História Love Sky-2 Season - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Alycia Debnam-Carey, Andrew Garfield, Ansel Elgort, Arden Cho, Ashton Kutcher, Dylan Sprayberry, Felicity Jones, Gabriella Wilde, Gage Golightly, Jennifer Lawrence, Mia Wasikowska, Sam Claflin, Sky Ferreira
Personagens Alycia Debnam-Carey, Andrew Garfield, Ansel Elgort, Arden Cho, Ashton Kutcher, Calum Hood, Dylan Sprayberry, Felicity Jones, Gabriella Wilde, Gage Golightly, Jennifer Lawrence, Luke Hemmings, Mia Wasikowska, Michael Clifford, Sam Claflin, Sky Ferreira
Tags 5 Seconds Of Summer, Alycia Debnam-carey, Andrew Garfield, Ansel Elgort, Arden Cho, Ashton Kutcher, Calum Hood, Dylan Sprayberry, Felicity Jones, Gabriella Wilde, Gage Golightly, Jennifer Lawrence, Luke Hemmings, Mia Wasikowska, Michael Clifford, Sam Claflin, Sky Ferreira
Exibições 4
Palavras 3.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Sobrenatural, Survival
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Clara e Chris ^^

Capítulo 5 - Andalacia


Fanfic / Fanfiction Love Sky-2 Season - Capítulo 5 - Andalacia

 

Estava na cama ainda a ver fotos e videos com e sem o Ashton, quando oiço baterem à porta.

-Entre

- Oi, acabei de vir da consulta com o Mike.

-Então?Como está o meu sobrinho?-disse sorrindo

-Felizmente continua super saudavel.Temos feito um ótimo trabalho e a sua futura tia também tem ajudado muito.Embora ela própria também precise, às vezes, de ajuda.O que se passa Sky?

-Nada, apenas estava a fazer uma limpeza no celular e a organizar umas fotos em albuns que tenho por aqui...

-Albuns que por acaso  têm a cara do Ash né?

Fiz um olhar cabisbaixo a ignorar a pergunta que Soph me fez, mas foi inútil porque ela continuou.

- Sky, por favor eu digo-te isto pelo teu bem e eu não queria chegar ao ponto de ser tão direta contigo, mas....esquece-o.É o melhor que tens a fazer.Há tantos rapazes por aí que davam tudo pra ter alguém como tu e tu ainda estás a agarrada ao passado.

-Isso é porque ainda doí...

-Achas que nós todos também não sentimos saudades do Ash!? Achas que não temos saudades daquelas piadas secas que ele mandava?Daquelas pizzas com peperonni e ananás pra Violet , que ele encomendava quando percebia que o pessoal estava em baixo?Dos sorrisos que ele conseguia arrancar quando alguém estava em baixo, não se importando de fazer as palhaçadas mais tristes que possas imaginar? Quando o Luke e a Sarah se separaram, ele ainda não tinha recuperado da perda dela e teve que ganhar coragem para perder o seu melhor amigo, o seu companheiro de tantos anos, com quem tinha plena confiança e nunca o julgo, dizendo sempre as verdades, mas sempre a tentar não o magoar.Não és só tu que sofreste, estás a sofrer e ainda irás sentir a dor da perda dele,somos todos nós!Toda a gente que ele conhecia e que lhe era próxima.E não te esqueças que também não és a única a sofrer com a perda do pai.Eu também todos os dias deito-me e penso sempre nele antes de adormecer.Porque?Porque ele me conforta.Ele era uma das pessoas que sempre nos apoiou, deu sermões quando era preciso abrir-mos os olhos e se estivesse aqui tenho a certeza que iria também dizer que o melhor que tens a fazer é seguir em frente.E tenho a certeza que a mãe iria concordar com ele.Não esquecer o Ash, porque sei que isso é impossível, mas seguir em frente.Por favor, se não consegues fazer isso por ti, faz por mim e pelos outros que apenas te queremos ver bem.

Não resisti e dei-lhe um abraço, porque reparei que se formavam lágrimas nos cantos dos olhos de Sophia.Ela apertou-me com mais força e ficámos assim por uns segundos.

