História Love Only Left Me Alone - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Skam (Vergonha)
Personagens Chris Berg, Christoffer "Chris", Eva Kviig Mohn, Jonas Noah Vasquez, Noora Amalie Sætre, Sana Bakkoush, Vilde Hellerud Lien, William Magnusson
Tags Eva Mohn, Evac, Noora, Penetrator Chris, Penetrators, Skam, Vilde
Visualizações 111
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello people!!
Gente, não acho que esse capítulo ficou lá muita coisa, mas precisava dele. Espero que gostem mesmo assim.

Capítulo 3 - Party


Fanfic / Fanfiction Love Only Left Me Alone - Capítulo 3 - Party

TERÇA FEIRA 11:58


O sinal da última aula antes do almoço toca. Até que enfim, estou com muita fome. Vou ate o refeitório, peço meu almoço e me dirijo a mesa onde as meninas já estão conversando.

- Olá Eva! - sou recebida pela animação de Vilde e sorrio pra elas - agora você já pode nos contar tudo, exatamente como aconteceu, nos mínimos detalhes, nós temos tempo - ela diz empolgada e batendo palminhas. Cheguei atrasada de manhã na escola e não consegui contar pra elas como foi meu encontro, se é que posso chamar assim, com Mike.

- Aah - suspiro e sorrio feliz - foi maravilhoso, além de lindo ele é super gente boa, descobri que a gente tem muita coisa em comum! Foi uma tarde incrível, ele me levou pra comer em um lugar bem calmo e depois a gente foi pra um parque cheio de flores e ficamos lá até bem tarde, mais do que eu imaginava e depois de tudo ele ainda me levou até em casa. - conto tudo, feliz. 

- Que incrível - Noora comenta, me abraçando e Vilde ri, tão empolgada quanto eu - acho que encontramos o cara dos seus sonhos. Suspiro mais uma vez.

- Na verdade, eu não quero nada sério com ninguém agora, vocês sabem.

- Sim, mas ninguém disse que precisa ser sério - me diz Chris. Sana só observa toda a situação, mas não diz nada, queria saber o que ela acha sobre o assunto, mas não pergunto, tenho um pouco de receio do que seja.

- Noora onde está William? Os penetrators? Não os vi hoje e ultimamente eles estão sempre com a gente. - digo, mudando de assunto.

- Não sei, William me disse que tinha umas coisas pra resolver, mas não explicou o que era - ela me responde.

- Aí vem eles - diz Vilde, apontando pra um ponto atrás de mim, me viro e vejo caminhando em nossa direção William, Chris, Mike e todos os outros penetrators. Todos eles juntos e bem sérios. Não sei por que, mas sinto que alguma coisa séria aconteceu. Ou não, pode ser que seja só paranóia da minha cabeça. Eles se aproximam.

- Olá - Mike se dirige a mim, sorrindo, e beija minha testa - Não não te vi hoje mais cedo, tudo bem?

- Oi, tudo ótimo e você? Cheguei um pouco atrasada - dou um sorrisinho pra ele, que retribui. Sentamos pra conversar e depois de um tempo Mike diz que precisa ir porque tem um trabalho pra terminar. Ele me dá um beijo no canto da boca, provocativo mas discreto, se levanta e vai embora, me deixando sozinha.

Como Noora já está aos beijos com William, Sana está concentrada em um livro de biologia e Vilde e Chris conversam alegremente com alguns dos penetrators eu me pego prestando atenção nas pessoas a minha volta. Jonas, Isak e Even estão distantes de mim, mas consigo vê-los de onde estou, a uns dias atrás eu estaria lá, rindo com eles. Balanço a cabeça e volto a olhar as pessoas. Apesar de conversarem normalmente, sinto um clima um pouco tenso entre os penetrators e, só agora, reparo em Chris que está sentado no final do banco, afastado de todos. Ele parece bem irritado, sério, com o maxilar apertado. Meu coração se aperta em vê-lo daquele jeito, ele está sempre sorrindo, fazendo piadas ou algo do tipo. Penso em me aproximar para conversar e perguntar se ele está bem mas me lembro do que disse a ele no sábado, da minha promessa a mim mesma e de Mike e decido que é melhor não piorar as coisas.


SEXTA FEIRA 14:50


Estou andando, voltando pra casa, hoje temos mais uma festa, as meninas vão pro nosso esquenta na minha casa mais tarde. Nas últimas semanas, com o relacionamento de Noora e William, nós sempre temos uma festa pra ir aos finais de semana. Os penetrators não perdem uma única oportunidade de encher uma casa de gente bêbada e se pegando. Não que eu esteja reclamando, eu adoro isso.

