História Love Story - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Musica, Romance
Exibições 49
Palavras 2.406
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - Have died everyday waiting for you...


Certo, digamos que tive que voltar pra casa hoje mais cedo. Devido meu pé arder tanto, já que não cuidei tão bem dele...sabe...
Cheguei em casa, tomei um banho e me troquei . ~ coloquei aquele óculos, pq acho que eu fico engraçada...... não, né? Ok........
Agy: agora somos só nós dois, meu sofá lindo! - me joguei em cima dele e Malik pulou na minha barriga. - Você também né Malik! - ela abanou o rabo e se aconchegou em mim. - O que você quer assistir?? - fiquei procurando algum filme pra ver e parei no Juntos Pelo Acaso.
Via atentamente enquanto acariciava os pelos da minha bolinha, e foi assim que eu dormi.
                                                       [...]
O som forte da chuva se chocou contra a janela me fazendo acordar assustada. Tomei minha consciência e passei a mão pelo rosto pensando o que faria nessa noite chuvosa... Um filme talvez?; Sair com a Mia ou ver se os meninos já chegaram? Não... Acho que vou ficar aqui, fazer algo gostoso e quente pra comer, e tentar relaxar um pouco. Afinal, faz um bom tempo que não fico sozinha: Só eu, o sofá e o Malik!
Bocejei alto e espreguicei o braço como se eu fizesse sempre isso, joguei as cobertas com o pé e pulei do sofá.
"Estranho"'pensei e em seguida virei pra encarar o sofá! Eu podia jurar que quando adormeci estava sem a coberta!
Agy: talvez não! - dei de ombros e fui pra cozinha enquanto fazia um coque desarrumado.
Está faltando algo!
Está faltando aquela bolinha gorda de pelos me seguindo pra todo o canto que eu vou! Onde está Malik afinal? E por que tem torradas prontas na mesa??
Isso já está ficando estranho: Acordar com uma coberta; Malik não dormiu na minha barriga e tem torradas na mesa, sendo que nem fiz torradas.
Cheguei perto do prato um pouco devagar - só pra prevenir - e levei o objeto de porcelana até meu nariz.
Agy: ta cheirando normal.... - coloquei o prato na mesa e minha barriga uivou de fome. - Acho que uma torrada só não faz mau a ninguém... - sabe como é... As vezes a fome fala mais alto do que tudo...
Peguei uma torrada e antes que eu pudesse degusta-lá (o que me deixou #xatiada porque parece que ela ta chamando meu nome!) um pequeno barulho veio lá de cima.
Ferrou! To sendo assaltada! E agora? Devo ligar pra policia e avisar de um ladrão de cachorrinhos que deixam torradas pra suas vitimas??
To até imaginando, vão achar que eu to passando algum tipo de trote... Por que também, né? Que tipo de ladrão faz isso??
Pensativa e sem imaginar o pior, automaticamente levei a torrada a boca e um sabor crocante e familiar tomou conta da mesma. Um sabor bem familiar... Até de mais!
Agy: mas será que... - antes que pudesse terminar meu raciocínio ou minha frase, minhas duvidas foram tiradas pelo casaco em cima da cadeira.
Mas é claro! As típicas torradas, e qual a única pessoa que o Malik segue quando não sou eu?
Agy: Harry! - saiu como um sussurro, um sussurro nervoso! Quem ele pensa que é pra simplesmente entrar assim na minha casa?? - Ah! Ele vai ver! - falei já atravessando a sala e subindo as poucas escadas do apartamento. - Harry, por que está... - ele se virou assustado deixando algo cair de sua mão, e não fiquei nem um pouco feliz em ver aquilo com ele!