-Obrigada, Soph.Sabes que eu tento todos os dias.E em relação ao pai, eu todos os dias também penso sempre nele antes de adormecer.Nunca me vou esquecer dos conselhos que ele nos deu.Da sua paixão secreta pela cozinha, que apesar de lhe termos dito inúmeras vezes pra fazer uma formação em culinária ou participar num daqueles programas tipo Master Chef, ele nunca o fez.Da sua compreensão e do seu carinho.Os seus abraços eram os melhores do mundo.E os da mãe também.Ainda me lembro do toque da sua mão sobre a minha cara e dos seus beijos doces na minha testa, como se estivesse a dizer “ Estou aqui, não te preocupes”.

-Eu sei e eles vão estar para sempre presentes nos nossos corações.Mas acho que aconteceu mais alguma coisa enquanto eu e o Mike estivemos fora, que não me estás a querer contar...

-Sim, aconteceu mas não devia ter acontecido.

-O que?

-Eu e o William transamos.

- O TEU CHEFE!?

-Sim, o meu chefe Soph.Fala baixo por favor.

-Mas como é que isso aconteceu??

-Apenas aconteceu.Eu queria o meu celular e ele não me estava a querer dar.Quando dei por mim caí sem querer pra cima do sofá da sala e ele fico em cima de mim e apesar da minha insistência pra ele sair de cima de mim, ele não o quis fazer e pronto...

-Ok, agora explica-me.O que há de mal nessa história??

-Estás de brincadeira comigo certo? Para além de o odiar profundamente, a seguir ao Greg claro.Eu amo o Ashton, aquilo foi algo impulsivo.Não sei o que se passou comigo...

-Eu sei.Estavas carente de afeto.

-Como assim?Porque dizes isso?

-Sky já passaram 2 anos desde que o Ashton morreu.Estavas há espera do que?Que tivesses perante um homem gato, charmoso e com um corpo atlético e não acontecesse nada?? Toda a gente tem necessidade de afeto e tu sentiste isso com ele e não há mal nenhum.Como já te disse tens de tentar seguir em frente.

-Ele nem levou aquilo aserio, pra ele sou apenas mais uma pra lista...

-Ok, próximo.Não quer aproveitar a pessoa especial que és, então ele que vá tomar no cu e tu vai ser feliz com outra pessoa que realmente te mereça.

-Fazes parecer tudo tão fácil...

-Isso é porque é, nós é que tornamos a vida mais dificil do que ela realmente é.

-Como é que eu o vou encarar agora na empresa?E a namorada dele?E se ela descobrir?-perguntei preocupada

-Ele tem namorada?

-Sim...

-Hmm, isso torna as coisas mais complicadas.Mas não fiques em baixo, age como se nada tivesse acontecido.Eu sei que tu não és daquelas raparigas que se envolve com qualquer um e toda a gente tem momentos em que age por impulso.

-Não sei...-disse baixinho

-Promete-me só uma coisa.Que vais tentar seguir em frente com a tua vida.Pra começar podes começar a procurar casa.Não é por mal eu e o Mike gostamos muito da tua companhia , mas como o bebé está quase a nascer e vamos precisar de mais espaço percebes?

-Sim, claro que percebo.Amanhã começo já a procurar casa.

-Obrigada.

Sophia sorriu, demos mais um abraço demorado e despedimo-nos.

Deixei-me cair na cama, fechei os olhos e adormeci.

Emma Koong pov on~

O meu nome é Emma Koong, pelo meu nome devem ter percebido que tenho outra nacionalidade, sou metade inglesa e metade coreana.Vivo em Inglaterra desde os meus 12 anos.E agora trabalho num café chamado “ Andalacia”.Sim inspirei-me num dos meus filmes preferidos da Disney “ Enchanted” e o espaço exterior e interior, fatos e tudo é inspirado no filme.Porque apesar de tudo, ainda acredito em finais felizes e no “ para sempre”.Digo apesar de tudo, porque namorei com o Sam Hoechlin durante 4 anos e meio, mas simplesmente não resultou.Ele nunca me traíu nem eu a ele, mas discutiamos muitas vezes, por coisas sem sentido nenhum.Então chegou a um dia que eu não aguentei mais e terminei tudo.Passado 1 ano, ainda continuamos a dizer um “oi” ou um “ tudo bem?” mas o clima é estranho e pesado.Os meus pensamentos são interrompidos por Alice e Savannah Rivers, as clientes habituais do meu café.Dirigi-me a elas com um sorriso de orelha a orelha.

-Deixa-me adivinhar, um matche latte com um crossaint de chocolate pra Savanah e um black milk tea com 2 torradas com compota de mirtilo para a Alice?

