História Love Will Remember - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfredo Flores, Ashley Benson, Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez
Personagens Alfredo Flores, Ashley Benson, Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez
Tags Ashley Benson, Demi Lovato, Jelena, Justin Bieber, Selena Gomez, Semi
Exibições 250
Palavras 1.999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey meus amores!!!!!

Nós vemos nas notas finais

Capítulo 18 - It was like everything was falling into place


Fanfic / Fanfiction Love Will Remember - Capítulo 18 - It was like everything was falling into place

POV: Selena

Abri meus olhos e a primeira coisa que fiz foi procurar Justin do meu lado. Fiquei desapontada por não achar o garoto já começando a  me sentir uma idiota por ter passado a noite com ele, mas logo avistei um bilhete na comoda do lado da minha cama.

Bom dia princesa,

Dormiu bem? Acho que sim, porque quando sai da cama de manhã você dormia feito uma pedra.

Espero que tenha gostado da noite. 

To te esperando pra tomar café.

Beijos.

Uma alegria me preencheu por completo. Me espreguicei, tentando espantar a preguiça que me rondava. Levantei sem muita animação e fui em direção ao banheiro, catando minhas peças de roupa pelo chão. Lembrava de cada momento de ontem a noite e me sentia uma boba, uma adolescente. 

Tomei uma ducha rápida, vesti uma jardineira jeans curta com uma blusa ciganinha por baixo e uma rasteirinha sem muitos detalhes, deixei meu cabelo solto e natural, de maquiagem só um gloss e passei um pouco de perfume.

Desci a escadas e fui em direção a cozinha. Todos já estavam ao redor do balcão, que ficava no meio da cozinha e servia como mesa. Por impulso procurei Justin e quando nossos olhares se encontraram, o garoto me lançou um sorriso discreto, retribui envergonhada. 

- Mamãe. - Sky me chama a realidade. Naquele momento me senti uma péssima mãe. Nas últimas dez horas quase me esqueci que tinha filha. 

- O que foi meu amor? - me agachei na frente da garotinha que fez cara de confusa. 

- Meu amor? - repetiu. - Acho que ela não está brava. - sussurrou na tentativa de não me fazer escutar pra Alfredo e Ryan e os dois deram um sinal positivo pra garota. Fingi estar indignada e logo Skye começou a se explicar. - É porque eu dormir na sala de televisão com o tio Alfredo e o Tio Ryan e eu nem pedi sua permissão. 

- A culpa foi nossa Sel. - Alfredo começou a defender a garota. - Nós pegamos no sono antes dela. 

- Tudo bem. - falei me levantado. - Só não pode fazer isso sempre. - disse só pra tentar manter alguma autoridade, mas eu mesma não podia falar nada. Sky no mesmo instante voltou pra seu lugar no balcão perto de seus "tios". 

- Tem um lugar pra você aqui. - Justin disse apontando pra um banco ao seu lado. Só de escutar sua voz meu coração já acelerou. Fui em direção a ele tentando não tropeçar e me sentei do seu lado. 

O café era torradas e ovos mexidos. Tinha também café e nescau. Assim que comecei a me servir, senti Justin apoiar sua mão em minha coxa. Por reflexo segurei sua mão já tirando-a do local, fazendo com que o garoto se assustasse, mas depois relaxei e deixei sua mão lá mesmo. Justin deu um sorriso discreto de satisfação.

Depois do café começamos uma longa discussão, quer dizer, Ryan, Chaz, Alfredo e Justin começaram uma longa discussão sobre o que faríamos naquela tarde. Ninguém queria dar vez a ninguém afinal aquele era nosso último dia na casa de praia. No dia seguinte bem cedinho todos nós voltaríamos pra casa com suas vidas normais e cheias de responsabilidade. 

- Parque de diversões - Ryan gritava.

- Praia. - Alfredo retrucava. 

No começo foi engraçado, mas depois eu e Demi já não aguentávamos mais aquela discussão.

- É o seguinte. - Demi gritou chamando atenção dos garotos. - Nós vamos pra praia e pro parque de diversões. - Os garotos fizeram cara de confusos.

- Simples gente. - continuei o raciocínio de Demi. - Nós passamos o dia na praia e de noitinha vamos para o parque. Parques ficam muito mais bonitos a noite.

