História Love Will Remember - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfredo Flores, Ashley Benson, Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Alfredo Flores, Ashley Benson, Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Ashley Benson, Demi Lovato, Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez, Semi
Exibições 351
Palavras 1.980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey meus amores!!!!!

Nos vemos nas notas finais!!

Capítulo 17 - You are sou beautiful


Fanfic / Fanfiction Love Will Remember - Capítulo 17 - You are sou beautiful

POV: Selena

Já era de noite e eu havia acabado de sair do banho quando batem na porta do meu quarto. Antes mesmo que eu possa responder vejo a porta se abrir. Justin. Senti um arrepio por todo meu corpo, mas tentei me manter calma. 

- Posso entrar. - O loiro pergunta com uma parte do corpo pra fora do cômodo. 

- Pode. - Digo terminando de secar meu cabelo com a toalha.  

 Fui até o banheiro, rapidamente deixando Justin sozinho no quarto para guardar a toalha e quando voltei o menino estava sentado em minha cama. 

- Todo mundo foi pra sala de TV. Acham que vão ver um filme. Você vai? - sondou

- Pra ser sincera, não estou muito a fim não. - falei com uma voz manhosa.

- Será que eu posso ficar aqui com você então? - parecia até um menino pedindo permissão pra mãe pra comprar bala com o troco do pão. Dei um riso fraco e sentei na cama perto do garoto. 

- Pode. - disse meio sem graça. - Nos aconchegamos mais na cama e logo estávamos deitados um do lado do outro.

- Você gostou da casa? Da viagem? -  Justin mantinha uma voz baixa. Estava muito diferente de hoje a tarde. Parecia até um menino inocente. 

- Gostei sim. É muito bonita. - falei, mas não consegui disfarçar o desconforto em minha voz. Como se não bastasse, Justin virou pra mim, fazendo com que eu ficasse mais nervosa ainda. 

- Eu gostei muito de você ter vindo. 

- Você falou isso a pouco tempo pra mim. - disse olhando pro teto tentando não manter contato visual. 

- Mas é que eu gostei de verdade. Eu pensei que você não fosse aceitar meu convite. - desistir do olhar pro teto e dei de cara com a íris caramelada do garoto.

- Na verdade, você meio que me obrigou né... - demos uma risada. 

O garoto levou sua mão até minha bochecha acariciando o lugar. 

- Você é tão linda. - senti meu rosto queimar. - Não mudou nada. 

- Para com isso. - desviei meu olhar do dele envergonhada. Ele riu parecendo se divertir com a situação. 

O silêncio se instala no quarto. Justin continua a fazer carinho em meu rosto. Meu nervosismo começa a cessar. Aquele nervoso que me antes me deixava completamente estática e sem reação, agora se transforma em uma calmaria. Era como se o tempo tivesse parado. Eu poderia ficar ali, sentindo o carinho de Justin a noite inteira. Fecho os olhos, e apenas aproveito a presença de Justin ali no meu lado.

Era tão difícil me sentir confortável perto dele. Na verdade era difícil permitir me senti confortável perto dele. Eu estava sempre com uma armadura, tentando esconder meus sentimentos. Até porque nem eu mesmo consigo decifrar o que sinto por ele. Mas naquele momento eu não estava nem um pouco interessada nos meus sentimentos. Minha razão havia falado mais auto nesses últimos tempos, já estava ficando cansada disso. Ter que esconder meus sentimentos, mentir pra mim mesma, ter cuidado a cada passo que dava com Justin. Não queria mais me enganar. 

Senti a respiração de Justin mais perto e logo senti seus lábios colados nos meus.

He could be a sinnner, or a gentleman

Ele pode ser um pecador ou um cavalheiro

He could be your preacher, when your soul is damned

Ele pode ser seu pastor, quando sua alma está condenada

Os nossos movimentos eram calmos e delicados. Sua mão desceu do meu rosto pra minha cintura enquanto a minha foi em direção a sua nuca envolvendo meus dedos nos poucos fios de cabelo do garoto. O beijo era leve, devagar. Nós estávamos em uma perfeita sintonia. 

He could be a lawyer on a witness stand but 

Ele pode ser seu advogado na frente das testemunhas, mas

He'll never love you like I can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso

Num movimento leve o loiro nos aproximou mais um do outro fazendo com que nossos corpos ficassem grudados. Sem parar o beijo o garoto mudou nossas posições ficando em cima de mim. Desci minhas mãos até suas costas arranhando a mesma por baixo de sua camiseta. Não demorou muito e Justin tirou a peça facilitando meu trabalho. 

Puder então reparar em cada gominho em sua barriga. Fui subindo minhas mão até seus ombros e as desci passando por todo seu tanquinho.  Ele sorriu pra mim percebendo minha satisfação com seu abdome. 

He could be a stranger, you gave a second glance

Ele pode ser um estranho, que você olhou pela segunda vez

He could  your trophy, of a one night stand 

Ele pode ser seu troféu de uma noite casual

He could have your humour, but I don't  understand cause

Ele pode ter seu humor, mas eu não entendo, pois

He'll never love you like a can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

Voltamos a nos beijar, dessa vez foi um beijo mais intenso. Era possível perceber o desejo que um tinha sobre o outro. Nós já estávamos mais que desesperados por aquele momento. 

Paramos o beijo só para Justin tirar minha regata e ter uma visão privilegiada dos meus seis ainda cobertos por um sutiã roxo de renda. Não demorou muito para que essa peça fosse arrancada também. Sua atenção agora estava totalmente em meus seios, que eram massageados pelo garoto, e meu pescoço, onde o mesmo depositava vários selinhos. Finquei minhas unhas em suas costa tentando conter um gemido.