Harry's POV

Simon contou que a Angel iria tirar o resto do dia de folga e como nós chegamos mais cedo da viajem, consegui dar uma fugida pra vê-lá!
Precisamos esclarecer algumas coisas.
Chegando no prédio, estacionei o carro e rapidamente entrei pela porta, passando pela recepção e indo direto pro elevador e apertando o botão da cobertura.
Cheguei no aparamento e de cara, me debato com a Angel dormindo no sofá feito um bebê. Paralisado com a beleza dela, percebi o quanto estava encolhida e gelada.
Harry: cobertor... - olhei em volta e abri uma gaveto me mesmo cômodo em que ficava a TV. - Aqui! - peguei uma manta e joguei em cima dela.
Fui para a cozinha e preparei algumas torradas pra quando ela acordar, a famosa torrada Styles!
Malik: au au (não não, muuu muuu) - latiu e eu me virei assustado.
Harry: shhiu! Não as barulho! - ele abaixou o rabinho e começou a me encarar sentado. - Que foi? - ele levou seus pequenos olhos até uma tijelinha vazia no canto da cozinha. - Ta com fome? - balançou o rabo. - Onde fica sua comida? - ele deu uma voltinha feliz e correu pra sala (eu o seguindo). Peguei a comida e enquanto eu levava pra ele tropecei em algo. - masoque? - olhei pra baixo e encontrei um pequeno livrinho.
Abri, e fiquei lendo as primeiras páginas, já entendo do que se tratava, era o diário da Angel.
Ela sente minha falta, ela gosta de mim, ela me ama!!
Um sorriso se esboçava no meu rosto e eu queria conversar com ela cada vez mais!
Xxx: Harry, por que está...  - me virei assustado deixando o diário cair. - Harry, por que estava com isso na mão?
Harry: er... Eu... - ferrou tudo.
Agy: me devolve isso Harry! - veio até mim e quando ela ia pegar o livro no chão, fui mais rápido e pisei nele. - solta! - neguei.
Harry: só se você me escutar!
Ela bufou e se levantou me encarando.
Agy: o que foi?? - perguntou me encarando.
Harry: Angel, - respirei fundo - eu não aguento nem mais um minuto longe de você!
Agy: você ta comigo, Harry! - desviou nossos olhares.
Harry: você entendeu! - puxei se rosto novamente. - Você pode falar que não te conheço, mas é mentira!
Agy: Harry...
Harry: você pode ser famosa, mas ainda é a pessoa mais humilde, legal e animada que eu conheci! Você escreve e toca desde os 10 anos, quando está nervosa, você fica mexendo os dedos como se tivesse tocando piano! Adora Bruno Mars, ama me dar patadas - riu. - Ama seus fãs! Você odeia sua risada e seu sorriso. Gosta de comer mini churros com pipoca! E é viciada em refrigerante! E eu amo tudo isso em você!
Agy: você me conhece! - sorriu.
Harry: eu te amo Angel! E não importa o que você pense, eu quero ficar com você o resto da minha vida.

Angel's POV

Meu coração acelerou. Não da pra esconder o que sinto, não adianta. Quando ele começou a falar aquelas coisas, eu pensei como antes, e iria dar um fora no Harry, sabendo que a vida dele iria ser melhor sem mim.

"O Harry me ama?"
"Isso terá que descobrir sozinha"

As frases invadiram minha mente, e a resposta é: sim, ele me ama. E eu fui tão tola toda esse tempo me auto deprimindo, pensando que não me amava, quando a resposta estava bem na minha frente.
Agy: Harry, eu... - ela abaixou a cabeça como se soubesse a resposta. - eu também te amo! - ele me olhou surpreso.
Ele sorriu e passou a mão pela minha bochecha. Coloquei a minha por cima da dele e sorri. Seu rosto foi chegando cada vez mais perto do meu e sem perder tempo, Harry juntou nossos lábios.
Aquela sensação percorreu pelo meu corpo, novamente. Como se um raio passasse por todos os meu membros e causasse um sensação ótima dentro de mim.
O beijo do Harry era doce e calmo, e nós dois sorriamos em cada toque. Eu acaricia seus cachos e ele minhas costas, fazendo o beijo se aprofundar. Mas fomos ficando cada vez mais sem ar, e devido a isso, tivemos que nos soltar.
Acho, acho não, tenho certeza, que esse foi nosso melhor beijo. Misturava amor, com saudades e felicidade.
Harry: eu te amo! - cochichou um pouco ofegante com sua testa encostada na minha.
Agy: eu também! - nos beijamos mais uma vez e depois, bem, você já sabe, né?

Harry's POV

Acordei e a Angel não estava do meu lado. Será que tudo foi um sonho?
Harry: não... - resmunguei a mim mesmo ao olhar seu quarto.
Esfreguei os olhos e me espreguicei em seguida.
Harry: bom dia, Malik!! - ele estava no chão me encarando. - onde ta a Agy? - ele latiu um pouco e sai do quarto.
Coloquei uma bermuda e desci as escadas e o Malik me esperava no final delas. Foi então que ouvi um som de piano e já sabia onde ela estava.
Harry: bom dia! - entrei na sala e ela estava mesmo lá, tocando claro.
Agy: oi Harry! - me selou.
Harry: o que ta fazendo? - perguntei sentando do lado dela.
Agy: to plantando alface! - disse irônica.
Harry: haha que engraçada você! - riu.
Agy: depois que você dormiu, eu tive uma ideia pra uma musica e to aqui até agora!
Harry: posso ouvir?
Agy: não! - oxi.
Harry: por que?
Agy: porque eu tenho vergonha. - arqueei uma sobrancelha.
Harry: você tem vergonha de cantar uma musica pro seu namorado, sendo que já fic...
Agy: JÁ ENTENDI! - ri alto. - Ta! Eu toco. - sorri vitorioso.

