História Love Off Crime - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel
Tags Nalu
Exibições 291
Palavras 4.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie gente voltei , desculpem a demora .
Boa leitura e desculpe qualquer erro ortográfico ^-^

Capítulo 29 - Consulta


Juvia on :

Juvia : LUCY – consigo segura-la antes de sua queda – Lucy , acorda ! – bato de leve em seu rosto , mas ela não se move .

Natsu : Luce ! – tenta se aproximar , mas Rogue o impede .

Rogue : leve-o daqui – ordena olhando para um dos agentes que estava parado na porta .

Agente : sim senhor – obedece pegando o braço do rosado e o puxando até a porta .

Natsu : me solta ! eu quero saber o que ela tem ! – se debate em vão , já que outro homem aparece e ajuda o primeiro a leva-lo embora .

Juvia : ei Lucy acorda – continuo batendo de leve em seu rosto preocupada .

Rogue : acho melhor coloca-la na cama – sugere a pegando no colo – voce sabe por que ela desmaiou ? – questiona a colocando na cama .

Juvia : não sei direito , mas faz algum tempo que ela esta se sentindo mal – respondo me sentando ao seu lado preocupada .

Rogue : e por que ela não foi em um hospital ? – questiona me olhando .

Juvia : ela não quis ir – tiro a franja de seu olho – mas vou leva-la assim que ela acordar ... – anuncio decidida . Fico sentada esperando que ela acorde , o que acontece depois de mais ou menos meia-hora .

Lucy : hum ... onde estou ? – olha ao redor um pouco desnorteada .

Juvia : no seu quarto , voce desmaiou – respondo a olhando .

Lucy : desmaiei ? – questiona virando a cabeça em minha direção - ... – demora um pouco com uma cara pensativa , para logo arregalar os olhos - cadê o Natsu ?! – se senta as presas olhando ao redor a procura do rosado .

Juvia : o idiota o levou ate a central , para ser interrogado – respondo a olhando – e agradeça eu não te perguntar o que ele estava fazendo aqui ... – concluo seria .

Lucy : ... ele veio aqu – a interrompo .

Juvia : já disse que não precisa me explicar agora – me levanto indo até seu closet – a única coisa que eu quero que voce faça agora é se vestir – jogo uma blusa branca em sua direção .

Lucy : por que eu tenho que me vestir ? – questiona colocando a blusa .

Juvia : por que eu vou te levar ao medico – continuo seria .

Lucy : ah não Juvia , eu não vou em medico nenhum – discorda – eu to bem , isso foi só um des- coloca a mão na boca e sai da cama correndo até o banheiro .

Juvia : Lucy ? voce ta bem ? – entro no banheiro e a vejo vomitando , me aproximo dela e seguro o seu cabelo o impedindo de sujar – ainda acha que não deve ir ao medico ? – coloco uma das mãos em suas costas – voce não ta bem Lu ... – falo docilmente .

Lucy : ... voce não vai mesmo desistir dessa ideia , não é ? – respira fundo se sentando no chão .

Juvia : não mesmo – concordo e a ajudo a levantar – lava as mãos e a boca , vou pegar a minha bolsa – informo saindo do banheiro .

Lucy on :

Lucy : ... – respiro fundo a vendo sair do banheiro , ando até a pia , lavo a minha boca e as minhas mãos , fecho a torneira e me encosto na bancada sentindo tudo girar – é eu realmente preciso ir ao medico – penso concordando com a azulada .

Juvia : voltei ... vamos – pega o meu braço e me ajuda a sair do banheiro .

Lucy : não precisa me tratar como um bebe Juvia – bufo levemente irritada .

Juvia : então pare de reclamar como um – retruca saindo do quarto – onde voce deixou as suas coisas ? – questiona me ajudando a descer as escadas .

Lucy : não faço a mínima idéia – respondo e a escuto bufar .

