História Love You Goodbye - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Francesca Reale, One Direction, Originais
Personagens Louis Tomlinson
Tags Festa, Francesca Reale, Louis Tomlinson, Romance
Exibições 20
Palavras 1.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello hello guys!
Tudo bom? Espero que sim.

Capítulo 4 - I do not want to go!


Fanfic / Fanfiction Love You Goodbye - Capítulo 4 - I do not want to go!

...“Deixe-me ser o único a acender uma fogueira nesses olhos, você está sozinha, você nem mesmo me conhece. Mas posso ver você chorando”...

 

As pessoas dizem que a única certeza que temos na vida é a morte, não no meu caso, quer dizer, eu tenho certeza que odeio acordar cedo, também odeio minha mãe ter plantão no hospital todo sábado, me forçando a ficar com Jimmy o dia todo, e odeio o fato dela ter que trabalhar tanto para nos sustentar, ou de ouvi-la lamentar por não termos a vida que ela gostaria de dar.

Patético, isso tudo é muito patético, e eu sou a mais idiota, gostaria de poder ajuda-la mais, só que mal consigo falar com as pessoas...

 

A claridade entrava pelas frestas da cortina, irritando meus olhos. Antes de levantar demorei mais alguns minutos na cama na tentativa de conseguir voltar a dormir, mas foi em vão, então já impaciente levantei com dificuldade e me arrastei até o banheiro. Fiz minhas higienes, e depois desci até a cozinha, abri a geladeira tirando o leite e um resto de queijo em fatias, pego o pão e faço dois sanduíches simples, quando termino vou até o quarto de Jimmy, abro a porta lentamente e o observo por um instante.

- Jim acorda - ele trocou de posição e abriu os olhos com dificuldade - Levanta, a mamãe já saiu, e eu fiz o café

Jimmy sentou na cama lentamente

Suspirei e fechei a porta voltando para cozinha, sentei na cadeira e puxei uma revista que estava no balcão, dei uma olhada mas logo desisto abandonando-a ali mesmo, suspiro frustrada tentando me concentrar no sanduiche a minha frente, que eu mordo, o silencio na casa era constante e eu me perguntava se Jimmy teria voltado a dormir, porem a campainha toca consequentemente me tirando dos meus devaneios, levanto e vou até a porta, era Alexia e pela cara que ela fez ao me ver, não parecia nada contente.

- Francesca Mary Reale - ela entrou - por que você desapareceu ontem da festa? Eu quase morri de preocupação, achando que você pudesse ter sido sequestrada ou algo assim - ela cruzou os braços, acho que estava esperando uma resposta minha

- Eu não estava me sentindo muito bem...

- A claro você desaparece sem me avisar, e tudo porque não estava se sentindo bem, eu que deveria ter tido um treco lá, se você morresse eu seria culpada!

- Por que eu morreria? - Revirei os olhos- o máximo que poderia acontecer era um desconhecido cismar comigo - pigarreio-  ou sei lá. E outra eu que deveria estar gritando, porque caso não percebeu foi você quem me abandonou lá! - Dei de ombros me sentando no sofá

- Abandonar? Eu não tenho culpa se você não sabe se divertir!

- Aquilo não é diversão para mim Alexia, eu tinha falado isso pra você, mas como sempre não deve ter prestado atenção em mim

- Eu presto atenção em você!

-Claro, então você saberia dizer pelo menos qual a minha comida favorita?

- É.... - Ela me encarou - eu acho que seja, não calma, eu vou lembrar! To quase... 24! A resposta é 24. Bingo. - A encarei enquanto ela pulava na sala

- 24? É o que? 24 é um número! - Ela parou e me encarou

- Qual era a pergunta mesmo? - Passei a mão no rosto tentando me acalmar - Ta, já chega, é melhor a gente parar por aqui antes que eu me irrite mais com você - Ela cruzou os braços e bufou sentando ao meu lado

- Ok, já passou, e você perdeu, a noite foi perfeita ontem, eu tirei uma foto com os meninos- bufei- so que tipo eles não estavam exatamente na festa, so apareceram durante uns 15 minutos depois sumiram novamente. Mas tudo bem, e como eu sou uma amiga maravilhosa - ela faz uma pausa e puxa um papel da bolsa - trouxe esse pôster autografado pra você - ela sorriu e me entregou o papel dobrado

Eu não perguntei o motivo dela ter trazido um pôster de uma banda que eu nem gosto, não estava com ânimo para discutir, então apenas sorri minimamente e peguei o papel desdobrando-o e estendendo sobre a mesa de centro, dando um longo suspiro ao pensar em quantas arvores foram derrubadas para produzir aquele papel impresso com os rostos de garotos metidos.

