História Love On The Brain - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kylie Jenner
Personagens Justin Bieber, Kylie Jenner, Personagens Originais
Tags Belieber, Coldplay, Criminal, Furiosos, Justin Bieber, Love On The Brain, Rihanna, Romance, Velozes, Violencia
Exibições 225
Palavras 1.087
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEEEEEI!!!!!!!! PERDOEM A DEMORA PESSOAL.
👉 Estou de volta para o penúltimo capítulo, eu pensei em não postar mas era muita sacanagem com vocês, e então eu decidi terminar, e também quero mostrar minha nova história mas antes vamos terminar uma né. Rsrs. ( Talvez. )
👉 MOTIVO DA DEMORA: Minha vida fora daqui estava muito corrida mesmo mas eu tirei umas horas pra voltar aqui com vocês, eu nao poderia os abandonar.
👉 AMANHÃ TEM O ÚLTIMO CAPÍTULO!!! YESSSS.
E eu deixei o melhor pro final, uma surprise pra vcs que eu tenho certeza que vcs não pensaram nessa querida que está de volta hahahaha.
BEIJOOOOO!

Capítulo 13 - B. A. C. K - Penúltimo Capítulo.


Fanfic / Fanfiction Love On The Brain - Capítulo 13 - B. A. C. K - Penúltimo Capítulo.

Melina Bieber POV, Mansão King.

Aquela hora senti minhas pernas amolecerem, a sala de estar simplesmente cheia de flores rosas assim como as escadas, e pra quem pensa que acabou, ainda tinha Justin, com um sorriso maravilhoso estampado em seu rosto. Droga, esse homem sabia levar as coisas a sério.

- Não acredito que fez isso mesmo. – Falei descendo até ele. 

- Calma, ainda não terminei, vem aqui fora. – Bieber me puxou para a parte externa da mansão. – É todo seu! 

- Tá brincando... – Falei olhando boquiaberta olhando a linda lamborghini branca bem na minha frente. 

- Você merece, e eu também mereço algo... O seu perdão. – Justin parou em minha frente todo sério. 

- Você foi um idiota sabe? Mas eu também errei Justin, me perdoa. – Falei o puxando para um abraço carinhoso. 

- Eu te amo. – Senti meu corpo todo tremer. Era a hora. 

- Eu também te amo. – Falei de uma vez por todas isso. 

Justin me beijou e me deu um sorriso que eu nunca tinha visto, era tão lindo, ele se sentia... Amado e com certeza era. Muito mesmo. Eu amava Justin Bieber e não negava. 

- Não acredito que você admitiu, isso aí! – Ele disse divertido fazendo um “ toca ai “ comigo. – Vem! Vamos testar essa belezinha, você dirigi, mas cuida do meu garotão aí. – Justin disse dando beijos em minha barriga. 

- Não acredito que eu tenho uma lamborghini branca! – Falei animada. – E aquelas flores, quero levar embora.

- Daremos um jeito nisso. E eu sabia que você ia gostar, eu tenho um ótimo gosto pras coisas, admite gata! – Justin no caroneiro, eu estava dirigindo pela cidade. 

- Cara, você é muito convencido, se liga! – Falei rindo da sua cara. – Brincadeira, você tem um ótimo gosto, já viu sua esposa?! – Falei o olhando toda boba. 

- Depois eu que sou convencido. – Bieber me mostrou o dedo do meio e eu como uma boa criança a língua. – Quem mostra língua pede beijo em. – Sorri parando o carro. – O que aconteceu? Tá se sentindo bem? – Pediu. 

- Sim... Mas, na verdade eu quero inaugurar o carro. – Sorri maliciosa. – Que tal? – O dei um selinho. – Hm?

- Gostosa. – Justin disse olhando para os lados e viu que estávamos bem afastados da movimentação. – Porra!

Justin Point Of View... 

Meu corpo estava a mil, tudo isso porque eu finalmente fui perdoado, eu me sentia tão bem, tão alegre e feliz, esses meses sem Melina foram terríveis, eu não diria que aquilo era viver. Caralho eu estava totalmente apaixonado por ela e isso ninguém, mas ninguém iria mudar, Melina era a mulher da minha vida e ponto. 

