História Love was taken away from me - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais, Princesa Nicoletta
Visualizações 169
Palavras 1.733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Poesias, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiiiiieeeeee meus amores , sentiram saudades ? Bem eu estava , eu tinha perdido a animação pra escrever alem de eu ter ficado obedecida em uma trilogia de livros , mas também estou em um momento um pouco difícil na minha vida , estão acontecendo algumas coisas que estão me tirando o animo de fazer as coisas , eu só consigo pensar , tento ocupar minha mente pensando em algumas coisas que estão me tirando o sono , estou tentando arrumar soluções mas sinceramente não consigo , o único momento que consigo me distrair é lendo e pensando em ideias pra fanfic que no final não consigo colocar em palavras e fico morrendo de raiva porém finalmente estou conseguindo escrever e isso esta me distraindo então provável que eu tente aparecer um pouco mais essa semana então eu agradeceria muito se vocês comentassem para me incentivar porque sinceramente se eu parar de escrever não sei mas o que farei , acho que se eu desistir de escrever vou enlouquecer mas pra qualquer efeito já vou agradecendo quem leu esse meu " pequeno " desabafo já agradeço adiantado por isso , eu acho que precisava disso mas não vou mais ocupar vocês com meus desabafos , boa leitura pra vocês meus amores

Capítulo 24 - Vadia



—Agora se me der licença a noite é uma criança - América fala e fecha a porta a trancando 
—Onde foi que paramos - ela pergunta se jogando na cama e eu caio na gargalhada 
—Você é mesmo incrível - falo e ataco seus lábios 