Ela se ajoelhou e apoiou os braços na mesinha.

- Então, deixa eu mostra pra você - Ela apontou para um dos garotos no pôster - Esse é o Niall, esse é o Harry, Liam, e... o Louis! - Confesso que não estava prestando atenção no que ela falava, mas quando escutei o nome do último, um breve arrepio passou pelo meu corpo e eu encarei a foto gigante.

- Como é?

- O Niall o Ha... A corto

- O último!

- Louis Tomllinson! - volto minha atenção para ela

- Puta merda - sussurrei pra mim mesma

- Algum problema?

- N-não - Levanto do sofá - só lembrei que Jimmy tem treino de basquete daqui a pouco e ele não levantou ainda - Ela balançou a cabeça - eu já volto - saí esbarrando em tudo que era coisa que estava no meu caminho até chegar na cozinha e esfregar o rosto frustrada.

Um fenômeno teen? Não creio, aff tanta gente nesse mundo... Por isso que ele ficou todo indignado por eu não conhece-lo, eu hein garoto metido.

Tudo ta explicado agora, aquelas garotas me encarando como se a qualquer momento fossem me matar, enquanto o idiota sei lá quem me abraçava.

- Merda - Sussurrei para mim mesma

Encarei a janela de vidro ao lado da geladeira por algum tempo, até que escutei meu celular tocar, desencostei do balcão e fui até a bancada onde o aparelho estava.

O visor mostrava número desconhecido.

- Alô - falei desanimada

- Francesca?

- Sim, quem é?

- É o maluco - Escuto uma risada do outro lado da linha

- Cara você não tem mais o que fazer fica passando trote e... - Ele me corta

- Não sou eu

- Eu quem?

- Louis, Louis Tomlinson, o da festa de ontem - prendi a respiração

- Hein? O idiota de ontem...

- Não, idiota não - Enquanto conversávamos, eu não tinha me dado conta, mas ele tinha meu número, como ele tinha meu número?

- Escuta aqui, como você conseguiu meu número?

- Digamos que eu consigo o que quiser - Fiquei em silêncio analisando o que ele acabará de falar

 

- Fran, o Jimmy já desceu - Escutei Alexia gritar da sala, e quase derrubei o celular de susto

 

- ooi, você está ai? - Ele falou com uma voz engraçada

- Não falo com estranhos - ia desligar, porém ele me corta

- Não espera, eu só liguei pra falar que você esqueceu a bolsa na boate ontem - cocei a cabeça, e percebi que realmente não tinha voltado com ela, acho que devia estar tão assustada que acabei esquecendo - eu estou com ela, e parece ser importante, já que tem seus documentos e mais umas coisinhas...

- Você mexeu na minha bolsa?!

- Hã sim... mas era só para confirmar que era sua

 - eu preciso da minha bolsa, e do que está dentro dela

- Ta eu estou no Palace Hotel, que horas você vem mesmo?

- Oi? Eu não vou até ai... - Ele me corta

- Mas ela está aqui, e você precisa dela - Bufei

- Mas eu...

- Ótimo, o quarto é o 314 do senhor Steven Perry

- Quem é Steven Perry?

- Eu. É só falar isso na recepção.

- Pensei que fosse Tomlinson

- E é... ta então você passa aqui de três, vou está esperando – ele fez uma pausa- tchau Reale - Antes que eu pudesse falar alguma coisa ele desliga o telefone

Esfreguei os olhos, ainda sem acreditar no que tinha feito e no que acabará de acontecer.

Eu tenho mesmo que ir aquele hotel? Não sei se consigo...

 

 

 


Notas Finais


Me perdoem os erros ortográficos, e também o fato desse capítulo não ter ficado tão bom, é que eu tive uns problemas, me desculpem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...