História Love yourself (Jeon Jungkook) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bangtan Senyodan, Jungkook
Visualizações 85
Palavras 1.770
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


2U - ( Cover) Jungkook

No limit in the sky
That I won't fly for ya
No amount of tears in my eyes
That I won't cry for ya, oh no
With every breath that I take
I want you to share that air with me
There's no promise that I won't keep
I'll climb a mountain, there's none too steep

When it comes to you
There's no crime
Let's take both of our souls
And intertwine
When it comes to you
Don't be blind
Watch me speak from my heart
When it comes to you, comes to you

Want you to share that
(It comes to you)"

DE VOCÊ

" Não há um limite no céu
Que eu não voaria por você
Não há nenhuma quantidade de lágrimas nos meus olhos
Que eu não choraria por você
Com cada respirada que eu dou
Quero que você compartilhe o ar comigo
Não há uma promessa que eu não vá cumprir
Vou subir numa montanha, não há nada muito íngreme

Quando se trata de você
Não há crime
Vamos pegar nossas almas
E entrelaçá-las
Quando se trata de você
Não seja cega
Me veja falar com todo o meu coração
Quando se trata de você, se trata de você

Quero que você compartilhe isso
(Quando se trata de você)"

Capítulo 22 - Descoberta


Fanfic / Fanfiction Love yourself (Jeon Jungkook) - Capítulo 22 - Descoberta

( S / n ) on


Eu estava a caminho da casa do Kookie. Hoje ele tinha mandado o motorista me buscar, pois segundo ele, ele estava morrendo de saudades.


Decidi que eu iria ficar com os papéis dos exames e do meu diagnóstico, seria melhor assim.


Estava com os meus fones de ouvido pensando em tudo o que tinha acontecido comigo de ontem para hoje, até que minha mente foi levada para o fato que aconteceu hoje mais cedo.


Flashback on


- O resultado é...


- Meu Deus, menina fala logo!- Falou minha Omma agoniada. 


-Negativo.-Falei a olhando.


- Nossa...E pra que você fez esse mistério todo por isso.- Falou ela suspirando.


Eu estava aliviada, porque ter uma criança nessas circunstâncias é muito perigoso, mas no fundo eu ficaria muito feliz de ter um fruto do meu amor com o Kookie, mas esse não era o momento.

Acho que minha Omma tinha percebido a minha decepção e veio me abraçar. 


- Foi melhor assim querida.-Falou me dando um beijo na cabeça. 


Flashback off


Estava quase dormindo , quando o motorista me avisou que tínhamos chegado. Desci do carro e fui em direção a enorme propriedade. 


Entrei, e não vi o Kookie na sala então fui em direção ao seu quarto.


- Kookie? -Falei entrando dentro do quarto.


Não tinha ninguém. Já estava saindo quando eu ouço a porta do banheiro sendo aberta e revelando o Jungkook todo molhado, provavelmente estava tomando banho, ele só estava com uma toalha amarrada na cintura.


- Finalmente você chegou.-Falou vindo na minha direção. Ele não estava com as muletas, por isso estava com um pouco de dificuldade de andar.-Eu senti a sua falta.-Falou me abraçando. 


- Não exagere, eu só fiquei uma noite fora.-Falei sorrindo pelo fato dele estar me molhando inteira.


- Mas mesmo assim eu senti a sua falta.-Falo me soltando do abraço.


-Eu vou sair para você se vestir.-Falei me virando e indo na direção da porta, na mesma hora eu sinto ele me puxar pelo pulso.


- Eu não disse que você podia sair.-Falou me olhando de um jeito sexy.


- Não vem Kookie, sua mãe está em casa.-Falei sorrindo e me afastando.


-Ela não precisa saber.-Falou me prensando na parede e me beijando.


O beijo começou calmo mas foi ficando mais quente e suas mãos começaram a passar pelas as minhas coxas. 


Jungkook já estava com a mão dentro da minha blusa quando escutamos batidas na porta.


- Isso ainda não acabou.-Falou Jungkook se afastando e indo em direção a porta.-Ah..Oi Omma.


- Oi querido. Eu queria saber se você sabe se a ( S / n ) já cheg...-A Sra.Jeon estava falando quando me viu no canto do quarto.-Ah vejo que vocês já se encontraram.-Falou dando um sorrisinho, naquela hora eu queria colocar minha cabeça em qualquer buraco no chão de tão envergonhada que eu estava.