Capitulo 




Prov América 




Acordo na manhã seguinte sentindo beijos sendo espalhados pelo meu ombro e pescoço , me viro ainda de olhos fechados e sorrindo , abro os olhos me deparando com dois pares de olhos castanhos 
—Bom dia minha linda 
—Bom dia amor - falo selando nossos lábios 
—Max posso lhe pedir uma coisa ? 
—Claro meu amor , tudo pra você 
—Eu queria ir até o centro comprar alguns vestidos novos e alguns livros novos 
—O que houve com seus vestidos ? 
—Alguns você meu belo marido rasgou na Itália e outros estão meio apertados , acho que ando comendo demais , o senhor me mima demais 
—Mimo porque você merece afinal é minha esposa e não tenho culpa se você ficava extremamente sexy naqueles vestidos e eles tinham muitos nós e muitos botões mas acho que não posso deixar você ir 
—Por que ? - pergunto sem entender 
—Porque não pretendo lhe ver vestida pelos próximos dias , o que acha de estendermos mais um pouco nossa lua de mel igual fizemos na Itália ?- ele me pergunta divertido ficando encima de mim em um ato inesperado me fazendo soltar um gritinho 
—Sua ideia é tentadora mas ainda não estou convencida - falo fazendo bico 
Ele então sorri malicioso e começa a beijar meu pescoço e meu colo , me arrancando suspiros e pequenos gemidos 
—Continue estou começando a mudar de ideia sobre ir ao centro hoje - falo entre os suspiros e sinto ele sorrindo contra minha pele e continuando os beijos , intercalando-os entre mordidas e pequenos chupões 
Aquilo estava maravilhoso , ele continuou descendo os beijos até chegar nos meus seios e assim foi descendo até chegar em minha intimidade onde ele começou a lamber e chupar me causando gemidos ainda mais altos , aquilo era muito bom , logo sinto ele enfiando seus dedos em mim e fazendo movimentos de vai e vem 
—Ah Max , mais rápido Max - gemo rápido e ele sorri e faz como eu pedi me levando à loucura 
—Ah meu amor , eu preciso muito lhe possuir agora 
—Sou e sempre serei toda sua - falo lhe beijando e sem aviso prévio ele me penetra com força e rapidamente e assim vai fazendo seus movimentos rápidos me causando um prazer avassalador , nossos gemidos se misturavam pelo quarto em uma incrível sincronia que aumentava ainda mais nosso prazer até que chegamos ao nosso ápice juntos gemendo alto e Maxon goza dentro de mim , ele me olha sorrindo ainda dentro de mim e com a respiração ofegante assim como a minha 
—Agora tenho certeza que tem um bebezinho aí dentro - ele comenta me fazendo rir 
—Seu bobo , isso demora mais tempo 
—Eu te amo , te amo , te amo , te amo - ele fala distribuindo beijos por meu rosto me fazendo gargalhar 
—Eu também te amo seu bobo - falo segurando seu rosto e lhe beijando 
—Fiz você mudar de ideia sobre ir até o centro fazer compras ? 
—Fez , quero ficar o dia inteirinho aqui nesse quarto com você - falo sorrindo e lhe beijando 
—Ótimo , porque se a senhora se levantar desta cama eu lhe jogo aqui de novo e lhe amarro para nunca mais sair 
—Nossa quanta violência - comento rindo 
—Você me deixa louco querida , completamente louco - ele fala e volta a me beijar 
Nos separamos com o susto da porta sendo escancarada e corremos logo para nos cobrirmos e quem vi ali parada na porta nos olhando com ódio me fez perder meu humor que estava excelente 
—Sério Maxon ? Você vai me mandar pro outro lado do mundo só por causa dessa vadia ? 
—Não fale dela assim sua prostituta - Maxon grita me defendendo me fazendo ficar feliz , ele põe sua calça e sua blusa logo depois pondo o robe e me entrega minha camisola e meu robe aproveitando que Kriss estava calada absorvendo a frase dele , nos vestimos rapidamente e fico atrás de Maxon por pedido dele 
—Prostituta é ? Você está me ofendendo Maxon , está ofendendo a mãe do seu filho - ela fala levando a mão até sua barriga 
—Desculpe , eu não , não deveria ter sido tão deselegante 
—Assim está melhor agora arrume um quarto descente pra mim e esqueça essa ideia absurda de me mandar pra longe pois é aqui mesmo que irei ficar 
—Você está errada queridinha , você vai embora agora mesmo , irá embarcar naquele navio e zarpará para longe de nossas vidas sua meretriz - falo alterada sinto um pouco de tontura e então me apoio na beirada da cama 
—Não , eu não irei a lugar nenhum , Maxon irá acompanhar de perto a gravidez do único filho que ele terá e esse filho será meu - ela fala me fazendo ficar cheia de ódio 
—Está me ameaçando sua meretriz de quinta categoria ? 
—Entenda como quiser só tenho a dizer que quem já perdeu um filho uma vez fica mais difícil segurar a gestação seguinte , só estou dizendo isso 
—Você está errada , eu conseguirei ter outro filho mesmo com todas as suas pragas sua bruxa - rujo de raiva e Maxon me segura 
—Meu amor você não pode se estressar, eu irei até o escritório e irei resolver tudo isso 
—Tem certeza Max ? 
—Absoluta , confie em mim , eu te amo e quero um filho seu não dela , seu - ele fala segurando meu rosto e olhando dentro dos meus olhos 
—Está bem , vou estar aqui lhe esperando só resolva tudo isso 
—Pode deixar , já volto e trarei novas notícias 
—Está bem , eu confio em você - falo e lhe beijo ele então sai com Kriss , eu logo peço para trazerem meu café da manhã no quarto e em poucos minutos Mary aparece carregando uma bandeja com meu café 
—Obrigada Mary 
—Não tem de que ames , quer que eu fique ? 
—Por favor , estou tão nervosa com tudo isso que está acontecendo 
—Fique tranquila ames , sei que o senhor Schreave ama você 
—Obrigada Mary , você é uma ótima amiga - falo sorrindo pra ela , ela sorri também então começo a comer , tudo estava com um gosto ótimo 
—Isso está uma delícia - conto me saboreando 
—Lucy caprichou para deixá-la feliz 
—Me lembre de agradecê-la depois - comento rindo enquanto saboreio a torta de morango 
Estava tudo uma delicia mas do nada meu estômago começou a revirar e corri para o banheiro para vomitar coloco tudo pra fora , tudo que havia comido e não era a primeira vez que aquilo acontecia , no navio também fiquei desce jeito mas achei que fosse por causa do balanço do mar , agora já estou começando a duvidar , sinto alguém segurando meu cabelo e percebo ser Maxon 
—Está tudo bem querida , eu estou aqui - ele fala acariciando minhas costas 
—Eu estou bem - falo me sentando no chão 
Max nega com a cabeça e dá a descarga 
—Não você não está bem , tem vomitado desde o navio e isso não é estar bem 
—O que você resolveu com Kriss ? 
—Você está fugindo do assunto 
—Você também 
—Ela irá ficar , pelo menos até a criança nascer , quando isso acontecer ela irá embora 
—Por que ? - pergunto sentindo um desconforto 
—Ela disse que se eu a mandar para longe ela iria se matar e ......
—E você não pode permitir isso , eu entendo , você é tão bom - falo acariciando seu rosto e ele sorri 
—Você não está brava ? 
—Um pouco irritada mas não brava , eu entendo você mas se você voltar a ter qualquer relação com aquela mulher tudo entre nós estará terminado e eu não serei capaz de lhe dar outra chance , eu já sofri demais Maxon - falo sentindo uma lágrima solitária escorrer pelo meu rosto e Max se apressa para limpa-la 
—Pode confiar em mim , nunca mais irei toca-la ou vê-la como mulher , ela só será alguém que está carregando um pedaço que me pertence nada mais , eu juro , agora eu vou lhe colocar na cama e irei chamar o doutor Ashalar - ele fala e me pega no colo 
—Maxon não precisa se preocupar eu estou bem , só estava enjoada e .....
—E o que ?- ele pergunta preocupado 
—Estava me sentindo um pouco tonta também - falo assim que ele me coloca na cama 
—Eu não vou esperar você piorar para chamar um médico , você fica aqui bem quietinha enquanto eu não voltar - ele fala e me dá um selinho logo saindo correndo 
Assim que ele sai vejo alguém entrando no quarto 
Kriss entra e fecha a porta atrás de si 
—Então a esposinha amada está doente não é mesmo ?- ela pergunta sorrindo vitoriosa 
—Saia já daqui Kriss 
—Ainda não , deixe-me antes encher minha vista com essa imagem de você indefesa deitada em uma cama , talvez dessa vez você até morra e me deixe em paz para viver minha vida com Maxon 
—Ele não te ama e mesmo se eu morrer sei que ele nunca mais irá lhe dar atenção 
—Eu ainda carrego um filho dele dentro de mim com o tempo ele voltará a me amar 
—Sabe que eu ainda não acredito em você , duvido muito que esse filho se é que você está mesmo grávida seja de meu marido 
—É óbvio que eu estou grávida 
—Não você não está e sei disso pois você não tem nenhum sintoma de que está grávida 
—Não fale absurdos, vou lá pra baixo esperar você morrer - ela fala sorrindo maldosamente e vai saindo mas então para e se vira para mim com um sorriso maior ainda 
—Mas também acho que isso só ia adiantar as coisas já que eu sei que assim como aconteceu antes Maxon vai te trocar para ficar comigo em pouco tempo - ela diz e sai , ainda vou desmascarar essa vadia 
 


Notas Finais


Bom espero que vocês tenham gostado do cap e obrigada novamente por me lerem , vejo vocês lá embaixo ou no próximo cap , mil kisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...