História Love triangle - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dolan Twins, Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Ethan Dolan, Grayson Dolan, Matthew Espinosa
Tags Love Triangle
Exibições 32
Palavras 2.077
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Magia, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, senti a falta de vocês, mas estou aqui hoje, para mais cap, e espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 16 - The bitch.


Acordo com o alarme tocando, levantei e fiquei senrada na cama, olhei para o lado e Ethan não estava mais ali. Deve ter ido antes de que eu acordasse. Me levanto indo em direção da mesinha que havia colocado o celular para desligar o alarme, aquele barulho já tava me irritando.

Vou cambaleando até a mesa e desligo com muita dificuldade o alarme, minhas vistas estão meias embaçadas isso dificultou bastante. Olho as horas, 6:30 a.m. A Kris não chegou ate agora e não tem nenhuma mensagem dela então provavelmente ela vai fica com o Cameron e eu terei que ir pra escola sem ela, QUE ÓTIMO.

Vou ao banheiro tiro minhas roupas e entro no chuveiro ligando-o na água quente. Não demoro muito para terminar, escovo meu dentes e vou até o closet pegar uma roupa. Escolho calça jeans de lavajem clara  com alguns rasgados nela, escolho um blusão branco com algumas manchas azuis, e para calçar escolho um vans branco. Termino de me vestir e penteio meus cabelos, faço uma maquiagem leve. Desço até a cozinha para comer alguma coisa. 

Chegando lá vejo minha mãe e, pera quem é aquele?

-Oi, mãe sera que a gente pode conversar._pergunto a ela.

Subo nas escadas e para no meio.

-Você pode me dizer quem e aquele cara.

-Filha, aquele lá e o Joy, ele trabalha comigo e também e meu novo namorado._ela disse simples e calma.

-A quanto tempo?

-Acho que um mês._diz ela como se fosse normal.

-Mãe você ta loca? Você nem sabe se ele é um psicopata ou um procurado da policia  ou um estuprador...

-Deixa de bobagem, Joy não faz mal algum a ninguém._diz ela e da um beijo em minha bochecha.

Vou até a cozinha e pego uma maçã para comer. Olho bem na cara daquele cara. Ele e estranho, me  causa calafrios, não gostei nem um pouco dele.

-Já to indo._disse e dei um beijo na bochecha de minha mãe.

Peguei as chaves do carro, adentrei e dei partida saindo dali.

                                                       ........

Cheguei na escola, estacionei o carro desci e avistei o bonde de longe. Fui me aproximando deles, quando virem que eram eu, vieram até a mim e deram um abraço em grupo.

-Porquê ficou tanto tempo sem vir cara?._perguntou Lya.

-Por que eu simplesmente não estava com animo para vir._disse e em resposta eu recebi um tapa na cabeça.

-Tá, e porquê não respondia ninguém, ficamos mais de semanas mandando mensagens, íamos em sua casa mas ninguém atendia a porta._Ariele como sempre fazendo muitas perguntas.

-não não, perguntas demais, além do mais, eu tenho nota o suficiente neném._disse e pisquei para ela. O sinal bateu.

-Ok, aula de economia agora, quem vem?._perguntei.

-Temos também._ respondeu Kim e Lya.

Despedimos dos outros e fomos para nossa aula (obrigatória porque se não  fosse nem estaríamos ali.)

Já aviamos adentrado a sala e já havíamos sentado em nosso devidos lugares. Logo em seguida o professor entrou e já começou passando a sua matéria.

DEPOIS DE MAIS TRÊS AULAS...

Já havia passado três aulas diferentes, estava indo em direção ao refeitório encontrar as meninas. Levei um susto após Grayson me dar um abraço surpresa por trás.

-Ei, o que você ta fazendo?._disse me soltando dele.

-Te abraçando ue._disse ele.

-Tá mas, na frente de todo mundo?

-Sim ue o quem tem?

-Tem tudo, as pessoas vão começar a pensar que estamos ficando ou namorando, e sinceramente... eu não estou preparada para ter um relacionamento agora não._disse e vi um sorriso formar em teu rosto.

-Tudo bem Mccolyn._disse e saiu.

Me senti mal pelo o que disse, mas era a verdade, tenho um pouco de noção do que e estar em um relacionamento, e sinceramente não quero isso para mim agora.

Me juntei as meninas e mantive-me em silencio.

-O que foi aquilo?._me perguntou Kris que apareceu do nada.

-Eu achei que não iria vir._respondi meia assusta.

-Resolvi vir, Cam me trouxe._disse ela. -Mas iai, o que aconteceu ali?