Juvia : só voce mesmo é capaz de perder as suas próprias coisas ... – revira os olhos me fazendo sentar no sofá – fica para ai , que eu vou procurar  – anuncia começando a procurar pela sala .

Lucy : ah que legal , agora eu fui rebaixada a cachorro – reclamo bufando .

Juvia : para de reclamar Lucy , nem parece a pessoa que estava em silencio a meia hora atrás – acha o meu celular – toma o seu celular .

Lucy : primeiro , obrigado – agradeço sorrindo – e segundo ... eu não tava em silencio e sim desmaiada , é diferente – argumento a olhando .

Juvia : ... to começando a preferir voce antes – comenta me fazendo jogar uma almofada nela – kkk calma eu tava brincando – desvia rindo – mas fico feliz em ver que voce esta voltando ao normal – para de rir aos poucos – agora vamos embora , eu já liguei marcando uma hora com um medico – anuncia me ajudando a levantar .

Lucy : como conseguiu isso tão em cima da hora ? – questiono me soltando dela – e eu já posso andar sozinha obrigado .

Juvia : chata ... eu conheço uma medica , então foi fácil – responde indo ate a porta – ela é ótima , pode apostar – faz um sinal positivo com o polegar .

Lucy : ... to ate com medo de perguntar onde voce a conheceu ... – comento passando por ela com varias gotas na cabeça .

Juvia : longa historia ... – entra no elevador sorrindo – mas vamos mudar de assunto ... o que o rosado queria com voce ? – questiona se tornando seria .

Lucy : pensei que não queria falar dele – comento a olhando .

Juvia : isso foi antes , quando a minha prioridade era o seu bem ... mas agora é a minha curiosidade que comanda – explica saindo do elevador .

Lucy : claro ... – a sigo ainda com varias gotas sobre a minha cabeça – bom , ele apareceu lá do nada , eu cheguei da missão e o encontrei no meu quarto ... depois eu tentei convence-lo a ir embora , mas ele não foi , ai o Loki me ligou e – me interrompe .

Juvia : o Loki te ligou ? – questiona surpresa .

Lucy : sim ... e o rosado mandou eu colocar no viva voz , ele ouviu toda a conversa , e acabou desligando na cara dele – continuo respirando pesado – depois ele me derrubou na cama , e disse que queria saber de algumas coisas sobre a agencia ou algo assim – chegamos no carro .

Juvia : provavelmente ele queria saber como tirar os membros de lá – comenta abrindo o carro pensativa .

Lucy : provavelmente ... Wendy ?  – entro no carro e me surpreendo ao ver a azulada no banco de trás .

Wendy : como vai Lucy-san ? – tira os olhos do celular .

Lucy : quanto tempo voce ta aqui dentro ? – questiono a olhando .

Wendy : desde quando a Juvia-san saiu correndo até lá dentro – apontou para o prédio .

Lucy : eu não acredito ... como pode deixa-la sozinha aqui dentro Juvia ?! – questiono a repreendendo .

Juvia : o que ? eu não ia deixar entrar no apartamento , vai que acontece alguma coisa como tiroteio ou algo assim ? – tenta se justificar colocando o sinto – e antes que me pergunte ... o idiota me avisou que recebeu uma ligação anônima sobre a localização do rosado ... ele preferiu me ligar , e logo me mandou vir ate aqui , onde preferir deixar a Wendy aqui no carro , já que não sabia se o rosado estava ou não armado – explica detalhadamente – agora vai dizer que não iria fazer o mesmo ? – me olha de canto .

Lucy : ... – fico em silencio .

Juvia : viu ate voce concorda comigo – se gaba ligando o carro .

Wendy : onde estamos indo Juvia-san ? – questiona a olhando confusa .

Juvia : ao medico Wendy – responde focada na estrada .

Wendy : medico ? por que vamos ao medico Juvia-san ? alguém ta doente ? – faz varias perguntas ao mesmo tempo preocupada .

Juvia : eu marquei uma hora para a Lucy querida , ela não esta se sentindo muito bem ultimamente – sorri através do retrovisor .

