História Love will keep us alive - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Castielxnathaniel, Castnath
Exibições 83
Palavras 1.107
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá humanos.
Tô de bom humor então dois caps pra vcs :-*

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction Love will keep us alive - Capítulo 14 - Capítulo 14


 ~> POV’s Castiel


  Acordei no dia seguinte com Nath tentando sair da cama, ele não queria me acordar mas não conseguiu. Virei meu corpo um pouco pro lado pra facilitar a saída dele.

- Bom dia amor! -disse surpreso e um pouco frustrado ao perceber que tinha me acordado

- Bom dia meu lindo! -disse sorrindo- dormiu bem?

- Ótimo e você? -perguntou deitando de lado ficando de frente pra mim

- Também, só estou um pouco dolorido. -disse rindo pelo nariz

- Vou cuidar de você hoje meu bebê. -disse fazendo voz manhosa e em seguida me beijando


 Segurei em sua cintura e aprofundei o beijo, quando o ar nos faltou ele ficou me dando selinhos e depois levantou, foi tomar banho enquanto eu tentava me levantar. Ainda bem que ele não gostou muito disso, e agora eu o amo ainda mais sabendo que ele aguenta toda essa dor praticamente todo dia. A dor quando me sentei na cama foi terrível, acho que vou passar o dia todo deitado hoje.

- Se você tivesse sido mais paciente não estaria assim -disse quando saiu do banheiro e viu minha expressão de dor- se tivesse deixado eu te preparar melhor como você faz comigo não estaria doendo tanto. -continuou quando viu minha cara de quem não estava entendendo nada

- Ah! -sorri sem graça- eu só queria acabar logo com aquilo e ver se chegava logo na parte do prazer.

- Foi tão ruim assim?

- Não, foi bem dolorido mas depois que acostumei foi bom.

- Peraí, deixa eu pegar meu celular pra gravar isso -disse dando uma gargalhada- você gostou de ser o passivo?

- Não foi o que eu disse. -falei com raiva- é só que a princesa não é assim tão ruim de cama. -falei debochando

- Ah, achou que eu era ruim de cama é? Agora vou fazer greve de sexo, um mês sem você me comer. -falou me provocando

- Até parece, eu te pego de jeito e você não vai me negar nada. -disse com um sorriso malicioso



   Ele ficou corado e nem falou nada. Fui até o banheiro e tomei um bom banho, saí e me vesti, como não estava frio fiquei sem camisa mesmo. Fui até a cozinha e ele estava preparando o café, o abracei por trás e dei uma mordida no seu pescoço, ele se arrepiou todo e arfou, segurei em sua cintura e fiquei movimentando contra a minha enquanto distribuía beijos e mordidas na sua nuca.

- Você é tão gostoso. -sussurrei em seu ouvido e em seguida dei uma mordida fazendo ele se arrepiar e dar um gemido manhoso

- Cala a boca idiota. -disse ainda arfando

- Viu só?  -disse soltando ele- se eu quiser eu te como -disse dando um tapa e apertando sua bunda- não tem essa de greve de sexo. -sorri e dei um beijo na bochecha dele

- Idiota. -bufou



  Passei o dia todo provocando ele desse jeito e falando que eu comeria ele quando quisesse, ele já estava muito puto comigo mas logo esquecia e ficamos assim, nos provocando, jogando, brincamos até de lutinha quando ele ficava muito puto. Cuidei dos seus machucados que por sinal já estavam bem melhores. Pedimos pizza a noite e ficamos até de madrugada assistindo filmes, acabamos dormindo no sofá e quando acordei de madrugada levei ele no colo até a cama e o abracei por trás voltando a dormir.


 ~~~ No dia seguinte ~~~

 ~> POV’s Nathaniel


  Cast passou o dia todo me provocando ontem e hoje eu vou me vingar, deixei ele pensar que eu não ia fazer nada mas hoje ele me paga. Acordei primeiro que ele, não lembro de ter vindo pra cama, provavelmente ele me trouxe, mas isso não muda nada eu vou me vingar, ele está me abraçando por trás, essa é a minha hora. Comecei a mexer meu quadril contra o dele, forçando minha bunda contra o seu pau, ele estava só de cueca então daria pra sentir bem o que estava acontecendo, logo ele apertou minha cintura, estava acordando.

- Bom dia! -disse arfando em meu ouvido

- Bom dia amor! -falei manhoso- me deixa levantar. -disse o empurrando com a bunda

- Mas tá tão bom aqui. -disse fazendo biquinho, tão fofo, concentra Nathaniel

- Eu sei mas tem como melhorar. -disse com um tom malicioso

- Então vamos melhorar. -respondeu no mesmo tom


  Empurrei ele fazendo ele ficar de barriga pra cima e sentei cima dele, ele já estava duro e tava ficando cada vez mais difícil me controlar, mas eu vou conseguir, ele não pode ficar pensando que me tem assim na mão dele. Rebolei em seu membro e levantei.

- Vou tomar banho. -disse entrando no banheiro e trancando a porta


 Logo depois ouvi ele na porta mas não abri, quando saí ele me olhou com uma cara de quem não entendia nada, dei um selinho nele e fui colocar uma roupa, ele entrou no banheiro e pela demora deve ter se masturbado. Estou fazendo o café, pra provocar ele eu estou só de cueca e com uma blusa social dele aberta, ouvi ele se aproximando e deixei a faca cair no chão, me abaixei pra pegar empinando minha bunda bem na frente dele que ficou me comendo com os olhos. Coloquei as coisas na mesa e tomamos café, conversamos sobre coisas aleatórias como sempre mas o olhar de desejo dele estava nítido. Acabamos de tomar café e ele cuidou dos meus machucados, aproveitando pra me acariciar por vezes até me fazendo arrepiar mas eu não daria o braço a torcer. Depois disso arrumamos o quarto e a cozinha e eu sugeri que tomássemos banho de piscina, ele aceitou e eu aproveitei isso, sempre que tinha uma oportunidade eu provocava ele.

  Ele já estava começando a ficar chateado, mas eu não ia parar por aí, fiz o almoço só de roupão, sem nada por baixo, quando ele ficava me olhando eu deixava aberto e quando ele se aproximava eu fechava e o empurrava com a minha bunda, durante o almoço e o resto da tarde eu dei um descanso pra ele mas a noite voltei pior que antes. Até a hora que ele decidiu dormir mas antes foi tomar um banho porque eu tinha deixado ele duro de novo, aproveitei pra fazer a última provocação, tirei toda a minha roupa e deitei de barriga pra baixo, deixando minha bunda levemente empinada, e fingi estar dormindo. Infelizmente não pude ver a cara dele mas sei que funcionou porque ele deu um longo suspiro em seguida deitou e nem me abraçou, só sussurrou que me amava e um boa noite. Esperei ele dormir e deitei em seu peito, dei um selinho e sussurrei que também o amava.


Notas Finais


Continua...?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...