História Love Traps - Capítulo 28


Escrita por: ~ e ~GicahLovato

Postado
Categorias Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Rhode Baldwin, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Ryan Butler
Personagens Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Hailey Baldwin, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kendall Jenner, Kylie Jenner, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Barbara Palvin, Beliebers, Justin Bieber, Sexo
Exibições 76
Palavras 2.623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Escolar, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ÚLTIMO CAPÍTULO ROGUES
EU SEI QUE DEMOREI MAS ENFIM,COMO EU AVISEI...O FIM DA FANFIC CHEGOU!
BOA LEITURA...

Capítulo 28 - Happy Forever


Fanfic / Fanfiction Love Traps - Capítulo 28 - Happy Forever

Carlos era um grande amigo assim como Eduarda,nos reuníamos todas as noites e fazíamos maratonas de séries.Iamos a praia,caminhávamos,fazíamos compras,íamos a baladas,no tempo livre é claro.Eles de certa forma de faziam esquecer de Rosewood e eu me sentia bem assim.As vezes eu sentia que Carlos queria algo a mais que amizade,mas eu cortava qualquer tentativa de aproximação dele,não por mal,mas porque...Claro que é inevitável não pensar em Justin ao ver um casal de mãos dadas na praia ao por do sol fazendo juras de amor eterno,pedidos de casamentos apaixonantes.Não vou mentir falando que cada célula do meu corpo não desejava que fosse eu e Justin ali,por que era exatamente isso que eu sentia.É algo difícil de descrever é como se eu sempre fosse pertencer a Justin,como se meu coração tivesse sido dele desde o momento em que nasci.É inevitável,o corpo dele é como um imã pro meu.Eu ainda o amo,merda!Eu ainda o amo!E isso me deixa com raiva de eu mesma,eu demorei tanto tempo a me afastar dele e tomei a coragem de ir para longe dele mas mesmo assim é como se á sombra dele me perseguisse.
-Vem Barbara!-Isabel me gritou e eu fechei o chuveiro saindo do Box do banheiro.
-Estou indo!-Gritei aos risos por saber que ela estaria morrendo de raiva pelo meu ‘’leve’’ atraso.
-Você vai perder outra reunião!Depois não fique reclamando!-Ela começou a bater na porta.
-Pronto,pronto!-falei abrindo a porta do banheiro e terminando de fechar os botões da minha camisa.
-Até que enfim!-ela me deu minha bolsa e saiu me empurrando quarto a fora.
-Essa reunião nem é tão impoRtante.-falei apertando o botão do elevador.
-Toda reunião é importante!-ela falou brava e eu ri de sua expressão.
-Tudo bem.-adentrei ao elevador e pressionei o botão do Térreo.
-E você pretende voltar aos EUA?-Tá aquilo era inevitável mas como minha assistente ela sabia que teríamos que discutir isso uma hora.
-Não sei,quando eu terminar o hotel aqui,talvez.-falei com a garganta seca.
-Eu estou com você pra tudo kay?Seu pai ligou essa manhã mas você estava no banho,falei que você retornava em breve.Ele disse que é muito importante.
-Tudo bem,depois da reunião eu ligo pra ele.


(...)


