História Love Or Disguise?Larry Stylinson ABO - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Exibições 229
Palavras 1.686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oiie cenourinhas, bom ta ai a att de voces <33

Capítulo 4 - Tapa


 

Já havia se passado uma semana desde que Niall teve a conversa com sua tia. Ele não podia estar mais ansioso. Mas por hora, resolveu preocupar-se em se concentrar nos seus estudos afinal as provas finais já estavam quase acabando.

Saiu para a faculdade com o outro ômega e logo chegaram lá. Foram encontrar-se com seus amigos, Zayn e Perrie, Ian e Nina.

ZAYN: Ni, vem comigo.(acenou pra Perrie e os outros e saiu) Ni, falta mais alguma coisa?

NIALL: Não Z, pode ficar tranquilo. Se precisar de alguma coisa eu te aviso.

ZAYN: Okay então... posso ficar tranquilo quanto a festa? (perguntou sorrindo divertido)

NIALL: Claro que sim meu caro amigo ( piscou para o moreno, o abraçando)

 

Louis ia a procura de Niall mais assim que viu o mesmo esperou até que eles chegassem perto de si. Eles andavam abraçados até Niall se separar de Zayn e correr murmurando algo do tipo “quem chegar por último paga o lanche pra galera” deixando o moreno boquiaberto e o fazendo correr atrás de Niall até o ômega esbarrar em alguém derramando o frappuccino em cima de si e dá pessoa. Quando ergueu a cabeça pra ver quem era o ‘armário’ na sua frente engoliu em seco.

NIALL: D-desculpa eu estava distraid-do. (abaixou a cabeça em submissão)

HARRY: (rosnou) Toma cuidado seu imprestável! Olha só o que você fez!( ia atacar o ômega quando um ser castanho e pequeno apareceu na sua frente vermelho de raiva)

 LOUIS: Olha o jeito como você trata o meu amigo seu nojento (esbravejou o ômega, o que só deu motivo pra o alfa gargalhar, Louis  o olhou confuso)

HARRY: Você acha mesmo que com esse tamanho vai conseguir me causar algum dano?( apontando o dedo na cara do menor.

LIAM: Harry, melhor nã-(tenta interromper mas é cortado)

HARRY: Shh, Liam

Quando Harry menos esperou sentiu seu dedo ser mordido fortemente por um ômega atrevido.

Harry gemeu de dor e começou a gritar na direção de Louis

HARRY: Você pensa que é quem!? Seu traste! Imprestável! (Harry estava liberando seu lado primitivo, suas  pupilas estavam dilatadas tomadas pelo ódio e pela fúria)

Zayn já rosnava irritado e Liam permanecia quieto, não queria enfrentar a fúria que seu amigo era.

Louis já chorava com medo da voz potente do alfa.

Louis soltou um grito estridente e em um piscar de olhos Louis está no chão com a mão na bochecha, agora vermelha pelo tapa que o alfa deu.

Niall correu até o ômega e o abraçou chorando consigo, Zayn olhava com fúria para o alfa que estava olhando o nada ainda com as pupilas dilatadas, acordou de seu transe quando liam lhe deu um bofete forte no braço.

HARRY: Aii Liam! Isso doeu! ( massageando o local)

LIAM: DOEU FOI HARRY!? DOEU?! OLHE PARA AQULO HARRY ( apontou para Louis e Niall, chorando) OLHA O QUE VOCÊ FEZ SEU MALUCO! (esbravejou Liam correndo aos ômegas e pedindo desculpas sem parar e tentando consolar os dois ômegas na sua frente)

Os olhos de Harry voltaram ao normal e ele percebeu enfim, a merda que tinha feito

HARRY: AI MEU DEUS O QUE EU FIZ!? ( correu até o pequeno e tentou se aproximar do menor pra pedir desculpas, mas o pequeno foi mais rápido e correu pra o banheiro) Ai. Meu. Deus. Ai. Meu. Deus . Ai. Meu. Deus(mãos na cabeça, atordoado).

