História Lovers of Chance - just a little bit more girls - Capítulo 20


Escrita por: ~ e ~LiwiccanBloody

Visualizações 23
Palavras 1.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Seinen, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


eu demorei pq estava fazendo a capa
sorry
<3

voa leitura

Capítulo 20 - A Little More Of You - Capitulo 6


Fanfic / Fanfiction Lovers of Chance - just a little bit more girls - Capítulo 20 - A Little More Of You - Capitulo 6

- filho da puta – rosno baixinho e vendo que o maldito coelho tinha se assustado, pulo em cima dele antes que ele saia correndo e abocanho seu pescoço quebrando-o

Jogo o coelho no mesmo lugar onde estavam os outros cinco que matei e farejo o chão a procura de algo maior

- cadê os bicho dessa floresta – rosno sozinha e subo numa arvore atras de algum pássaro

Sinto meu coração apertar e uma tontura toma conta da minha visão me fazendo cair do galho, sinto a respiração falha e olho pra cima

- merda...ela ta se afastando...- rosno e viro o corpo com dificuldade, apoio o joelho no chão e levanto sentindo meu corpo pesado

Cambaleio pra trás e apoio minha mão numa arvore

O que diabos ela ta fazendo ??

- eu disse que iríamos atacar – escuto um rosnado de longe e olho pra trás vendo a loba de antes.

Arregalo os olhos sentindo meu corpo pulsar

- droga...

Agarro os coelhos pelas orelhas e saio “ correndo “ por que né...vamos combinar, eu estava mais mancando do que correndo, pulo por cima de algumas pedras sentindo minhas pernas mais pesadas do que o normal

- aaah!!! Inferno !!! LUNAAA !!! – grito com raiva e sinto o cheiro dela misturado com sangue e o cheiro de mais cinco lobos, arregalo os olhos sentindo os mesmos queimarem

Solto um rugido fazendo as arvores balançarem, sinto meu corpo queimar e começo a correr de quatro com o dobro de velocidade seguindo o cheiro dela, pulo por cima de arvores me agarrando em outras e me jogando contra outras, vendo tudo em câmera lenta, vejo sangue no chão, algumas marcas de briga, outras de mordida em arvores, arvores quebradas e algumas jogadas no chão, rosno sentindo a raiva me consumir.

Pulo por cima do rio que estávamos antes ainda segurando os coelhos.

Paro assim que vejo ela em cima de uma arvore do outro lado de um penhasco com um braço arrancado sangrando e ofegando com os cinco correndo em sua direção. Sinto meu pulmão queimar com as lufadas de ar que soltei, continuo correndo usando toda a minha força pra me jogar pra frente chego neles antes de tocarem nela, agarro a cabeça de dois e os jogos do outro lado da floresta, viro o corpo de vez sentindo meu corpo queimando de dentro pra fora

- SE DEREM MAIS UM PASSO EU MATO TODOS – grito com a voz transmutada, estralo meus dedos que estavam maiores e com garras enormes, encarando eles com ódio, solto outro rugido e mordo o nada sentindo a baba escorrer entre os dentes.

Eles recuaram por alguns segundos mas mesmo com o medo eles voltaram e atacaram, corro na direção deles com as garras preparadas para arrancar-lhes suas cabeças, aparecem mais dois lobos no fundo das arvores e veem em minha direção rosnando e uivando, solto outro rugido e começo a empurrar eles os jogando em arvores ou então neles mesmos, olho pra luna vendo que ela se afastava aos poucos, escuto a respiração dela normalizar e sinto sua barriga se curar lentamente com o braço começando a se regenerar. Volto a minha atenção pros lobos em questão de segundos, vejo um correr na direção dela e pulo em cima dele o derrubando, chuto ele pra longe e rosno sentindo meu corpo completamente dolorido. E mais dois lobos tentam ir pra cima dela, rosno de raiva e agarro um que estava desmaiado pelo pescoço atraindo a atenção deles, eles começam a rosnar com mais intensidade, dou passos para trás me afastando da luna e eles me seguem jogo o corpo do lobo desmaiado numa arvore e eles enlouquecem.