- Vocês tão com essa cara de abobados porque? Vão se arrumar logo pra a gente não perder tempo.- Demi disse sem paciência.

 

O clima estava maravilhoso. O dia estava ensolarado, mas bem fresquinho e o céu estava azulzinho. Não demoramos 15 minutos a pé de casa até a praia. Levamos um guarda sol, algumas cangas e duas cadeiras de praia. Mal arrumamos um lugar pra deixar nossas coisas e os meninos já tinham ido brincar na água. Passei protetor em Sky e logo Justin veio buscá-la para brincar também.

Olhava os dois brincando e ficava feliz por saber que Sky era filha de Justin. Não que ele fosse a pessoa mais prendada para isso. Ele tem muitos problemas por causa de sua fama e de sua imaturidade, mas com certeza seria o melhor pai do mundo pra Sky. Ele daria todo amor e carinho que ela precisasse e tenho toda certeza do mundo que nada nunca faltaria para garota.

- Acho que senhorita já pode me contar o que ta rolando entre você e o Justin. - Demi sentou do meu lado. - Acha que eu não percebi o clima entre vocês dois hoje de manhã. 

- Eu pensei que estivesse sendo discreta. - disse desapontada.

- Você estava muito nervosa pra ser discreta. - rimos.

- A verdade é que a gente passou a noite juntos. - disse meio envergonhada. 

- Já tava na hora né. - Demi disse rindo.

- Demi! - a repreendi.

- Não precisa ter vergonha. Então quer dizer que a senhorita vai dar uma chance pro meu irmão? - dei um suspiro de leve.

- Tá ficando difícil não dar uma chance pra seu irmãozinho. - conversava com Demi e prestava atenção em Justin e Skye. Os dois riam e corriam pela a areia junto com os meninos. A alguns meses atrás nunca imaginaria que hoje eu estaria aqui. Junto de Justin e de todos aqueles que fizeram minha adolescência a melhor de todas. Nunca imaginaria que contaria pra Justin a verdade, e principalmente nunca imaginaria dar outra chance pra mim e e Justin.

- Vocês ainda vão ser muito felizes juntos. Pode ter certeza. Vocês se amam e foram feitos um pro outro. - ela fez uma pausa. - Fora que você é a única que pode dar um jeito nele. - dei uma risada seca. 

- Não jogue essa responsabilidade em cima de mim. 

- Mas é verdade Selena. Nem vai te dar trabalho. Justin não pensaria duas vezes em mudar por você, e agora com Sky na história. 

- Vocês acha mesmo? - Olhei pra Demi. - Que ele seria capaz de mudar por mim?

- Eu tenho certeza. - Nossos olhos se encontraram. Sentia que o que Demi falava era verdade. Ela e Justin eram muito próximos e a garota sabia exatamente como Justin tinha sofrido quando fui embora. Ela o conhecia muito mais do que eu. Ela conhecia o garoto por trás das câmeras, aquele que era humano, que cometia erros e tinha sentimentos. 

- Ei! - Chaz gritou. - As madames vão ficar sentadas ai o dia inteiro. - Cruzou os braços fingindo indignação.

- Vocês tem a vida inteira pra ficar fofocando. - Alfredo apoio.

- Só acho que vocês podiam vir brincar com a gente. - Justin falou. - Não é Skye? - Perguntou pra garota que estava sem sua carcunda. 

- Uhum. - a garota concordou. 

- Como dizer não pra vocês? - Demi debochou levantando e eu fui atrás. 

Nós corremos, fizemos pique e pega, tomamos picolé, até ficarmos cansados o suficiente pra voltarmos pra casa e nos arrumamos pra ir pro parque de diversões. 

Quando saímos de casa já estava escuro e como eu previa o parque ficava muito mais bonito de noite. Como Sky não podia ir em quase em nenhum brinquedo, nós nos dividimos em turnos para que todos pudéssemos ir em todos os brinquedos. Inclusive pra que Sky conseguisse ir em todos que ela podia.

Agora era vez de Justin e eu ficarmos com Sky. Antes já tínhamos ido na montanha-russa, na roda gigante e em todos os brinquedos que você imaginar. E confesso já tínhamos dado alguns beijinhos. 

- Quer dizer que a senhora tomou sorvete e foi no carrinho de bate-bate? - perguntei indignada por ela ter conseguido ir naquele brinquedo. 

- Uhum.

