História Love, Sex & Drugs - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camila G!p, Camren, Camren G!p
Visualizações 594
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Orange, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não critiquem a Camila, ok? Ela está em crise de abstinência e as atitudes dela é de alguém em crise.

Capítulo 33 - Capítulo 33


Camila estava na cozinha abrindo todas as portas e gavetas do armário. Sentia pequenos tremores e a todo momento levava sua mão direita até o nariz.

- Droga. - murmurou mordendo o lábio.

Escutou passos se aproximando e bateu a porta do armário com tudo fazendo um grande estrondo e a pessoa se assustar.

- E-está tudo bem? - Lauren perguntou receosa ao vê-la em pé no meio da cozinha.

- Não. - respirou fundo tentando controlar sua respiração - Quero saber onde Lucy guardou as minhas coisas.

- O que...? - a voz sonolenta da mais velha se fez presente no local - Era pra você estar...

- Onde estão as minhas coisas? - Camila perguntou nervosa - A minha mochila, Lucy. Onde está?

- Kaki...

- Eu quero as minhas coisas... - rosnou entre os dentes.

A latina bufou impaciente soltando um tapa estalado em cima da mesa assustando as duas mulheres que estavam em sua frente. Passou as mãos pelo rosto tentando se controlar e sentiu seu estômago revirar.

- Camila... - Lu gritou quando a mais nova passou como um furacão por ela.

- Hey, o que houve? - Verônica apareceu no topo da escada olhando para as duas garotas que ainda estavam na porta da cozinha.

- A Mila. - a esposa murmurou.

- Banheiro? - perguntou enquanto descia as escadas e viu sua mulher assentir.

Camila estava sentada no chão do banheiro enquanto tinha o seu corpo debruçado sobre o vaso sanitário e depejava tudo o que havia em seu estômago. A latina soltava muxoxos e palavras desconexas que Verônica não conseguia decifrar, porém ela sabia o que estava acontecendo. Assim como Lucy também sabia.

- Hey... - tocou o ombro da garota fazendo-a virar o rosto em sua direção - Vou te colocar no chuveiro, ok?

A mais nova assentiu e foi arrastada até o box, onde sentiu o jato de água fria lhe atingir. Vero sabia que que um dos piores sentimentos que o ser humano podia ter para com o outro era pena, porém era tudo o que ela estava sentindo. Pena.

Caminhou até o armário do banheiro pegando uma grande toalha branca e uma escova de dentes nova. Colocou um pouco de pasta e entregou a latina. Observou a mesma olhar para cima fazendo com que a água batesse direto em seu rosto e logo cuspir a espuma no chão.

- E-esta f-frio, Vero. - falou abraçando o próprio corpo.

A mais velha se aproximou ajudando-a a levantar e fez com que a mesma retirasse a roupa. Enrolou a toalha em seu corpo e caminharam para fora do cômodo.

Lucy e Lauren estavam sentadas na sala esperando que as duas saíssem. Assim que as viram Lucy até tentou se aproximar, porém sua esposa fez um sinal para que ela ficasse quieta.

Ao chegarem no quarto, Verônica foi até o guarda roupas pegando uma cueca e jogando em direção à latina.

- Eu não estou inválida para vocês me tratarem assim. - murmurou colocando o pano em seu corpo.

- Você não vai conseguir afastar nenhuma de nós de você. - disse cruzando os braços abaixo dos seios - Lucy e eu já passamos isso com você, não vamos a lugar algum. - viu Camila balançar a cabeça em negação - O máximo que você pode conseguir é assustar Lauren, mas sei que ela também não irá a lugar algum.

- Só quero minhas coisas, Verônica. - falou olhando para a janela - Vou para Miami amanhã cedo.

- Sabe que Lucy não irá permitir que isso aconteça.

- Vocês não mandam em mim. - disse irritada - Parem com essa merda. Tudo isso. Vocês não sabem porra nenhuma. - gritou.

- Não fale isso, Camila. Durante todos estes anos Lucy esteve aqui para você.

- Eu sei e agradeço, mas eu não sou uma criança que vocês controlam.

Bufou indo até o armário pegando uma calça de moletom a vestindo e uma camisa branca lisa. Procurou por seus documentos nos criados mudos, porém não achou.

- O que está acontecendo aqui? - Lúcia abriu a porta do quarto - Camila, o que você está fazendo? - se aproximou da garota segurando seu queixo e fazendo-a olhar - Ei, nós já passamos por isso outras vezes, podemos fazer isso de novo, uh? Não desiste. - pediu com os olhos marejados - Nós estamos aqui para te ajudar. Eu não quero perder você. Não se esconde, não faça isso com você mesma... Outra vez.

Camila sentiu seus olhos arderem fazendo-a olhar para Lauren que já encarava a cena com lágrimas nos olhos e desviou o olhar para outro canto do quarto.

- Só... Me dá minhas coisas.

- Eu não posso. - sussurrou.

- Por favor. - insistiu.

- Não faz isso. - pediu chorosa - Me doi te ver assim. Doi ver você em crise.

- Me dá, pelo menos, os meus cigarros.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...