Com esse pensamento é inevitável pensar em Christoffer. Será que ele vai estar lá?  Será que o verei hoje? Chris não apareceu na escola desde terça feira, não vou negar que estou preocupada, eu deveria ter ido falar com ele, saber o que  tinha. Mas não fui. E agora estou aqui, me preocupando com um cara que eu nem se quer deveria conhecer. Para o meu bem e o dele. Mas as coisas nem sempre caminham como a gente quer e eu queria saber, pelo menos, se ele estava vivo. Perguntei pra William, mas ele também não tinha notícias. As coisas pareciam estranhas entre eles. 


SÁBADO 17:17


As meninas ainda não chegaram com as bebidas, mas eu decido me arrumar pra já estar pronta quando elas chegarem. Tomo um banho quentinho e me visto. Coloco um vestido preto de alcinhas que ganhei semana passada da minha mãe como desculpas por não voltar pra casa, uma meia calça preta e bota até os joelhos e separo meu casaco branco, já que lá fora está bem frio. Faço uma maquiagem leve nos olhos mas passo um batom vermelho. Me olho no espelho e fico satisfeita com a minha imagem. Ouço a campainha tocar. Bebidas!!!

Elas estão lindas, como sempre. Sana não vem hoje, Yousef acabou de voltar de viagem e eles vão passar a noite juntos. Torço muito pelos dois.

- Como você esta linda! - diz Noora, já abrindo uma garrafa. Sorrio sem graça, não sei lidar muito bem com elogios.

- Muito obrigada, vocês também, estão maravilhosas!!! - acompanho Noora na bebida.

- Nós somos maravilhosas - diz Vilde, aparentemente já um pouco alterada.


SÁBADO  18:31


Mike vai nos buscar, hoje a festa será na casa dele, seus pais foram visitar os avós e ele está sozinho. Ao chegarmos, já percebemos que a festa já começou há muito tempo pra alguns. Vemos pessoas jogadas pela grama do jardim e outras vomitando como se fossem colocar pra fora todos os seus órgãos.

Entramos em sua casa, a música está muito mais alta lá dentro. Me animo ainda mais. Mike percebe minha excitação e ri me puxando pra um beijo. Quando paramos de nos beijar já não vejo mais nenhuma das minhas amigas, deixo Mike conversando com uns amigos e vou em busca de bebidas. 

Ao chegar na cozinha dou de cara com Chris, bebendo em uma garrafa e enchendo mais um copo com a outra mão. Fico sem reação por alguns segundos. Queria vê-lo, mas não esperava realmente que ele fosse estar ali. Ele me percebe parada na porta e ao me olhar também fica sem reação. Recobro os sentidos e ando em direção às bebidas como se soubesse exatamente o que fazer e como se sua presença não me afetasse. Ele faz o mesmo e volta a beber. Antes de sair de lá, depois de preparar minha bebida, olho pra trás e vejo Christoffer agarrado em duas moças. É, ele está bem. Não consigo decifrar meus sentimentos, não sei o que esperava. Que ele fosse correr atrás de mim? Que ele fosse se importar comigo? Claro que ele não ia fazer isso e fui eu que pedi pra que fosse assim. Estou ao lado de Mike novamente. Decido não pensar mais em Chris e me concentro apenas no moreno de olhos verdes maravilhoso à minha frente.

No final da noite não consigo me lembrar quantas garrafas eu bebi. Me despeço das meninas, das que eu consegui encontrar aquela hora, e Mike me leva pra casa. O convido pra entrar. Ele sorri, malicioso, mas muda de expressão instantaneamente e nega dizendo que precisa por ordem em sua casa ainda hoje. Seus pais chegam pela manhã. Eu concordo, meio decepcionada. Pelo visto terei que dormir sozinha mais essa noite.

Entro em casa, desço pro meu quarto, com um pouco de dificuldade, tiro toda a minha roupa e decido tomar um banho rápido, coloco meu pijama e deito me enrolando nos cobertores. Queria que Mike estivesse aqui. Na verdade, eu queria que Christoffer estivesse aqui. Solto um gemido em desaprovação ao meu pensamento e viro pro lado pegando, quase que imediatamente, no sono.













 


Notas Finais


Gente, sobre os capítulos mais hot que vocês me pediram, eu vou sim escrever. Massss eu já tenho uns capítulos escritos e nesses próximos eu queria criar uma relação mais de amizade mesmo entre os dois. Mas prometo que em teremos em breve. Beijinhos de luz pra vocês 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...