A Thousand Years
Mil Anos

Heart beats fast
Colors and promises
How to be brave
How can I love when I'm afraid to fall
But watching you stand alone
All of my doubt suddenly goes away somehow
One step closer
O coração bate depressa
Cores e promessas
Como ser corajosa
Como posso amar quando eu estou com medo de cair
Mas vendo você sozinho
Todas as minhas dúvidas de repente
Vão embora de alguma forma
Um passo mais perto

I have died everyday waiting for you
Darling don't be afraid I have loved you
For a thousand years
I'll love you for a thousand more
Eu morri todos os dias esperando por você
Querido, não tenha medo eu te amei
Por mil anos
Eu vou amar-te por mais mil

Time stands still
Beauty in all she is
I will be brave
I will not let anything take away
What's standing in front of me
Every breath
Every hour has come to this
One step closer
O tempo para
A beleza em tudo o que ela é
Eu serei corajosa
Eu não deixarei nada tirar
O que está na minha frente
Cada respiração
Toda hora caminhou pra isso
Um passo mais perto

I have died everyday waiting for you
Darling don't be afraid I have loved you
For a thousand years
I'll love you for a thousand more
Eu morri todos os dias esperando por você
Querido, não tenha medo eu te amei
Por mil anos
Eu vou amar-te por mais mil

And all along I believed I would find you
Time has brought your heart to me
I have loved you for a thousand years
I love you for a thousand more
E o tempo todo acreditei que te encontraria
O tempo trouxe o seu coração pra mim
Eu te amei por mil anos
Eu vou te amar por mais mil
One step closer
One step closer
Um passo mais perto
Um passo mais perto

I have died everyday waiting for you
Darling don't be afraid I have loved you
For a thousand years
I'll love you for a thousand more
Eu morri todos os dias esperando por você
Querido, não tenha medo eu te amei
Por mil anos
Eu vou amar-te por mais mil

And all along I believed I would find you
Time has brought your heart to me
I have loved you for a thousand years
I'll love you for a thousand more
E o tempo todo acreditei que te encontraria
O tempo trouxe o seu coração pra mim
Eu te amei por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

Ela realmente cantou como um anjo, assim como a letra é linda.

Harry: ela é realmente linda! Serio! Eu adorei!
Agy: serio? - concordei. - Bem, eu fiz pra você. - falou tímida e eu a beijei. Como é bom beija-la de novo.
Harry: esse foi... o melhor presente que eu já ganhei.
Agy: eu sei! Eu sou demais! - sorriu e eu beijei sua bochecha. - Vamos tomar café!!
Harry: bora! - peguei sua mão e fomos rumo a cozinha. - O que você quer comer?
Agy: huum... - pensou e sorriu. - Lasanha!
Harry: lasanha? - confirmou. - De café?
Agy: é!
Harry: ok... Vamos fazer lasanha! - rimos e pegamos o necessário.
E começamos a fazer a lasanha pro café da manha, o que foi totalmente engraçado e desastroso.
Harry: VOALÁ!
Agy: põe no forno pra assar, né Styles? - riu.
Harry: vishh, verdade!
Agy: ai seu lezo!
Harry: agradeço! - rimos e eu coloquei a lasanha no forno. - uma pergunta! - me encarou. - Por que aquele dia, no incêndio, você não foi embora? Por que me deu seu ar?
Agy: porque se você morresse, tenho certeza que não aguentaria viver, por isso fiquei lá... Não queria perder você Harry! - acariciou meu cachos.
Isso é incrível, muito, saber que alguém daria a vida por você, que tem alguém do seu lado sempre que precisa. A Angel é assim, tudo nela me faz bem, sua voz, seus olhos, seu sorriso, ela.
Harry: pera, tem molho na sua boca! - ela pegou o pano pra limpar o mesmo, mas não vou perder essa oportunidade! - deixa que eu limpo! - me aproximei e beijei ela.
Agy: aff Harry! Seu tarado! - tive uma crise de riso. - Olha tem molho na sua boca agora! - sorriu e eu fiz um biquinho, dó que em vez de um beijo, levei uma esponja na minha boca. - Pronto, limpei! - começou a rir que nem louca. - Você não queria que eu limpasse? - ria mais ainda.
Harry: você sabe que eu queria de outro jeito. - puxei-a pela cinturo, juntando nossos corpos.
Agy: sério? - fez de desentendida. - Como?
Harry: assim! - me aproximei e lhe dei um beijo, mas tipo aqueles beijos românticos de filme romântico (não não, de filme de terror).
Louis: EAE GALER.... - nos separamos. Esse Louis ¬¬ - OH MY CARROTS!! ZAYN!! EU FALEI ELE DORMIU AQUI!! - saiu do apartamento e começamos a rir.
Agora sim, tudo estava ficando como antes...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...