História LoveConflict - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Candice Accola, Emma Stone, Harry Styles, Katerina Graham, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Nina Dobrev, Zayn Malik
Tags Loveconflict
Exibições 17
Palavras 1.164
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Fique comigo.


Fanfic / Fanfiction LoveConflict - Capítulo 18 - Fique comigo.

 

~HarryPov

Um inverno rigoroso tomou conta de Londres e eu em plena segunda feira olhava desinteressadamente para o teto sem nem um pingo de sono. O relógio marcava exatamente 6:30 e eu não estava nem um pouco afim de ir à escola, mas faltava menos de um mês para tudo isso enfim acabar.

[...]

-Harry. - ouvi alguém me chamando ao longe – Harry. - sacudi levemente a cabeça, percebendo que Louis me chamara já a algum tempo.

-Oi?

-Pó cara, está com a cabeça aonde? Estou te chamando faz uns dez minutos. - ele sentou ao meu lado.

-Desculpa, o que foi? -perguntei sem muito interesse.

-Você vai ao baile? - eu nem me lembrava mais desse tal baile.

-Sim. - vontade de ir eu não tinha, mas era meu último ano, não iria deixar ninguém estragar isso.

- Louis vamos. - Kat apareceu do nada o chamando. - Oi Harry. - apenas acenei.

-Tchau cara. - Louis e Kat sumiram de minha vista ao virar em uma esquina. Puta merda, esse ônibus que nunca chega e eu morrendo de frio.

Meia hora já haviam se passado e nada do onibus. Entediado fui andando até parar em uma praça. Sentei em um banco qualquer apoiando a cabeça no encosto. Fechei os olhos apenas sentindo a brisa fria percorrer em meu rosto me fazendo arrepiar. Era bom estar a sós para por os pensamentos no lugar.

As últimas palavras de Emma ainda estalavam em minha mente. Ela não me queria. A quem eu estou tentando enganar? Isso está me matando. Eu nunca fui assim, eu sou Harry Styles, eu não me apaixono, muito menos sofro por alguém não me querer. Esse é o meu papel: fazer sofrer.

-Harry. - abri os olhos assustado, mas de que caralho essa demonia saiu?

-O que você quer? – perguntei rudemente.

-Apenas conversar. - serio?

- Mas eu não quero. - levantei - Garota me erra - ela pegou em meu braço me fazendo a encarar.

-Você vai me ouvir, queira ou não. - Mas que porra ela quer? Além de me rejeitar, agora quer me humilhar?

Sentei novamente, sem um pingo de vontade, o que deixei estampado na minha cara.

-Harry eu sei que está com raiva de mim. – Arqueei uma sobrancelha. (Olha que garota perspicaz.) - Gosto de você.

-E como. - ironizei revirando os olhos.

-É sério. - a encarei. (Ela quer me fazer de idiota agora?)

-Emma, olha só, se está dizendo isso por pena, não perca seu tempo eu não preciso disso. - disparei.

-Não é por isso. - Ela colocou uma mão em meu rosto, seus olhos cintilavam de sinceridade. - Não sei o que fazer. - ela me olhou chorosa, fazendo minha raiva simplesmente evaporar. - Nunca fui uma garota indecisa, muito pelo contrário, sempre soube o que eu queria, mas agora... - ela me encarou - Agora eu não sei de mais nada.

- Emma. - A abracei. Como era bom abraça-la, sentir seu perfume tão perto, seu coração bater rente ao meu.

- Me ajuda. - ela me olhou desesperada, e sem nem pensar duas vezes, a beijei sem nenhum aviso prévio.

De início ela não reagiu, mas logo nosso beijo foi se aprofundando tirando toda aquela tensão e aquela vontade reprimida que estava entre nós. Tudo que eu sentia depositei nesse beijo, transmiti todo meu desejo e querer. Era bom te lá.

-Fica comigo? – Pedi quase implorando entre o beijo - Fica agora, sem pensar, só fica. - dei de ombros e ela balançou a cabeça positivamente dando um leve sorriso. Sorri de volta a beijando. Enfim ela seria minha.

[...]

-Como chegou? - A voz dela ecoava do outro lado da linha.

-Bem. - eu disse me jogando cama - E você?

-Bem. - Ficamos em silêncio por alguns minutos. Era estranho falar com ela pelo telefone já que nunca havíamos feito isso. Tudo que se ouvia era apenas nossas respirações, então quebrei o silêncio. - Quer que eu vá ai hoje? – perguntei não obtendo resposta. - Emma? - a chamei para ter certeza que ela ainda estava ali.

-Tenho que desligar. - ela disse rapidamente e desligou.

(O que ela está fazendo comigo?)

Tentei dormir um pouco mas não conseguia, me revirava na cama, com a curiosidade me matando. Por que ela desligara tão apressadamente? Ele estava lá, com toda certeza estava. Em um ato súbito peguei minha jaqueta e fui para casa dela. Eu precisava saber.

[...]

-Eai cara. - Zayn me cumprimentou sem muita animação.

- Err ...a Emma esta ai? – perguntei e ele me encarou.

-Harry entra. - Ele disse sério me dando espaço para entrar. - Senta ai. - ele disse. - O que você quer com ela? - ele perguntou preocupado.

-Só conversar. - ele sentou no outro sofá ainda me encarando.

-Harry pare com isso. – O encarei incrédulo. - Ela está feliz, tem alguém que a ama e é nosso amigo cara. Isso está errado.

-Qual é Zayn, O Liam também tem namorada e pega qualquer uma e você faz graça disso. Quando eu quero ficar com alguém você vem me dar lição de moral?

-Por que não é qualquer pessoa! - ele disse um pouco mais alterado -Ela é minha irmã cara. - O olhei sentindo um pouco de vergonha. - Ela está confusa e você está fazendo isso com ela.

-Se ela está confusa é porque sente alguma coisa também. – Eu disse já inquieto.

-Não Harry, ela não quer! Ela gosta do Niall está estampado na cara dela. Ela só está confusa. - ele disse, me deixando com raiva.

-Não quero discutir isso com você. - levantei e fui em direção a escada sendo seguido por ele.

-Chega Harry!!, para com isso!!, você não é mais criança, aceita! - ele gritou (quem ele pensa que é?).  Desci um pouco as escadas e o encarei ficando rente a ele.

-Você não manda nela, e não mando em mim também!! - disse com aspereza.

-O que está acontecendo aqui?! - Emma perguntou aparecendo no topo da escada.

-Quero falar com você. - eu disse subindo as escadas.

- Emma! - Zayn a chamou e eu o encarei. - Quer saber, que se dane. - ele disse balançando negativamente a cabeça.

[...]

-Por que desligou o telefone na minha cara? - perguntei sentando em sua cama.

-Niall veio aqui. - ela disse sentando ao meu lado.

-Imaginei. O que ele queria? – perguntei olhando para suas mãos que se entrelaçavam.

-Só ficar um pouco comigo.

-Hum... – ficamos em silêncio por alguns segundos, e ela quebrou o silêncio.

-Não consigo escolher. - revelou colocando a cabeça em meu peito.

-Não precisa. – passei a mão em seus cabelos – Sabe que pode ter os dois. Eu nunca pediria para você escolher.

-Não posso fazer isso. Não com ele. - ela confessou, escondendo seu rosto em meu peito.

-Faça o que quiser. Só me avise por favor. – ela balançou a cabeça positivamente.

(Não me deixe te amar sozinho.)


Notas Finais


Oiiie amores,tá ai mais um espero que tenham gostado...Será que esse amor todo entre Emma e Harry vai durar por muito tempo ? Continue lendo para descobrir.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...