- Pula para trás. – Falei e ela fez com cuidado por causa da pequena barriga. – Eu senti tanta sua falta amor. – Falei passando a mão por seu corpo vendo Melinda arfar, beijei todo seu pescoço enquanto ela passava a mão pelo o meu. Tirei seu sutiã, aqueles peitos estavam fartos, daquele jeito, sem pensar abocanhei eles, mordi lambi fiz tudo o que deveria, assim descendo para sua virilha, tirei sua calcinha e a olhei de um jeito malicioso ela apenas deu uma risada safada. Então eu comecei a passar a língua por seu clitóris, chupando com toda minha força. 

- Annw Ju Justin, não faça isso - Diz Melinda gemendo, aquilo me deixava com mais tesão ainda. 

Só para provocar comecei a fazer movimentos giratórios com língua, repetindo várias vezes e escutando os gemidos daquela gostosa. Assim subi para sua boca novamente e Melinda me empurrou. 

- Minha vez baby - Dou uma risada, ai papai lá vem. 

Melinda POV 

Como Justin estava me levando a loucura, eu iria satisfaze-lo também ele merece. Assim, tirei sua calça, e apertei seu membro, logo passando a língua por cima de sua cueca, fazendo Justin jogar a cabeça para trás, logo tirei sua cueca, e comecei a chupar seu membro, cada linguada, eu olhava para Bieber, que aparentava estar adorando, chupei tudo, fiz movimentos vai e vem, lambi. 

- Você gosta disso? 

- Gos Go Gosto, Melinda, chupa vai, chupa. - Assim eu fiz, chupei tudo como Justin mandou, assim ele me puxou para si, e subiu em cima de mim

Então Justin penetrou a cabecinha, pouco a pouco só me fazendo gemer mais ainda. Então ele começou a ir e voltar com seu jerry em mim, eu passava minhas mãos pelo seu braço. 

- Annnw JUSTIN annnw - Praticamente gritei, aquilo estava muito bom, e nem doeu tanto assim. Justin gozou dentro de mim, logo eu gozei também, assim fazendo Justin cair do meu lado, estávamos cansados. 

- Você foi incrível - Justin diz ofegante. – Temos que fazer mais dessas rapidinhas. – Ri alto. – Deixa que eu dirijo agora. – Sorri. 

- Caramba eu estava ficando louca sem sexo. – Falei me sentando ao seu lado e logo meu marido deu partida. – Senti muito sua falta. 

- Pode ter certeza que eu também. – Justin me olhou calmo. 

- Não vejo a hora de voltar embora para a nossa casa. – Falei olhando para as ruas da cidade. – Não mexeu em nada, né? – Pedi.

- Claro que não senhora Bieber. – Sorri e o beijei rapidamente. 

O resto do caminho ( que não era tão demorado assim ) foi apenas feito de conversas idiotas como sempre fazíamos, Justin tinha o poder de me fazer sorrir a todo o momento, eu me sentia bem. 

- ISSO AÍ! – Escutamos os gritos do pessoal na sala assim que nos viram. 

- Ainda bem que vocês voltaram, não foi fácil achar uma lamborghini da noite pro dia. – Chris reclamou nos fazendo rir. 

- Esses são meus garotos. – Meu pai nos olhou animado. 

- Eu já sabia que eles iam voltar. – Minha mãe se intrometeu.

Ouvi meu celular começar a tocar, mas ignorei, eu queria era conversar com a minha família. Ficamos todos ali juntos por umas 2 horas, apenas Ariena saiu da sala as pressas, muito estranho. 

- Atende logo esse celular. – Chaz me olhou já irritado. Rimos.

- Tudo bem cara, relaxa aí. – Falei pegando meu celular. Brian. 

- Oi? Aconteceu algo? – Pedi preocupada ao ver 10 chamadas. 

- Sim Melina! Aconteceu! Ela voltou... Michelle está de volta! 

 

Desliguei meu celular na mesma hora, eu não podia acreditar que quem tanto o magoou estava ali, de volta para o atrapalhar. 

- Gente... Justin, eu... E- eu tenho uma péssima notícia. – Ariena chegou no meio de todos nós simplesmente desesperada. 

- O que foi? – Ryan pediu já nervoso. – Fala logo porra!

- Ela... – Ariena olhou para Justin. – Ela voltou Bieber! 


Notas Finais


AÍ DEUS!!!!!!!!!!
A personagem é representada por... Selenita!
Beijos
Anisosas pro último cap? Eu estou em!
Provavelmente voltarei amanhã!
COMENTEM
FAVORITEM
E COMENTEM MAIS AINDA A
AMO VCS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...