História Love triangle - Imagine Yoontaeseok - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Bangtanboy, Bts, Daddy, Especial, Jikook, Lemon, Namjin, Texting, Treesome, Vhopesuga, Yaoi, Yoonvseok
Exibições 40
Palavras 1.656
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


amores essa é minha primeira fic treesome e texting, entao me deem amor
Esse primeiro capitulos será para vocês entenderem melhor como eles se conheceram
LEIAM COM AMOR

Capítulo 1 - Love the first view


Fanfic / Fanfiction Love triangle - Imagine Yoontaeseok - Capítulo 1 - Love the first view

P. O. V SUGA

Talves eu tenha parado no mundo errado, talves eu tenha errado o caminho, esse mundo não é meu.
Por que temos que perder quem amamos? ,por que nao ganhamos aviso prévio? Sera essa logica da vida? morrer sem ser avisado?.
Quando mamae se foi, ela disse que logo voltava, eu a espero até hoje.

- Mamae você mentiu para mim! Voce me fez acreditar na mentira, voce me fez dormir todas as noites na esperando de acordar e ver você ne chamando para o café!. - Eu chorava desesperado em frente ao túmulo de minha mãe
-Omma você nao tinha esse direito, por que fez isso comigo?,  Sinto tanto sua falta.-Eu nao tinha mais forças, eu simplismente cai no chao e abraçei meus joelhos
- Volta para mim, por que não deixou eu me despedi?, por que nao me deixou dizer o ultimo eu te amo?. - Eu gritava, mas ela nao me respondia.
- OMMA!  POR FAVOR!. - Eu implorei, mas de nada adiantou, mamae nao iria voltar.

Tudo bem, ja faz 3 anos desde que ela morreu, mas agora que a ficha caiu. Hoje completei 12 anos, queria que ela tivesse comigo, queria ela me olhando nos olhos e dizendo "Filho eu te amo ". Por que tudo tem que ser tão dificil para mim?.
- Deus por que me castigas se nada fiz. - Falei olhando para o céu.
- Por que todos me odeiam?,O problema é comigo ou com eles? - Perguntei sentindo minha lagrimas voltarem a cair.
- Por que essa é  sempre sua resposta? , o silêncio nao significa nada para mim!, o silêncio  nao vai me ajudar. - Falei olhando novamente para o céu, e permitindo que minha lagrimas caíssem.
- Mamae disse que quando eu precisasse de ajuda era para pedir pro senhor! mas o senhor nao esta me ajudando. Por que levou minha mamãe?, Por que permiti que me deixassem sozinho?. - Eu chorava, mas ninguém me respondia.

Afinal, quem daria bola para um criança de 12 anos?.
As vezes me pergunto, sera que é somente eu que passo por isso?, Sera eu, o unico ser humano que tem que suportar isso?.

- Deus, o senhor nao vê que sou apenas uma criança?, eu não tenho forças para superar isso!.- Gritei.
- Mi Yoongi, isso nao vai adiantar de nada, ela se foi, você tem que aceitar. - Titia disse se sentando no chao ao meu lado.
- Eu não consigo aceitar tia. - Falei me levantando e saindo correndo...

P. O. V TAEHYUNG
Hoje completa 1 anos desde sua partida, meu coração ainda esta partido, sinto falta de você brigando comigo, me dizendo que sou um pirralho.
- Minha querida erma, sei que faz tempo que nao vinha visitar seu túmulo, assim como faz tempo que nao conversamos. Quero me desculpa por isso, eu nao abandonei você. Sua morte ta acabando comigo, sim,  ainda esta. Toda noite passo em seu antigo quarto e sussuro "boa noite Maninha",mas você nao responde, entao vejo que é tudo verdades, você realmente se foi. Parece que foi ontem que brincamos de esconde-esconde atras de casa. - Nao resisti e minha lágrimas caíram.
- Queria voce de volta! , mas isso é impossível, nao tenho esse poder. Queria ouvir sua voz pela ultima vez. Queria poder te dito o ultimo eu te amo. - Minhas pernas ficaram bambas, fazendo me cair de joelhos sobre a lajota que enfeitava o túmulo, senti uma leve ardência, em meus joelhos, por conta da batida.
- Deus eu tenho apenas 11 anos, por que faz isso comigo?, traz minha erma de volta, eu prometo me comportar melhor, eu prometo limpar meu quarto todas as vezes que mamãe mandar. Por favor traz ela de volta. - Gritei olhando para o céu.
- Por favor me responde, nao me deixe aqui sem resposta, eu sou apenas uma criança, eu mereço explicação, eu quero entender por que dói tanto, por que perdemos quem mais amamos?, Por favor me de as resposta.
- Tae pare com isso!. - Minha mãe disse me abraçando pelas costas.
- Mamãe deus não quer trazer minha erma de volta. - falei chorando olhando para ela, que agora estava em meu lado.
- Deus não pode trazer ela de volta. - Mamae disse limpando minha lágrimas.
- Mas ele é Deus mamãe, voce sempre disse que deus pode tudo! Voce mentiu para mim. - Falei me levantando e saindo correndo, sem ligar pra os gritos que eu escutava vindo dela.