Meu celular começou a tocar extremamente alto e pude ver no visor que era Justin.Decide não atender e coloquei meu telefone no silencioso.Não posso dizer que depois de um bom tempo sem conversar ele me ligar repentinamente me dá uma enorme curiosidade,mas eu precisava tira-lo da minha vida.
Não vou mentir que eu não entro no facebook dele todos os dias,porque algo mais forte que mim ,me faz entrar.Ele não tem postado muitas coisas.
Percebi que a alguém estava batendo na porta e sorri ao lembrar que hoje  era dia de maratona de série.
-Boa noite meus lindos!-sorri ao ver eles entrarem.
-Lamento informar mas ouve uma mudança de planos.-Carlos disse sorrindo.
-Que mudanças?-os encarei séria eu gostava bastante da noite das séries.
-Vamos em uma boate nova que abriu.-eu já estava morrendo de raiva,eles estavam querendo ir pra balada toda porra de dia!
-Não estou com vontade.-afirmei me jogando na cama.
-Não estraga.-Eduarda disse emburrada.
-Eu só não quero ir!O que tem demais nisso??-fiquei chateada,como eu já disse eu gostava das séries.
-Só hoje!1 hora!-Carlos me puxou.
-NÃOOOO.-Gritei fazendo os mesmos rir.
-Sim!-Eduarda gritou.- Por favorzinho!
-Não!-joguei o travesseiro na mesma.
-Você é muito chata,nem gosta de se divertir.-Carlos esbravejou.
-EU VIVO SAINDO COM VOCÊS.-falei levantando e pegando uma bolsa.
-O que tá fazendo?-Eduarda se aproximou.
-Vocês querem ir ou não?-fui em direção a porta.Sorri debochada quando ouvi eles baterem as mãos e sussurrar um “Yes”.
 

(...)


-Onde é esse negócio?-tirei meu salto e me inclinei entre as duas cadeiras do meio do carro para conversar melhor.
-O endereço diz que é nesse bairro.-Eduarda conferia atentamente no GPS enquanto Carlos cantarolava algo inaudível.
-Nós não vamos chegar nunca!-gritei pegando meu celular e vi o número de meu pai discar.
Eu havia esquecido completamente de ligar para ele! 
~~~~Ligação ON~~~~
Eu:    Pai! Me desculpa,desculpa!Eu esqueci totalmente de retornar a sua ligação!
Josh(pai da Barbara):      BARBARA ANNE PALVIN!Eu estou louco qurendo falar com você,isso não se faz!
Eu:    Desculpa! Pode falar agora pai!
Josh:    Espero que não seja tarde...
Eu:   fala logo pai!Você está me assustando!
Josh:    Justin te ligou hoje?
Eu:   An?Porque você tá me perguntando isso?
Josh:    Ele te ligou?
Eu:    Sim!Mas eu não atendi,o que tem demais?
Josh:     Você tem problema?Desde quando você recusa ligacões?
Eu:    Porque estamos falando disso?
Josh:     Você deveria ter atendido.
Eu:    Mas porque?
Josh:    Ele tá indo atrás de você filha!
Eu:    O que?Para com isso pai!
Josh:    É verdade!Ele está indo para o Havai Barbara!Ele está indo atrás de você!

