História Loves and Lie - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Sehun
Tags Baekyeol, Chansoo, Exo, Kaihun, Kaisoo, Lemon, Loves And Lie, Sekai
Exibições 102
Palavras 869
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOA

LEITURA!

AMO

VOCÊS ♥ !

Capítulo 34 - Desejo


13 Sehun recebia de bom grado os beijos lentos em seu pescoço e, permitindo sua boca extravasar o quanto gostava daqueles toques, ousou seguir um pouco os caminhos que as mãos amorenadas tomaram em seu corpo; invadindo a calça de Jongin de forma lenta, tacando-o sobre o tecido da cueca boxe, mostrando o quanto podia ser paciente, ao contrario do próprio Kim. Ele o tocava já pele a pele às vezes até indo mais abaixo e rodeando sua entrada, deixando toda sua glande melecada com pré-gozo. O corpo inteiro queimava em prazer, mas não queriam se render a insanidade gostava da tortura. Faziam tudo de forma deleitosamente lenta, os beijos eram curtos, mas havia um choque que fazia Sehun contorce-se em meio ao colar de lábios e línguas. O moreno mordia sua mandíbula, lambia todo seu pescoço e chupava seu inferior não tão grosso quanto o alheio, ainda sim muitos saborosos.  

 

Sem permissão para ir longe naquele local publico, Jongin puxou Sehun para seu colo, fazendo-o sentar em sua ereção gemendo seu nome contra o ouvido dele. Infiltrou sua bermuda novamente com ambas as mãos e apertou a carne maciça. Estava na praia, à vontade de tomar um banho salgado em plena quinta-feira fez com que eles saíssem às 10h da noite de casa e seguissem até o litoral mais próximo. Não havia tantas pessoas naquele horário, para ser realista, se viam apenas eles dois ali. Contudo, algum estranho podia aparecer ou alguém que não aceitasse bem um casal fazendo aquele tipo de coisa em público, ainda por cima se tratasse de dois homens. Os dois nunca ligaram muito, cada um tem o direito de aceitar o que bem entende, contanto que não sofressem por opressão, ódio e indiferença, que se dane todo resto.

O loiro amava a dominância em que seu Jonginnie tinha sobre si, era o ápice da mistura de amor, prazer e loucura. Gemeu ao ter sua cavidade anal invadida por um dedo mediano até a metade. Não doeu, pois a muito queria aquele tipo de atitude vinda dele, queria ser dele naquela noite. O desejo e a necessidade de ser preenchido por algo muito maior o fez derrubar o corpo de Jongin contra a areia gelada e úmida. Seu quadril involuntariamente – ou nem tanto – moveu sinuosamente sobre o membro coberto do outro, que também já lacrimejava, molhando seu tecido intimo. Se é que vocês me entendem. Rebolava preciso, contorcendo-se ao receber tapas em sua nadegas vestida. Curvou-se ao tomar os lábios cheinhos e, já bastante inchados devido às mordidas que o próprio dono deu-lhe beijou aflito de vontade. 

‘’Eu quero você, Nini-ah!’’ gemeu manhoso chupando seu lóbulo, arranhando sua nuca com a mão esquerda e, usando a outra para se apoiar.

‘’O carro... Vamos pro carro, Sehun.’’ Sua situação não estava diferente, Jongin tremia de tanto tesão e mal haviam começado.

Sehun tinha esse efeito maravilhoso. Se alguém sabia provocar, este era Oh Sehun. E mesmo se não o fizesse só aquela bunda, os lábios, o jeito tímido e sério e aquele maldito habitam de lamber os lábios o fazia.

Praticamente correram até o carro do casal e, Sehun foi empurrado contra a lataria preta e beijado novamente. O meio de suas pernas rompido por outro que apertou seu membro, imprensando-o com vontade louca contra o automóvel. Jongin buscou a chave no bolso desativando o alarme, abriu a porta e jogou o loiro contra o banco de trás. Ficou pelado ainda do lado de fora, jogou as roupas no chão do carro e sorriu sacana. Sehun fez o mesmo com um pouco mais de dificuldade, no entanto não tanta, já que vestia apenas um short de banho e sua sunga. Não raciocinou muito, seu corpo deitado e de pernas abertas, teve seu pênis engolido pela boca faminta do Kim.

E céus, que boca maravilhosa!

Jongin sabia o efeito que sua boquinha carnuda e quente tinha sobre o anjinho, ou nem tanto anjo, deitado em sua frente e, em sua disposição. Viu ele arqueia as costas apertando a própria coxa e soltando um gemido baixinho, todo manhoso, quando engoliu praticamente tudo, fazendo com que a cabeçinha tocasse o fim de sua garganta. Não engasgou. Os anos com Sehun tornaram-lhe um boqueteiro nato.  

Sorriu ao ouvir o outro resmungar por três dedos dentro di si. Reclamou pela dor. Embora lubrificado pelo próprio prazer, ainda assim doía um tiquinho, e só passou quando seu membro foi tocado pelas mãos habilidosas, em uma masturbação controversa as estocadas dos dedos. Não tardou ao receber algo maior dentro de si, ou para estar sentado sobre Jongin, rebolando com uma ereção não só no meio das pernas como dentro de si.

Lambeu toda extensão desde o peitoral até o cantinho da boca. Trocou outro osculo e mais alguns até atingir seu orgasmo longo e intenso, sendo seguido por um Jongin dentro da camisinha. Ele retirou a capa de seu membro e sorriu ao ver o loiro engolir o líquido quase transparente antes de se beijarem novamente.

Já vestidos e devidamente prontos para irem para casa, sorriram.

‘’Amo você criatura ciumenta.’’ Sehun disse com um sorriso bobo e a bunda dolorida, só um pouquinho.

‘’Também te amo.’’ Respondeu o moreno e deu partida.

  


Notas Finais


Bem Hot? Eu gostei de escrever, hmmm (aquela carinha) e espero que esteja bom de ler. Vou querer saber, sim, o que acharam, e é isso. 2 capítulos e se reclamar tem outro kkkk sério, tenho que adiantar umas coisas é isso, beijocas! Comentem o que acharam! ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...