P. O. V HOSEOK

- Mamãe eu trouxe isso para você. - falei largando um papel com um desenho meu e dela em cima de seu túmulo.
- Você esta bem?, como esta a vida ai no céu?,  sinto sua falta mamãe, desde que você se foi tudo mudou, sinto-me sozinho, isso é normal?. Amanha completo 13 anos mamãe, sabe o que eu quero de presente?  Eu quero você. 
Esperarei por voce amanha, entao nao se atrase, você é minha convidada especial. Vovó disse que você não vai ir, mas eu sei que vai, você não me deixaria esperando, eu sei disso.Confesso que eu estou com um pouco de medo, pois você nao compareceu no meu dois últimos aniversário, vovó me explicou que você foi viajar para o céu, e ficou sem dinheiro para voltar, mas agora ja se passaram um ano, entao você ja deve ter ajuntado o dinheiro para voltar nao é?. - Me sentei em frente ao seu túmulo e me encostei nele.
- Você acha que vai ir muita gente no meu aniversário mamãe?,  Que roupa você ira usar?  , você fica linda com seu vestido branco, e com o cabelo solto.
Mamae voce vai voltar né?
Me responde apenas isso?
Tou com medo, esperei tanto por você que não consigo imaginar mais um aniversário sem você. - senti minhas lagrimas cair.

NARRADOR ONISCIENTE ON

Mesma hora, mesmo dia, mesmo local, fui ali que o destino de cada um se encontrou pela primeira vez.

Hoseok estava com medo
Mi Yoongi se sentia errado
Taehyung acreditava na mentira

Yoongi corria sem ao menos notar o caminho que percorria, deixando suas cabelos negros voarem por conta do vento, o pequeno garoto se sentia num mundo errado, num mundo que ele julgava não ser dele. E talves ele tivesse certo.

Taehyung ao contrário de Mi Yoongi ,corria para encontrar a verdade, ele não queria encontrar o mundo certo e sim as respostas certas. Talves por isso eles se encaixavam.

Hoseok pensava muito diferente, ele poderia ser o mais velho, mas sua percepção em relação as coisas o faziam ser uma criança de seis anos. Ele acreditava que não existia a norte, e sim, uma passagem para um lugar distante na qual não tem mais volta - a parte de nao ter volta, era o que diziam-, pois para ele ,sua mãe estava a juntando dinheiro e logo estaria de volta.

Yoongi se via sentado em baixo de uma árvore, sem ao menos notar a presença de Hoseok a alguns metros a sua frente. Hoseok permaneceu em silêncio, observando o indivíduo que estava em sua frente. Mas a atenção dos dois foi chamada quando um menino de cabelos castanho, passou correndo entre eles e caindo com os joelhos no chão. Ambos os dois se levantaram e foram ao encontro do indivíduo que agora se encontrava chorando.
- Você esta bem?. - Hoseok foi o primeiro a perguntar.
- Não. - O pequeno garoto Taehyung disse chorando.
Pelo tom de voz do menino, ele deveria estar com muita dor.
O pequeno garoto se sentou no chão, deixando seus joelhos a vista, podendo entao observar o machucado que avia se formado.
- Cade sua mamãe?. - Yoongi tomou coragem e perguntou.
- Não sei, eu fuji dela. - Ele disse choroso.
Hoseok apenas observava o garoto, Hoseok avia se surpreendidos com a beleza do garoto, e aquela foi a primeira vez que Hoseok sentiu borboletas no estomago.
- Minha mamãe ta no céu. - Yoongi disse abaixando a cabeça.
Yoongi nao sabia o por que, mais se achou na necessidade de se sentar ao lado do menino Taehyung e o abraçar.
Hoseok continuava a observar, ate sentir Taehyung tocar em sua mão e o puxar para o abraço.
Agora eram tres criança envolvidas em un abraço, pura amor e afeto.
E aquela foi a primeira vez que Yoongi achou que talves ele estivesse sim no mundo certo.
- Ah você esta aqui. - A tia de Yoongi chamou a atenção dos três.
Eles se afastaram e ficaram olhando para a senhora que se aproximava cada vez mais. Hoseok se aproximou mais de Taehyung pois nao conhecia a tal senhora e ficou com medo. Ele sempre foi medroso.
- Tudo bem, é minha Tia. - Yoongi disse sorrindo para Hoseok.
- Ela tem cara de mal. - Hoseok disse baixinho.
- como vocês se chamam?. -Taehyung disse enxugando as suas lagrimas.
- Eu me chamo Jung Hoseok. - Hoseok disse sorrindo.
- E eu Mi Yoongi. - O outro disse se levantando do chão.
- A você esta aí!. - Gritou uma mulher vindo correndo em direção a Taehyung.
A mulher ajudou Taehyung a se levantar e pegou em sua mão.
- Olha só isso filho, você nao pode ficar correndo. - a mulher o repreendeu, levando ele embora.
- Eu me chamo Kim Taehyung!. -Ele gritou de longe para os outros.
E aquela foi a primeira vez que Kim Taehyung se sentiu protegido

Nao demorou muito a vó de Hoseok chegou, levando ele embora, deixando Yoongi e sua tia para tras, Hoseok olhou para trás enquanto estava sendo levado embora, e pode ver os olhos de Yoongi brilhar e uma lágrima cair.
Yoongi nao entendia por que eles tinham que ir embora, ele havia sentido algo estranho quando tava com eles, mas era algo bom, e novamente ele nao pode se despedi.


Notas Finais


Bom, esse primeiro capitulo, ficou meio triste, mas os proximos serão mais alegres, espero que tenham gostado.
Comentem o que tão achando e favorita
Chu ♥♥#^_^#


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...