História Lovers of chance - Capítulo 43


Escrita por: ~

Visualizações 33
Palavras 2.638
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Harem, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


eu peço desculpas pela demora
agora eu to bem mais ocupada gente, quem lia as outras hitorias como " fluxo perfeito " star the girl boy " ou não sei...nçao sei quais as outras que eu apaguei aki
mas resumindo. quem leu e gostou e ficou puto por eu ter apagado. não me mate !!
eu estou fazendo outra fic ( que seria como uma parte dois dessa fic ) com aquelas historias
tem mais historias na fic e eu preferi fazer outra fic do que continuar aquelas hsitorias aqui.
sabe. elas não encaixam com o enrendo principal dessa fic.
mas continuando. quem quiser ler ou continuar lendo
vou deixar o link nas notas finais ok?
eu ainda não postei star the girl boy na outra fic pois ainda não tive tempo pra fazer mais capitulos
logo farei mais capitulos daquela historia
desculpe pelos atrasos minha gente
espero que gostem desse capitulo
eu fiz agorinha de madrugada pra vcs
QUEM ESTA AFIM DE LER BU AND THEIR PROBLEMS DEIXA UM SLVE NOS COMENTARIOS !!


ignorem os erros !!

VOA LEITURAAAA !!

Capítulo 43 - Principale fabula - Capitulo 14


Fanfic / Fanfiction Lovers of chance - Capítulo 43 - Principale fabula - Capitulo 14

POV KIRIA ON

~parte vampira da Valquíria~

 

- kiria !! seus pais estão em casa...puta merda !! vc ta irreconhecivel garota !! – escuto o resmungo da ninfa e reviro os olhos vendo o carro do leo na frente de casa.

 

Afinal quanto tempo se passou? quando eles viajam eles demoram pra voltar...

 

- hm...a Valquíria esta dormindo...não tem como eu voltar a ser como antes – observo ela que estava tendo um mini surto.

 

Sorrio de canto e cruzo os braços observando a. ela respirava fundo e massageava as temporas tentando não surtar. Mas eu sabia que ela estava por um fio, conseguia sentir sua irritação nervosismo e medo.

Meu corpo avia tomado a forma completa de vampira. Cabelos brancos olhos vermelhos pele pálida corpo estruturamente formado e claro...presas afiadissimas. Nenhum vestígio de que e fui humana ou de que eu era Valquíria estava em meu corpo. Nem mesmo as roupas se pareciam com as dela.

 

- tenho uma ideia ninfa – passo a mão no cabelo e observo ela me olhar com total concentração – vc, muda sua aparência, se transforma na pequena Valquíria e finge ser ela ate nossa querida Valquíria estiver afim de acordar – dou de ombros e ela arregala os olhos – o que garota ?

- não não não não !!! definitivamente não !!! não podemos fazer isso !! eu não tenho ideia de como agir !! e vc ?? onde vai ficar ?? – pisco os olhos e franzo as sobrancelhas encarando ela irritada

- depois ainda se chama de ninfa. Eu posso ficar contigo...afinal...posso ser a mais nova amiga transferida de nossa querida Valquíria – dou um sorrisinho e ela continua negando freneticamente

Que ninfa medrosa.

- isso não vai da certo !!! não vai !! porra kiria !! seus pais vão perceber !!! – nego com a cabeça e sorrio fraco

- a Val estava entrando em depressão...nada que vc fizer será anormal para nossos pais...eles não vão perceber e se perceber vão achar que é uma forma de vc lidar com tudo o que sente. Eu conheço o Leo e o samy...eles não vão desconfiar.

 

 

 

 

 

- isso vai dar muito errado...merda merda mil merdas !!!- sorria de canto enquanto via uma “ Valquíria “ entrar em nossa casa com as pernas tremulas e aquela coisa no braço.

 

Resolvemos que para manter a aparência ela continuaria fingindo estar com o braço machucado e “ depressiva “ não dizendo que a Val não estava, pois tudo aquilo acabou com ela.

Entro na casa dando de cara com uma Victoria desconfiada de braços cruzados bombardeando a Val de perguntas

- onde esteve todo esse tempo mocinha ??

- quem foi aquela garota loira que veio aqui lhe trazer ???

- que historia é essa de vc sair da fisioterapia e não voltar direto pra casa ??

- vc dormiu aonde ?? passou a noite aonde ??

- nos queremos respostas Valquíria !!!

- quem é essa garota ???

