História Love or Friendship? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alastor Moody, Alvo Dumbledore, Argo Filch, Arthur Weasley, Barão Sangrento, Blásio Zabini, Carlinhos Weasley, Cedrico Diggory, Cho Chang, Dino Thomas, Draco Malfoy, Fílio Flitwick, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gina Weasley, Gregory Goyle, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Lord Voldemort, Lucius Malfoy, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Simas Finnigan, Sirius Black, Theodore Nott
Tags Cedrico Diggory, Draco Malfoy, Harry Potter, Hermione Granger, Rony Weasley, Shopie Turner
Exibições 51
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Ares baixos.


Fanfic / Fanfiction Love or Friendship? - Capítulo 4 - Ares baixos.

Dominique abriu um sorriso ao ver os amigos da sua casa, Simas e Dino, apesar de Simas ter colocado fogo em seu cabelo no primeiro ano, ela gostava da amizade dele.

-Gostaram da decoração?-Perguntou Simas sorrindo, quando os garotos se aproximaram.-O Ministerio não esta nada feliz.

-E por que não deveriamos mostrar as nossas cores?-Perguntou a mulher loira, que provavelmente era a mãe de Simas.-Vocês deviam ver o que os bulgaros penduraram na barraca deles. Vocês vão torcer para a Irlanda, naturalmente?-Ascrescentou ela, fixando Dominique, Harry, Rony e Hermione que assentiram rapidamente.

Depois de terem jurado à Sr.Finnigan de que iam realmente torcer para Irlanda, eles seguiram o seu caminho apesar de Rony ter murmurado: 

-Como se a gente fosse dizer que nao ia, com aquela turma envolta da gente.

-Que será que os bulgaros penduraram na barraca deles?-Indagou Hermione curiosa, e Dominique se fez a mesma pergunta.

-Vamos dar uma olhada...Fiquei bastante curiosa.-Dominique puxou os braços dos amigos, como uam criança pidona. 

-Quando você não fica curiosa? Quando esta dormindo?-Ironizou Rony, fazendo os amigos soltarem algumas risadas.

-Talvez.

As barracas estavam enfeitadas com plantas, cada um exibia o mesmo poster, um poster com o rosto muito carrancudo e de sobrancelhas grossas.

-Krum.-Murmurou Rony baixinho.

-O que?-Perguntou Hermione confusa.

-Vitor Krum, ele é o apanhador da bulgaria... Ele me da arrepios, mas é um otimo apanhador.-Respondeu Dominique ainda olhando as flores, encantada, as vezes esquecia que era uma bruxa e que as fotos podiam se mover como videos.

-É, ele parece bem rabugento.-Observou Hermione, concordando com a amiga.

- Bem rabugento?- Repetiu Rony.-Quem liga se ele parece rabugento? Ele é incrivel! E, bem moço. Deve ter por volta dos 18 anos, por ai. É um genio, espere até ver hoje a noite.

Já havia um fila para conseguir agua, eles entraram logo depois de dois bruxos que descutiam fervorosamente. Um deles, ja era um bruxo de idade que vestia uma camisola florida. O outro, um bruxo do Ministerio; este segurava uma calça listrada e quase expelia lagrimas.

-Comprei isso numa loja de trouxas.-Teimou o bruxo idoso.-Os trouxas usam isso.

- Mulheres trouxas ussam isso. Arqui, não os homens, não os homens, eles usam isto aqui.-Falou o outro bruxo, mostrando as calças listradas.

-Não vou vestir isso.-Retrucou o mais velho indginado.-Gosto de sentir um ar nas partes baixas, obrigado.

Dominique e Hermione foram tomadas por um acesso de riso, e so voltaram à fila quando os dois homens ja tinham se abastecido.

-Ares baixos.-Disse Dominique sem ar por causa dos risos, ela segurava sua barriga numa tentativa de fazer o riso parar. Hermione a acompanhou no riso, e logo as meninas ja choravam de rir.

Então, eles voltaram a atravessar o acampamento de forma mais lenta dessa vez.  Eles viam rostos familiares por todos os lugares; Olivio Wood, o ex-capitão de quadribol do time de Harry e Dominique, que terminara os estudos em Hogwarts, arrastou os dois até a barraca dos pais para apresenta-los e lhes contou cheio de animação que acabara de entrar para o time reserva de Puddlemere United. Depois, Ernesto Mcmillan, um quartanista da Lufa-Lufa os comprimentou e mais adiante Cho Chang. Cho era uma quartanista da Corvinal, e não gostava muito de Dominique apesar da garota nunca ter falado com ela na vida. Ela simplesmente não gostava do fato de que os garotos caiam ao pé da ruiva e ela mesmo assim não querer nenhum, e como Cho julgava, Dominique era apenas uma garota sem sal e ingenua, como eles sentiam algo por ela?

Harry derramou um bocado de agua ao acenar para Cho, Dominique continuava numa conversa animada com Hermione ainda rindo fraco sobre o acontecimento da fila.

-Da onde é que eles são?-Perguntou Harry chamando a atençao das garotas.-Eles não frequentam Hogwarts? Frequentam?

-Devem frequentar alguma escola estrangeira.-Sugeriu Rony.-Sei que a outras, mas nunca encontrei alguem que estudasse nelas. Gui teve uma correspondente em uma escola no Brasil... Isto foi ha anos...ele quis ir em uma viajem de intercambio para la, mas mamãe e papai não tiveram dinheiro para bancar a viajem. A moça ficou toda ofendida quando ele disse que não iria e mandou a ela um chapeu enfeitiçado. As orelhas de murcharam.

Dominique riu, mas não ficou supresa em saber da história, Gui já havia contado a ela essa história.

-Vocês demoraram eternidades.-Reclamou Jorge quando eles chegaram a barraca.

-Encontramos alguns conhecidos.-Respondeu Rony, dando de ombros.-Você ainda não acendeu a fogueira?

-Papai esta se divertindo com os fosforos.

Dominique se sentou em uma das cadeiras, vendo Hermione ajudar o Sr.Weasley a acender a fogueira. A barraca deles estaca armada ao longo de uma estrada que dava acesso ao campo de quadribol, por onde funcionarios do Ministerios corriam para cima e para baixo, comprimentando o Sr.Weasley ao passar.

O Sr.Weasley apresentava à Hermione, Dominique e Harry cada homem que passava.

Finalmente, a fogueira ficou pronta e eles já haviam começado a preparar salsichas com ovos quando Gui, Carlinhos e Percy sairam caminhando da floresta. 

-Acabei de aparatar, papai.-Disse Percy em voz alta.-Ah, que exelente almoço.

Para Dominique qualquer coisa servia, estava quase comendo seus proprios dedos. E eles eram quase mais suculentos do que ovos...Ela não gostava de ovos desde que sua irmã quebrou um em sua cabeça com tanta força que as cascas ficaram presas no coro cabeludo por três dias. 

Já haviam comido quase metade das salsichas com ovo quando o Sr.Weasley se levantou de um salto, acenando para o homem que vinha em sua direção.

-Ah-ha!-Exclamou ele.-O homem do momento! Ludo!

Ludo Bagman, era a pessoa mais chamativa que Dominique havia visto, depois de, é claro, sua tia Morgana que usava texugos envolta do pescoço. Ele usava longas vestes de quadribol, com grandes linhas horizentais amarelas e pretas, e o desenho de uma vespa tomava seu peito.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...