História Loved Me Back to Life - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camila, Camren, Drama, Lauren, Romance
Exibições 130
Palavras 1.546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, FemmeSlash, Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


To com sono e não vou corrigir agora. Provável que depois também não então desculpa (:

Capítulo 21 - Feeling.


POV: Lauren. 

- Ela já deve estar vindo. (Alejandro disse se sentando de terno e gravata na poltrona a meu lado)

- Não sei pra que tanta demora em se arrumar, é uma festa de amigos. Ela pretende sair de lá e ir nesse jantar com vocês?

- Me pergunto a mesma coisa. E ela não vai não.

- Meu Deus.

- Já acostumei... Antes era só Sinu, depois juntou Camila e agora Sofia. Ao total da 3 horas a mais de demora.

- Kkkk.

- Nossa to ouvindo a reclamação desde la de cima. Vamos logo apresada. (Camila se aproximou dizendo, ela estava muito linda num vestido preto com uma fenda na perna direita, sorri e me levantei)

- Tchau papa até mais.

- Tchau sogro, divirtam-se.

- Vocês também. 

- Toda essa demora valeu a pena. (disse saindo da casa)

- Kkkk obrigada... você também esta linda. (eu usava uma calça preta cola social e uma blusa de alça azul, com uma jaqueta de couro por cima)

Peguei o cara do meu pai emprestado, já que agora tenho carteira de morotorista. Chegamos na casa de Justin em poucos minutos.

- Meu Deus vocês são um casal de matar. Entrem. (Selena brincou)

- Kkkk obrigada. (Camila respondeu)

Logo o pessoal foi chegando com seus presentes em mão e Camila faltava pouco arrancar todos eles e sair correndo para saber o que era.

- Bom, chega de demora hora dos presentes quase meia noite. 

- Nossa as horas passaram tão rapido. (Mani comentou pois realmente parecia que tinhamos acabado de chegar)

- Eu começo. O meu presente combina muito com essa pessoal na minha humilde opinião, não foi fácil achar, do nada bati o olho e pensei, é esse. É um ser inteligente e divertido na medida certa, tem uns papos que você não sabe nem o que dizer de tão cabeça...

- Lauren é você, vá pegar seu presente quero saber o que é. (Dinah disse por ele)

- Kkkk isso ai. (Justin concordou)

- Deixa eu ver... Um oculos muito estiloso e... Porra uma câmera muito boa!!. Cara você merece até um abraço. (puxei ele fingindo estar enxugando lagrimas)

- É um ser humano muito divertido apesar de tudo, o jeito foda-se pra você sou feliz da vida mesmo me encanta. 

- Claro que sou eu, deixa eu ver se você me surpreende... Me surpreendeu danada, que isso em... Ela me deu um salto maravilhoso babem, vem cá. (disse me dando um abraço antes de falar)

- Essa pessoa é... Uma coisinha maravilhosa, muito gente boa CAMILA!. (Dinah entregou do nada fazendo todos rirem, era tudo o que Camila não queria)

- Valeu Dinah você é a pior amiga oculta de todas, nem senti o misterio ridicula.

- KKKK também te amo fofinha. 

- Certo... Esse presente foi bem fácil de decidir, quando vi o nome já pensei, é legal e essa pessoa tem cara de que gosta desse tipo de coisa, queria pegar para mim, eu iria aproveitar muito, mas sei que irei ter beneficios também então ficaria feliz por exatos 10 meses. 

- Ai não... Sou eu por favor diz que sim...

- Kkkk é você Mani. 

- TE AMO!!

- O que é?. (perguntei)

- Uma conta paga por 10 meses na Netflix. (Normani respondeu agarrando Camila)

A noite seguiu assim, Mani tirou Lucy, Lucy tirou Zayn e assim foi até todos receberem. Depois dos presentes, colocaram musica e fomos para o meio da sala dançar, Justin tinha um globo de luz então a lampada foi desligada e so ficou o globo. Camila dançava comigo e não estava dando certo. 

- Kkkk não estamos sozinhas Jauregui, mãos longes dai. (falou mais alto perto do meu ouvido depois de eu descer as mãos por suas costas e ela as segurou antes de chegar onde eu queria)

- Vamos pra casa então. 

- Não kkkk tarada se controla. (ela virou de costa pra mim e eu segurei em sua cintura a puxando mais perto para que conseguisse me escutar)

- Não sou tarada, mas você não colabora ai fica difícil...

- Já esta acabando, ai a gente vai.

Fui sentar e Camila começou a dançar junto com Lucy, Vero veio sentar do meu lado e ficamos conversando por alguns minutos, a maioria já estava bem bebada menos eu, Veronica, Camila Ally e Selena. 

- Elas estão fazendo isso de proposito não é possivel. (Vero comentou ao ver elas dançando)

- Essa festa não vai acabar tão cedo né...

- Com certeza não, ainda são 2;10.

