História Loveless or lovely? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 46
Palavras 744
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Vamos lá, né :v

Capítulo 7 - Sorry


Min p.o.v

Eu estou sentado em uma cadeira perto da porta, pretendo ficar aqui até o Haru acabar. O cliente, ao sair do banheiro, me encara, e fica assim por alguns segundos. Eu abaixo a cabeça, não gosto muito de ser encarado. Ele se aproxima, provavelmente para perguntar onde o Haru está, mas ele chega bem perto de mim. Olho assustado. Ele põe sua mão em meu queixo o o puxa mais para cima para que ele pudesse me ver melhor. Deixo meu celular cair sem querer e me levanto assustado. Nesse mesmo instante ele põe seus braços ao meu redor, me prendendo na parede. Desvio meu olhar da cara do estranho e vejo Haru atrás, com olhos arregalados e explodindo de raiva. Ele corre até o estranho e o puxa pelo cabelo e passa seu braço pelo pescoço do estranho, o apertando.

- O que pensa que está fazendo? - Haru pergunta com tom de raiva

-Não se perde a oportunidade de apreciar uma belezinha dessas - Ele fala tossindo, em tom de graça o que deixa Haru mais furioso. Ele deveria estar pedindo para morrer. O estranho tira o braço de Haru de seu pescoço e vira o vira, como se fosse quebrá-lo, mas Haru lhe deu um chute nas partes baixas, fazendo com que o estranho caia no chão e comece a se contorcer de dor. Haru chuta ele com força, fazendo com que ele fique de barriga para baixo. Coloca seu pé direito sobre as costas do homem e pega no seu braço, o levantando.

 

-Era aqui que queria tatuar? - Haru pergunta puxando cada vez mais o braço do homem, fazendo ele gritar.

-Me solta! - o homem grita desesperado, e eu apenas observo assustado. Parecia que Haru iria matá-lo com apenas um movimento. Haru pega um pequeno estilete que guarda em seu bolso. Me pergunto o porquê dele estar ali. Ele passa o estilete no braço do homem, cortando horizontalmente. O estranho grita alto, sentindo dor. Haru só para de cortar quando chega no pulso e solta o braço do homem.

-Saia daqui agora. Você tem sorte de eu não ter te matado - Ele fala e joga o braço do homem no chão, fazendo ele sentir mais dor. O mesmo sai correndo, segurando seu braço. Ele me empurra para eu sair da frente da porta e Haru me abraça, tem um pouco de sangue em suas mão e não chão.

-Desculpa por tudo isso - Haru fala e me solta, se sentando em um banco e passando a mão em seu cabelo, o sujando de sangue. -Droga, eu preciso lavar tudo - Seu tom frustado me deixa triste.

-Eu posso ajudar, não se preocupe - eu falo e tento acalmá-lo. - Onde fica os materiais de limpeza?

-Na sala ao lado do balcão - ele diz e vai no banheiro lavar suas mãos e cabelo.

Fui até a sala e peguei o que precisava para limpar o chão e comecei. Haru veio e me ajudou. Não demorou muito para terminarmos. Ele tranca seu estúdio e saímos. Sua cara de decepção é a pior, eu estou com pena.

Haru p.o.v

 

Eu odeio quando as coisas não acontecem como o esperado. Eu já não queria trabalhar hoje, e esse tipo de coisa ainda acontece, me sinto tão frustado. Até Min me olha com pena, eu apenas quero voltar para casa e dormir.

-Quer que eu te deixe em casa? - Pergunto. Estávamos em frente a minha casa e eu olho para baixo.

-Não, eu quero ficar com você. Eu não posso deixar você com essa cara sozinho -  Min fala, suas intenções são boas, mas tudo que eu queria era ficar sozinho. Subo com Min até minha casa, chegando lá eu me jogo no sofá e pego meu celular. Min se senta ao meu lado, bem perto de mim e deita sua cabeça em meu ombro. Eu ligo a TV para ele assistir enquanto eu vasculho meu instagram.

-Min, você tem alguma rede social para me adicionar? 

-Meu insta é (xxx) - Ele fala e eu procuro seu nome. Quando acho, vejo que não há fotos, mas ele parece estar lá sempre. Depois de um tempo ele dorme com a cabeça apoiada em meu ombro. Tiro uma foto minha e dele, só para guardar, mas acabo gostando. Ele fica bonito até dormindo, não tem como resistir.  Eu posto a foto e me ajeito no sofá, dormindo junto com ele.


Notas Finais


Já ouviram child's heart da Shannon Nicole? É uma música muito amorzinho
Tentei meu melhor :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...