História Love or Fun - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Justin Bieber, Romance
Visualizações 890
Palavras 2.204
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Im in love with her.


POV Vanessa

1 semana tinha se passado e não havia esquecido o Justin. Eu apenas fingia. Fingia para que ele visse que eu era forte e não precisava dele. Minha amizade com Lohran estava ótima, mas, ainda não estavámos namorando. Como eu disse, não queria faze-lo sofrer pois sei que é horrível isso.

Ontem nós tivemos uma noite junta. A melhor, talvez. Alias, estando com ele, todas são as melhores.

-Pega, minha pipoca!

-Vem pegar você, folgada -disse trazendo-.

-Olha como me ama -ri-.

-Não se iludi -riu e se sentou do meu lado-.

-Não me ama? -fiz bico e me encostei do outro lado do sofá-.

Lohran começou a rir e colocou tudo que ele tinha pegado na cozinha e colocou na mesinha de centro.

-Vem aqui, princesa -me puxou pelas pernas-, eu te amo sim.

-Acho bom -ri-.

Lohran puxou meu lábio mordendo e o soltou. Ele me puxou mais para si, fazendo seu pênis roçar em mim. Ri fraco e já senti minha vagina pulsar. Eu sabia que Lohran estava louco para isso, mesmo termos transado ontem, mas, como ele brincou que não me ama, eu irei brincar com ele.

-Não quero hoje, desculpa -falei segurando no seu rosto-.

Ele assentiu e eu o beijei. Soltei minhas pernas dele. Levantei.

-Já volto.

-Onde vai?

-Vou por um casaco, tá frio.

Ele assentiu e eu subi para o quarto.

Chegando lá, coloquei um pijama, um pouco curto, que tinha e desci com um casaco dele nas mãos.

-Lohran, posso colocar esse? -parei em frente á ele. Digamos que esse pijama, fazia realçar meu corpo-.

Ele mordeu os lábios.

-P-pode.

Sorri, coloquei o casaco e me sentei no meio de suas pernas. Eu queria deixa-lo extremamente excitado.

POV Lohran

Eu estava extremamente louco para sentir o corpo de Vanessa, mas, ela não queria, então, fiquei na minha e não a forcei a nada.

Continuamos a assistir o filme e no comercial ela se virou para mim.

-Eu sou mais bonita que você.

-Você? Credo! Você é horrível -ri e ela também-.

-Sou nada -mandou beijo-.

-Não mesmo. Você é a coisa mais perfeita desse mundo.

Ela sorriu e me beijou. Vanessa estava sentada de perna aberta no meu colo, e durante o beijo, eu fui deitando, sem desgrudar nossos lábios, com ela no sofá.

Me sentei no meio de suas pernas enquanto ela estava deitada, e abri o casaco e puxei sua camiseta para baixo. Ela estava sem sutiã, então, seus seios ficaram a mostra e eu dei um chupão em cada um. Ela arfou e tirou minha camiseta. Vanessa me puxou pela nuca e beijou meu pescoço. Me arrepiei. Selei nossos lábios e minha língua pediu passagem, ela cedeu. Vanessa inverteu as posições e sentou no meu colo. Ela beijou meu pescoço e foi descendo por toda meu peitoral, mas, na hora que ela iria tirar minha calça, meu celular vibra em cima da mesinha. Ela bufou e o pegou, sem sair do meu colo, pra mim. Atendi.

-Ligação on-

-Alô?

-Lohran?

-Sim. Quem é?

-É a Katy. Não se lembra de mim? -antes de responde-la, sorri e suspirei-.

-Katy! Claro que lembro de você! -Vanessa ficou me olhando-.

-Que bom! Saudades de você.

-Também estou com saudades de você. Quando você volta?

-Por isso mesmo te liguei. Irei passar uma temporada aí, bem, daqui uns meses.

-Que ótima notícia! -Vanessa revirou os olhos e saiu do meu colo colocando a roupa e se sentando no outro sofá cruzando os braços-. Bom, agora tenho que ir, nos falamos depois?

-Claro. Fica bem.

-Ligação of-

-Quem era?

-Katy.

-Isso eu sei, quero saber o que ela é sua.

-Bom, ela era minha melhor amiga e...

-Melhor amiga, Lohran?

-Eu disse era.

-Que bom.

-Vem aqui -disse sentando-me-.

-Não.

-Vanessa.

-Vou dormir, boa noite -ela levantou. Vanessa estava com ciúmes, morrendo de ciúmes-.

-Não vamos continuar?

-Pede para Katy fazer isso por mim.

-Tá com ciúmes? -sorri-. Ela é só uma amiga e..., ás vezes, nós chegamos a namorar um tempo, mas, não passou de um mês. A gente não dava certo, só como amigos mesmo.

-Que bom, Lohran. Que bom! -ela disse chorando. Vanessa estava chorando. Chorando por ciúmes de mim-.

-Você ta chorando? -cheguei perto dela-.

-Tô, e dai?

-Por que? -fiquei em sua frente-.

-Porque tenho ciúmes de você, porque tenho medo de perder você, porque você -suspirou- é tudo que eu tenho.