Niall lançou um olhar compreensivo e agradecido ao alfa. Liam apenas assentiu com um sorriso no rosto. ”ele é lindo” pensou Liam. Mas logo seu sorriso sumiu ao ver Harry com as mãos na cabeça sussurrando “ o que eu fiz”.

Liam encostou Harry na árvore e deixou o alfa lá chorando.

Quando ia se aproximar de Zayn o moreno correu. Liam suspirou frustrado.

LIAM: Harry o que deu em você hein?  (Perguntou ao alfa, sentando ao lado dele)

HARRY: Eu não sei Liam. Não sei mesmo.

LIAM: Não precisava ter batido nele. Harry ele é um ômega!  

HARRY: Eu sei que ele é um ômega porra! Mas ele não devia ter me provocado. E aquele amiguinho dele derramou meu frappuccino em mim. E ele ainda mordeu meu dedo Liam!

LIAM: Harry isso não é motivo pra bater em um ômega, eles são frágeis Harry. Não se pode machucar coisas frágeis.

HARRY: Eu estava fora de mim Liam.eu preciso me desculpar com ele.

LIAM: Harry, espere. Você acha mesmo que ele vai querer falar com você Harry? Pense bem. Deixe ele esfriar a cabeça pra depois conversar com ele.

Harry assentiu, saindo para o estacionamento pra ir pra casa.

 

 

BANHEIRO

 

Niall: desculpa Lou, eu não queria isso pra você( falou abraçando o amigo.)

LOUIS: Tudo bem Ni. Eu só quero ir pra casa.

NIALL: Okay pequeno, se é isso, que você quer, tuto bem.

LOUIS: Até você chegar Ni.

NIALL: Até Lou.

 

Louis saiu em direção a casa, chorando durante todo o percurso. Não sabia muito bem porque ainda estava chorando. Chegou em casa tomou um banho e foi dormir. Seu rosto ainda doía e sua bochecha continuava vermelha.

 

 

 

Já havia se passado uma semana desde que Niall teve a conversa com sua tia. Ele não podia estar mais ansioso. Mas por hora, resolveu preocupar-se em se concentrar nos seus estudos afinal as provas finais já estavam quase acabando.

Saiu para a faculdade com o outro ômega e logo chegaram lá. Foram encontrar-se com seus amigos, Zayn e Perrie, Ian e Nina.

ZAYN: Ni, vem comigo.(acenou pra Perrie e os outros e saiu) Ni, falta mais alguma coisa?

NIALL: Não Z, pode ficar tranquilo. Se precisar de alguma coisa eu te aviso.

ZAYN: Okay então... posso ficar tranquilo quanto a festa? (perguntou sorrindo divertido)

NIALL: Claro que sim meu caro amigo ( piscou para o moreno, o abraçando)

 

Louis ia a procura de Niall mais assim que viu o mesmo esperou até que eles chegassem perto de si. Eles andavam abraçados até Niall se separar de Zayn e correr murmurando algo do tipo “quem chegar por último paga o lanche pra galera” deixando o moreno boquiaberto e o fazendo correr atrás de Niall até o ômega esbarrar em alguém derramando o frappuccino em cima de si e dá pessoa. Quando ergueu a cabeça pra ver quem era o ‘armário’ na sua frente engoliu em seco.

NIALL: D-desculpa eu estava distraid-do. (abaixou a cabeça em submissão)

HARRY: (rosnou) Toma cuidado seu imprestável! Olha só o que você fez!( ia atacar o ômega quando um ser castanho e pequeno apareceu na sua frente vermelho de raiva)

 LOUIS: Olha o jeito como você trata o meu amigo seu nojento (esbravejou o ômega, o que só deu motivo pra o alfa gargalhar, Louis  o olhou confuso)

HARRY: Você acha mesmo que com esse tamanho vai conseguir me causar algum dano?( apontando o dedo na cara do menor.