Wendy : é verdade que Lucy-san ta um pouco pálida – comenta me olhando preocupada – é algo grave Lucy-san ?

Lucy : não se preocupe tanto assim Wendy , eu to bem , a Juvia só esta fazendo drama – me viro sorrindo , tentando tranquiliza-la .

Juvia : drama ? ... então voce desmaia , vomita ... e eu é que to fazendo drama ? – volta a me olha de canto indignada .

Lucy : ... – encosto a cabeça no vidro a ignorando . Fico assim até chegarmos no estacionamento do hospital , que ficava a mais ou menos 20 minutos do meu condomínio . Desço do carro sentindo o vento tocar meu rosto , e com ele um doce aroma de perfume , que acaba me fazendo segurar a vontade de vomitar .

Juvia : tudo bem ? – da volta no carro me olhando preocupada .

Lucy : sim ... é só esse cheiro doce que esta me fazendo mal – respondo começando a andar .

Wendy : tem certeza Lucy-san ? o perfume não é tão forte assim – me acompanha segurando minha mão .

Juvia : é verdade ... e voce sempre adorou esse perfume – comenta ao meu lado .

Lucy : enjoei do cheiro , não sei por que – me recupero dando de ombros , e logo entro no hospital – certo , agora onde devemos ir Juvia ? – questiono me virando em sua direção .

Juvia : as duas podem sentar naquelas cadeiras ali – aponta para a nossa esquerda – eu vou ali na recepção e já volto – sai andando . Ficamos olhando uma para a outra , ate decidirmos ir nos sentar nas cadeiras .

Wendy : esta melhor Lucy-san ? – questiona ainda preocupada .

Lucy : estou sim , minha flor – sorri a olhando – não precisa se preocupar – passo a mão sobre seu cabelo carinhosamente - ... sabe , tava pensando em te colocar em uma escola , voce já ta na idade de aprender a ler e escrever – continuo e a vejo se surpreender – o que foi ? não quer ir ? – questiono e a vejo negar com a cabeça .

Wendy : n-não é isso Lucy-san ... é que eu nunca fui a uma escola , não sei se me daria bem com outras crianças – abaixa a cabeça , bate os dedos um nos outros envergonhada , o que me faz sorri de leve – elas podem não gostar de mim ...

Lucy : kkk é claro que elas irão gostar de voce minha linda –afirmo e a vejo levantar a cabeça me olhando sorrindo – afinal de contas , quem não iria querer ser amiga de uma menina linda e fofa como voce ? hem ? – questiono a fazendo cosquinha , começo a rir ao ouvi-la gargalhar .

Juvia : o que estão fazendo ? – se aproxima nos olhando .

Lucy : kkk nada demais , e voce , resolveu tudo ? – questiono soltando a azulada , que se encosta na cadeira tentando recuperar o fôlego .

Juvia : já , daqui a pouco ela nos atende – se senta do outro lado .

Lucy : ela ? – questiono confusa – pensei que era um medico ...

Juvia : hã ? não ela é uma mulher , ela é a minha medica – explica normalmente – foi por isso que ela aceitou te atender tão em cima da hora .

Lucy  ata ... agora eu entendi – comento sincera .

Juvia : agora é só esperar ela acabar com a outra paciente – murmura olhando fixamente para a porta . Ela fica assim , ate que finalmente a bendita porta abre e uma ruiva bem bonita sai sorrindo – ufa ... agora somos nós – se levanta .

Lucy : espera , o que vamos fazer com a Wendy ? – me levanto apontando para a azulada em pé ao meu lado .

Juvia : ela entra com a gente , não vamos deixa-la aqui fora – entra no consultório .

Lucy : okay  ... – murmuro pegando a mão da azulada e fazendo o mesmo .

Medica : seja bem-vinda senhorita Heartifilia – sorri gentilmente .

Lucy : por favor me chame pelo nome – peço normalmente me sentando em uma das cadeiras ao lado da azulada e logo coloco a outra azulada em meu colo .