Eu a abracei e ela encostou sua cabeça no meu ombro.

-Não precisa ter ciúmes. Meu coração pertence á você.

Ela se afastou de mim e limpou os olhos. Fui beija-la, mas, ela recusou.

-Vanessa.

-Ainda tô brava e com ciumes. Vou dormir e amanhã não irei para a escola, ok? Ok.

Assenti e dei um sorriso de canto.

-Não ganho nem um beijo?

Ela  sorriu e veio em direção a minha boca, mas, ela virou-se e deu um beijo na minha bochecha.

Vanessa saiu rindo e eu fiquei ali, com cara de idiota e rindo também.

POV Vanessa

Primeira crise de ciumes com Lohran. E tudo isso por culpa dessa Katy, amiga dela. Eu realmente espero que essa garota  não venha pra cá.

[...]

Acordei quase meio-dia e fui no banheiro fazer minha higiene pessoal. Corri até o quarto de Lohran e ele ainda estava dormindo. Pulei em cima dele e ele acordou com o susto.

-Bom dia!

-Vanessa, vai dormir sua gorda.

-Perdi o sono -segurei em seu rosto e sentei na sua barriga-.

-Mas eu ainda estou com sono.

-Então perde.

Ele riu.

-Anda, Lohran! -apertei suas bochechas-.

Ele virou de lado me fazendo cair na cama e ficar de frente a ele.

-Então dorme.

-Fica aqui.

-Vou comer porque tô com fome.

-Eu disse que você era gorda.

-Vai se foder -ri-.

Levantei e ele me puxou de volta. Dei uma mordida em sua bochecha, que o fez reclamar de dor e desci.

[...]

Escolhi um biquíni simples e o coloquei. Prendi meu cabelo com um coque, coloquei um shorts e desci para a piscina. Lohran não gosta muito que eu fiquei ali sem ele por causa de seus seguranças, mas, agora, não tinha quase nenhum e eles estavam conversando.

Me sentei em uma espriguiçadeira e tirei o shorts, ficando apenas de biquíni. Estava fazendo muito sol e muito calor, e por isso mergulhei na piscina. Ali estava ótimo.

Fiquei por um tempo olhando para o Sol até que sou surpreendida com água em meu rosto. Lohran.

-IDIOTA!

-Te assustei? -riu-. Tava pensando no que?

-Em nada.

-Hum, entendi -grudou nossos corpos-. Você é sexy, sabia? Olha seus seios, que enormes.

-Para! -ri e o empurrei o fazendo cair na água-.

Sabia que ele ia se vingar, e, por isso, saí da piscina correndo.

-Vem aqui! -riu-.

-Não, você quer se vingar -ri-.

-Juro que não quero.

-Promete?

-Prometo.

Parei de correr e ele veio até mim. Lohran me pegou no colo e saiu correndo pulando na piscina.

-IDIOTA, IDIOTA!

Ele ficou rindo e eu o puxei pelo braço.

-Ta sentindo falta de alguma coisa?

-Do que? Disso? Estou -me beijou-.

Desgrudei nossos lábios.

-Sim, disso.

[...]

Lohran continuou na piscina enquanto eu fiquei na espreguiçadeira.

POV Justin

Eu estava com saudades de Vanessa. Saudades de seu beijo, do seu corpo... saudades de tudo. Não sei, mas, acho que Ryan estava certo, eu devo estar apaixonado por ela. Apaixonado logo agora que ela não me quer nem ver pintado de ouro. Mas isso vai acabar, ou ela vem comigo ou ela fica sozinha. E... não, ela não ia saber que eu estava começando a ama-la, alias, ninguém ia saber porque eu sou o Justin Bieber.

Peguei uns dos meus carros na garagem e segui para a casa de Lohran. Dessa vez, Vanessa iria me ouvir e, quem sabe, eu iria conseguir dizer tudo o que sentia pra ela.

POV Vanessa

Entrei em casa pra tomar banho e tirar o cloro do meu corpo. Durante o banho, pensei em várias coisas e Justin veio em meu pensamento. Eu sinto falta dele. Sinto muito mesmo. Mas não, isso tinha que mudar.

Coloquei um shorts e uma regata branca. Deixei meu cabelo solto e passei apenas um batom básico. Eu estava um pouco cansada, então, preferi ficar no quarto vendo tv. Mas, antes de me deitar na cama, fui na janela e vi que Lohran já tinha saído da piscina e agora estava malhado.

[...]

Eu tinha pegado no sono, mas, fui acordada, quer dizer, me assustei com a gritaria vindo do jardim. Era voz de Lohran e... voz do Justin? Desci correndo as escadas e corri para o portão, onde estava acontecendo a gritaria.

-O QUE TÁ ACONTECENDO AQUI? -gritei e os dois pararam-.

-VANESSA, EU PRECISO FALAR COM VOCÊ. PEDE PRA ESSE CARA ABRIR ESSE PORTÃO -Justin falou e eu demorei para responder-.

-NÃO JUSTIN, SAÍ DAQUI! EU NÃO QUERO MAIS NADA COM VOCÊ!