-Gray resolver me dar abraços na frente dos outros ai eu disse pra ele que não podíamos fazer isso na frente de todo mundo, por que as pessoas iriam pensar que a gente estaria em um relacionamento, mas... eu disse que não queria isso agora._disse e dei um suspiro de alívio.

-Cara, você praticamente terminou com ele._disse Kris.

-Mas a gente não tinha nada mano, a gente só estávamos se pegando, nada de mais._disse e dei de ombros. Era mentira (a gente tava meio que namorando).

Sinceramente, o que eu disse era verdade, ele nem avia me pedido ou se quer me contou que tava afim de levar esse "rolo" mais pra frente, alem do mais, eu nem o conheço direito, ele e super bipolar e as vezes some e fica dias sem dar notícias, não que eu me preocupe, mas e chato isso. Irei na casa dele hoje para esclarecer as coisas.

 -Não vai comer._pergunta Luis.

-Não to de boa._disse. Olhei acima do ombro de Luis e vi Ethan me encarando, Grayson também estava ali, só que de costas. Grayson olha pra traz com cara de decepção.

O sinal bate.

-Qual á aula de vocês._pergunta Paulo.

-Artes._disse.

_Nós também temos._disseram as gêmeas.

-Tá então vamos.

Saímos dali indo em direção a sala de Artes. Chegando lá, adivinha quem estava lá, Ethan.

Já e perseguição.

Fiquei em meu devido lugar, as gêmeas ficaram uma do meu lado esquerdo e outra do direito, Ethan tava do meu lado esquerdo depois de Daniele. Resolvi mandar uma mensagem.

Eu: Por acaso o senho ta me seguindo?

                                                                E: Não, eu gosto de Artes.

Eu: Sei...

                                                              E: Algum problema com isso?

Eu: Não ue, só e meio peculiar...

 

_Por favor, todos guardem os seus telefones e ponham-os em modo silencioso._disse a professora de Artes. Fiz o que ela pediu.

Comecei a desenhar na tela.

                                         [...]

Estava acabando de sair da aula de artes quando vi Grayson com uma garota, não uma garota normal. era Lydia, ele sabia que eu a odiava, e pra completa, teu braço estava em volta de teu pescoço e fizeram questão de se beijarem.

-Não liga._disse Ariele. Não disse nada, apenas sai sem falar nada e sem falar com ninguém. Segui em direção ao estacionamento, quando estava perto de meu carro ouço alguém me chamar, olho para trás vejo que é Ethan.

-Ahh, não to com cabeça agora._disse e abri a porta do carro, mas antes de entrar Ethan segurou meu braço.

-O quê que é dessa vez?

-Só quero carona.

-Entra ai.

Entramos e dei partida saindo dali.

                                                              ........

Estávamos na porta da minha casa.

-Não vai descer?._pergunto a ele.

-Não antes de fazer isso._disse ele e rapidamente se aproxima de mim, ando inicio a um beijo. Esse beijo não e igual aos que ele já havia me dado. Era um beijo meio que de desespero, como se ele fosse morrer depois de ter me beijado. Grayson passou em minha cabeça.  Esse menino, realmente meche comigo, mas agora não importa, ele ta com outra, e tá na hora de eu dar uma chance para Ethan.

-Ai, desculpa, você e o grayson...

-Cala a boca e continua._ele me olhou surpreso mas continuou. Dessa vez tinha mais coisa ali.  Ele foi descendo sua mão até aperta meus seios.

Olha, eu não vou perder essa chance, Grayson já ta com outra, e ta na hora de eu dar uma chance á Ethan.

-O que acha de irmos para seu quarto?._perguntou Ethan.

-Já é._disse e saímos o mais de pressa. subimos as escadas correndo ate que Ethan parou na porta do meu quarto e me pegou em teu colo dando inicio a um beijo cheio de desejo. Ele abriu aporta com uma mão enquanto a outra me segurava, e com o pé a fachou. Ele pós sob a cama tirou sua blusa e veio até mim. Ethan estava sob mim me beijando com todo desejo do mundo, o beijo dele era diferente de todos que ele ou Grayson havia me dado.

Suas mãos perambula em meu corpo, seu toque fazia meu corpo estremecer. Em um movimento rápido, fiquei sobre ele, tirei minha blusa e meu sutiã. Ethan estava de boca aberta e isso m fezficar com vergonha. Comecei a distribuir beijos em seu pescoço fazendo o mesmo arrepiar, fui descendo-os até a cós de sua calça, eu levantei o olhar a ele, o mesmo deu um sorriso sacana, desabotoei sua calça e desci a mesma junto com sua cueca fazendo seu membro pular para fora. Segurei seu membro o comecei a fazer movimentos de vai e vem. Com forme eu aumentava a velocidade de meus movimentos o chupava também. Ethan segurou em meus cabelos fazendo com um rabo de cavalo nele e forcou minha cabeça em seu membro fazendo com que eu engolisse todo seu membro, ele mesmo fazia os movimentos de vai e vem.