Medica : como quiser , eu me chamo Evergreen – arruma alguns papeis em sua mesa – sou a medica da Juvia , e como a conheço muito tempo abri uma exceção para voce – me olha seria – então , qual o problema que trouxeram vocês aqui ? o que esta sentindo ? – questiona com um tom profissional .

Lucy : eu na- Juvia me interrompe .

Juvia : ela passou mal praticamente toda a semana Ever ... e hoje ela desmaio e vomitou – fala por mim totalmente seria .

Lucy : pensei que eu fosse responder – comento a olhando indignada .

Juvia : voce iria mentir dizendo que não tinha nada , ou que não era nada demais – retribui o olhar seria .

Evergreen : ... então tem passado mal esse dias – comenta pensativa – voce desmaiou e vomitou hoje , certo ? - questiona , a olho e confirmo com a cabeça - ... aceitaria fazer um exame de sangue Lucy ? – questiona me deixando confusa .

Lucy : exame de sangue ? por que ? – questiono a olhando .

Evergreen : eu só quero comprovar uma coisa ... – responde normalmente .

Lucy : ... t-tudo bem – concordo um pouco relutante .

Evergreen : ótimo – se levanta indo ate a porta – venha comigo por favor – pede gentilmente .

Lucy : sim , fique um pouco com a tia Juvia , tudo bem minha querida ? – a coloco no chão e logo me levanto . Saio da sala e a sigo ate uma outra , tiro o sangue e volto para a sala onde estava antes .

Juvia : já tirou o sangue ? – questiona me vendo se sentar ao seu lado .

Lucy : já , agora é só esperar – respiro pesadamente me afundando na cadeira – só espero que não seja nada demais ... – murmuro .

Juvia : não se preocupe , tudo vai ficar bem – tenta me acalmar . Ficamos dentro do consultório por mais de 20 minutos , até que finalmente a porta se abre , e Evergreen entra na sala com um papel na mão .

Lucy : e então ? eu to com alguma coisa seria ? – questiono a olhando angustiada .

Evergreen : ... – passa por nós se sentando em sua mesa , sem dizer nenhuma palavra .

Juvia : fala alguma coisa Ever – exige no mesmo estado de angustia .

Evergreen : ... pode ficar tranqüila Lucy , não é nada serio – anuncia me encarando .

Lucy : ufa ... – respiro aliviada .

Juvia : então o que foi essas coisas que ela tem sentido nessas ultimas semana ? – questiona confusa .

Evergreen : realmente não é nada para nos preocupar ... na verdade eu queria mesmo é te parabenizar Lucy – sorri me olhando .

Lucy : me parabenizar ? – a olho confusa .

Evergreen : sim , parabéns ... voce esta grávida !! – anuncia animada nos chocando de imediato .

08%

12%

25%

47%

63%

ERRO !!!!

Lucy/Juvia : COMO É ????!!!! – Levantamos juntas totalmente em choque .

 

 

CONTINUA ..................................................................................

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

AGORA .........................................................................................

 

Lucy : m-me desculpa , mas pode repetir ...? acho que não ouvi direito – a encaro com os olhos arregalados .

Evergreen : voce esta grávida Lucy , meus parabéns – repete alargando ainda mais o sorriso .

Lucy : ... – fico parada sem dizer nada .

Juvia : m-meu deus ... – murmura me olhando – o-o que vai fazer agora ? – se vira para mim ainda em choque .

Lucy : ... n-não faço a mínima idéia – volto a me sentar na cadeira respirando fundo . Percebo que as duas ficaram em silencio me olhando , de certa forma me dando tempo para pensar – e-eu estou grávida ... – fecho os olhos respirando fundo – c-como eu fui deixar isso acontecer ?? – me afundo ainda mais no estofado da cadeira , ate sentir minha mão ser segurada por dua pequeninas e macias mãos , abro os olhos e a vejo me olhar triste .