~~~~Ligação OFF~~~~
-Para o carro!-gritei fazendo Carlos frear bruscamente.
-O que aconteceu?-Eduarda virou para o banco de trás tentando me ver.
-Eu tenho que ir,me desculpa!-falei abrindo a porta do carro.
-Você está bem?-Carlos segurou meu braço me impedindo de sair.
-Vou ficar.-falei correndo pelas ruas,minhas mãos tremiam e meu coração batia descontroladamente,caminhei até uma praia e sentei em uma rocha perto do mar e fiquei em soluços de felicidade quando me dei conta de que precisava ligar para Justin.
Peguei meu telefone e começei a discar seu número que já estava gravado na minha memória.Só que antes de eu poder terminar meu celular começa a tocar com o número dele,sorri ao ver aquilo e atendi bruscamente.
~~~~Ligação ON~~~~
Eu:    Justin...
Justin:    Por favor não fala nada,me deixe falar.
Eu:    Mas é que...
Justin:    Barbara,me desculpa,me desculpa por deixar você partir,foi a pior coisa que eu já fiz.Quem deixa o amor da sua vida ir embora?Eu sou um otário.Eu pensei que se você estivesse em outro país seria mais fácil te superar.Mas isso está sendo torturante,eu não consigo passar mais que uma hora sem pensar em você,na verdade fico horas e horas pensando em você,me pergunto se isso não acontece com você também.Sabe o que é pior?Eu não consegui pensar em outra menina ao não ser você e me doí tanto pensar que você possa estar saindo com outros caras,que o motivo do seu sorriso esteja sendo outra pessoa e não eu,que você possa estar beijando os outros lábios que não seja o meu,porque nos sabemos que nossos lábios são como um quebra-cabeça,eles se encaixam perfeitamente, são como imãs. Penso todos os dias em ser feliz com você, casar, ter filhos e fazer todas aquelas coisas clichês que eu nunca quis com ninguém. Mas você ficaria tão linda grávida e ainda com filhos meus na sua barriga.... seu sorriso de orelha a orelha seria a luz do meu dia, quando eu chegasse do trabalho e vesse ele eu saberia que tudo vale a pena, com você.Não faz sentido ter dinheiro, mulheres, amigos, carros, mansões se eu não tenho você. Eu peço á Deus para que você volte para mim. Você me perguntou uma vez porque eu nunca te pedi em namoro. Bem, sabe quando você gosta tanto de alguém e faria tudo, de tudo mesmo por ela?Eu tinha medo do que eu estava sentindo por você, muitos dizem que o amor é lindo, mas aquele sentimento, esse tipo de amor que sinto por você eu nunca senti por nenhuma menina, e eu namorei Vitória para provar a mim mesmo que eu estava sendo bobo e que outra menina poderia me fazer feliz. Mas eu errei, errei feio.Como eu fui tolo. Errei em sequer pensar que alguém poderia chegar aos seus pés. Você é tudo que eu sempre quis, e eu te peço perdão por ter demorado tanto para te falar isso. Não chore, por favor, sorria. Eu quero te fazer sorrir, não quero te fazer chorar nunca mais, só de tanta felicidade que seu coração exploda de euforia, aí eu chorarei com você. De todas as coisas que poderiam me magoar, eu só consigo sentir sua falta. Você se tornou o meu mundo e de alguma forma eu não ligo se você partir meu coração, pode partir ele quantas vezes desejar. Ele é seu. E sinceramente eu quero ser seu. Então aqui vai de todo o meu coração, de todo o meu amor, minha vida. Por favor Barbara, você quer ser a mulher com que eu vou passar todos os dias da minha vida? Que vai ser mãe dos meus filhos? Que vai estar do meu lado na alegria e na tristeza? Na saúde e na doença? Eu quero te amar, te ter a todo momento, eu quero ser feliz, porque sem você não há motivo para isso. Barbara eu estou aqui, te pedindo, ou melhor, te implorando em casamento e se sua resposta for sim,me encontre em um iate na praia Hanuma.Eu te amo Barbara, sempre amarei, e sempre vou amar, até o último momento da minha vida, cada suspiro meu é seu, cada batida do meu coração é seu, cada sorriso meu é por você. Sempre foi você em meu coração e sempre vai ser.

~~~~~Ligação OFF~~~~
Comecei a chorar  descontroladamente,sem acreditar no que havia acabado de acontecer.Meu Deus! Depois de tudo, tudo, eu sabia que ele não desistiria de mim, eu nunca desisti dele. Por mais que eu tentasse, fizesse de tudo para esquecer ele, não dá. Eu acredito em alma gêmea, par perfeito, por que apesar de todos os problemas eles ficam juntos. E justin é minha alma gêmea.Eu ainda não acredito! Justin Drew Bieber me pediu em casamento!
-JUSTIN BIEBER ME PEDIU E CASAMENTO!-Comecei a pular e rodar como um criança em meio as minhas lágrimas.
-Parabéns.-olhei para o lado e pude ver uma garota de aproximadamente 14 anos.-Você deve amar ele, muito.
-Eu amo. - sorri limpando minhas lágrimas. - Ele quer me encontrar. - a menina sorriu com minha empolgação.
-O que está fazendo aqui ainda? - ela disse segurando meus braços. - Corra! Vai atrás dele!
- Obrigada. - dei um abraço na garota que eu mal conhecia. - Qual seu nome?
- Violett. - ela disse arrumando meus cabelos. - Seja feliz. - reparei em suas roupas e a garota parecia ser abandonada.
- Onde estão seus pais? - perguntei e a menina se encolheu.
- Eles morreram. - uma sensação terrível invadiu meu coração.
- Porque você não vem comigo? - um sorriso surgiu no rosto daquela adolescente me proporcionando algo incrível.
- Não será problema? - ela disse feliz.
- Claro que não. - ela então me abraçou como se eu fosse sua heroína, e de alguma forma eu pensei que fosse.
- Vamos, Você tem que ir atrás do Justin! - ela disse chamando um taxi.