Elas olharam uma pra a outra e riram-se.

-Certíssimo Emma, já podes ser promovida-disse Savannah

- Bem queria, mas o chefe não quer infelizmente.E tu Alice?Que livro trouxeste desta vez pra nossa estante?

-  "The Dreaming Beast" de Lee Chang-dong e estou a adorar!

-Ainda bem, se quiseres mais livros de autores coreanos diz-me-disse-lhe piscando-lhe o olho

-Ok, obrigada

-Bem, vou fazer os vossos pedidos.Com lincença.

Virei-me mas rapidamente parei vendo quem estava a entrar no café.Esse mesmo que estão a pensar. Sam Hoechlin estava a entrar no “Andalacia” e o meu coração começou a bater mais depressa.Rapidamente dirigi-me ao balcão e tentei procurar alguém que tivesse disponível para o atender, mas parece que Peter, o meu parceiro, ainda não tinha chegado.

-Oi, tudo bem?

Ouvi a sua voz e levantei a minha cabeça para o encarar mas bati com ela na mesa, queixando-me a seguir com dor.Sam riu-se baixinho e ouvi Alice e Savannah a rirem-se também.Elas sabiam da minha história com Sam.

-Oi, sim e contigo?Bem vindo ao café “ Andalacia”, o que vai desejar?-disse pegando numa caneta e num bloco de notas.

-Queria falar contigo.

-Desculpe, mas não temos o que deseja-disse nervosa

-Emma, só te peço 2 minutos.Por favor.

-Ok, mas primeiro terá que pedir qualquer coisa.

-O café mais barato que tiverem.

-Ok, aguarde um momento por favor.

Fui pra cozinha, virei-me de costas pro balcão, coloquei as mãos na pedra fria e suspirei fundo.Eu não acredito que ele estava ali e queria falar comigo.Mas sobre o que?E porque agora?

Passado 15 minutos, pousei os pedidos de Savannah e Alice na mesa e desejei bom apetite como sempre faço.Depois pousei o café na mesa onde Sam estava sentado e fui direta pro balcão num passo apressado, mas Sam segurou-me o pulso impedindo-me de continuar.

-Não te esqueces-te de nada?

Suspirei, virei-me e sentei-me à sua frente.

-Bom, o que eu quero dizer não é nada de grave.Tu sabes  que eu nunca tive uma vida fácil e os meus pais sempre exigiram muito de mim nos estudos e...

-Sam por favor vai direto ao assunto.Caso não tenhas reparado tou no meu horário de trabalho-disse impaciente

-Ok.Eu preciso que me emprestes dinheiro.

Fiquei a olhar pra ele incrédula.

-O que?!

-Sim, mas não é muito.Apenas o suficiente pra me sustentar, enquanto não arranjo um emprego.

-Deixa-me adivinhar, os teus pais expulsaram-te de casa?

-Sim...

-E esperas que a tua ex-namorada te vá safar dessa situação?

-Precisam de empregados aqui no café?

-Não,mas mesmo que fosse preciso tu não irias ser uma das opções porque eu não sou uma boneca descartável ao qual só te diriges quando precisas de favores.Não tens amigos?

-Todos recusaram...

-E porque será? Será porque sempre foste uma criança mimada que nunca se importou com mais nada a não ser gastar dinheiro em casinos?Às vezes penso se fiz a escolha certa em ter acabado contigo, mas é nestes momentos que tenho a certeza que sim.Agora, se me dás licença, vou continuar a trabalhar.Sim, porque ainda existem pessoas que trabalham honestamente e não roubam ou andam a pedir nas ruas ou achas que eu não sei que andas a fazer essas coisas?Londres pode ser uma cidade enorme, mas lembra-te que sempre fui uma pessoa muito observadora e a maioria das pessoas que frequentam este café são pessoas muito bisbilhoteiras, andam sempre à pesca de novidades.Não é preciso pagares o café, agora bom resto de dia.

Emma Koong pov off~

Savannah pov on~

Estava a olhar pra Alice que lia o seu livro completament submersa como sempre.Ela sempre foi um rato de biblioteca.Desde criança.Nunca se interessou em ter muitos amigos, preferia a companhia dos livros.Criou até um amigo imaginário, dizia que se chamava Blueberry, porque ela ama mirtilos.