Wendy :  não esta feliz em saber que tem um bebe em voce Lucy-san ? – questiona triste .

Lucy : ... sim ? – questiono mais para mim mesma do que para ela – eu estou feliz com isso ? ... afinal de contas é o meu filho , uma vida que cresce dentro de mim ... – volto a ficar pensativa - ... um filho meu e do Natsu , nosso filho ... sera que ele vai nascer com o cabelo rosa ? ou seria loiro ?   – acabo deixando escapar uma risada ao pensar nesse detalhe – ele ou ela seria muito bonito ... – penso o imaginando – ... é acho que voce já me conquistou – murmuro passando a mão sobre a barriga – ... sim , Wendy , eu estou feliz em saber que tem outro ser pequenininho dentro de mim – a olho sorrindo e a vejo sorrir .

Wendy :  que bom Lucy-san , fico tão feliz – me abraça .

Juvia : bom , acho que já podemos ir então – se levanta – agradeço por nos atender tão em cima da hora Ever – estende a mão e se despede .

Evergreen : não tem o que agradecer – sorri – e voce Lucy trate de voltar aqui no hospital para fazermos o seu pré-natal o quanto antes – volta a sua face seria .

Lucy : t-tudo bem , eu volto aqui – concordo me levantando e pegando a azulada no colo – por sinal doutora Evergreen ... de quanto tempo eu to ? eu sei mais ou menos o tempo , mas não exatamente – explico e a vejo pegar o papel de antes .

Evergreen : oh ! voce esta com duas semanas e um dia , para ser exata – informa voltando a abaixar o papel .

Lucy : eu já imaginava – sorrio indo ate a porta – de qualquer jeito ... obrigado – agradeço saindo da sala . Juvia faz o mesmo , e começa a me seguir sem dizer nada . Ficamos em silencio até a metade do caminho , quando ela decide falar alguma coisa .

Juvia : ... e então , vai contar para o rosado sobre isso ? – se vira para mim .

Lucy : não , eu  não vou contar nada para ele ... – respondo murmurando , mas aposto que ela conseguiu me ouvir .

Juvia : O QUE ?? PORQUE NÃO ??!! – grita irritada .

Lucy : será que pode não gritar no nosso ouvido ? – questiono me afastando um pouco dela , junto com a azulada menor que ainda estava no meu colo – e não , eu não vou contar para o rosado ... não vai mudar em nada o fato dele saber ou não – dou de ombros e recebo um forte tapa na nuca – EI !! – reclamo a olhando com raiva – por que fez isso ?!

Juvia : pra ver se entra um pouco de juízo nessa sua cabeça oca ... – cruza os braços seria – voce tem que contar para ele que ta gravida Lucy , ele tem o direito de saber – me encara .

Lucy : Juvia , eu não quero contar e pronto , e outra coisa , vamos conversar disso em casa , não vou ficar discutindo com voce no meio do estacionamento – volto a andar e escuto ela bufar atrás .

Juvia : tudo bem , mas em casa nós vamos conversar serio – desiste nos seguindo – e outra coisa , voce não acha melhor deixar a Wendy no chão ? isso não vai te fazer bem – comenta ao meu lado .

Lucy : Juvia eu to gravida , não doente – reviro os olhos bufando .

Juvia : mesmo assi – para de falar mexendo em sua bolsa – é a Ever ... o que sera que ela quer ? – murmura atendendo – alo Ever ? o que foi ? ... a nossa acabamos esquecendo mesmo – sorri – tudo bem , eu já to indo ai pegar ... não estamos no estacionamento – afirma e logo desliga .

Lucy : o que esquecemos lá ? – questiono a olhando .

Juvia : parece que a minha carteira ficou lá – responde dando meia volta – eu vou lá pegar , fica ai , eu já volto – se distancia .