-ESSE DRAMA JÁ DEU O QUE TINHA QUE DAR. LARGA ESSE CARA E FICA COMIGO.

-NÃO JUSTIN, EU NÃO QUERO VOCÊ NA MINHA VIDA. SOME! -falei chorando. droga-.

-BIEBER, SAÍA DAQUI ANTES QUE EU PEÇA PARA TE EXPULSAREM A FORÇA -Lohran falou-.

-TUDO BEM, VANESSA. Apenas se lembre desse dia, lembre do que você falou e depois não reclame de nada -parou de gritar. Justin me olhou e saiu-.

Eu caí sentada no chão chorando e Lohran se agachou até mim me levando pra cozinha. Me sentei na cadeira e Lohran me deu água e limpou meu rosto.

-Calma, tá tudo bem. Passou.

-Por que ele veio aqui? Por que, Lohran?

-Eu não sei, princesa.

Abaixei a cabeça e comei a chorar novamente. Lohran levantou meu rosto e me deu um beijo na testa.

-Eu tô aqui. Eu sempre vou estar aqui.

Sorri sem mostrar os dentes e ele suspirou saindo de perto de mim. Fui atrás dele.

-Ei, o que foi?

-Só não mente pra mim.

-Mentir?

-Eu sei que o Bieber ainda tem um grande poder sobre você. Eu sei que você sente a falta dele, eu sei.

-Eu quero esquecê-lo -falei me explicando-.

-E eu quero te ajudar. Fica comigo, Vanessa.

-Lohran eu não sei -suspirei-.

-Vanessa -Lohran me puxou pela cintura e sussurrou em meus ouvido-.

-Você promete que não vai me deixar? Promete?

-Por você eu prometo tudo.

Sorri e segurei em seu rosto beijando seu lábio. Entre o beijo murmurei um sim, o que fez ele sorrir sem desgrudar nossos lábios.

POV Justin

Eu tinha certeza que Vanessa e Lohran estavam juntos, mas, também tinha certeza que ela ainda me amava. Eu senti isso. Senti a dor que ela guardava escorrer por seu rosto em forma de lágrima. E eu sou o causador de toda essa dor. E sim, eu me sentia completamente culpado.

As palavras que eu iria dizer, o sentimento que eu queria que ela soubesse que existe, estão engasgados como um nó em minha garganta. Eu queria que ela soubesse que nesse tempo eu aprendi ama-la, que eu iria ser a melhor coisa que iria acontecer em sua vida e que eu ia protegê-la, mas, como ela não me deixou falar nada, nada do que queria, esse nó iria sumir, as palavras seriam esquecidas e o sentimento iria sumir. Só que não sabia como.

Pela primeira vez, eu estava amandando, mas aí vem Vanessa e me faz quebrar a cara. Todas essas outras pessoas que amam tem razão, amar dói.

POV Lohran

Eu era o cara mais feliz e sortudo no mundo. Eu tinha ela, a mulher da minha vida. Vanessa era minha. Se eu pudesse, gritava para o mundo inteiro isso.

Vanessa apertou minha bunda e mordeu meu lábio rindo. Desgrudei nossos lábios e sorri safado pra ela. Vanessa piscou e a peguei no colo. Subi as escadas e a coloquei deitada na cama.

Tirei sua camiseta regata e segui logo para seu pescoço, onde eu dei um chupão. Vanessa tirou minha camisa e arranhou meu peitoral. Arranquei seu sutiã e ali depositei vários chupões. Vanessa arfava. Desci por todo seu corpo depositando beijos até chegar em sua intimidade. Tirei seu shorts junto com sua calcinha e abri um pouco suas pernas. Toquei minha boca em sua intimidade e senti ela se retorcer. Chupava delicadamente cada parte enquanto ela gemia. Com meus dedos, fiz movimentos circulares e ela estava totalmente louca e seus gemidos aumentando. Quando ela se sentiu satisfeita, gozou e eu limpei aquilo tudo

Subi em cima dela novamente e ela beijou minha boca. Vanessa desceu para meu pescoço e ela beijou, me arrepiei. Ela inverteu as posições e sorriu safada pra mim. Ela tirou minha calça junto com minha cueca e logo abocanhou meu pênis. Vanessa passou a língua e em seguida, fez movimentos circulares com a mão. Eu tentava controlar meus gemidos mas era em vão. Vanessa começou a chupa-lo e eu segurei em seu cabelo para controlar os movimentos. Cheguei em meu limite e gozei em sua boca.

POV Vanessa

Lohran ficou por cima de mim e começou a penetrar. Eu cravei minhas unhas em suas costas e ele aumentou a velocidade. Nossos gemidos abafados, nossas respirações ofegantes... eram tudo tão prazeroso.

[...]

Lohran caiu para o lado e eu deitei em cima de seu peitoral.


Notas Finais


Geeente, desculpa por não ter postado ontem é que eu tava muito ocupada com as coisas de escola e taus. Bom, espero que gostem e até SEGUNDA ou TERÇA. Ah, e como o prometido, aqui vai um beijo para a Pamela! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...