Contanto que você me ame
Serei sua platina
Serei sua prata
Serei seu ouro


O motorista corria e eu abraçava Violett com força tentando extravasar minha alegria. A cada esquina meu coração batia mais forte, eu estava cada vez mais próxima do meu felizes para sempre.

Contanto que você me ame
Poderíamos estar passando fome
Poderíamos estar sem casa
Poderíamos estar sem dinheiro

 

-Chegamos. - ao ouvir isso, Violett me abraçou e me desejou tud de bom. Respirei fundo pensando em ver Justin ali e ir correndo para seus braços. 
Saltei do carro ouvindo um boa sorte de Violett. Subi no iate e começei a procurar por Justin.
-Justin? - andei pelo convés e nada.Sorri e pensei que talvez ele estivesse lá dentro.-Alguém?- Abri a porta de todos os comôdos e não havia nada.Por fim, resolvir subir as escadas e ao chegar lá em cima vi uma mesa enfeitada, porém não havia ninguém.
Talvez ele só estivesse atrasado.Meu coração estava pulando para fora de mim e sinceramente aquela era a melhor sensação que já pude sentir.
 

(...)


Já estava ali há mais de meia hora ,mas meu coração dizia que Justin chegaria. A    quelas palavras que ele me disse são verdadeiras, eu sei.Já tenho várias chamadas perdidas de Eduarda e Carlos,mas seria uma dificuldade explicar tudo á eles agora.Meu celular começou a tocar e ao ver o número de Justin na tela atendi em segundos.
~~~~Ligação ON~~~~
Eu:    Justin?
Xxx:    Você é a senhorita Palvin?
Eu:    Sim.O que aconteceu?
Xxx:     Precisamos que você compareça ao hospital.
Eu:    O que houve?
Xxx:     Um acidente,e precisamos que identifique o corpo do morto.

~~~~Ligação OFF~~~~
- Barabara está tudo bem? - Violett chegou perto de mim e ao ver me desespero , me abraçou como se nada pudesse me atingir.

 


(...)Dias Atuais(...)

 


