História Love Or Kill - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Megan Fox
Personagens Justin Bieber, Megan Fox
Tags Justin, Megan, Romance
Exibições 48
Palavras 373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura.

Capítulo 23 - Diga-me


Fanfic / Fanfiction Love Or Kill - Capítulo 23 - Diga-me

Megan Pov

- Do que você está falando?- Eu gaguejei e ele passou a mão na cabeça visivelmente irritado.

- Chega de mentiras Megan.- Justin disse se controlando e eu engoli seco, ele havia me irritado.

- Chega de mentiras Bieber. O que o Stiller sabe de você que seja tão ruim a ponto de me fazer odiar-te.- Digo cuspindo as palavras nele e vejo sua expressão ficar pálida e vazia.

- Não sei.- Ele diz frio e eu solto uma risada debochada.- Nada que eu tenha feito pode te fazer me odiar.

- Talvez eu pague para ver.- Digo sínica e Justin da de ombros como uma criança mimada.

- Faça o que quiser, mas fique longe do Stiller.- Ele diz apontando seu dedo em minha cara e levantando a voz.

- Você não pode mandar em mim, sabe disso.- Digo revoltada e ele sorri diabólico.

- Pague para ver.- Diz sínico e eu viro as costas e saio batendo o pé. Justin tinha a forte concepção de que tem poder sobre mim e todos a sua volta, e mesmo que na maioria das vezes ele realmente tenha, é da minha natureza ir contra suas vontades. Subi correndo para o meu quarto e comecei a abrir as gavetas desesperada procurando o papel que Stiller havia me dado. Depois de revirar o quarto todo e jogar todas as minhas roupas no chão, encontro o papel no bolso do meu short e me sento na cama, cansada. Decido ir até o endereço escrito no papel, me levanto, pego minha arma e a escondo por debaixo da minha blusa. Sai em disparada até a garagem e depois rasguei as ruas até o endereço indicado. Era uma casa um pouco afastada do centro, havia um carro parado na frente e uma criança brincando ao lado dele. Desci devagar e fui caminhando até a entrada, bati duas vezes na porta e depois de alguns minutos uma mulher morena e que aparentava ser um pouco mais velha que eu abriu a porta, ela tinha um semblante cansada e não pareceu gostar de me ver. Respirei fundo e arquiei uma sobrancelha.

- Me dê um bom motivo para eu estar aqui.- Digo fria e ela me olha com medo.


Notas Finais


E agora? TAM TAM TAM TAM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...