História Love Or Kill - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Megan Fox
Personagens Justin Bieber, Megan Fox
Tags Justin, Megan, Romance
Exibições 49
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem. Boa leitura.

Capítulo 26 - Emergency


Fanfic / Fanfiction Love Or Kill - Capítulo 26 - Emergency

Megan Pov

Corto o maximo de ruas possível para chegar logo ao meu apartamento, olhando pela janela, vejo os carros passando sobre mim como borrões. Me concentro no volante, aperto meus dedos em volta do mesmo. Meu corpo tenso e elétrico sentado no banco vai relaxando aos poucos, sinto-me sobe forte efeito de êxtase. Paro em um sinal vermelho e percebo dois carros pretos alinhados atrás de mim.

- Puta merda!- Grito batendo uma mão no volante. Eu estava sendo seguida. Assim que o sinal abre eu acelero e começo a entrar em ruas que não fazem parte do trajeto. Penso por um segundo estar sendo seguida por Justin, mas essa hipótese se desfaz quando vejo seu carro se aproximar e tentar tirar um dos grandes Civic preto da pista. Eu não estava sozinha. Tento me concentrar no volante, mas só consigo pensar que estou desarmada e sendo seguida. O carro de Justin se aproxima do meu, abro o vidro. Scar bota a cabeça para fora.

- Toma! – Ela grita me jogando um revolver e logo depois se senta na janela abrindo fogo contra os carros atrás de nós. Justin mantém suas mãos no volante e evita olhar para mim. Travo o volante com o joelho e mantenho o carro em linha reta, me sento na janela e atiro contra os carros, acerto o pneu de um mas não é o suficiente para que ele pare. Logo eles começam a atirar contra nós. Scar faz um sinal dizendo que vamos entrar na próxima curva, obedeço. Ouço meu vidro se estilhaçar e uma bala passar rápido quase me atingindo, suspiro com medo e acelero, giro o volante rápido e piso no freio, o carro de Justin vem logo atrás. Ele faz a curva e o Civic bate na lateral dele fazendo-o capotar. Sinto meu sangue congelar, todas as minhas terminações nervosas estão em alerta. Vejo o carro capotar três vezes antes de parar totalmente. Freio meu carro e desço correndo. Os que a pouco nos atacavam agora estavam fugindo, logo os dois carros pretos haviam sumido no horizonte. Corro até o carro e me abaixo, o vidro esta totalmente quebrado. Vejo Scar desesperada tentando se soltar e corro ajuda-la. Ela está com o supercílio sangrando.

- Eu consigo, vá tirar o Bieber.- Ela diz desesperada e eu assento com a cabeça. Corro até o outro lado e vejo Justin com a cabeça machucada e desacordado, sinto meu peito se contorcer, como em um nó. Passo meu corpo por entre a janela e o solto do cinto de segurança, seu corpo cai. Com certa dificuldade o puxo para fora e o arrasto para longe do carro. Scar sai também e corre me ajudar. Justin continua desacordado.

- Ligue para alguém.- Digo chorando e ela se afasta.

- Tente acorda-lo.- Ela diz desesperada pegando seu telefone e discando o numero de alguém.

- Justin, acorde. Por favor.- Digo beijando seus lábios mas ele não reage. A cada segundo que passa o medo de perde-lo cresce dentro de mim. Sinto minha garganta arder e meu estomago revirar.

- Ryan e Chris estão vindo. Chaz estava logo atrás de nós e esta perseguindo os carros junto com alguns homens.- Sar diz se aproximando novamente.

- Eu preciso acorda-lo Scar. Ajude-me.- Digo colocando sua cabeça em meu colo. Scar se aproxima e rasga sua camisa e então olha para mim assustada. Encaro seu peito e vejo um pequeno furo sangrando. Sinto minha visão fechar.

- Não! – Grito o chacoalhando.- Justin acorde.- Suplico grudando nossas testas e não tenho resposta. Scar se levanta e começa a andar de um lado para o outro.

- Da licença.- Ela diz me jogando para trás. – Preciso de algo pontudo.- Ela diz e eu corro até meu carro e pego uma pinça que estava guardada no porta-luvas. Scar a pega e enfia no ferimento de Justin, logo depois, retira a bala, então pressiona seu ferimento com sua camisa rasgada. Justin começa a tossir e gritar de dor.

- Justin.- Digo o beijando e ele pisca varias vezes.

- Eu não vou aguentar.- Ele diz com dor e eu nego com a cabeça.

- Está tudo bem, eu vou te tirar daqui.- Digo o levantando e Scar me olha incrédula.

- Aonde vai com ele?- Pergunta séria e vindo atrás de mim enquanto levo Justin até meu carro e o coloco no banco de trás.

- Não vou esperar ajuda. Vou leva-lo.- Digo fria e ela me olha brava.

- Se você for, pode morrer.- Scar diz e eu dou de ombros.

- Se eu ficar, ele morre.- Digo entrando no carro, então ela corre e entra também. Acelero e saio daquele lugar. Justin se contorce e grita de dor no banco de trás. Vou o mais rápido que posso a caminho do hospital. Tento anima-lo mas ele só parece piorar.

- Justin está sangrando muito?- Scar pergunta e ele geme de dor.

- Sim.- Ele grunhi de dor e ela bufa irritada.

- Pressiona o ferimento.- Grito e ele faz o que mandei. Sinto minha cabeça latejar e minha visão ficar escura, sinto-me como em uma nuvem. Finco minhas unhas no braço de Scar e ela da um pulo no banco.

- O que foi?- Ela pergunta assustada.

- Segura o volante.- Digo quase desmaiando. Então ela segura e trocamos de lugar.

- Já estamos chegando Megan. Fique acordada.- Scar diz preocupada e eu sinto um sono muito forte.

- Scar o que está acontendo?- Justin pergunta quase sem voz.

- Megan verifique se você não está ferida.- Scar diz e eu me esforço e começo a checar meu corpo. Nenhum sinal de ferimento.

- Não estou.- Digo e Scar para o carro na frente do hospital. Salto para fora com um pouco de dificuldade e ajudo Justin a descer. Entramos e alguns enfermeiros vem nos ajudar. Levam Justin para um corredor e eu para outro. Vejo a enfermeira fazer algumas perguntas mas não consigo responde-las, então ela me senta em uma cadeira de rodas e me liga ao soro, fecho os olhos e a escuto gritar. “Emergência”. 

"As cicatrizes do teu amor me fazem lembrar de nós, me fazem pensar que nós tinhamos quase tudo. As cicatrizes de seu amor me deixam sem fôlego. Eu não consigo parar de sentir"


Notas Finais


Até o proximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...