 

E mais e mais perguntas foram feitas me fazendo ficar enjoada e tonta da conversa. Respiro fundo e observo o Leo que me encarava com o cenho franzido. Eu me senti pelada na frente dele...era como se ele pode se e sabe se quem eu realmente era...eu não sei explicar...seu olhar sobre mim me dava medo e ao mesmo tempo aconchego...

- gente calma...eu to bem...eu tava na casa da v....kiria...uma amiga, e a garota loira é irmã da kiria. Elas se mudaram pra ca e estão estudando no mesmo colégio que eu...ahn...eu não tava me sentindo bem então fui tomar um ar. Quando eu cheguei na praça eu acabei desmaiando no banco então acordei com a mia no quarto. É só disso que lembro desde que acordei...- observo a “ Valquíria “ falsa tentando se explicar nervosamente, sorrio fraco e o samy abraça ela com força

- não saia sem nos avisar !!! eu pensei que vc teria fugido !! nem seus amigos sabiam que vc tinha saído !! isso me deixou assustado Val !! – ouvi os batimentos da mimia acelerarem e ela abraçou ele com certa dificuldade

- de...des-desculpa to chan...- sussurrou ela fazendo ele sorrir e começar com aquela melação

- tudo bem querida. Ainda bem que vc esta bem- disse sorrindo abraçando ela com mais força ainda tomando cuidado com braço que ele pensava estar machucado

- hmmm...- resmungou mimia sorrindo, Leo continuava me encarando e se aproximou de mim estendendo uma mão

- vc é ? – engulo em seco e sorrio fraco apertando sua mão

- ki...kiria –pisco os olhos e ele sorrir de forma carinhosa

- então, vc tomou conta da nossa filhota kiria ? obrigado por isso – sorrio fraco e concordo com ele me sentindo estranha por estar mentindo de uma forma tão descarada para o Leo

- e o senhor...é...- ele rio e coçou o cabelo sorrindo

- Leo. Me chame de Leo – sorrio pra ele e ele sorrir pra mim.

 

Sinto um olhar pesar sobre mim, olho pelo canto dos olhos observando uma Victoria me encarando. Sorrio de canto com a ideia de fletar com a ruiva pairando sobre minha cabeça

 

- papai. Tochan...a kiria pode ficar por um tempo aqui ?é que...meio que...- eles sorriram pra mim concordando

- claro Val !! ela pode ficar o quanto quiser. O Leo adorou ela – disse o samy sorrindo forçadamente pra mim. o que me fez arrepiar...

 

Será que ele esta com ciúmes ? puta merda...eu provoquei ciúmes no meu pai !! aahh...

Vejo o Leo fazer um bico enorme e começar a resmungar abraçando o moreno, suspiro percebendo que os dois estão bem e sinto uma mão me puxar.começo a andar sendo puxada pela mia que subia as escadas apressadamente com o rosto corado

- mia...o que foi ? – sussurro quando ela me empurra pra dentro do quarto

- v-v-vc !! puta merda kiria !! – pisco os olhos confusa e cruzo os braços

- o que eu fiz ?? – vi ela rosnando e me encarando com o rosto ainda corado – fala o que eu fiz porra !!

- a Victoria !!!! ela me perguntou sua idade e isso e aquilo !! porra kiria !! – encaro ela com os lábios abertos, fecho os mesmos prendendo um riso e nego com a cabeça rindo – cala a boca !!

- não...perai...vc....vc ta...vc ta com ciúmes ?? logo vc ninfa ?? – vejo a cara dela ficar mais vermelha ainda, continuo rindo ate que sinto sua mão agarrar meus cabelos e me puxarem na sua direção

- cala.essa.maldita.boca – olho em seus olhos que estavam amarelos e seu rosto mudava levemente mostrando que ela estava sem concentração para continuar com a farsa

- vem calar...ninfa – sorrio de canto e ela me encara por dois segundos antes de me puxar completamente e me beijar com raiva.

Retribuo o beijo virando ela para de encontro com a parede. Pego a no colo e sinto ela intensificar o beijo chupando e mordendo meu lábios com as mãos em meus cabelos, bagunçando e puxando os me deixando cada vez mis excitada com seus atos

Empurro ela contra a parede envolvendo nossas línguas sentindo ela se arrepiar. Abro os olhos e vejo que sua farsa já tinha sido desfeita, e ca estava mimia com sua aparência real. Seus olhos azuis, sua boca desenhada e carnudinha, seu nariz fino e fofo, seus cabelos loiros e cacheados, seu corpo em plena formação esperando pelo meus lábios para contempla lós.