-Bem,naquele momento meu mundo desabou,completamente.Eu não sabia o que fazer e tive que ir para o hospital em prantos.-Limpei umas lágrimas que escorriam pelo o meu rosto. -Tudo que eu pensava é em como a vida pode mudar em segundos. Em minutos eu iria casar com o homem que amo e em minutos depois me ligam avisando que ele estava morto. Mas, por sorte,  quando cheguei lá e me apresentaram o corpo, percebi que...não era Justin. Me falaram que tinha um outro homem no quarto ao lado em estado gravissímo, que foi encontrado 50m do acidente. E era Justin, infelizmente quem morreu foi o motorista, mas felizmente Justin não. E atualmente fico feliz em afirmar que um ano atrás nos conseguimos a guarda de Violett, minha filha. Na verdade Violett é uma irmã , bem ela só tem 17 anos e eu tenho 21. Justin não pode estar no  evento porque está viajando com Violett á negócios. Eles são a minha vida e tudo isso.-Apontei para empresa.-Eu dedico á eles.
Desci do palco sendo aplaudida e sorri ao ver lá no fundo os cabelos loiros de Violett.
-Barbz!-ela veio correndo e me abraçou.
-O que houve?-falei beijando seu rosto.
-Justin e eu decidimos voltar mais cedo.- ela olhou para entrada por onde Justin Bieber apareceu no seu terno prateado,um verdadeiro rei.Seus cabelos macios e seus olhos cor de mel que estavam completamente focados em mim,me encantavam. Não só a mim, mas a todas as mulheres e arrisco a dizer, até alguns homens. Corri em sua direção e lhe depositei um beijo.
-Amor!-falei o abraçando,beijando,apertando seus braços sem nem sequer me importar coma imprensa.
-Como está querida?-Ele disse em meu ouvido me fazendo arrepiar como sempre.
-Bem, muito bem. -Falei puxando Violett e ele para um abraço. - Eu amo vocês.
- Também te amamos.
Isso com certeza não foi um fim,foi só um novo começo.
Abraçando Justin e Violett eu percebo o quão sortuda eu sou, e que tudo tem seu tempo. Justin e eu nos amamos, muito. E Violett foi uma benção, ela é uma menina maravilhosa.
Amor é o sentimento mais puro e sincero, é querer ver a pessoa bem apesar de tudo. Claro, há aquelas clássicas crises de ciúmes, briguinhas bobas. Mas o amor enfrenta tudo. 
Violett saiu correndo após ver Olavo chegar, Justin e eu nos entreolhamos.
-Acho que nossa adolescente tá apaixonada. - Justin disse entrelaçando nossas mãos.
- Espero que tudo dê certo. - Ele colocou sua mão em minha cintura.
- Estou com tanta saudade. A viagem foi cansativa. - ele disse passando a mão discretamente por minha bunda. - Sabe o que seria maravilhoso? - Ele falou quase inaudível em meu ouvido após beijar o mesmo.
-O que? - Falei contorcendo a cabeça de prazer enquanto passava a mão por dentro de seu terno arranhando seu ainda malhado, abdômen.
-Eu e você transando agora. - Ele me puxou para o banheiro.
-Justin essa festa é pública.- Falei enquanto o mesmo trancava a porta do banheiro.
-Também é nossa.- Ele ferozmente me encostou na parede.
- Eu te amo Justin Drew Bieber.
-Eu te amo Barbara Anne Palvin Bieber.

 

Você é tudo o que importa para mim

Sim, sim, não me preocupo com mais ninguém

Se não for você, eu não sou eu mesmo

Você me completa

Você é tudo o que importa para mim 

-All That Matters, Justin Bieber


Notas Finais


Talvez eu tenha pegado vcs de surpresa.
OBRIGADA,REALMENTE,POR TUDO! Foi maravilhoso escrever essa fanfic e eu estou me aposentando desse conta, vou fazer uma nova, com outras fanfics, mas cm certeza avisarei todos vocês!OBRIGADA,NOVAMENTE,pelos favoritos,comentários,até aos leitores fantasmas,obrigada mesmooooooo!
Obrigada aos que me apoiam desde o ínicio,vocês são FODAS!
Bem,espero que tenham gostado.E é isso.
Ah,só mais uma coisinha:
AMO VOCÊS!
Só mais uma coisinha 2: LEIAM ESSA FANFIC!É de uma amiga e acabou de ser postada,ela é maravilhosa vou deixar aqui o link e a sinopse! É do Justin e da Barbz só que a Barbz interpreta uma menina chamada Brooke na série !
Link:https://spiritfanfics.com/historia/empire-7201239
Sinopse: Imagine viver em um mundo onde só há drogas,mulheres,dinheiro,um pai crítico,rivais e onde o que mais importa é o seu poder aquisitivo.Bem,estamos falando de Uper East Side.Mas basicamente,da vida de Justin Drew Bieber.Jovem,mas um empresário renomeado na cidade de Nova York.Uma de suas maiores conquistas é o grande e luxuoso hotel Empire,em uma associação com seu grande amigo Chuck Bass.
Claro que tanto dinheiro junto chamaria atenção,principalmente de um novo empreendedor que está para chegar.
Mas essa história não é rodeada apenas nos negócios de nosso querido Justin.Talvez o maior negócio seja se um dia alguém possa ganhar seu coração.
Ele não tem tempo para procurar um amor,e sinceramente,ele não quer um.Mas nada se sabe,afinal eu duvido que alguém consigo resistir aos encantos de Brooke Bass.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...