- E como a senhorita conseguiu entrar lá? 

- O tio Ryan mentiu e disse que era meu pai.- Eu e Justin nos olhamos e não conseguimos deixar de rir.

- Não acredito nisso.

 

Já deviam ser mais de duas horas da manhã e eu não conseguia dormir de jeito nenhum. Virava pra um lado, pro outro e nada do sono chegar. Olhei pra cama ao meu lado e me certifiquei que Skye dormia tranquilamente. Aproveitei e decidi ir até a  cozinha tomar um copo d'água. 

Desci as escada devagar e vi que a luz da cozinha estava acesa. Quando cheguei no cômodo pude ver através da porta de vidro que Justin se encontrava sentado na beira da piscina com os pés dentro dela. Fui em sua direção e me sentei ao lado dele. 

- Sem sono? - perguntei e o garoto assentiu.

- Você também? - senti seu olhar sobre mim.

- Sim.

- Posso saber o motivo? - perguntou curioso.

- Acho que não tem nenhum. - disse sincera. - E você? Tem algum? - o garoto hesitou para responder. 

- Na verdade sim... - olhei-o para que ele continuasse. - Skye. - me surpreendi com sua resposta.

- Skye? - o garoto olhou pra mim.

- Eu fiquei pensando hoje, depois que voltamos do parque, o que você falou pra Sky esse tempo todo? Se é que você falou alguma coisa. Ela já perguntou sobre o pai dela? Milhares de perguntas começaram a ronda a minha cabeça e eu vim parar aqui. - naquele momento decidi ser franca.

- Eu nunca falei nada. - respirei fundo tentando organizar as palavras. - Skye é pequena, nunca pensou nisso. Fora que ela passou a maior parte do tempo no Texas com meus pais. Eu não parei pra pensar nisso, eu não precisava de mais problema pra pensar. 

- Só que agora isso não é mais um problema. - o garoto colocou sua mão em cima da minha e se aproximou. - Eu aposto que Sky iria adorar saber que é minha filha. 

- Eu tenho um pouco de receio...

- De que? - Justin me interrompeu. - A gente poderia formar uma família...

- Não é tão simples assim. - agora foi minha vez de interrompe-lo. - Fama, mídia, fãs, a infância da minha filha.

- Da nossa filha. Eu tenho o direito de aproveitar a infância de Sky. - ficamos em silêncio. Parecia que meu coração ia sair pela boca e minha cabeça explodir. 

- Eu não queria ter que pensar nisso agora. Se a gente está realmente tentando se acertar... - Justin me calou com um beijo rápido.

- Me desculpa, eu te entendo. É que a possibilidade de contar pra Sky que ela é minha filha me deixou muito entusiasmado. - dei um riso baixo. - Eu sei que há muita coisa pra se resolver antes de conta a verdade. Eu vou fazer minha parte e te provar que eu posso assumir essa responsabilidade. Eu errei uma vez e não vou fazer isso de novo. - sorri envergonhada me sentindo privilegiada por ser a responsável pela mudança de Justin Bieber. Senti Justin fazer carinho em meu rosto e logo estávamos nos beijando. Sem presa, cada movimento era gravado em minha mente.

Era como se tudo estivesse se encaixando. Como se os pedaços do meu coração estivessem sendo juntados e cuidados, pela mesma pessoa que tinha os que quebrou. Irônico né? Mas o que eu podia fazer se Justin conseguia mexer com todos os meus sentimentos com um simples olhar, com um simples toque. Como eu podia me desligar de Justin se eu tinha uma filha com ele. Filha essa que já o adora e nem imagina a verdade por trás de todo esse afeto. A única coisa que eu podia fazer era me entregar e ver até onde essa história iria dar. 


Notas Finais


Pra alegria de todos voltei rápido dessa vez. Prometo que tentarei continuar assim. Tentarei ao máximo não falhar pois essa fic é meu xodozinho e eu não queria perder favoritos, comentários e leitores, porque eu amo escrever, amo ler os comentários de vocês e amo ver a fic crescer.

É muito bom ler os comentários de vcs, ver que vocês gostam do que eu escrevo e que ainda acompanham a fic. Então fiquem tranquilos e por favor não desistam da fic agr pq ela vai voltar com tudo.

Desculpem qualquer erro, é bem provável que tenham muitos.

Até o próximo capítulo meus amores!!!!

XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...