História Loved Me Back to Life - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camila, Camren, Drama, Lauren, Romance
Exibições 110
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, FemmeSlash, Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


(:

Capítulo 29 - Hi...


POV: Camila.

- Como foi a noite das meninas amor?.

- Foi legal. O lugar era bom.

- Da próxima eu vou kkk.

- Ta bom "menina...". Eu vou indo tchau. (desliguei a ligação e sai)

Chegando no trabalho fui logo procurando por Ashley, ela não deveria ter me abandonado do nada la.

- Qual o seu problema??.

- Eu sei, eu sei Mila me desculpa mas eu conheci um cara e tal.

- Não tem desculpa, você é a pior amiga de todas. Poderia pelo menos ter me respondido.

- Olha pelo lado bom você se divertiu. (fiquei um pouco seria, em duvida se contaria ou nao)

- O que foi?.

- Não sei... Eu estava lá dançando e uma garota chegou atrás de mim, não parei de dançar nem nada, ai ela me puxou para um canto e me colocou na parede.

- POR QUE NAO FEZ NADA??. (olhei pros lado quando ela falou alto)

- Fala baixo!! Eu não seei so deixei acontecer e a gente se beijou... Não dou um beijo daqueles nem no Kevin, até fiquei assustada e sai correndo.

- Não viu o rosto dela não?.

- Não, estava muito escuro.

- Qual o nome? Vamos procurar no face. (disse tirando o celular do bolso)

- Eu nao sei.

- Porra... Sua noite foi divertida mesmo. Meu Deus agora que eu lembrei, e o babaca do Kevin??.

- Não vou conseguir olhar pra ele mais tarde. (Coloquei as mãos no rosto)

- Ótimo, quem sabe assim você termina logo, o cara é um idiota.

- Não fala assim dele.

- Ainda nao entendo o que você viu naquilo, é bonito mas o nível de babaquice ultrapassa limites Mila.

- Tchau. (revirei os olhos cansada de ouvir todo mundo criticar meu relacionamento)

Eu consegui um trabalho como publicitaria ainda na faculdade, essa empresa estava bem no início e meu professor me indicou, deu muito certo.

- Vamos divulgar a campanha desse perfume masculino, sejam criativos quero ver entusiasmo nisso. Pensem e me tragam ideias daqui a quatro dias.

Renato era um ótimo chefe, ele teve a idéia de montar essa empresa junto com o ex marido. Depois que terminaram ele ficou com a maior parte por ter investido mais, o ex so recebe uma certa quantia todo mês. Quase nunca vem aqui apesar de terem tido uma separação amigável.

- Não quero trabalhar hoje, vou para a praia vocês estão dispensados. (todos agradeceram e começaram a sair)

- Camila... (me chamou sem que percebessem)

- Você vem comigo.

- Kkkk isso é uma ordem?.

- E você por acaso tem algo melhor para fazer??.

- Ta eu vou... So preciso passar em casa.

- Deixa seu carro ai, eu te levo e te deixo aqui na volta para pega-lo.

Desde que entrei aqui nos demos bem, nunca tive muitos problemas com ele e quando tenho é até engraçado ver a briga. Uma vez ou outra ele me chama pra sair assim.

- É tão bom ser amiga do chefe. (falei sentada na cadeira de praia)

- Kkkk ridícula...

Ficamos até de tarde e ele me levou para a empresa de novo como o combinado, disse que hoje a noite promete um deus grego e saiu. Deixou que o segurança liberasse para que eu fosse tomar banho.

- Obrigada senhor John.

- Não tem de que senhorita Camila. (sorriu simpático)

Fui até o estacionamento e liguei o carro, as ruas estavam um pouco agitadas então sai com atenção. Quando estava perto de casa parei em um sinal e o carro de trás bateu em mim.

- Não... To... Acreditando. (desci do carro para ver o estrago)

- VOCÊ DESTRUIU O MEU CARRO!!. SAI DAI, VEM VER. (gritei batendo a mão no capo do outro, o vidro era fumê não dava para ver a pessoa direito)

- Porra eu acabei de pagar a ultima batida cara.... (falei com as mãos na cabeça)

- SAI DO CARRO. (voltei a olhar para ele quando percebi que não tinha saído ainda)

- Não vai sair??. (tirei o celular do bolso começando a discar o numero da policia, mas antes que eu apertasse para chamar ela saiu... Era ela)

- Oi Camila. (se fosse anatomicamente possível eu teria vomitado o meu coração)

- Oi... Lauren. (fiquei parada a olhando sem reação quando vi uma coisinha preta cair do banco em que ela estava, ficando pendurado por uma coleira)

- É... O cachorrinho caiu. (ela franziu as sobrancelhas sem entender, e eu apontei para ele)

- Porra cara, fica quieto em nome de Deus. (falou pegando o animalzinho no colo e entrando dentro do carro de novo. Não consegui conter o sorriso então virei para o outro lado tentando me controlar, tenho quase certeza de que eu estava tremendo levemente de nervoso)

- Bom, deixa eu ver isso... (disse voltando e olhando a frente do carro)

- Me desculpa, eu não estava olhando, ele escapou daquela casinha com porta para cachorros e caiu do banco.

- Tudo bem.

- Kkk... Você quase subiu em cima do meu carro de raiva e agora diz, tudo bem?.

- Eu acabei de pagar o concerto de outra batida. (ela fez uma cara que dizia muito bem "você deve dirigir muito mal"))

- Nossa... Você arruma muitas batidas?.

- Olha a culpa não foi minha você que não estava olhando!!. (falei me irritando um pouco, detesto quando insinuam que sou ruim dirigindo)

- Calma...

- Arrume isso. Aqui esta meu numero. (entreguei indo embora)

- Ei onde você vai? O que eu vou fazer com o seu carro??.

- Levar para consertar... Me avisa quando estiver pronto.

Eu não deveria deixar meu carro assim com alguém que nao vejo a séculos, mas não sabia o que fazer. Achei que reencontrar ela seria diferente, eu fantasiei esse momento várias vezes na minha mente... Nós brigando, ela se desculpando de novo ou passávamos uma pela outra como se nunca tivéssemos nos conhecido, nada saiu como imaginei.

 

 

 


Notas Finais


....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...