Sua boca foi descendo do meu pescoço para o meu colo até chegar em um dos meus seios. Dessa vez não conseguir evitar um gemido baixo. 

 Why are you looking down all the wrong roads?

Por que você está olhando para os caminhos errados?

When mine is the heart and the salt to the soul

Quando o meu é o coração e o tempero da alma

There may be lovers who hold out their hands but

Pode haver amantes que dão as mãos, mas

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

Ele foi descendo distribuindo beijos pela minha barriga até encontrar meu short. Tirou-o rapidamente e continuou seus caminho de beijos até a parte interna da minha coxa onde depositou uma leve mordida. Mais um gemido. Justin já estava me tirando do sério. 

Antes que pudesse perceber o garoto já havia tirado sua atenção de meu corpo e voltado para minha boca. Agarrei sua nuca e o beijei com toda intensidade que consegui. Nossas intimidades se chocaram, e só ai pude perceber que o garoto não estava vestindo mais sua calça de moletom. 

A chance encounter of circumstance

Um encontro por acaso da circunstância 

Maybe he's a mantra, keeps your mind entranced

Talvez seja um mantra, mantém sua mente em transe 

He could be the  silence in this mayhem, but then again

Ele pode ser o silêncio nessa confusão, mas digo de novo

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

Desci minha mão até sua cueca box e puxei o elástico na tentativa de o provocar. Na mesma hora o garoto se livrou de sua cueca. Sem perder muito tempo tirou minha calcinha e voltou a me beijar. 

Empurrei o garoto e lancei-lhe um olhar malicioso. Troquei nossas posições e comecei a fazer um caminho por seu abdome com minhas unhas e o rapaz se arrepiou. Suas mão foram descendo levemente das minhas costas até minha bunda, fazendo com que eu mordesse meu lábio inferior. Fui deslizando meu corpo até que minha boca estivesse perto de seu membro. Passei a língua por toda extensão ele se enrijeceu mais ainda. Contornei toda a cabeça e e depois comecei a chupa-lo.       

Why are you looking down all the wrong roads?

Por que você está olhando para os caminhos errados?

When mine is the heart and the salt to the soul

Quando o meu é o coração e o tempero da alma

There may be lovers who hold out their hands but

Pode haver amantes que dão as mãos, mas

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

Ouvir Justin gemendo me deixava cada vez mais exitada. Quando o garoto estava quase chegando no seu ápice voltei minha atenção para seus lábios. Justin soltou um grunhido em reprovação e eu soltei uma risada antes de começar a beijá-lo. E era tão bom! Não fazia ideia de como sentia falta de Justin. De seu beijo, seu toque, de sua pela encostada na minha. Não só do sexo, mas também do seu carinho, das tardes que passávamos assistindo algum filme e trocando carícias. Eu sentia falta do amor que Justin me dava. Não podia negar que enquanto estivemos juntos eu me sentia a mulher mais feliz do mundo, eu me sentia única. Mesmo Justin tendo toda sua fama e todas as suas fãs. E e eu com certeza era sua fã número um.

We both heve demons, that we can't stand

Nós dois temos demônios, que não suportamos

I love your demons, like devils can

Eu amo seus demônios, como só os diabos conseguem

If you're still seeking an honest man

Se você ainda busca um homem honesto

Then stop deceiving, Lord please

Então pare de se enganar, Senhor por favor

Ele trocou novamente nossas posições e antes que eu pudesse recuperar o fôlego senti Justin me penetrar. Soltei um gemido abafado e puxei e garoto pra mais perto de mim. Entre beijos e gemidos conseguia me sentir completa. Passava minhas mãos pelas suas costas como uma maneira de me controlar, mas era quase impossível com Justin dentro de mim. Paramos de nos beijar pra pegar um pouco de ar, mas logos juntamos nossas bocas de novo. 

Sentia como se fosse explodir de tanto prazer. Meus gemidos ficavam cada vez mais altos e os movimentos de Justin cada vez mais rápidos. Não tinha palavras pra descrever o que estava sentindo. Me faltava folego a cada estocada  que Justin dava. Dei um gemido alto e  arranhei suas costas o mais forte que consegui, anunciando meu ápice e logo depois e o garoto deu um gemido anunciando o seu.  Depois jogou o seu corpo sobre o meu.

Why are you looking down all the wrong roads?

Por que você está olhando para os caminhos errados?

When mine is the heart and the salt to the soul

Quando o meu é o coração e o tempero da alma

There may be lovers who hold out their hands but

Pode haver amantes que dão as mãos, mas

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso

Meu coração estava acelerado e minha respiração descontrolada. Fiz cafuné no garoto até que ele tivesse força suficiente pra se deitar do meu lado. Nossas respirações começaram a ficar mais controladas e nossos batimentos mais desacelerados. Depois de se ajeitar do meu lado Justin me puxei pra perto de si. Me aconcheguei em sua peito e agora foi minha vez de receber cafuné. Não consegui me conter e abri um sorriso. Uma alegria enorme invadia meu peito naquele momento, não conseguia descrever sua imensidão. Aos poucos meus olhos foram ficando pesados e logo o sono me venceu.  

He'll never love you like I can, can, can

Ele nunca vai te amar como eu posso, posso, posso


Notas Finais


Volteeeeei!!!!!

Então meus amores, esse foi o primeiro hot que escrevi na minha vida e estou muito curiosa pra saber o que vocês acharam.
Eu tentei fazer uma coisa meio romântica pois queria uma reconciliação bem fofinha, não sei se consegui alcançar meu objetivo.
Bom, espero que vocês tenham gostado, desculpem qualquer erro e até o próximo capítulo.

Música: https://www.youtube.com/watch?v=xeugznpGKPA

XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...