-Alice ouviste o que eu disse?-perguntei estalando os dedos à sua frente mas não obtendo resposta

Tentei mais uma vez.

-ALICE RIVERS!

-O que foi??

-Ah!Finalmente!Estou há séculos a tentar chamar-te e tu não me respondes!

-Desculpa, estava distraída.Este livro é mesmo interessante.

-Já percebi que sim.Mas o que estava a perguntar e se amanhã tens aulas de violino?

-Sim, porque?

-É que amanhã a mãe vai inaugurar o novo salão de cabeleireiro e eu e o pai gostavamos que também estivesses presente.

-Eu adorava mas sabes que tenho de treinar todos os dias se quero entrar pra a Juilliard.

-Eu sei que entrar para a Juilliard é o teu maior sonho,mas achas que podes faltar só um dia por favor?Juro que não é o dia todo, é apenas uma tarde.Podes treinar de manhã.

-Hmm...ok eu vou, mas depois não te queixes que eu tou a fazer barulho de manhã.

-Ok, prometo.Obrigada! A mãe e o pai vão ficar super agradecidos.

-Acredito que sim.

-Vamos?

-Sim.

Pagá-mos os nossos pedidos, despedimo-nos de Emma que estava a limpar a bancada e de Sam que estava com um olhar cabisbaixo a olhar a chuva lá fora.

Savannah pov off~

Cheguei à empresa e a primeira pessoa que veijo mal as portas do elevador se abrem é o William, que olha imediamente pra mim.Tento ignorar o seu olhar e vou para o meu escritório num passo firme e apressado.Sou interrompido pela voz dele.

-Mrs.Dale por favor venha cá!

Virou-me, tento pôr o meu melhor sorriso mas mal me aproximou dele esse sorriso desaparece num instante.

-Diga

-Não é “diga” é “diga Mr.Van der Woodsen”

Suspirei e repeti.

-Diga Mr.Van der Woodsen

-Queria que me fotocopiasse estes documentos e que dentro de 5 minutos estivesse no meu escritório.

-Ok

-Ok...?

-Ok Mr.Van der Woodsen.

-Ah está melhor e faz isso rápido por favor.E Felicity vai entregar a nova ementa às funcionárias da cantina.A partir de hoje, a ementa da cantina desta empresa irá mudar.

-Será algo mais saudável?-perguntou a Victoria

Notavasse à distância que ela se babava pelo William e que certamente seria a próxima da sua lista.

-Sim, Mrs.Roden-disse William sorrindo

Apressei-me a sair dali antes que vomitasse.

Depois de 15 minutos na fila pra tirar fotocópias, finalmente consegui fotocopiar os documentos.Porra parece que naquela manhã toda a gente decidiu tirar fotocópias! Encaminhei-me pro escritório de William, mas quando ia bater à porta ouvi um gemido de lá de dentro e rapidamente percebi quem estava lá.Eu devia arranjar emprego como vidente.Esperei uns minutos e ouvi a porta a abrir-se e vi Victória a sair de lá com um sorriso de orelha a orelha.Entrei no escritório.

-Bem, não perdeste tempo anh?

-Eu disse que o amor para mim era uma perda de tempo.

-Aqui tem as suas fotocópias.Mais alguma coisa?

-Sim.Mas primeiro fecha a porta.

Fui fechar a porta e voltei a virar-me pra ele.

-Ele levantou-se da sua cadeira e veio na minha direção fazendo-me recuar uns passos.

-Hey porque estás a recuar?A princesa agora está com medo?Ontem não querias recuar de mim, muito pelo contrário...

-Tu não sabes o quanto me estou a conter pra não te dar um estalo neste momento-disse cerrando o punho

-Nossa pra que tanta violência?Queria apenas te pedir pra não agires de uma maneira estranha por causa do que aconteceu entre nós, não quero confusões.Foi apenas sexo, nada mais.

-Gostava de saber se a tua namorada tem a mesma opinião

-Qual opinião?-perguntou Bella entrando no escritório

Eu e e William olhá-mos um para o outro e senti um certo nervosismo da parte dele.Apesar de tudo, ele devia ter medo que ela armar-se confusão na empresa.

-Babe já te disse pra bateres à porta antes de entrares no meu escritório.Posso estar numa reunião importante.

-Pra isso tens a sala de reuniões.

-Pois, mas algumas reuniões são mais do fórum privado.

-Enfim, qual opinião?