 

- não me chame mais de ninfa – ofegou ela enquanto falava tentando recobrar a respiração, sorrio enquanto arfava e aperto sua bunda

- pq...ninfa. – sinto ela puxar meus cabelos e reprimo um gemido encarando ela com os dentes travados

- pq eu odeio isso ! – disse seria soltando meu cabelo e atacando meus lábios. Mais uma vez.

 

Retribuo o beijo chupando e encaixando, lambendo e sugando, dando intensidade  e desejo ao beijo sentindo ela se arrepiar, gemer estremecer e rebolar contra mim, arfo ouvindo seu coração acelerar mais do que já estava acelerado....ela só pode estar querendo me enlouquecer..

- isso é tão errado....- sussurrou ela arranhando minhas costas. Dou uma risadinha e mordo seu pescoço chupando o mesmo deixando marcas enormes.

- o que é errado mimia...- sussurro seu nome com lentidão contra usa orelha, fazendo ela gemer

- eu disse....eu disse que nos éramos irmãs...e agora é como se eu estivesse beijando minha irmã...nos mentimos de uma forma tão descarada...kiria...isso foi tão...intenso – fito seus olhos me sentindo perdida neles

 

Era como um mar...fundo e escuro...mas no fundo bem no fundo dele...tinha um brilho intenso. O que me faz ter vontade de nadar e nadar ate esse brilho

 

- vc é intensa mimia – ela sorrir de uma forma boba e esconde o rosto no meu pescoço

- eu to com fome...- sorrio e tiro ela do meu colo

- pergunte aos meus pais, se eles vão trabalhar, tente ser mais filha...e não se preocupe com a Victoria, eu não vou fletar com ela – ela concorda me encarando mais seria

- e se isso de errado kiria ??? eu não sou vc !! – dou de ombros e me jogo em minha cama

- o meu maior problema aqui vai ser...onde eu vou morar e como vou me proteger dos malditos comensais !! eles viram atras de mim, ou seja, atras de vc...não posso te deixar aqui sozinha – encaro ela e ela volta a ter minha antiga aparência

- eu sei...vamos forma um plano Val...vamos contar a verdade aos seus amigos, eles vão te entender...eles podem te ajudar – franzo o cenho levantando da cama com a respiração alterada

- definitivamente não !! – quase grito e encaro ela com certa raiva

Como ela pode pensar na hipótese deles saber disso ?? isso iria traser eles pro perigo !! eles não são desse mundo. eles não tem poderes. Eles são humanos !! simples humanos !! não consigo nem pensar na hipótese deles se machucarem por minha causa. A Valquíria nem eu me perdoaria caso isso acontece se

- Val...

- NÃO !! isso acaba aqui mimia ! não vamos fazer isso e acabou !! eles não vão saber disso – me aproximo dela com raiva e ela levanta os braços em rendição

- ok...tudo bem...se acalma...vc...vc ta alterada...respira – percebo que ela estar com medo e me afasto subitamente respirando com força

- olha...desculpa...eu só não quero que eles se machuquem...na verdade eu não quero que ninguém se machuque...não sei o que seria de mim ou da Val se os garotos ou o to chan e o papai se machucassem...ela não suportaria perde eles – ela concorda suspirando e se joga na cama. Escuto seu estomago roncar e dou uma risadinha

- tenho uma ideia...

- hm...diga sua ideia – encaro ela

- não sei se vc vai gostar...- respiro fundo e encaro ela com pesar

- diga logo...

- ahn...esquece ! não vai dar certo...vc ainda tem o que...dez anos ? – reviro os olhos e encaro ela

- diz o que vc pensou ninfa !! – ela me encara com raiva, sorrio amarelo e ela revira os olhos

- vc....vc poderia fingir estar ficando comigo, ou entregando as coisas do colégio...ou passando a matéria, ou me ajudando a estudar...ou sei La...sendo minha única  e melhor amiga com direito a amizade colorida ? – arqueio as sobrancelhas e ela engole em seco revirando os olhos se virando de costas pra mim. sorrio de canto e abraço ela puxando ela pra mim

- todas são ótimas ideias...sabe...mesmo eu tendo isso como uma tentativa sua de me beijar toda hora...- escuto ela resmungar um “ vai se foder “ dou uma gargalhada e beijo sua nuca sentindo ela se arrepiar

- eu acho que fico com a amizade colorida...e passando matéria – ela se vira pra mim sorrindo.