Lucy : só ela mesmo para esquecer a carteira – comento e vejo quatro homes estranho nos olhando  – que são ? não é a primeira vez que eu vejo eles – murmuro desconfiada , a muito tempo eu venho percebido algumas coisas estranhas , como esses caras nos seguindo , só não comentei com a Juvia , por que ela provavelmente iria ficar paranóica com isso , mas agora to me arrependendo disso – se eles ousarem fazer algo , vou ter que atirar – penso seria .

Wendy : me empresta o seu celular Lucy-san ? – pede me fazendo voltar ao normal .

Lucy : voce não estava jogando com o da Juvia ? – questiono a olhando .

Wendy : sim , mas ela levou – responde fazendo carinha de cachorro pidão .

Lucy : kkk toma – rio a entregando – só tome cuidado – falo e a vejo confirmar , fico parada lá esperando , mas nem sinal da azulada – ela ta demorando ... – penso olhando para a entrada do hospital – acho melhor ir ver como ela ta ... – murmuro preocupada – Wendy ,acho melhor irm- sinto uma mão tampar minha boca , começo a me debater e escuto uma voz grave no meu ouvido .

??? : acho bom para de se debater , a menos que queira a azulada ali machucada – olho de canto e vejo outro homem segurando Wendy com força , fecho os olhos e paro de me debater - boa menina , é assim que eu gosto , agora voce vai ficar quietinha e vai vir conosco – começa a tirar sua mão da minha boca aos pouco , paro para respirar e percebo que eles soltaram a azulada no chão , olho para ela e a vejo chorar .

Wendy : L-Lucy-san ... – me olha com os olhos molhados .

Lucy : WENDY !! –tento ir ate ela , mas sinto meu braço ser segurado .

??? : disse para ficar quieta – aperta ainda mais o meu braço .

Lucy : ME SOLTA – tento desferir um golpe nele , mas ele desvia facilmente , e me segura ainda mais forte – droga ... – penso irritada – eu tenho que salvar a Wendy – olho para a azulada que se encontrava tremendo de medo , o que me faz pensar em uma única solução – WENDY , VAI ATRAS DA JU...VIA – sinto ele colocar algo em minha boca , provavelmente um sedativo , e em poucos minutos sinto meus joelhos fraquejarem , e ele me levantar .

??? : uma otima forma de te fazer calar a boca – escuto seu comentário , para apagar logo em seguida .

Juvia on :

Juvia : droga que foi o idiota que fez isso ? – saio do prédio morrendo de raiva – bom pelo menos eu consegui sair – penso aliviada . Acontece que agora mesmo eu acabei ficando presa no elevado , eu não sei muito bem o que aconteceu , numa hora ele tava pegando normalmente e em outra ele simplesmente pifou . Sorte minha que ele estava perto de um dos andares , o que me ajudou a abrir a porta e pular para ele , aproveitei isso e desci o resto do caminho pela escada - ... deve ter sido um problema nos fios – penso passando por um carro preto que sai a toda velocidade , olho sua placa de relance , mas logo volto a andar – eu em , que povo mais apresado ... tomara que a Lucy não esteja brava comigo , também eu fui esquecer logo a minha carteira lá na sala , que tonta – bato a mão sobre a testa me aproximando de um dos carro , passo pelo carro e logo arregalo os olhos , e começo a correr – WENDY , O QUE HOUVE ?? – chego perto dela , e a vejo toda ralada e com o rosto molhado – ei o que houve , por que esta aqui ?! onde ta a Lucy ?! – faço varias perguntas começando a me sentir nervosa .

Wendy : l-levaram ... a-a  L-Lucy –san ... – fala entre os choros .

Juvia : LEVARAM A LUCY  ??! – grito a olhando em choque – COMO ASSIM WENDY ??! – continuo gritando e a vejo desmaiar – OE WENDY , ACORDA !! – tento chaqualha-la , mas ela não reage – WENDY !!  

 

CONTINUA ...........


Notas Finais


E foi isso gente , espero que tenham gostado , e agora em ... quem sequestrou a Lucy ?
Ate o proximo cap bjsss ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...