- Oi Sra.Jeon. -Falei me curvando.


- Oi querida. -Falou vindo me abraçar. -Sua Omma me ligou falando que quando você chegasse, iria falar uma coisa importante comigo. -Falou me olhando nessa hora vejo Jungkook olhar para mim curioso.


- Sim eu quero conversar com a senhora em particular.-Falei, vi Jungkook virar o rosto para mim.


- Tudo bem, me acompanhe até o meu escritório. -Falou me estendendo o  braço, para eu entrelaçar junto ao meu.



Saímos do quarto e vi o Jungkook olhar para mim uma última vez, e percebi que ele estava  com um pouco de raiva, eu sei que ele não gosta de ficar de fora dos assuntos principalmente quando se trata de mim, mas não daria para eu conversar com ele ali.


Entramos no escritório e ela falou para eu me sentar.


- Então o que ouve? -Falou me olhando com um olhar terno.


- Em vez de falar, eu quero que a senhora leia uma coisa.-Falei pegando a minha bolsa e tirando o meu diagnóstico dali.-Aqui.-Falei a entregando.


Ela não estava entendendo, mas mesmo assim começou a ler o que estava escrito, ela estava muito concentrada, até que seus olhos se arregalaram e olharam para mim.


- I-isso é v-verdade?  -Falou gaguejando.


- Sim.-Falei com um sorriso fraco no rosto.


Ela se levantou e me deu um abraço apertado e muito caloroso.


- Conte comigo para o que você precisar. -Falou ainda me abraçando. 


- Muito obrigada.-Falei a abraçando ainda mais.


A Sra.Jeon era como se fosse uma segunda mãe para mim, e ela me ama como uma filha, e sempre esteve disposta a me ajudar. 


- Eu só preciso de uma coisa.


- O quê?  -Falou ela me olhando e pude perceber que seus olhos estavam marejados.


- Que o Jungkook não saiba disso.-Falei, ela não estava entendendo o que eu estava tentando dizer.-Será melhor para ele.


--Mas ele...


- Por favor. -Falei a interrompendo. 


- Tudo bem. Mas eu já vou te avisando que não é muito fácil esconder as coisas daquele menino.-Falou. 


- Não se preocupe ,ele não saberá. -Falei sorrindo. 


Depois de conversarmos por mais um tempo, fui em direção ao meu quarto e guardei meus exames na gaveta que tinha na cabeceira da minha cama.


Quebra de tempo


Hoje eu e o Jungkook não nos desgrudamos, ele estava um pouco carente, mas ele também estava meio desconfiado com a conversa que eu tive com a sua mãe. 


Eu disse que não era nada importante, mas eu acho que ele não acreditou muito, mas aceitou quando percebeu que não tinha como me fazer falar.


Estávamos na sala assistindo a um filme de ação, já era o quarto que tínhamos assistido hoje.


- A Hana veio aqui hoje. -Falou ele fazendo carinho no meu cabelo.


- Aé? O que ela queria? -Será que ela tinha contado o que tinha acontecido ontem?


- Veio aqui me ver. Até perguntou se você estava bem.-Ele falou parando de fazer o carinho.-Aconteceu alguma coisa que eu não saiba? -Falou olhando para mim.


- Não meu amor, nada demais. Só que agora eu e a Hana não somos mais inimigas. -Falei simplicista. 


-Como isso aconteceu? -Perguntou curioso.


- É...Bom...Eu ajudei ela com uma  coisa.-Falei voltando a prestar a atenção no filme.


-Hum...-Eu sri que ele não acreditou muito.


Quebra de tempo


Acordei na sala com o Jungkook do meu lado, acabamos dormindo aqui.Acordei o Jungkook(O que foi um sacrifício) e eu fui com ele para o seu quarto.


Olhei no relógio e o mesmo estava marcando 4:00 da manhã, dava para eu dormir mais um pouco, pois mais trade eu teria que ir em uma clínica realizar mais alguns exames.


Quebra de tempo ( 7:00 da manhã)


Já estava pronta para a minha consulta, mas é claro que eu tive que mentir para o Kookie falando que eu estava indo resolver alguns problemas na faculdade.


Estava tomando o café da manhã com o Kookie e ele estava muito feliz porque hoje ele iria na sua última fisioterapia , ele mesmo falou que isso é muito cansativo.


