História Love Suicidal || Justin Bieber - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Justin Bieber
Tags Gangster, Justin Bieber, Romance, Segredos, Vingança, Violencia
Exibições 42
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - 10


Fanfic / Fanfiction Love Suicidal || Justin Bieber - Capítulo 10 - 10

P.O.V. Julie Drummond

 Passou 1 semana, depois daquela "conversar" com Justin. Eu descobrir que estava casada. E que Ryan era uma mentiroso, eu não falei uma vez sequer com ele nessa semana. Ele sempre vinha ao meu quarto,me pedindo desculpa. Mas eu não posso perdoa-lo. Sobre Justin também nunca mais vi. Não que eu espera-se que ele me tratasse como sua esposa, mas... tanto faz. Hoje é sábado, então provavelmente todos iram sair. Justin aquele otário, Ryan aquele mentiroso, Chaz aquele sedutor de garotinhas indefesas, até o Nerd do Crhis. Nem Caitlin iria ficar comigo aquela ingrata. Logo depois que sair do escritor ia de Justin conheço Caitlin a irmã do Chris, nós nos demos super bem. DIA SEGUINTE acordei  fui  até  o banheiro  fiz  minha  higiene  matinal,abrir as janelas,hoje em  Atlanta estava  um dia  ensolarado, Fui até  o meu closet ,peguei  um vestido  florido,vesti-me e voltei  para o meu quarto. Peguei  o  controle  remoto liguei  a televisão , estava  assistindo  quando  avistei  a porta  sendo  aperta ,e o meu "MARIDO " entrando  pela  mesma. Justin  permaneceu  em silêncio Então  eu resolvi  puxar  assunto. Levantei   da cama ficando  cara a cara com ele . 

 -O QUE  VOCÊ  VEIO  FAZER AQUI -DIGO  UM POUCO RUDE.

 - Só vim ver se a minha esposa está bem-diz Justin com certa ironia.

 -Estou  ótima, se era  só isso você já  pode ir  embora-digo saindo  da frente  do Justin  esperando que ele fizesse de fato o  que  eu pedi. 

 Fui viranda violentamente,Justin  me puxou  para um beijo  violento, eu tentava  resistir  mas ele era  mais  forte do que eu. Justin  começou chupar e morder  o meu pescoço, aquilo  já estava  me deixando excitada. Justin  me jogou  em cima  da cama e subir  em cima de mim. O começou  a beijar  o meu  pescoço  e foi descendo,Justin  parou  nos meu  seios,e ali  ele começou  apertar , eu ja gemia  de  tanto prazer. Justin  chegou  até  a minha  parte  íntima,Justin  rasgou  a minha  casinha  com tudo,  Meu deus  como  eu queria  ser  fodida  por esse homem, mas eu não podia  esquecer  o que ele  fez  comigo.

 -JUSTIN  EU NÃO QUERO -DIGO  MEIO  OFEGANTE. Justin  veio  até  mim é olhou  dentro  dos meus  olhos . -eu sei  que você  quer isso ,  olhe nos  meus  olhos  e me diga  que  você não  quer que eu  te foda  de todas as maneiras  possíveis. Eu permaneci em silêncio.

 - Eu sabia -diz Justin  colando  nossos lábios. Justin começou  a estimular o meu clitorio . 

 -j~~~ustin mais rápido por favor. Justin aumentou  os seus movimentos, sentir o meu corpo  relaxar ,eu tive  o meu primeiro  orgasmo. Justin  começou tirar  a roupa poucos  minutos depois  já estava  totalmente  nu na minha  frente, Justin  estava  quase  se deitando  em cima de mim, empurrei  o Justin e sai de baixo de ele. 

 - JUSTIN EU JÁ FALEI QUE EU NÃO QUERO,POR FAVOR  SAIA  DO QUARTO. AGORA!

 Não obtive resposta, olhei  na direção  que ele  estava,ele estava colocando  a roupa,Justin  fazia  aquilo  com tanta  brutalidade,parecia  até  que ele queria  matar  alguém, é  eu sabia  muito  bem  quem era esse alguém. Sair  dos pensamentos  com uma  dor insuportável em meu rosto,olhei  para o Justin  incrédula,eu ainda não consiga acreditar  que o Justin  tinha  acabado de me bater. Justin puxou  o meu cabelo  com tanta força,olhei  para dentro  dos seus olhos e ali  só existia  escuridão. Naquele momento eu fiquei  com medo  de conhecer o verdadeiro  Justin.

 -olha  para mim vadia-diz Justin  virando  o meu  rosto.

 -Justin  me solta você  está  me machucado.

 -Cala  a boca  vadia estúpida,você  acha que está  no seu convento,aqui você  me deve  respeito, você  é  minha , você querendo  ou não o destino  quis que você  fosse minha é assim será. Justin  me empurro  com tudo  no chão,lágrimas  já rolava  pelo  meu rosto,Justin  virou  as  costas  e foi diretamente  para a porta  mais  antes  dele abrir eu comecei  a gritar. 

 -Você é  um  mostro  eu te odeio. 

 Justin  me olhou, e deu  um  sorriso  de lado,ele ficou  olhando  para mim  por tempo ,até que ele decidiu  falar  Justin  me olhou, e deu  um   sorriso  de lado,ele ficou  olhando  para mim  por tempo ,até que ele decidiu  falar algo. 

-Eu posso até  ser  um mostro, mas eu só  o mostro  que você  ama. Antes  que pudesse  falar algo  ele fechou  a porta, e me deixou  falando  sozinha.


 FILHO  DA PUTA


Notas Finais


Oi oi..... Espero que vocês estejam gostando da fanfic.

E se estiverem cometem 😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...