História Love Story - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Fluffy, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Taehyung, Vhope, Xiumin, Yoomin, Yoongi
Visualizações 31
Palavras 1.426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ola encantadas!!
era pro capitulo ter saido mais cedo, so que eu me perco vendo videos dos meninos e acabo viajando então perdão por esta postando tão tarde assim xoxo


vão ler, espero que voces gostem bjokasss

Capítulo 18 - 14


Fanfic / Fanfiction Love Story - Capítulo 18 - 14

Jimin se sentia tão cansado, mas ao mesmo tempo tão feliz, seu filho com jungkook tinha acabado de nascer, seu pequeno Kwan, fruto de um amor tão puro e verdadeiro. Jimin observava o pequeno becinho ao lado da sua cama com os olhos brilhando, seu neném dormia tranquilamente parecia um anjinho, era possível  ver algumas coisas suas em Kwan, as bochechas fartas, a boca pequena e cheia da criança. Estava tão apaixonado por aquele serzinho, tão mergulhado no filho que nem notou quando duas pessoas entraram no quarto fitando o berço azul e um bebe começando a dar sinais de que iria despertar.

Kwan  era tão pequeno e gorducho, taehyung olhava o sobrinho como se ele fosse uma verdadeira obra prima, estava tão encantado com o pequenino que nem ao menos notou quando os olhinhos do garoto lhe fitavam curioso.

 

- Tae.- Jimin chamou o ruivo que ainda fitava o bebe.

- Oi chim, com você esta?- Perguntou agora dando atenção ao loiro.

- Cansado, muito cansado. - Falou e fitou jin que anda estava na porta.- Não vai se aproximar jin?

- Ainda não caiu a ficha de que você agora tem sua família bebe.- O mais velho dos três falou  sentindo lagrimas vir em seus olhos. Ainda se  lembrava da noite em que jimin chegou em sua casa fugindo de uma casamento arranjo pelo pai.

- Nem eu omma, ele é tão pequenininho e frágil.- Falou e fitou o pequeno que agora estava no colo da enfermeira.

- Acho que esta na hora de alimentar esse pequeno aqui. - Falou a mulher de meia idade entrando o pequeno a jimin junto com uma chuquinha. A mulher explicou ao loiro a melhor maneira de segurar o bebe entre outras coisas, mas jimin estava inseguro. Não queria errar com seu filho, queria que aquele momento fosse tão precioso para jeongmin quanto era para si, estava bastante atento a tudo que a mulher falava. Segou o filhote no colo e pos o bico da mamadeira nos lábios do bebe o vendo sugar aquele liquido com afinco.

- Olha como ele mama jin, ai que vontade de morder. - Taehyung falou ao lado de jimin, esse que tinha os olhos banhado de emoção.

- Se  você ta assim com o Kwan, imagina quando tiver o seu.- Jin falou vendo o taehyung sorrir.- Você nem invente de ter um filho agora tae, já temos duas crianças pra cuidar.

- Aishi, eu só imaginei. Alem do mais eu e o hoseok não planejamos neném agora.- Falou e  sentou na cama ao lado de jimin.

- Jimin simplesmente esqueceu que seus amigos estavam ali no quarto consigo, olhava seu bebe sugando com gosto o bico da mamadeira, era tão linda a maneira que Kwan tentava segurar a chuquinha com aquelas mãozinhas pequenas e gordas, jimin se segurava pra não morder o filho.

 

//

 

 

Jimin recebeu a visita de minseok e yoongi um pouco depois de jin e taehyung irem embora, Namjoon estava cuidando se jiyoon e só poderia ir no dia seguinte ver Kwan, Hoseok so faltou levar a criança pra s, foi impossível o de cabelos laranjas não se apaixonar pelo menino. Depois de todo aquele entra e sai no quarto jimin, o loiro cochilou um pouco, estava tão cansado que acabou dormindo depois de banhar kwan. Acordou ouvindo uma voz no quarto e reconheceu sendo a de jungkook sorriu antes de abrir os olhos vendo o moreno conversando com Kwan.