Saí da mansão e fui em direção a clínica, eu fui atendida rápido, eu estava fazendo vários exames para ver os remédios e os procedimentos que eu teria que adotar na minha quimioterapia.


Estava na sala esperando o médico quando eu vejo a maçaneta da sala girar e revelar o homem que eu estava esperando.


-Já temos os exames aqui,e também já sabemos os remédios que vice terá que tomar.-Falou revisando os exames.-Mas descobrimos uma coisa.-Falou me olhando sério.


- O que foi ? - Falei olhando para ele preocupada, pois ele não estava com uma cara nada boa.


-Veja você mesma. -Falou me entregando um exame. Comecei a ler, e meus olhos se arregalaram quando eu cheguei nas preliminares do documento.


- I-isso não é possível. -Foi tudo o que eu consegui dizer.


Jungkook on


Tinha acabado de terminar a minha última seção de fisioterapia e eu não sabia como conter a minha alegria.


O médico falou que era só questão de tempo para eu voltar a andar perfeitamente. 


Voltei para casa e a ( S / n ) ainda não tinha chegado, ela estava muito estranha, não queria me contar o que conversou com a minha Omma  e percebi que ela estava um pouco cabisbaixa.


Eu precisava descobrir o porquê dela estar assim, mas se ela não quer me contar o que é ,eu irei descobrir sozinho.


Fui na cozinha pegar alguma coisa para mim comer, porque fisioterapia me deixa com muita fome. Preparei um sanduíche e peguei uma Coca-Cola e fui para a sala.


Já estava terminando de comer quando eu vejo a ( S / n ) entrar pela porta da sala, seus olhos estavam profundos parecia que estava chorando.


- Oi amor! -Falei. Acho que ela não tinha percebido a minha presença porque quando eu falei ela deu um leve pulo para trás. 


- Ah...Kookie você já chegou.-Falou vindo na minha direção e me dando um beijo na bochecha. -Como foi a sua última seção?  -Perguntou ela se referindo a fisioterapia. 


- Bem. Me sinto mais leve agora, já que não tenho mais essas coisas com que eu me preocupar.-Falei sorrindo.


- Que bom.-Falou sorrindo sem mostrar os dentes. -Eu vou tomar um banho, eu estou precisando. -Falou indo em direção ao seu quarto. 


Ela subiu as escadas e eu fui indo atrás dela, eu estava do lado de fora do seu quarto, esperando ela entrar no banheiro para eu ir tentar descobrir o que está acontecendo. 


Assim que eu ouvi o barulho da porta do banheiro sendo fechada eu entrei no quarto e comecei a vasculhar tudo , eu sei que isso é errado mas  a ( S / n ) não me deixou outra opção. 


Entrei no quarto e comecei a procurar por todo o ambiente, procurei nas gavetas, na sua bolsa, em tudo, mas não estava encontrando, até que os meus olhos encontraram a cabeceira da cama da ( S / n ) que tinha algumas gavetas. Não pensei duas vezes e comecei a procurar por lá também.


Eu estava desistindo de tentar encontrar alguma coisa, talvez fosse só coisa da minha cabeça, eu estou ficando panaranóico. 


Estava fechando a gaveta quando eu vejo um envelope com um nome de uma clínica em cima, a curiosidade falou mais alto então eu peguei o papel e comecei a lê-lo.


- A paciente ( S / n / c ) está...-Li e não acreditei no que vi.-O QUÊ ? - Falei espantado.


( S / n ) on


Meu banho estava tão relaxante, mas eu precisava sair da banheira  porque eu já estava ficando com sono.


Saí do banheiro e levei um susto quando eu vi o Jungkook sentado de costas para mim lendo alguma coisa. 


- O que está fazendo aqui Kookie? -Falei me aproximando. 


-Por que você não me contou ? -Perguntou ele calmo. 


-Do que você está falando ? -  Eu realmente não estava entendendo. 


-DISSO ! - Falou gritando e se virando para mim , me mostrando um papel.-PORQUE NÃO ME CONTOU SOBRE ESSE EXAME ?  - Falou vindo na minha direção.


-V-você descobriu?  -Perguntei atônita. 




Notas Finais


Bjs da dongsaeng / unnie
( ^ 3 ^ 3 ^ 3 ^ 3 ^ 3 ^ 3 ^ 3 ^ 3^ 3 ^ )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...