-Eu não vou aguentar, vamos com isso logo._Ethan disse gemendo. O mesmo, em um movimento rápido fez com que eu ficasse sobre ele. Ethan desabotoou minha calça e puxou ela e junto minha calcinha. Ele me introduziu um dedo, com isso, eu afundei minha cabeça no travesseiro e relaxei meu corpo.

Ethan conseguiu me deixar bastante molhada, ele tirou seus dedos de lá, abriu minha pernas e posicionou-se entre minhas pernas. Eu respirei fundo, e logo senti seu membro me adentrar, eu segurei em seus ombros fazendo com que ele deitasse sob meu peito, me abracei á ele, e gemi eu seu ouvido, o mesmo após me ouvir gemer eu teu ouvido, começou com estocadas fortes. Ele se levantou e olhou em meus olhos, e continuou com suas estocadas fortes e rápidas, eu gemia de prazer e Ethan gemia pelo meu nome loucamente.

-Eu não estou te machucando?._perguntou ele.

-Não, continua desse jeito, e se puder, vai mais rápido.

Quando ele ouviu eu dizer aquilo, ele fechou seus olhos desacelerou as estocadas e ainda de olhos fechados, gemeu, e gemeu alto. 

-Por favor, vai mais rápido._pedi a ele.

-Geme meu nome.

Eu não disse nada.

-Geme meu nome._disse ele e deu um tapa em meu rosto, com esse ato, eu gemi teu nome. Satisfeito ele acelerou seus movimentos, mas não como estava antes, e suas estocadas estavam bem mais fortes, estava doendo, mas não tanto.

-Ah, eu não vou aguentar._Ethan disse e saiu de mim. Fiquei de joelhos na cama e comecei a chupa-lo, logo eu senti seu liquido escorrer em minha garganta.

Ele abriu teus olhos, me olhou com um sorriso, e deitou na cama de novo. Ele abriu minhas pernas, e  ergueu sua cabeça ate minhas coxas, quase perto de minha intimidade, ali ele distribuiu vários beijos, ate eu sentir sua língua em minha intimidade em meu clítoris e também senti teu dedo me penetrar. Eu gemi, e gemi bastante, com forme eu gemia ele aumentava a velocidade e intensidade nos seus movimentos. Eu gemi e gemi bem alto e ele sabia o por que, eu havia chegado em meu ápice.  Ele se levantou, foi até a porta de meu quarto, trancou a mesma e se deitou ao meu lado e nos cobriu com a coberta que havia ali, ele me puchou para mais perto dele, e assim nos ficamos até pegar no sono.

                                                                         [...] 

Acordo com alguém batendo em minha porta, pela voz e minha mãe, eu me levanto rapidamente e pego uma toalha e me enrolo na mesma.

-Quem é?._Ethan pergunta.

-minha mãe.

-Tem algum problema si...

-Não, pode ficar de boa.

Fui até a porta e a abri.

-Oi amor._diz ela e me abraça. -Vejo que tem companhia._diz a mesma.

-Poise.

-Oi Sr. Mccolyn._diz Ethan e acena a ela, a mesma em resposta sorri.

-você lembra do janar não é?._pergunta ela.

-Claro.

-Ok, então vejo vocês as 7 hr.

-ta bom._digo e fecho a porta. dou um suspiro de alivio e volto para cama.

-Deus achei que ela ia matar a gente._diz Ethan rindo.

-Não, ela e de boa.

-Bom pra você, por que, se foce a mãe da minha ex... Acho melhor deixar isso pra lá._diz ele envergonhado. Eu não o respondo.

-Vou tomar um banho._digo e vou em direção ao mesmo. Ligo o chuveiro na água quente e entro em baixo, inclino a cabeça para o lado deixando a água cair sobre o mesmo.

-Você ta com raiva?._pergunta Ethan.

-A QUANTO TEMPO VOCÊ TÁ AI._digo assustada.

-O suficiente pra você me fazer ter querer de novo._diz ele e se aproxima de mim.

QUE INICIE O SEGUNDO ROUD. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                             

 

 

 

 


Notas Finais


hehehe, querem que eu continue para ver o que ira acontecer no jantar? É só pedir ai nos comentarios heuheuheu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...