-Ah nada de especial, eu e a Sky estavamos a pensar se preferias celebrar a minha vitória como presidente no Venetian ou no Parisian?

-No Venetian of course, mas desde quando é que a Sky te ajuda a tomar essas decisões?Já tinhamos falado sobre isso.

-A Sky é minha secretária pessoal.

-Desde quando??

-Desde que fui eleito presidente.

-Não em contaste...

-Eu sei, mas agora já sabes e não há motivos para te preocupares.Prometo.

William beijou-a e eu virei a cara pra não visualizar aquela cena nojenta.

-Sky estás dispensada.Tem um bom dia.

Saí do escritório dele apressada.

Bella pov on~

-Já falei com a Clara sobre a viagem e ela diz que não tem anda combinado pra semana.Já falaste com o Chris?

-Tou a tentar mas ele não me atende o telemóvel.

-Deve estar com a Clara de certeza.

-Claro, ele pode transar com muitas raparigas mas por alguma razão a Clara é a favorita dele.

-Achas que ele se está a apaixonar?

-O Chris?Nah, simplesmente a Clara é a sua favorita, não sei porque e ele próprio também não o sabe.

-Hm, ok.Mas fala rapidamente com ele, porque eu estou ansiosa por sair deste lugar.Já passaram 3 meses desde a minha última viagem a Itália e estou a começar a sentir-me sufocada!

-Ok babe, vou tratar disso.Don’t worry.

Beijei-o e começar a baixar-me pra debaixo da sua secretária, mas ele impediu-me.

-O que se passa?

-Hoje não estou no mood, desculpa Bella.

-Ok, mas depois quero a minha recompensa ok?

-Ok beautiful

- Tem um bom dia

-Pra ti também.

Bella Pov off~

Chris pov on~

-Omg Chris that was amazing!-disse Clara

- Sabes que nunca te desiludo-disse beijando os seus lábios rosados

-De repente, o meu celular começa a tocar.

-É o meu?-perguntou Clara

-Não, é o meu.

Chamada on~

-Sim Will, o que foi?

-Acabaste de transar não foi?

-Sim, como adivinhaste?

-Sempre que começas uma chamada com uma pergunta é porque tiveste a transar.Deixa-me adivinhar...Clara?

-Sim

-Olá Will!-gritou Clara

-Olá Clara, tudo bem?

-Sim e contigo?

-Também,obrigada

-Bem parei lá de mimimi e diz porque me telefonaste.

-Tenho tentado te telefonar mas não tens atendido as minhas chamadas!

-Tenho tido problemas no celular, mas diz o que se passa.

-A Clara já te falou da viagem a Macau pa semana?

-Viagem a Macau?-perguntei olhando pra Clara

-Sim, é pra celebrar a minha vitória nas eleições.Não te preocupes com custos, o meu pai disse que pagava tudo, ele costumava ir muitas vezes pra lá então tem muitos contactos que lhe conseguem arranjar descontos.Vamos segunda feira às 6 da manhã e vamos ficar no Venetian.

-Ok, quem vai?

-Eu, a Bella, tu, a Clara e tou a pensar convidar mais uma pessoa.Se quiseres convida mais alguém.Quantos mais melhor!-disse William a rir-se

-Ok, vou ver isso.Depois digo algo.

-Ok.Adeus.Beijinos Clara!

-Beijinhos!

Chamada off~

De repente, pensei na Alice Rivers.A rapariga do violino.Porque não convidá-la?Apesar de ser um bocado estranha ela é capaz de gostar da ideia.Só tenho que pedir à minha mãe número ou morada dela.

Levantei-me da cama e peguei na minha camisola.

-Onde vais?Pensei que ia haver second round...

-Hoje não, desculpa Clarinha.Fica pra próxima ok?

-Ok, não me vou esquecer.

Beijei-a no topo da cabeça, acabei de me vestir e saí de sua casa.

Chamada on~

-Sim filho?

-Mãe estás a ter aula com a Alice agora?

-Não, ela só tem aula às 16h.

-Que horas são?

-14h20

-Podes me dizer a morada dela por favor?

-Filho, desculpa mas não estou autorizada a dar esse tipo de informações pessoais.

-Mãe é urgente, vá lá.

-Eu vou ver o que consigo fazer.Depois mando sms ok?

-Ok, obrigada mãe.Amo-te muito!

-Também te amo seu interesseiro.

Chamada off~

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...