O loiro se sentia tão completo vendo seus dois amores ali. Nunca imaginou que um dia teria um filho ainda mais com jungkook. Suas lembranças o levaram para o dia em que conhecera jungkook, estava tão triste aquele dia, seu pai iria lhe obrigar com o jeon mais velho e ainda havia lhe agredido tanto verbalmente quanto fisicamente, aquela lembrança era dolorosa, mas havia uma pequena alegria ali. Jeon Jungkook, o adolescente de dentinhos de coelho havia lhe roubado seu coração sem nem a menos perceber e aquele primeiro beijo foi como um carimbo na vinda de ambos os garotos, mesmo que só tenham se visto apenas naquela noite, de certa forma aquele momento marcou ambos. Jimin as vezes pensava em como as coisas poderiam ser diferentes se seu pai não tivesse feito aquilo, imaginava conhecendo jungkook de outra forma, se iriam se descobris juntos, teriam encontros, saíram como um casal de adolescentes apaixonados, trocariam muitos beijos, mas teria a parte ruim daquilo, não iria conhecer jin e namjoon muito menos hoseok, viveria indo a festas fúteis que seus pais lhe obrigavam a ir, não iria passas pela emoção de reencontrar jungkook, não esbarraria com ele no seu primeiro dia na universidade, não veria sua mãe tentar se redimir  e o pior não poderia imaginar que estaria numa cama de hospital por causa do seu bem mais precioso que era Jeon Park Kwan.

 

- Olha só quem acordou bebe, seu papai.- Jeon falou virando Kwan na direção de jimin.

- Oi amor.- O Park falou ainda sonolento.

- Como se sente pequeno.- Perguntou  o moreno se sentando junto a jimin na pequena cama.

- Me sinto melhor, por que demorou tanto pra vir?

- Aproveitei que os meninos estavam aqui pra pedir licença na faculdade e ajeitar as coisas no apartamento.- Perguntou ajeitando o filho no colo do park antes de ir preparar a chuquinha como Gayoon havia lhe ensinado.

- Por que no apartamento jungkookie? E você não me falou nada.- Falou o loiro com Kwan no colo.

- Não vamos cria o kwan na universidade amor, por isso aproveitei que o quarto de hospede e montei o berço e outras coisas com a ajuda do namjoon mesmo que a Jiyoon tenha bagunçado um pouco, quando você sair vamos direto pra  la.- Falou pegando o filho outra vez pra alimentá-lo.

- Mas o Yoon não vai se importar?

- Claro que não, ele mesmo ofereceu o quarto de hospede que por sinal é perto do nosso quarto, então não se preocupe. - Falou e beijou o topo da cabeça do loiro.

 

Jungkook nunca em mil anos imaginaria que um dia iria ter um filho e logo com jimin, seu pequeno cometa como chamou o loiro por um tempo, àquela felicidade lhe era tanta que ate tinha medo. Quando reencontrou jimin imaginou que estava sonhando, na verdade qualquer momento com o loiro pra si era um sonho. Amava estar com jimin, os beijos, os toques, os sorrisos. Tudo com jimin era intenso e agora ali vendo seu pequeno kwan tentando puxar os cabelos loiros de jimin, se sentia tão completo que tinha medo de transbordar de felicidade. Lembrava-se das noites em que desejou fugir com jimin, ir pra qualquer lugar com aquele menino de bochechas rechonchudas, achou que nunca mais iria ve-lo outra vez, mas a vida tratou de devolvê-lo para si e agora nunca mais iria deixar seu pequeno mochi fugir outra vez.

 

- No que tanto pensa jungkookie?- Perguntou o loiro se ajeitando no peito de moreno, a cama era pequena, mas ainda sim jimin não media esforços em estar tão próximo a jungkook. Ele o amava som limites, se sentia numa historia tão clichê de romance.

- No quanto eu te amo jimin, você é tudo pra mim e agora me deu o melhor presente que eu poderia pedir, eu amo você e amo o kwan desde que ele era apenas um grãozinho. Eu não poderia estar mais completo te tendo ao meu lado, eu achei que nunca mais iria te ver, achei que aquele dia em que te vi indo embora seria a ultima vez que te veria, ate cogitei a hipótese de ir atrás de você, mas se eu fosse meu irmão iria atrás de mim e te levaria, mas nada acontece por acaso e hoje estamos aqui vendo nosso filho, meu deus jimin você me deu um filho, uma junção minha e sua. Eu te amo tanto que se eu não estivesse num hospital eu gritaria o quanto amo você.- Jeon terminou vendo os olhos de jimin brilhando enquanto soltava lagrimas finas.

- Eu também te amo muito jungkookie.- Disse selando os lábios de jeon num beijo calmo, sem malicia, apenas sentindo o toque um do outro.

 

 

Nós éramos jovens

Quando eu te vi pela primeira vez

Eu fecho meus olhos

E começo a lembrar

Eu vejo as luzes

Vejo a festa, os vestidos de gala

Eu te vi fazendo seu caminho

No meio da multidão

Você disse oi 

Mal sabia eu

Essa é uma história de amor

Querido apenas diga que sim


Notas Finais


E é com muito pesar que eu figo que Love Story so tem agora o epilogo e depois adeus mais uma fic ~Chorando~, mas nao vou fazer discuso agora nao, vou deixar pra encher o saco de voces no final ta bom. bem, é isso

Xoxo ~Chu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...