 

Coisa mais estranha do mundo. ver uma pessoa que não seje eu, com minha “ aparência “ sorrindo pra mim....

Nossa...isso é tão errado...

 

- não é certo eu estar me excitando com minha própria aparência ? – escuto ela rir e nego com a cabeça sorrindo

- vc não tem culpa. A Val é um amor...pena que vc não é igual a ela – reviro os olhos sorrindo de canto e acaricio suas bochechas

- tem razão...eu sou melhor que ela – ela da um sorrisinho, mordo seu lábio inferior e escuto passos da escada, pisco os olhos e levanto rapidamente me sentando na cama pegando um livro qualquer fingindo estar lendo. A mia só conseguiu levantar o rosto quando a porta foi aberta.

- meninas. O almoço esta pronto. Estão com fome ?? – perguntou um Leo animado com um sorriso cativante, sorrir pra ele tirando minha atenção do livro

- claro Leo – ele continuou sorrindo e observou a “ Val “ que estava corada, ela se sentou na cama escondendo o pescoço com os cabelos. Seu pescoço ainda estava machado pelos meus chupões.

E agora que caiu a ficha...eu estava ficando com uma garota de dez anos...puta merda...isso que é pedofilia. Misericordia

 

- eu to morrendo de fome – sorriu animada a “ Val “ solto um suspiro ao ver que o Leo não percebeu

Claro, se ele tivesse percebido me enxotaria daqui.

Desço as escadas sentindo o olhar da Victoria queimar sobre mim. nossa como ela é safada....nunca pensei que seria tão excitante receber esse olhar dela...mds...acho que vou quebrar minhas juras pra mimia. Puta merda que ruiva gostosa é essa ?

 

- então...kiria...qual sua idade ? – sorrio de canto me sentando na mesa vendo um samy com uma carranca enorme, um Leo rindo e uma Valquíria revirando os olhos

- 17 e a sua...vic ? – ela sorrir abertamente fazendo o Leo rir ainda mais

- isso continua sendo pedofilia – rosnou o samy fazendo ela rir

- 25 flor – disse a vic ignorando o samy

- ela não perde uma – comentou o Leo rindo e a Val revirou os olhos mais uma vez

- claro que não. Afinal, não é todo dia que uma beldades dessa aparece na minha vida – começo a rir e engo com a cabeça

 

Mds ela ta flertando comigo...me sentindo 100% Valquíria agora

 

- não seja tão modesta vic – sorrio pra ela vendo a val me encarar com pesar. Sorrio forçadamente e começo a comer

- chega disso não é Victoria...vc sabe o que aconteceria se caso a ana soubesse disso – percebo a vic parar de sorrir e encarar o prato como se ele fosse algo nojento

- perdi a fome...- resmungou a ruiva levantando do seu lugar e saindo da cozinha após deixar seu prato na pia

- merda samy !! – gruniu o Leo irritado levantando do lugar e seguindo a Victoria, continuo mastigando observando eles

- to chan...o que...o que aconteceu aqui ?? – sorrio pra “ Val “ que estava completamente encarnada no seu papel de fingir ser eu.

- ahn...eu fiz merda Val....aff...- vi o samy fechar os olhos e praguejar – nos desculpe por isso kiria. Podem comer garotas. Eu tenho que resolver isso – se levantou de seu lugar e foi atras do Leo e da vic

- vc entendeu algum coisa ?- perguntou a mimia me fitando. Nego com a cabeça e continuo comendo

- acho que...essa Ana...ela deve ser muito importante pra vic...tipo uma ex namorada. Não sei – dou de ombros e vejo a mia me encarar de olhos cerrados

- hmm...

- o que ?? – resmungo e termino de comer

- nada...- sorrio de canto e ela continua me encarando

- o que foi mia ?? – ela termina de comer e toma um gole do seu refrigerante

- que diabos de conversa foi aquela  ?? – dou uma risadinha e apoio os cotovelos na mesa

-ciumes ? – escuto ela rosnando e sorrio mais ainda

- cala.a.boca – dou de ombros e levanto deixando meu prato na pia, ela faz o mesmo segundos depois.

- vamos subir ?

- whatever

Pelo visto ela esta bem...estressadinha...

E eu sei uma coisa que vai acalmar ela rapidinho...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...