LIAM: Harry, melhor nã-(tenta interromper mas é cortado)

HARRY: Shh, Liam

Quando Harry menos esperou sentiu seu dedo ser mordido fortemente por um ômega atrevido.

Harry gemeu de dor e começou a gritar na direção de Louis

HARRY: Você pensa que é quem!? Seu traste! Imprestável! (Harry estava liberando seu lado primitivo, suas  pupilas estavam dilatadas tomadas pelo ódio e pela fúria)

Zayn já rosnava irritado e Liam permanecia quieto, não queria enfrentar a fúria que seu amigo era.

Louis já chorava com medo da voz potente do alfa.

Louis soltou um grito estridente e em um piscar de olhos Louis está no chão com a mão na bochecha, agora vermelha pelo tapa que o alfa deu.

Niall correu até o ômega e o abraçou chorando consigo, Zayn olhava com fúria para o alfa que estava olhando o nada ainda com as pupilas dilatadas, acordou de seu transe quando liam lhe deu um bofete forte no braço.

HARRY: Aii Liam! Isso doeu! ( massageando o local)

LIAM: DOEU FOI HARRY!? DOEU?! OLHE PARA AQULO HARRY ( apontou para Louis e Niall, chorando) OLHA O QUE VOCÊ FEZ SEU MALUCO! (esbravejou Liam correndo aos ômegas e pedindo desculpas sem parar e tentando consolar os dois ômegas na sua frente)

Os olhos de Harry voltaram ao normal e ele percebeu enfim, a merda que tinha feito

HARRY: AI MEU DEUS O QUE EU FIZ!? ( correu até o pequeno e tentou se aproximar do menor pra pedir desculpas, mas o pequeno foi mais rápido e correu pra o banheiro) Ai. Meu. Deus. Ai. Meu. Deus . Ai. Meu. Deus(mãos na cabeça, atordoado).

Niall lançou um olhar compreensivo e agradecido ao alfa. Liam apenas assentiu com um sorriso no rosto. ”ele é lindo” pensou Liam. Mas logo seu sorriso sumiu ao ver Harry com as mãos na cabeça sussurrando “ o que eu fiz”.

Liam encostou Harry na árvore e deixou o alfa lá chorando.

Quando ia se aproximar de Zayn o moreno correu. Liam suspirou frustrado.

LIAM: Harry o que deu em você hein?  (Perguntou ao alfa, sentando ao lado dele)

HARRY: Eu não sei Liam. Não sei mesmo.

LIAM: Não precisava ter batido nele. Harry ele é um ômega!  

HARRY: Eu sei que ele é um ômega porra! Mas ele não devia ter me provocado. E aquele amiguinho dele derramou meu frappuccino em mim. E ele ainda mordeu meu dedo Liam!

LIAM: Harry isso não é motivo pra bater em um ômega, eles são frágeis Harry. Não se pode machucar coisas frágeis.

HARRY: Eu estava fora de mim Liam.eu preciso me desculpar com ele.

LIAM: Harry, espere. Você acha mesmo que ele vai querer falar com você Harry? Pense bem. Deixe ele esfriar a cabeça pra depois conversar com ele.

Harry assentiu, saindo para o estacionamento pra ir pra casa.

 

 

BANHEIRO

 

Niall: desculpa Lou, eu não queria isso pra você( falou abraçando o amigo.)

LOUIS: Tudo bem Ni. Eu só quero ir pra casa.

NIALL: Okay pequeno, se é isso, que você quer, tuto bem.

LOUIS: Até você chegar Ni.

NIALL: Até Lou.

 

Louis saiu em direção a casa, chorando durante todo o percurso. Não sabia muito bem porque ainda estava chorando. Chegou em casa tomou um banho e foi dormir. Seu rosto ainda doía e sua bochecha continuava vermelha.

 

 

 


Notas Finais


bjus minhas cenourinhas ate amanhã comentem o que acharam e tchau<3333
desculpem qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...