- Vou embora. (disse saindo de perto dela)

- Já??.

- Já kkk...

- Hummm...

Fui até Camila dando tchau para os que estavam ali.

- Vamos. 

- Ainda não acabou. 

- Eu sei e nem vai acabar antes das 4.

- Kkkk então vamos ficar até as 4. 

- Não. (enquanto eu falava ela não parava de dançar e isso estava me distraindo muito)

- Esta com presa Lauren?. (perguntou segurando meu queixo para que eu olhasse só na direção de deus olhos e chegou mais perto)

- Vamos. (me deu um selinho, sorriu e foi até o sofa pegar suas coisas se despedindo de todos)

- Fomos as primeiras a sair da festa. (disse virando para mim sentada no banco do passageiro)

- Mas não as unicas, Ally e Troy estão indo também. 

- Aposto que não é porque ele queria arrastar ela pra casa. (eu olhava para o caminho quando ela começou a passar a mão na minha perna)

- Kkk... Te deixar beber mesmo que seja um pouquinho é um perigo senhorita Karla. 

- 4 copos de vodka não mata ninguém. (ela subiu mais com a mão e logo segurei)

3 minutos depois já estavamos enfrente minha casa, descemos do carro e o travei. 

- Onde vai tão rapido?. (perguntei)

- Pra casa. 

- Sem meu beijo de boa noite?? Não posso aceitar isso. 

- Kkkk ta bom. 

- Agora já posso ir. (disse andando de costas)

- Pode não. (falei indo em sua direção e ela virou para frente continuando o caminho até sua porta)

- Posso. 

- Sinto que falta alguma coisa... 

- O que seria?. (perguntou abrindo a porta, logo percebi que não tinha ninguém em casa ainda então nem me dei ao trabalho de enrolar) 

A beijei entrando e fechei a porta atras de mim trancando, não acendi a luz só fomos para a escada, ela subiu correndo. Entrei em seu quarto e já estava na cama, tranquei essa porta também. 

- Você esta muito agitada hoje. (disse alisando nas minhas costas depois que tirei a blusa)

- Tudo culpa sua, começou quando colocou esse vestido olha o tamanho dessa fenda quase consegui enxergar sua calcinha quando te vi. (passe a mão na parte exposta de sua coxa)

- Depois você dançando daquele jeito... Não é pra qualquer um.

Paramos de falar e voltamos a nos beijar, puxei sua calcinha baixo até os pés e a virei de costas.

- Kkkk o que pretende fazer Jauregui??. 

- Nada demais, fica quieta. 

Levantei seu vestido até a cintura e ela mesma o passou pela cabeça, deixando seu pescoço a mostra colocando o cabelo para cima, mordi sua orelha e fiz uma trilha pelo meio de suas costas com o dedo descendo até o meio de suas pernas. Ela já estava toda molhada, então fui direto enfiando dois dedos de vez a fazendo soltar um pequeno gemido empinando a bunda para mim.

- Porra se eu soubesse que era tão gostoso te ver nessa posição tinha feito isso antes.

Comecei a fazer movimentos rapidos e ela gemia mais ainda, quando escutamos a porta la de baixo ser aberta, Camila tentou se virar mas não deixei e continuei a penetrando só que de vagar e até onde eu conseguia enfiar.

- Aah... Lauren para.. eles vão vir aqui.

- Talvez, é so você não fazer barulho. (ela afundou o rosto no travesseiro e rebolou nos meus dedos)

- Camila?. (Sinu a chamou batendo na porta e tentando abrir. Fiz um pouco mais rapido e ela levantou o quadril, soltou um gemido mas so estando bem perto assim para conseguir ouvir) 

- Ela ainda não chegou?. (Alejandro perguntou)

- Chegou a porta esta trancada... Deve estar dormindo.

- Então vamos dormir. 

Ouvi eles fecharem a porta do quarto e ela virou a cabeça pro lado para respirar. 

- Nossa... Eu vou te matar... 

- Você esta falando que vai matar a pessoa que esta te fodendo gostoso?.

- Acaba com isso logo... (só para provocar fiz mais de vagar mas continuava a enfiar tudo e ela voltou a colocar o rosto no travesseiro soltando um gemido longo)

- Kkk... ta bom.

Acelerei ela rebolou mais ainda segurando o lençol até gozar, tentou fechar as pernas mas impedi continuei e Camila ainda gemia muito fui até o fundo e deixei parei, senti-la se contrair em volta dos meus dedos tinha se tornado minha sensação favorita. Quando relaxou, tirei de vagar e ela estremeceu. 

- Você se superou. 

- Digo o mesmo. (falei mostrando para ela minha mão antes de lamber tudo. Mais coisas aconteceram até 4 horas e depois fui embora, sair do quarto de Camila foi melhor do que estar saindo de uma festa)

 


Notas Finais


uuh...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...