História Loveless or lovely? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 39
Palavras 648
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu estou um pouco sem ideia
Desculpem se o capítulo for meio chato :/

Capítulo 6 - Don't get closer to him!


Haru p.o.v (de tarde) 

Min dormiu depois do almoço em meu sofá, eu realmente estou em dúvidas se sinto algo a mais por ele. Me sinto como uma menina perto do garoto que ela gosta, mas não sei se é apenas coisa da minha cabeça. Chego perto dele para acordá-lo, faltavam 40 minutos para o horário marcado do cliente.

-Min, acorda - falo e mexo em seu rosto.

Ele se vira para o outro lado, reclamando baixinho.

-Se você não se levantar agora eu te deixo aí e ainda tranco a porta. - falo em um tom mais alto para que ele possa escutar.

-Tá, eu já estou indo - ele fala e se levanta, passando a mão nos olhos. Eu nao tinha reparado sua altura, ele devia ser uns 15 cm mais baixo que eu.

-Eu vou trocar minha blusa e já volto - falo e vou para o quarto. Min vem logo atrás.

-Por que está me seguindo? - pergunto escolhendo alguma camisa velha que pudesse ser sujada.

-Eu estou em sua casa, então preciso ficar com você - ele fala de uma maneira fofa. Estou ficando louco? Eu nunca cheguei ao ponto de chamar alguém de fofo. Tiro minha camisa para trocar.

-Quanta tatuagem legal - Min fala se aproximando - O que essas flores em suas costas significam?

-Nada de mais, apenas acho elas bonitas - minto para ele, mas acho que ele não percebe. Visto uma camisa velha que eu acho em meu guarda roupa e vou com Min até o estúdio ao lado de minha casa.

Chegando lá, eu destranco tudo e deixo Min entrar. Ele observa tudo, o papel de parede vermelho vinho misturado com preto formando flores, borboletas e notas musicais. Ele elogia desenhos meus que estão pendurados na parede e se senta no balcão.

-Você administra tudo só? -min pergunta 

-Sim, estou pensando em contratar alguém para me ajudar, está difícil fazer isso sozinho - falo enquanto arrumo os materias que vou usar para fazer a tatuagem.

-Me contrate! - ele fala sorridente - eu posso ser um ótimo ajudante. Seria ótimo começar a juntar dinheiro para poder sair logo de casa...

-Você tem certeza? - rio - que horas você sai da escola?

-Três e meia da tarde

-Por mim tudo bem se quiser trabalhar aqui. Pode começar a partir de segunda. - falo e ele abre um sorriso, chegando mais perto.

-Obrigado, Haru. Tudo que você tem feito por mim tem sido maravilhoso. - seu olhar brilha

-Não precisa ficar agradecendo, mas de nada. -falo e olho o relógio, fatavam 20 minutos para o cliente chegar. - Você continua apanhando na escola?

-Sim, mas não se preocupe com isso, falta pouco para acabar, acredite. - ele fala e eu não consigo acreditar que ele aceita aquilo tão facilmente 

-Por que você nem ao menos tenta se defender? Falar com alguém? Você não tem amigos que possam ajudar você? 

-Eu sou só um contra vários, não e tão fácil assim. Eu tenho apenas uma amiga desde que eu sou pequeno, e ela foi transferida a pouco tempo. Agora estou realmente sozinho. -ele fala com um tom triste

-Então eu mesmo vou lá acabar com esse idiotas -falo e ele ri.

-Eu agradeceria muito...

O tempo se passou até que o cliente chegou. Um homem alto e bem forte, ele tem cara de mau caráter, mas eu não poderia apenas julgar ele por sua aparência. Min fica sentado em uma cadeira perto da porta enquanto mexe no celular.

-Eu vou usar o banheiro antes - o cara falou e foi até o banheiro. Eu entrei na sala que a tatuagem seria feita e ouço o barulho de algo caindo. Parecia o barulho de um celular caindo.

Vou ver o que aconteceu, e quando chego no lugar de onde o barulho veio, vejo Min sendo preso na parede pelo cliente.

 

 


Notas Finais


O que será que vai acontecer?
Nem eu sei ansjajsnjajsa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...