Desvio de dois inesperientes mordo o pescoço de um arrancando um pedaço e chuto a barriga do mesmo fazendo-o desmaiar, e agarro outro o jogando contra pedras pontudas

- EU VOU MATAR TODOS !!! – grito em um rosnado sentindo o gosto do sangue deles

Alguns ate recuram mas com incentivo dos mais experientes eles continuaram a me atacar, a me morder, a tentar arrancar meus membros.

Mas o que eles não sabiam. Meu corpo é mais forte do que parece

Abro a mandíbula do lobo que estava dilacerando meu braço, sorrio de canto e arranco sua mandíbula fazendo ele cair morto no chão, isso só deu mais fogo aos outros lobos, eles rugiram de ódio e me atacaram mais e mais.

Mas não importava o quanto eles me atacavam, sempre eu desviava e os afastava do corpo da luna os jogando longe.

Sinto um raio de sol esquentar minha pele molhada pelo sangue tanto deles quanto o meu. Arregalo os olhos olhando pro corpo da luna que estava a quase quilômetros de distancia de mim.

Sinto os lobos me derrubarem no chão, chuto a cabeça de alguns e derrubo outros me virando e pulando pra longe deles, forço a minha transformação e sinto todo meu corpo se quebrando, solto um grito de dor pulo por cima de uma arvore caída já caindo em forma de lobo, corro rapidamente ate o corpo dela e abocanho sua roupa, puxo ela pra debaixo de uma arvore e esfrego meu nariz em seu rosto tentando acorda La.

Solto um grunhido misturado a um rosnado e ela abre os olhos, sinto meu corpo relaxar e os ferimentos começam a incomodar, as mordidas começam a arder e pulsar, a falta de sangue junto com a fome me fazem cair sentada, abaixo a cabeça sentindo minha visão embaçada

- kiara...por que se forçou a transformação...? -  sorrio internamente e sinto sua mão acariciar meu focinho e bochechas, escuto rosnados e me viro vendo os lobos de antes rosnando enraivados

- eu não os matei e você vai La e mata dois deles – rosnou a luna, olho pra ela e ela revira os olhos

Encaro eles e eles continuam rosnando se preparando para atacar, levanto do chão e rosno mostrando as presas enormes.

Minha forma de lobo é o dobro do tamanho deles. Mas em compensação eles são muitos

- deixem ela. Vocês estão mais machucados que ela, levem os garotos para a curandeira – escuto uma voz autoritária rouca e ao mesmo tempo meiga.

Desvio o olhar dos lobos e vejo a alfa com os coelhos que cacei do seu lado. Eles abaixam suas cabeças e saíram mancando resmungando de dor

- porque você não matou todos quando teve a chance ? – perguntou ela seria me encarando, solto uma lufada de ar e sento no chão do lado da luna sentindo ela acariciar meus pelos

- porque eu não queria mata lós. Só matei aqueles dois porque eles me machucaram – rosno e fecho os olhos sentindo os mesmos voltarem ao normal

- se você quer mesmo só atravessar a floresta. Eu posso lhe mostrar o caminho. - sinto o cheiro dos coelhos e abro os olhos vendo os coelhos caídos na minha frente. Olho pra luna e ela da de ombros

- ok... agora se seus lobinhos nos atacarem mais uma vez eu mato todos – olho nos olhos da loba e ela acena com a cabeça.

Deito no chão sentindo um vento gélido soprar meus pelos, sinto a luna se aconchegar em minha barriga.

Sinto os olhos pesarem e o cansaço me dominar aos poucos

- você precisa de um banho – escuto a voz da luna e abro um olho observando ela passar os dedos em meus pelos e rodiar as marcas de mordidas que ainda não cicatrizaram

- eu preciso dormi – rosno baixinho e sinto minhas orelhas encolherem. Volto a fechar os olhos sentindo o cheiro da alfa desaparecer.

- pode dormi...eu não vou deixar ninguém te machucar de novo.

- eu sei...disso...

 

 


Notas Finais


um pouco de treta pra animar os nervos kjdjskdjkdjf


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...