono mesmo.
Não vou fazer textão como de costume (já fiz) , se eu falar todos os motivos pela qual sumi isso aqui vira um resumo da bíblia :V
O próximo capítulo fica com a Carol :3
Obrigada por ler ^^
Saranghae <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...